História Infires! - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bangtan Sonyeondan, Bts, Fanfic, Fanfic Bts, Fanfic Jimin, Fanfic Jungkook, Fanfic Taehyung, Hoseok, Imagine Bts, Imagine Jimin, Imagine Jungkook, Imagine Kpop, Imagine Taehyung, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 177
Palavras 1.501
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - Você tem doce aí???


Eei ________,vamos,a gente já chegou. - ouvi a voz baixa e calma de Yoongi me balançando.
Só então percebi o quão exausta eu estava. Afinal,eu não parei pra descansar o fim de semana inteiro,e eu tinha passado a noite acordada com Jungkook.
Fim da história: Eu estava cansada demais até pra me levantar.
Olhei ao redor,e estavam todos desmaiados. Jimin estava dormindo com a cabeça jogada de lado,o que me deixou preocupada. Ele não conseguiria nem mexer o pescoço mais tarde de tanta dor. O único que estava realmente acordado era Suga.
- Não consigo andar... - Eu disse baixinho,com os olhos ainda fechados.
Pensei que ele iria ficar me batendo até eu acordar,mas fiquei muito surpresa ao sentir ele me pegar no colo e me levar pra dentro do prédio.
Eu até agradeceria,mas no momento eu estava cansada demais pra isso,então encostei minha cabeça em seu peito e continuei ali,imóvel.
O cheiro dele era refrescante,parecia menta,ou hortelã,misturado com o cheiro neutro de seu perfume. 
E enquanto o cheiro de Yoongi invadia minha cabeça,eu peguei no sono mais uma vez.

--

- Filha,já acordou? - Perguntou minha mãe,abrindo a porta do meu quarto e colocando a cabeça para dentro.
- Já... - Eu respondi,ainda bocejando.
- Sua amiga ligou pra perguntar se você vai se encontrar com eles hoje a noite. - Disse minha mãe,ainda da porta.
- Ah,sim... Mãe,que horas são aliás?
- São 19h20. - Respondeu minha mãe,consultando o relógio da sala.
- Ah,obrigada. Acho melhor eu ir me trocar.
- É,filha... - Disse minha mãe,com um sorrisinho estampado nos lábios.
- Mãe,eu sei que você quer perguntar alguma coisa,pode falar logo! - Eu disse,fazendo a rir.
- Ainda é muito cedo pra perguntar quem é aquele menininho lindo que veio te trazer aqui? - Ela perguntou,ainda sorrindo que nem uma boba.
- Mas que menin... - Eu falei,me lembrando repentinamente de como eu tinha ido parar em casa - Ah... O Yoongi... Ele é um... Amigo?
Pra falar a verdade,não tinha muita certeza de que podia considerar Suga como um "amigo",mas acho que aquele era o termo mais aceitável possível.
- Hm,um amigo... Tem certeza senhorita? Ele foi muito gentil com você hoje. Te trouxe no colo e te deixou na cama,até te cobriu! - Falou minha mãe,empolgada - Quem sabe vocês dois não...
- OK MÃE,VOU ME TROCAR AGORA! - Eu a interrompi,me levantando da cama e colocando-a pra fora,fazendo a mesma rir - Tchau tchau,te amo viu!
Eu disse,então fechei a porta e entrei em baixo do chuveiro.
Tomei meu banho rapidamente e saí do banheiro.
Sequei meu cabelo e senti meu celular vibrar. Conferi o mesmo e era uma mensagem de Jae.
"Amiga,mudamos o horário,nos encontramos às 21h00,na frente daquele clube do centro,que fica na frente do shopping. Você vai,não é?"
Respondi a mensagem,confirmando que eu já estava me arrumando e fui escolher uma roupa.
O clube em que iríamos era muito bem frequentado,então provavelmente teria muita gente hoje.
Coloquei um vestidinho preto,curto e rodado,e um salto fechado bem confortável.
Olhei no relógio e ainda eram 20h20,então fui fazer meu cabelo e maquiagem.
Já que eu não estava lá muito animada,fiz uma coisinha bem leve.
Quando terminei de me arrumar,meu celular vibrou novamente.
Fiquei surpresa ao me deparar com uma mensagem de Suga.
"Pedi um táxi,quer ir junto?"
Eu respondi: 
"Claro,agora?"
"Acabei de ligar,mas acho que daqui a pouco chega. Estou indo pro elevador."
"Ok,estou descendo."
"Beleza."

Peguei minha bolsa e me despedi da minha mãe,e claro,a mesma ficou com um sorrisinho todo sapeca no rosto ao saber que Yoongi estava me esperando lá embaixo.
Apertei o botão do elevador e fiquei esperando,enquanto colocava meus brincos.
- Nossa... - Ouvi uma voz dizer,e ao olhar pra frente,vi que o elevador havia chego,e Suga estava lá dentro,encostado na parede.
- Oi. - Cumprimentei-o,e entrei no elevador. - É... Aliás,obrigada por me levar pra casa hoje mais cedo.
- Não há de que. - Ele respondeu,me olhando - Mas devo dizer que você é mais pesada do que aparenta.
- Suga,você está me chamando de gorda na cara dura,mesmo? - Eu perguntei,fazendo o outro rir.

- Eu disse "PESADA" - Ele se explicou,me olhando de cima a baixo - Definitivamente,você não é gorda.

- É claro que eu não sou gorda! - Brinquei,pra disfarçar minha vergonha.
O elevador parou com um tranco no térreo,e as portas abriram.
- Eu não acredito que ainda não arrumaram isso aqui. - Reclamou Yoongi,enquanto nós saíamos do prédio e entrávamos no carro que nos esperava.
Chegamos em cerca de 10 minutos,e fomos o caminho todo conversando sobre música,e a escola. Ele era uma pessoa legal,apesar de ser EXTREMAMENTE difícil entender de verdade a personalidade dele.
Pagamos o motorista e atravessamos a rua,indo em direção aos meninos,que nos esperavam na frente do clube. Bom,pra falar a verdade,aquilo estava mais pra uma boate.
Jae estava com um vestido branco de renda extremamente curto,e um salto alto da mesma cor.
- UAU,ISSO TUDO É PRA ME VER,LINDA? - Gritou ela assim que me viu,fazendo todos nós rirmos. - Você ta lindaaaaa!
Nos cumprimentamos e fomos comprar as entradas.
Os meninos compraram separado,e quando chegou minha vez e da Jae,o cara da portaria (muito bonito,por sinal) nos deu cortesia.
- Podem entrar,hoje é por conta da casa. Aliás,vocês estão maravilhosas. - Ele disse,piscando pra gente.
Nós agradecemos e fomos nos juntar aos garotos. Assim que estávamos fora de vista,começamos a rir feito duas idiotas.
- O que foi,suas loucas? - Perguntou Jungkook,aparecendo e me abraçando por trás.
- O cara ficou tão apaixonado pela _______ que nos deu cortesia! - Ela disse,ainda rindo.
- Ah,porque eu não ganhei? - Perguntou Tae,que já se encontrava com uma bebida na mão,assim como Namjoon.
- Porque você é feio,colega. - Disse Hoseok - Agora vamo lá que hoje eu vou fritar!
O clima lá dentro estava ótimo. Eu nunca tinha visto tanta gente bonita em um só lugar.
Passados uns 30 minutos,já estávamos todos dançando,menos eu e Seokjin,que estávamos sentados na mesa,olhando ao redor e rindo dos bêbados.
Olhei pro lado e vi Jae beijando um carinha desconhecido,e ri baixinho. Essa garota realmente de santa tem só o rosto.
Taehyung e Jungkook já estavam em outro mundo. É,assim como ele já tinha dito,V daria trabalho hoje. Já era sua segunda garrafa de vodka.
- Meu Deus,eu nem quero ver como eles vão voltar pra casa hoje! - Disse Jin,rindo.
- Olha,eu não quero nem saber! - Eu disse rindo e me levantando - Mas eu quero dançar.
Fui até a pista e comecei a dançar no ritmo da música,até sentir alguém por trás de mim,segurando minha cintura,e prendendo seu corpo contra o meu.
Me virei,certa de que seria Jimin,mas fiquei surpresa ao encontrar Taehyung ali.
Ele sorriu de lado e disse alguma coisa que eu não consegui entender,devido a altura da música.
- Eu não ouvi nada! - Gritei para que ele me ouvisse,mas duvido que ele tenha me escutado.
Ele puxou meu corpo pra si,e disse em meu ouvido.
- Eu não to entendendo nada do que você ta falando,mas você ta muito gostosa hoje. - Ele disse meio enrolado.
Olhei para a cara dele surpresa,e percebi que o mesmo estava muito bêbado,então comecei a rir descontroladamente.
- Não ri,eu to falando sério! - Ele disse em meu ouvido,me fazendo rir ainda mais de sua língua embolada.
- Af,vem aqui. - Ele disse,me puxando para um lugar vazio,com excessão apenas de alguns casais se pegando.
- Taehyung,você ta muito alterado,senta ali naquele cantinho e dorme! - Eu disse,ainda rindo.
- Não quero. - Falou ele me abraçando e beijando meu pescoço.
- Ah,mas você quer sim! - Eu disse,me esquivando dos beijos dele.
- Não,você sabe o que eu quero né? - Ele disse,me prendendo na parede,ainda tentando me beijar.
- Claro que eu sei! - Eu disse animada - Você quer um doce!
Por um momento aquele espírito 18 saiu do corpo dele,e ele me olhou como uma criança.
- Você tem doce aí? - Ele perguntou feliz,encarando meu decote,mas tenho certeza de que ele estava apenas pensando em lugares em que o doce poderia estar.
- Bom,aqui não - Eu falei,da mesma forma como alguém conversa com um cachorrinho - Mas aposto que lá dentro tem,vamos la pegar um?
- Espera! - Ele disse,e mais rápido do que eu pudesse perceber,ele me roubou um selinho - Pronto,agora vamos!
Eu ri e segurei a mão dele,o levando de volta para onde estávamos. Encontrei Jae no meio da pista com aquele carinha,que consegui reconhecer como o carinha que nos deu cortesia na entrada. Rindo,eu me aproximei deles é deixei Tae com ela. 
- Amiga,cuida dele rapidinho que eu já volto,ta bom? Obrigada,tchau!
- O que? Não espera! Ele vai tentar me beijar! É sempre a mesma coisa quando a gente sai. - Ela reclamou.
- Amiga,você sobrevive a uns beijinhos do Tae. - Eu disse,e antes que ela pudesse dizer mais alguma coisa,eu sai dali e voltei a dançar.
Mesmo de longe eu conseguia ver Tae interrompendo as pegações de Jae. Teve uma hora em que a mesma ficou tão estressada que deu um chute na canela dele. Então Taehyung começou a rir da situação,fazendo Jae rir também. Sim,dois bêbados na pista de dança rindo de tudo. 
Eu ainda estava rindo disso quando sinto outra pessoa atrás de mim. Eu já estava me virando pra mandar essa pessoa embora,até eu perceber quem era.
Eu sorri,e antes que eu pudesse dizer qualquer coisa,a pessoa me beijou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...