História Infidel Love - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camilacabello, Camren, Laurenintersexual, Laurenjauregui
Visualizações 671
Palavras 2.310
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HEYY MEUS AMORES, COMO VOCÊS ESTÃO ? ENTÃO SEM MUITA ENROLAÇÃO KKK VAMOS AO CAPÍTULO, A SE VOCÊ GOSTOU MESMO DA FIC APRESENTA PROS AMIGUINHOS TA...

Capítulo 26 - Capitulo 26


Fanfic / Fanfiction Infidel Love - Capítulo 26 - Capitulo 26

Canadá, Vancouver 8:45 PM

1 dia atrás

POV Camila Cabello

Iria pergunta pro Chris se ele ia deixar eu ir ou não. Então fui até seu escritório, entrando no mesmo.

- Amor eai, vai me deixar ir pra Miami ? - Perguntei.

- Sim vou deixar, com uma condição. - Fiquei nervosa com isso, o que seria.

- O que será essa condição ?

- Que você vá com meu helicóptero e pouse nas Industry Jauregui, falo com algum empregado dela e ela deixa.

- Okay, eu faço isso meu amor, obrigada - Pulo em seu colo o abraçando. - Muito obrigada.

Flórida, Miami 12:00 PM

Havia acabado de chegar Dinah, saiu me puxando pra um que julguei ser, um banheiro.

- Veste algo muito sexy, sei lá põe uma saia ai. - Sorriu pra mim esfregando suas mãos, com um sorriso diabólico no rosto. - Vou te por dentro da sala dela.

Foi pegando minha roupa em que ela queria que eu vestisse, me dando uma saia estilo colégio e uma blusa branca com um decote. ( Ps.: Camila tem peito aqui médio, mas tem.)

Ela me jogou dentro da sala dela, me deixou sozinha disse que ela chegaria 12:30, faltava poucos minutos. Ao escutar um barulho da porta, me ajeitei rápido na mesa cruzando as pernas. Ela me olhou de cima a baixo com um olhar de desejo, foi tirando seu blazer ela estava linda.

- Oii Lauren - Mordi os lábios, ela veio até mim, ficando entre minhas pernas me puxando pra mais perto dela.

- Oii Camila o que ta fazendo aqui ? - Olhando pro meu decote, passando passando língua em seus lábios, segurando em minha cintura.

- Surpresa. - Seguro em seu rosto, fazendo ela olhar pra cima. - Meu rosto está aqui.

Ela foi logo me beijando, seus lábios se mexiam junto com o meu, até que sua língua entrou na minha boca e nossas línguas se mexiam numa sincronia, suas mãos apertavam minha coxa até minha bunda apertando.

- Ops. - Sorri pra ela, a empurrando sentando ela na cadeira, ajoelhando em sua frente. - Hoje eu vou te fazer gozar na minha boca, você foi muito mal terça-feira.

Abrindo os botões de sua calça, a puxando pra baixo, passando a mão sobre seu pau. Ela foi fechando os olhos, jogando a cabeça pra trás.

POV Lauren Jauregui

Ela iria me pagar um boquete, era isso que eu precisava. Ela foi logo abaixando minha cueca libertando meu membro ereto, ela foi logo o punhetando devagar, torturante.

- Tá tão duro Lauren, me dá até água na boca, quero ele todo na minha boca. - Ela estava de brincadeira, comigo, puxei sua cabeça pra mais perto de meu pau.

- Então me paga um boquete vai. - Porra eu precisava disso, precisava daquela boquinha no meu pau.

Sem esperar ela abocanhou meu pau, o chupando com vontade fazendo movimentos de vai e vem rápido. Eu estava com os olhos fechados, faço um rabo de cavalo falso em seus cabelos segurando.

- Isso... mais rápido... - Eu estava sem voz, com o coração a mil. - Que boca deliciosa - Começo a estocar rápido em sua boca. Ela estava quase se engasgando com meu pau, então diminui a velocidade a deixando fazendo do jeito dela. - Aah eu quero sua boca sempre aqui... hhm isso.

Ela tentou colocar meu pau todo em sua boca, e conseguiu entao ela gemeu, e aquilo foi tão bom, que eu quase gozei, mas consegui me controla. Ela tirou a boca e desceu passando a língua sobre toda minha extensão, até chegar em minhas bolas as sugando tão gostoso, que eu tava quase.

- Chupa de novo, eu to quase gozando. - E ela me atendeu chupando meu pau de novo, ficando somente da glade e descendo a mao e subindo rápido. - AAAH ... hhm - Gozando em sua boca.

A desgraçada ainda levantou, limpando o canto da boca que havia um pouco do meu gozo, passando o dedo e o chupando.

- Merda, não faz isso. - Comecei a passar a mão de cima a baixo sobre o meu membro, a olhando. - Veio fazer o que em Miami ? - Sentou ela em meu colo, tirando minhas mãos e fazendo o mesmo que eu antes.

- Vim ficar na casa de uma amiga, acho...- Dando alguns beijos em meu pescoço. -... Conhece ela Dinah Jane, a mesma que você quis a ajuda, ela me zuou muito. - Sorriu rebolando em meu colo.

- Que a Dinah Jane é sua amiga ? Nossa por isso ela ficou branca o dia que falei.

- Sério que ela ficou ?

-Uhum muito nossa, até achei que ela tava tendo um treco, mas chega de papo e vamos ao que interessa.

Ao falar isso sentei ela em cima da mesa, abri suas pernas tirando sua calcinha.

- Por que tão pequena ? Ham é pra me provocar ? Porque conseguiu.

- Descobri que você gosta entao vou sempre us... Aah Laur... - Eu nao deixei ela termina, e já separei seus grandes lábios atacando seu clitóris com gosto. - Aah que boca deliciosa, você deveria ser presa, por tirar essa boca daqui da minha buceta.

- Hhuum, é assim que eu gosto se soltar comigo ass...- Ela logo puxou minha cabeça pra sua buceta, e suguei com força.

Desci meus lábios até sua entrada, penetrando com a língua num vai e vem gostoso, porque ela se contorcia. Levei meus dedos até seu nervo rígido, e então comecei a esfrega-lo numa velocidade considerável, continuei com a língua em sua entrada.

- Aah, isso ... porra eu... eu AAAH - Gozou em meus lábios, lambi cada canto de sua buceta, quando tirei ela gemeu de frustação. - Deveria ficar ai sabia ?

- O problema é que tenho que trabalha, minha secretaria ta chegando. - Levanto ficando em sua frente, deito ela na mesa a penetrando.

- Aah devagar... hhm - Começo a me movimenta devagar, mais firme e fundo. - Porra Lauren... Isso.

Quase deitei em cima dela abaixei sua blusa abocanhando seu seio direito estocando mais rápido forte e fundo. Nossos gemidos se misturavam nosso suor escorria, eu chupava seu seio, era tão bom.

- Lauren não... sai daí porra - Ela se contorcia em baixo de mim, pelo jeito descobri seu ponto sensível dentro de sua buceta, continuei até não aguentar mais e gozar, mas mesmo assim continuei ela estava quase lá, enquanto de repente, jatos d'água saem e sua buceta, então tiro meu pau.

- AAAAH, QUE DELÍCIA... - Com os olhos fechados se contorcendo, ela havia ejaculado e foi comigo. - Caramba, eu ejaculei foi isso ?

- Uhum, foi nunca ejaculou não ?

- Não, até hoje, e porra é muito bom isso... merda. - Sua respiração estava descompassada, ela estava linda e suada.

- Sim é muito bom. - Vou pra tirar a camisinha e percebo que não tinha colocado. - Porra Camila, PORRA.

- Que foi?

- Eu não coloquei camisinha, Camila meu Deus e agora ?

- Eu tomo remédio Lauren acalma meu Deus - Falou ela com a voz fraca.

Então respirei fundo, ela tomava remédio então já era um problema a menos.

POV Camila Cabello

Já estava na hora de eu sair, ela tinha que trabalha também mais eu não tinha força pra sair dali. Então juntei todas as forças que eu tinha pra sentar na mesa.

- Eu vou embora, vou ficar na casa da Dinah. - Disse a ela.

- Então eu vou ficar lá, com você posso ?

- Lauren, você tem sua família...

- Camila eu vou pra lá as 7 e saio as 9:30 por ai, não vou dormir lá. - A até que nao seria uma má ideia não é ? Seria ótimo.

- Okay, sabe aonde ela mora ou vou ter que passar o endereço ?

- Pode deixar que eu pego o endereço, no contrato dela. - Ela me entregou minha calcinha, então vesti arrumei minha saia.

Desci de sua mesa, minhas pernas estavam bambas. Meu Deus nunca tive um orgasmo assim, tinha molhado a calça dela, ela já estava vestida.

- Então 7:00 PM estou lá, me espera. - Sorriu pra mim, aquele sorriso de matar, me levou até a porta. - Bye, ham... Você gosta de Sushi ?

- Sim eu amo, por que ? - Será que ela ia levar pra mim comer.

- Ham... vou levar então... é se você quiser claro. - É impressão minha ou ela tava nervosa ?

- Pode levar, vou indo então xau - Saio caminhando, sinto seu olhar quente sobre meu corpo, me fazia arrepia só de pensa. Tentava ao máximo não mostrar minhas pernas bambas, até que entrei no elevador e me segurei no corrimão que tinha ali dentro.

- Não Deus, me segura. - Ri com meu pensamento alto.

Sai do elevador, indo até aonde Dinah trabalhava, pra pegar minhas malas e ir pra casa dela.

POV Dinah Jane

Camila entrou então no meu local de trabalho, okay primeira impressão, a sapatão estava quase caindo com as pernas até bambas, segunda, estava com uma cara que deu muito, é só essas minhas impressões mesmo.

- Dinah, eu vou pra sua casa então, vou pegar um táxi e ir pra la. - Eu estava olhando com uma uma irônica pra ela, tava quase rindo.

- Nossa Camila, o que aconteceu com você, tá toda torta né. - Ri com o final, ela ficou com a cara fechada. - Calma Mila sabemos quem fez isso, nossa você foi bem fodida em olha essa cara de satisfação. - Ri e ela não aguentou e riu também.

- Cadê a chave ? - Entreguei em suas mãos.

- A noite a Lauren, vai lá tudo bem ? - Huuumm minha casa iria virar motel ??

- Tudo bem contanto que nao quebrem a cama, tá tudo bem.

- Dinah ! - Me repreendendo. - Ela vai levar Sushi e não vou te dar.

- Eu e a Mani nós saímos pra come, não tem problema.

Foi logo saindo da sala, a perdendo de vista. Finalmente ela tinha pego alguém que a tinha feito gozar de verdade. Aquele gay nunca fez certo mesmo.

POV Christopher Hemsworth

- Para Ryan - Sorri pra ele, que era um bobo.

- Para nada to querendo mostrar, que sou melhor que sua mulherzinha.

- Bebe eu já disse, tem que ser assim, por enquanto.

- Sai do armário e fica comigo pra sempre. - Disse ele sorrindo, eu o amava de verdade.

- Um dia, um dia. - O beijei, ponho a mão em sua nuca aprofundando o beijo.

- Pera, como você consegue bebe, dá um de hetero ativão quando você é comigo, um passivo ?

- Conseguindo, eu penso que é você ai tudo da certo - dando outro selinho nele.

- Eu amo você Christopher.

- Eu amo você muito Ryan.

Selamos nossos lábios, ficando naquele beijo gostoso, calmo, cheio de amor e sem precisa esconde quem eu sou.

POV Camila Cabello

Eu havia acabado de chegar em casa, levei minhas malas pra um dos quartos, precisava de um banho agora estava suada, vocês sabem o por que .

Então peguei, uma calcinha e sutiã vermelho, um short e uma regata, fui pro banheiro. Entrei lavei meus cabelos, fiquei em baixo daquela água até que meu corpo relaxasse, então sai me secando vesti cada uma das peças, que havia trazido pro banheiro.

Então fui ataca a cozinha estava com muita fome, Dinah e Normani que me perdoa. Peguei leite na geladeira e cereal no armário, peguei um tigela, enchi ela fui comendo devagar, nem percebi quando Normani chegou.

- Ahaa, tem uma ladra na minha casa. - Pulei da cadeira de susto.

- Puta que pariu, Normani sua vaca você quase me matou sabia.

- Tem uma ladra morta de fome na minha casa, eai Mila quanto tempo ? - Me abraçando forte. - Que saudade que eu tava de você bunduda.

- Eu também tava com saudade de você, coisa chata. - Sorri pra ela.

Então ela me acompanhou no cereal, ficamos conversando um tempo a mais, e ela me zuou também por causa da Deusa do sexo, apenas entrei na onda dela pra ver se parava, mas não parou.

- A Lauren vai vir aqui... - Sussurrei, estava com medo dela não deixar por ser a casa dela né.

- A meu Deus vão quebrar minha casa, é isso mesmo Karla ? - Rindo de mim, porque provavelmente eu estava com uma cara de assustada.

- Claro que não Mani, isso nao... quer dizer eu espero... porque se não ela me quebra no meio né.

- Te quebra no meio huuummmm, sei sua safada Christogay que se cuide ne Mila, vou toma um banho bye. - Indo pro seu quarto me deixando ali sozinha.

Flórida, Miami 7:00 PM

Já estava arrumada, estava vestida com um short Jeans, uma regata preta, com uma sapatilha nos pés. Só estava esperando ela chegar, e ela estava demorando ou eu estava ansiosa demais querendo ve-la. Alguns minutos depois, escutei a campainha tocando e fui logo atender.

- Eu atendo. - Gritei

- Sabemos que você quer atender o sapatão. - Disse Dinah gritado.

Abri a porta, e me deparei com uma Lauren que eu nunca tinha visto. Com uma calça de couro, uma camiseta branca com um sol como estampa os cabelos meios com ondas e uma maquiagem escura, estava pronta pra matar, a mim seria mais correto.

- Boa noite Camz. - Sorriu estridente para mim, e eu quase morri por ali mesmo.

- Boa noite Laur. - Dei passagem pra ela entrar.

Fechei a porta, hoje um pouco da noite seria longa pra mim, um demônio desse em casa seria o tentação. 


Notas Finais


OLAA ESPERO QUE GOSTEM DO CAP, GENTE QUE TAL SE NÓS FIZERMOS UM Q&A MANDEM SUAS PERGUNTAS NOS CAPÍTULOS, QUE QUANDO TIVER BASTANTE EU FAÇO UM. LOVE U ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...