História Infinity - Namjin - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Seventeen
Personagens BamBam, Hansol "Vernon" Chwe, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Junghan "Jeonghan", Jungkook, Lee Seokmin "DK", Rap Monster, Suga, V
Tags Bambam, Bamjack, Bromace, Bts, Drama, Got7, Hoseok, Infinity, Jackson, Jhope, Jimin, Jin, Jinksondk, Jiseok, Jungkook, Liny Teens, Min Yoongi, Namjin, Namjoon, Namkook, Rap Monter, Romance, Seokjin, Seokmin, Suga, Taehyung, Vhope, Vmon, Yoonmin
Exibições 123
Palavras 1.835
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Annyeong!!!
Acho que errei no capitulo anterior em mencionar o novo personagem. Vi agora antes de postar enquanto lia o capitulo de hoje,que esse personagem apare é nesse capitulo. Espero que deem muito amor a ele.

Capítulo 11 - Torturante mente


 

   Jimin,estava agora em zona proibida.Seu coração bombeava mais sangue do que deveria.Suas mãos pequenas e gordinhas transpiravam sem sessar.Em sua mente só passava uma coisa 'Tenho que sair daqui o mais breve possível'.

Jeonghan,mandou que alguns de seus melhores capangas acompanhassem o ruivo.Suas ordens foram claras;receber o carregamento e leva-lo até a 'favela' sem mortos,nem feridos;Todavia,o destino é imprevisível.Talvez nada aconteça,entretanto,algo também possa acontecer.Por esse motivo,Vernon,ficara tão irritado mais sedo.Perder a única pessoa de sua família que sempre o apoiou e lhe deu forças,seria entristecedor.

  Um dos capangas estacionou o pequeno caminhão em um galpão no centro da cidade.A escuridão da noite apenas facilitava seu trabalho já que seria menos visível aos olhos dos outros. Jimin,desceu do veiculo sendo seguido por mais três rapazes de roupas escuras e armas em mãos.Se dirigiram até um pequeno grupo que já os aguardavam ao lado do carregamento.

 

"Demoraram" Reclamou o entregador soltando a bituca de seu cigarro ao chão a pisando com o solado de seu tênis preto.

"Nos desculpe,por favor" O ruivo se pôs na frente do outro.

"Não precisa ter medo de mim,garoto" Um sorriso zombeteiro fora direcionado ao ruivo "Eu não mordo,á não ser que você queira" Piscou o olho direito,logo deixando que um largo sorriso tomasse para si seus lábios rose.

"Quem sabe em outra vida,hum? Esse é o carregamento?" Questionou o outro,se direcionando até a pilha de cocaína praticamente ao seu lado.

"Exatamente." Encostou suas costas na carga cruzando os braços e sorrindo "Você é lindo,sabia?"

"Sempre soube" Retribuiu o sorriso "Está tudo aqui?" Questionou analisando aquela vasta pilha.

"Tudinho" Se aproximou do ruivo "O carregamento é grande não acha?"

"Até que não.Pensei que fosse bem maior" Respondeu.

"Não a cocaína e,sim o seu" Apontou para as nádegas fartas do outro. "São enormes" Mordeu seu lábio inferior. "O que acha de sairmos depois daqui?"

"Me desculpe,mas nem o conheço" Fitou o outro em desdém.

"Me chame de,DK" Estendeu sua mão direita na intenção de fazer o outro aperta-la.

"Acabei de sair de um longo relacionamento" Suspirou sofrego ao recordar de seu primeiro amor e,agora,atual ex namorado "Não estou preparado para...você sabe o quê"

"Quem sabe,eu não possa fazê-lo esquecer desse idiota que deixou escapar um avião como você?" Se aproximou ainda mais do ruivo,eliminando assim,qualquer espaço que havia entre os dois. "Não entendo o motivo,mas,sinto que devo lhe proteger" Envolveu o ruivo em um abraço verdadeiro.

 

 Jimin,estava surpreso com tamanho carinho que um completo desconhecido estava lhe proporcionando. Mas,será que deveria confiar tanto assim no outro? Talvez,a carência e a solidão estive-se acabando com sua sanidade já que o ruivo estava disposto a retribuir este carinho.

Seokmin,estava sendo completamente sincero com outra pessoa pela primeira vez em sua vida.Algo dentro de si lhe dizia para proteger e cuidar daquele ser fofo e assustado que estava agora,em seus braços.Um queimor interno estava o aquecendo,assim,como o corpo macio do outro.

 

"Você é tão fofo,ruivinho" Sorriu ao afagar os fios tingidos do outro.

"Jimin. Pode me chamar de,Jimin" Sorriu terno para o outro.

"Chefe,o carregamento já está no caminhão" Avisou um dos capangas.

"Já estou indo" Avisou,fazendo o rapaz retornar ao caminhão. "Tenho que ir" Virou para a direção do veiculo pronto para ir até o mesmo quando sentiu uma mão quente segurar seu braço o impedindo de sair do local.

"Jimin" Sorriu,logo soltando o braço do outro "Esse é o meu número" Entregou ao ruivo um pedaço de papel com alguns números escrito nele "Por favor,me liga,tá?" Sua voz soou calma,mas seus olhos imploravam para que o garoto o ligasse qualquer dia desses.

"Foi um prazer conhece-lo,DK" Seus olhos se transformaram em dois riscos ao lançar um largo sorriso para o outro a sua frente. "Até breve" Acenou retornando ao veiculo,logo sumindo do campo de visão do outro.

"Até breve,ruivinho!"

 

 

°°°°°°°°°

 

 

Hansol,levou os jovens até um galpão onde a gangue depositava as cargas que chegavam naquele lugar.Lá ele não seria interrompido por ninguém.Poderia fazer o que quisesse com aqueles garotos sem ser descoberto pelo seu líder, Jeonghan. Seu objetivo com aquilo tudo era apenas um; aliviar seu estresse.

 

"O que você pretende fazer conosco?" Perguntou o esverdeado. Todos estavam com algemas em seus pulsos,os impedindo assim,de reagir a qualquer investida do outro.

"Nada de tão importante" Sorriu sarcástico pondo uma mala com objetos torturantes sobre o chão,próximo do prisioneiros. "Ah,olha só que belezinha" Retirou uma pequenina caixa com alguns alfinetes nela.

"O-o que vai fazer com isso?" O medo de Jeon,era nítido.

"Vou usa-los em você,bebê" O jovem se aproximou do menor com um sorriso sarcástico em seus lábios.

"Po-por favor" Implorou o menor. Jeongguk,estava desesperado. Isso era perceptível. Hansel,retirou um alfinete da pequena caixinha e o introduziu no menor que se contorceu de dor "Nã-não" Por mais que implora-se,o outro não se importava,apenas introduzia mais e mais alfinetes por todo o corpo do menor. Jeongguk,já estava se desfalecendo,entretanto,Vernon,queria vê-lo sofrer.

 

Eu me tornei um monstro graças a você,Jeonghan. Isso tudo é culpa sua. Se estou torturando-o é,para que saibas no que me tornou. Eu odeio te amar. Eu odeio amar a pessoa que me trouxe para este lugar. Prometo me vingar de você,nem que tenha que o matar. Não me importaria de viver sem meu primeiro amor. Não mesmo.


"Você" Apontou para um dos seus homens "Pegue a navalha na maleta e enfeite a pele alva daquele floco de neve bem ali" Mostrou,Min Yoongi em sua direita. "Quero ele coberto por sangue"

 

Como é bom ver o medo na face de cada um desses pobres infelizes! Uma pena não ter ninguém aqui que vala a pena matar.Mas,o ato final será totalmente dedicado a você,Jeonghan!!!


"Meu servicinho com você já foi concluído,garoto alfinete" Se pôs de pé,não antes de deixar uma risada irônica ecoar pelo galpão. O prazer que Hansol,sentia em torturar os amigos de seu primo era nitidamente perceptível em sua face. "Acho que é a sua vez,senhor metido a super herói" Agachou na frente do maior com um sorriso sínico estampado em seus lábios rose. "Vejamos o que irei utilizar em você" Passou seus dedos longos e magros pelos objetos torturantes na maleta preta. Seu movimento fora sessado assim que sua mão ficou sobre um esqueiro de prata recém comprado. O jovem o olhou com fervor em suas orbitas oculares,pois já sabia o que seria usado. "Vamos esquentar um pouco as coisas!" Retirou o objeto da maleta a pondo de lado. Seu dedão pressionou o mecanismo do esqueiro fazendo uma pequena chama,mas forte o suficiente para tocar fogo em algo,e o levou até a pele morena do maior,permanecendo ali por alguns segundos até,Namjoon,retirar seu braço daquela chama ardente,em pura dor. Seu braço queimava pelo ato recém cometido. "Tá pegando fogo,não acha?" [ Tentativa falha de fazer um trocadilho com Fire ] "Vocês dois que estão ai parados,venham até aqui e segurem esse idiota" Ordenou.

 

"Se você acha que vou implorar,está muito enganado. Você pode me queimar vivo que não vou clamar por misericórdia,nunca" Esbravejou.

"Nammie" Jin,já estava aos prantos ao lado do outro. Lagrimas sofregas trilhavam uma linha imaginária em sua face. O medo de perder Namjoon,se fazia cada vez mais presente dentro de si. O loiro tentara por varias vezes consecutivas se desvencilhar daquelas malditas algemas que apertavam seus pulsos,falho. Sentia-se um inútil,incapaz de proteger a pessoa que mais amou e ainda ama,neste mundo. "Nammie" Pressionou aqueles dois arcos de ferro na tentativa de arrebentá-los,mas sua força nem se comparava a daquele objeto. "Deixa ele em paz seu verme. Por que não se mete com alguém do seu tamanho? Seu moleque sem educação" Sua voz soou firme e,sem receio algum.

"Parece que temos uma pessoa apreçadinha aqui" Sorriu sarcástico fitando o loiro "Quer ir primeiro,bebê? Se bem que eu poderia o torturar de outras formas" Aproximou-se do loiro,logo passando suas mãos pelo corpo levemente definido do outro. "Você é tão desejável"

"Eu tenho nojo de você" O cuspiu na face.

"Acho mais saboroso trocarmos saliva de outra forma,hmm?" Segurou a face do maior o impedindo de fazer qualquer movimento,aproximou seus lábios do outro os encostando em seguida num breve selar indesejado por,Jin.

"Não toque nele seu idiota" Namjoon,deixou-se ser dominado pela ira. "Jin. Jin. Me soltem. Jin" Os gritos de dor de Yoongi,era a música de fundo para toda aquela sena. Vernon,retirou a camisa social rosa bebê,do loiro num rompante.

"Que corpo maravilhoso. Irei adorar provar dele" Em suas orbitas podiam ser visto o desejo que o garoto estava sentindo de ter aquele ser alvo,loiro,levemente definido em seus braços,poder marca-lo com fervor. Ah,como Vernon,queria aquilo. Só que o garoto não contava com a presença inesperada de seu amado primo.

"O que está acontecendo aqui?" Urrou,Jimin.

"Jimin,por favor nos ajude" Implorou o loiro agora apenas de peça intima.

"Primo amado,mas já chegou?" Saiu decima do maior,pondo-se de pé.

"Meu Deus,Vernon" Arregalou suas orbitas oculares ao processar toda aquela cena em sua mente. Jin,parcialmente desnudo,Namjoon,com uma evidente queimadura em seu ante-braço,Jeongguk,completamente coberto por alfinetes e Yoongi,com inúmeros cortes profundos em sua pele. Aquilo era a perfeita visão do inferno. "Seu doente mental" Disferiu um soco na face do menor o fazendo cambalear para trás pelo ato.

"Isso é serio? Você realmente me bateu por esses idiotas que te abandoou?" Passou a costa da sua mão direita sobre o ferimento,secando o sangue que escorria naquele local.

"Eles são meus amigos. Você não tinha o direito de os machucar" Empurrou bruscamente o outro correndo até,Min Yoongi.

"Ji-min" Disse pausadamente.

"Yoongi" Fitou os ferimentos no maior com ódio. "Vai ficar tudo bem.Não fala nada e,nem se mova,hum?" Fora até Jeongguk,evitando toca-lo por conta dos alfinetes em sua pele. O garoto estava desfalecido. "Meu Deus,Kook" Fora até,Namjoon. "Nam,o que vocês vieram fazer aqui?"

"Não seria obvio? Lhe buscar,mas acabamos nesse estado" Sua voz soou levemente alterada. "Vai até o Jin. Ele está muito abalado.Seu primo psicopata iria estrupa-lo"

"Eu vou leva-los a um hospital" Retirou seu aparelho celular do bolço de sua calça de couro preta,logo discando o numero de seu líder e melhor amigo,Jeonghan que sem delongas o atendera.

 

-Jeonghan,venha até o galpão principal urgentemente.

-O que aconteceu,Jimin? Vocês foram feridos? Era uma emboscada? Mas,o DK,é de confiança. 

-Mas,quem garente que o Vernon seja?

-Do que você está falando,Jimin? Ele é seu primo.

-Ele estava torturando os meus amigos. Ouviu bem? T O R T U R A N D O.

-O quê?

-Venha ver com os seus próprios olhos. Aproveite e traga consigo alguns homens para nos ajudar a leva-los para o hospital mais próximo daqui.  

-Não demoro.



Jimin,não conseguia acreditar no que seu primo havia se tornado. Ele não estava arrependido,dava para ver isso em seus olhos. Vernon estava satisfeito com o ato cometido. E se o garoto não tivesse chegado? O que o outro teria feito com seus amigos?

 

Isso não vai ficar assim Park Jimin. Eu vou me vingar de todos vocês. Jeonghan,seus amiguinhos nojentos e,até de você por ter preferido a eles ao invés de mim que te acolhi de braços abertos quando eles te abandonaram. Eu prometo que o farei pagar.

 

 


Notas Finais


Viram a interação Namjin? Tá começando meu bem!!!

Até semana que vem.
Meu Twitter; @EuAmoKpop


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...