História Infantilismo - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Josh Devine, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Larry, Lirry, Nosh, One Direction, Romance, Zarry
Exibições 124
Palavras 550
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bom de repente. Espero que gostem e me desculpem qualquer coisa.

Capítulo 9 - Nove.


A cabeça doía bastante, consequência do quanto havia bebido e que o fizera desmaiar. Gemeu de raiva o que provocou um eco bem a fundo nos pensamentos e o eco dó fez a dor ficar muito pior.

Zayn tentou se levantar. Fez uma careta, tentou se levantar. Fez uma careta, procurando se equilibrar.

-Merda! – Ainda meio esquecido tentava retomar a memória de onde estava.

Para Zayn, não era muito fácil lidar com seus sentimentos. Medo, tristeza... lembranças... Lembranças... acabou se lembrando do acontecimento da noite anterior.

“Josh vai me matar”, lamentou o moreno, sentindo a culpa apertar sua garganta e estomago – talvez por ter bebido muito e ainda estivesse em jejum – num desespero que logo espantou para longe.

Zayn se considerava um cara corajoso. Mas enfrentar o que havia dentro de si... Era algo que não gostava.

...

Harry estava deitado de bruços na cama, o rosto ainda vermelho, alguns hematomas aparentavam na pele branca e as pálpebras pesadas de quem demoraria a acordar.

-Harry? – chamou Logan, cutucando seu ombro direito – Harry acorda! Você tem que ir a escola.

Os olhos do rapaz se abriram, vendo o outro que o fitava, preocupado. Com esforço, tentou falar, mas saiu como um gruindo.

-Logan...

O menino foi para os braços do rapaz e o abraçou forte com os olhos já cheios.

-Hey, tudo bem. Você tem que ir para a escola – o garoto negou em um gemido – Okay.

Josh se levantou e foi preparar o café para o Harry e arranjando uma pomada para passar em seu rosto, pelo o que percebeu Zayn não estava em casa.

O garoto tomou seu café sentado entre as pernas do mais velho queria sentir o amigo perto de si, sentia se com medo e desprotegido, aquilo ainda era um choque para assimilar.

Abraçado aos joelhos, Harry ainda estava entre as pernas de Logan com o braço do rapaz ao seu redor. O inchaço diminuíra.

Ele estava muito bem, fisicamente falando.

-Você quer conversar Harry? O rapaz o fitou. Como sempre, preocupado com o garoto.

Engoliu nervosamente. E se Zayn aparecesse e o agredisse novamente. Ele não conseguiria conviver com ele, não o confiava mais. Não conseguiria falar sobre.

Depois daquele episodio, um tempinho depois Josh pensou que talvez Harry precisasse de um psiquiatra, depois de ter levado um tapa de Zayn, vamos dizer que o gracioso Harry como um trauma adquiriu (como indícios de medo) começou a falar meio errado (como trocar o ‘R’ pelo ‘L’ ou tirar os ‘Rs’ das palavras) e pensando muito antes de dizer algo e quando dizia gaguejava.

A cada dia se tornava mais difícil sobre comunicar-se e não conseguia se expressar em relação aos sentimentos como criança.

Bem, Zayn acabou levando um murro de Josh ao se verem, e não revidou, pois sabia que merecia, mas ainda não havia tido coragem de se desculpar com o rapaz.

Com muito esforço depois de muito tempo sem ir ao colégio, Harry foi por Devine insistir tanto, foi bom para ele, pois voltou a ter o bom desenvolvimento de antes.

Styles para quem o conhecia depois fazia a pessoa ver que ele é uma pessoa encantadora e você se apaixonava por ele. Liam Payne o garoto recém-chegado na escola sentiu isso antes de ter trocado uma palavra se quer com o cacheado.


Notas Finais


É isso. Não tenho como agradecer os comentários de vocês, e até mais.

Kisseis & Hugs!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...