História Infires! - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bangtan Sonyeondan, Bts, Fanfic, Fanfic Bts, Fanfic Jimin, Fanfic Jungkook, Fanfic Taehyung, Hoseok, Imagine Bts, Imagine Jimin, Imagine Jungkook, Imagine Kpop, Imagine Taehyung, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 206
Palavras 435
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Frankenstein


Fanfic / Fanfiction Infires! - Capítulo 18 - Frankenstein


Aquela foi a aula mais entediante que eu já tive na minha vida inteira.
Por sorte,eu tinha Taehyung comigo.
Fizemos a aula de Química em dupla,e pela primeira vez no dia eu agradeci por Jae ter faltado. 
Imagina minha amiguinha hiperativa brincando com elementos químicos. Morte na certa.
Mas parece que V não era tão diferente de Jae,já que ele era um completo desastre nessa matéria.
- Tae! Se você colocar cloro na mistura isso aí vai explodir! 
- Mas e se eu colocar só um pouquinho...? Por favor,vai ser legal!
- Você não vai fazer isso explodir!
- Mas eu quero ser tipo um Albert Frankenstein!
- Primeiro de tudo: é VICTOR Frankenstein ,e segundo : Não! Pode ir tirando as patinhas daí!
- Tá bom então,estraga prazeres. Não vou explodir nada.
Ele disse e fez bico.
Quinze minutos depois,estávamos saindo do laboratório de química,o qual estava cheio de fumaça.
O professor estava gritando:
- Quem foi que colocou cloro na mistura? Isso é um absurdo!
Olhei para Taehyung,que estava se matando de rir.
É,deixa quieto. Esse garoto é um caso perdido mesmo.
Enquanto os funcionários organizavam um mutirão pra tentar limpar a bagunça que quele trouxa havia feito,os alunos foram liberados pra ficarem no pátio,e  assim,não correrem o risco de serem intoxicados pela fumaça da mistura de Tae.
- Você realmente não tem juízo nenhum. - Disse me aproximando dele.
Tae riu.
- Não consegui resistir. Agora sou oficialmente um Adolf Einstein.
- Você não disse isso. Eu vou fingir que você nunca disse isso. Vou simplesmente ignorar você e ser feliz.
- Desculpa aí inteligentona!
- V,eu não sou inteligente,você que é burro.
Ele me prendeu na parede e começou a fazer cosquinhas em mim. 
Pronto,descobriu minha criptonita.
Eu já estava até roxa de tanto rir,até que ele resolve me dar uma paz. Ele me abraça e morde meu pescoço.
Esse garoto deve estar tentando acabar com meu autocontrole. 
Olhei pro lado e tinham 3 garotas me encarando. Sério isso gente? 
Daqui a pouco vou ter que oferecer um guardanapo,porque elas já estavam babando em cima do Tae.
- Que bonitinhos. - Disse Suga,aparecendo do além.
Tae sorriu e cumprimentou-o,mas não saiu de perto de mim nenhum segundo sequer.
- Não sabia que estavam juntos. - Disse Yoongi,me encarando intensamente.
- Somos amigos. - Respondi.
- Ah,sim. - Continuou ele - Eu vou direto pra casa do Seokjin depois da aula. Vocês vão junto?
- Vamos sim,eu não sei onde eles moram. - respondeu Tae.
- Ok,até o fim da aula. - Despediu-se Suga.
Ele passou bem perto de mim e,pode ser coisa da minha cabeça,mas eu podia jurar que senti as mãos dele no meu quadril.
Se eu passasse mais um segundo sequer perto desses meninos,toda a minha sanidade mental iria descer ralo abaixo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...