História Infires! - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bangtan Sonyeondan, Bts, Fanfic, Fanfic Bts, Fanfic Jimin, Fanfic Jungkook, Fanfic Taehyung, Hoseok, Imagine Bts, Imagine Jimin, Imagine Jungkook, Imagine Kpop, Imagine Taehyung, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 295
Palavras 932
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - Eu não vi nada


Fanfic / Fanfiction Infires! - Capítulo 32 - Eu não vi nada

Quando Jae se cansou de realizar aquela dança (que mais parecia um ritual satânico),ela pulou de volta na água e veio falar comigo.
- AMIGA! - Já chegou gritando,super normal - A gente já vai embora hoje a noite... Mas você aproveitou?
Bom... Tirando o fato de que eu tinha ficado com um garoto em cada dia,tinha fugido no meio da noite com Jeon para nadar,tinha ficado de castigo no cantinho da cozinha,tinha presenciado uma agressão por causa de um bonequinho de ação e tinha visto aquela dancinha ridícula da minha amiga estranha... Pode se dizer que foi um fim de semana bastante produtivo.
- Sim - Respondi,por fim. - Foi um fim de semana maravilhoso!
- Posso imaginar o porque... - Disse Jimin,baixinho,se aproximando e me abraçando por trás,beijando minha nuca. 
Jae olhou pra ele com aquela carinha e começou a gargalhar.
- Vocês dois não prestam,sabiam? - Ela disse,e se afastou,indo brincar de jogar pedrinhas com Namjoon. (Aquilo me assustou? Muito. Não vou mentir,aqueles dois juntos eram um perigo pra humanidade.)
- Isso vai dar merda... - Disse Jimin rindo atrás de mim,me abraçando ainda mais forte. Ele estava me apertando tanto que meu corpo estava quase se fundindo com o dele. Imaginem a desgraça,o meu corpo com a cabeça e o abs dele... Eca.
Jungkook apenas olhou para Jimin,deu risada e disse baixinho.
- Coitado...
- O que? - Perguntou Jimin,sem conseguiu ouvir direito o que ele tinha dito.
- Eu disse que eu to cansado. Acho que eu vou voltar pra casa rapidão,mais tarde eu volto. Ei _________,vem comigo?
Antes que eu pudesse responder,ele já tinha empurrado o Jimin pra longe,me pegado no colo e me tirado da água.
Antes que eu me desse conta,já estávamos a meio caminho de casa.
Jungkook ainda estava me segurando no colo,o que me deixou extremamente envergonhada,já que eu estava usando apenas o meu biquíni.
- É... Você pode me soltar,não vou fugir! - Eu disse soltando uma risadinha leve,claramente tentando esconder o quão embaraçada eu estava.
- Vai sim. Vai sair correndo e vai voltar pro Jimin! - Ele disse fazendo bico.
- Não vou não,seu idiota! Se eu tiver que correr pra algum lugar,vai ser pra um Mac Donald's,pra um Burger King, não pra perto de garoto.
Ele riu,mas continuou me segurando.
- Você não tem jeito mesmo. - Ele disse,baixinho.
- Você não vai me soltar? Eu tenho perninhas... - Perguntei.
- Não. - Ele respondeu. - Está bom desse jeito,não está?
Eu até teria respondido,mas estava ocupada demais enquanto morria de vergonha.
- Amanhã tem aula. Não sei se estou psicologicamente preparada pra ficar o dia todo na escola. - Eu disse,agradecida por ter conseguido mudar de assunto rapidamente.
- Então não vamos,ué! - Ele disse,rindo. - A gente bem que podia ficar a tarde inteira dormindo. 
"Dormindo juntos",ele quis dizer. A língua chegou a formigar pra aceitar a tal proposta,mas eu tinha que ser responsável. Instantaneamente odiei essa coisa de responsabilidade.
- A gente tem que estudar,seu inútil! - Eu disse,dando um peteleco na cabeça dele.
- Ah,vai,é só um dia! - Ele disse,fazendo aquele biquinho lindo - Vai ser legal!
Meu Deus,tudo o que eu mais queria no momento era aceitar aquela proposta. Aquele menino era lindo demais pra se negar alguma coisa. Mas,infelizmente,eu não podia.
- Eu não posso. - Eu disse,e fiz um bico igual ao dele.
Ele se aproximou de mim,e mordeu meu biquinho.
- Ta booom,mas você vai ficar me devendo. - Ele sorriu,e selou nossos lábios - E saiba que eu vou cobrar viu...
- Por mim,está ótimo. - Eu sorri,e devolvi o selinho. 
As mãos dele sobre minhas coxas estavam me dando arrepios,mas fomos daquele jeito até chegarmos em casa.
- Finalmente - Ele disse,me colocando no chão - Você é bem gordinha né?!
- COMO É QUE É,VIADO? - Perguntei,empurrando-o no sofá,onde ele caiu deitado.
- Eu to brincando,bravinha! - Ele disse e me puxou,me fazendo cair em cima dele.
- Você é um idiota,sabia? 
Ele sorriu,e respondeu.
- Sabia!
Eu até tentei me segurar,mas a boca daquele garoto era hipnotizante. Tive que beijá-lo.
Ele respondeu na hora,me puxando mais para si.
Estava muito bom ali,eu não queria que o tempo passasse,mas o fôlego sempre acabava nos vencendo.
- Eu aposto um beijo que eu sou melhor que o Jimin. - Ele disse,me fazendo rir.
- Idiota.
- Eu to falando sério ________. Eu sou melhor,né? - Ele perguntou,e eu não sabia dizer se ele estava falando sério ou se estava zoando.
- Não - Respondi,brincando - A pegada daquele menino é de outro mundo.
- Ah,fala sério! - Ele disse,inconformado. - A minha é melhor!
- Mas o Jimin... Nossa! Você não tem idéia,chega até a dar uns coiso. 
- Ah é? - Ele disse,acreditando no que eu dizia - Vou te mostrar o que "dá uns coiso".
Então ele rolou pra cima de mim e me beijou. Quando eu digo que ele me beijou,eu realmente quero dizer que ele me BEIJOU. TIPO,BEIJOU MESMO.
Enquanto as mãos dele passeavam pelas minhas pernas,a boca dele fazia todo o trabalho pesado. Ele distribuía beijos em toda a superfície do meu pescoço,e depois voltava pra minha boca. 
Aquele menino estava acabando com a minha sanidade. Eu estava tão arrepiada que meu cabelo estava devia estar grudando no teto.
Ele me beijava enquanto me puxava cada vez mais para si,e isso estava tirando todo meu autocontrole. Eu me aproximei do pescoço dele o mordi. Aquilo deixaria uma marca mais tarde,o que era exatamente o que eu queria.
Paramos quando ouvimos o barulho de alguma coisa caindo no chão.
Olhamos assustados para a porta,e encontramos Namjoon com o rosto vermelho. Ele havia acabado de derrubar uma cadeira.
- É... Desculpem... Eu só vim beber... Água e... Tchau,eu não vi nada.
Ele disse,e saiu correndo pra junto dos outros,nos deixando ali,enquanto eu morria de vergonha.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...