História Inimigas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Personagens Gakupo Kamui, Luka Megurine, Miku Hatsune
Tags Miku X Luka, Vocaloid
Exibições 25
Palavras 232
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, FemmeSlash, Ficção, Magia, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá ^^ espero que vcs gostem da fic
Esse capítulo está curto por ser apenas a introdução

Capítulo 1 - Introdução - O início de um conto


  Meu destino foi decidido pelos adultos muito antes de eu nascer. Sempre soube que seria uma guerreira, sempre soube que um dia teria que lutar contra ela, mas nunca compreendi os motivos. Nunca concordei com nada disso.

O que fazer para escapar de um destino cruel? Mesmo agora, eu não sei dizer.

Olho para a espada embainhada, pendurada na parede de minha sala, como se fosse um troféu, e toco aonde, um dia, ela me feriu.

Era tão nostálgico.

— Vovó Luka? — minha neta se aproximou de mim, provavelmente perguntando-se por que eu olhava aquela espada de forma tão melancólica — Aquela espada era sua?

— Não — respondi com minha voz trêmula — Ela pertencia à outra garota.

— Sua amiga?

Os olhos da inocente criança imploravam para que eu contasse aquela história. Com uma risada fraca, pedi para que minha neta sentasse em meu colo.

— Eu a conheci com dez anos, sua idade, Aya. O nome dela era Miku... Miku Hatsune — Meu peito doía quando fui invadida por tais lembranças — Preste muita atenção nesta história, minha criança, pois se você é capaz de viver em paz hoje, é tudo por causa da dona daquela espada.

Minha neta assentiu, parecia muito curiosa e atenta. Sendo assim, deixei que minha mente vagasse entre aquelas tristes memórias, onde a guerra tingia tudo de vermelho; Onde ainda existia um "nós".


Notas Finais


Comentem oq acharam!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...