História Inimigos de infância - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Brigas, Ciumes, Crush, Romance, Shipps
Exibições 159
Palavras 1.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura.
Decupem o atraso muitas tarefas para um extra-terrestre só...

Capítulo 24 - Ela é minha. E não vão tirar ela de mim


                                                                                        |Ana Clara|

- Vocês tão se pegando...

- Não Lara não estamos nos pegando, não curto esse lance de amizade colorida.

Digo pegando um pouco de água e colocando no copo e antes que eu levasse o copo de água a boca, James entra na cozinha sem camisa todo suado com o cabelo molhado com uma toalha em volta do pescoço, o mesmo toma o copo de minha mão bebendo a água e me devolvendo o copo vazio, encho mais o copo bebendo aguá tentando ignora o fato de que Mia e Lara secavam James.

O mesmo sai ignorando as duas e eu vou em direção a sala.

Me jogo no sofá como se estivesse em casa, e logo vejo Ceci descer...

A mesma faz sinal com as mãos para eu a seguir, as meninas me seguem e no fim vamos para o quarto.

- Próxima aula é sobre o que ?

Pergunta animada.

- Ser gentil com quem merece, com quem só quer nosso bem.

Ceci franze o cenho

- Mas... Isso vai me fazer forte.

Sorriu de lado.

- Gentileza é a arma mais forte de uma mulher.

Diz Mia completando a encarando, nunca imaginei que minhas amigas que não gostam de crianças iam se dar tão bem com a Ceci.

- De quem você está falando ?

- De quem você ama.

Diz Lara sentando na cama da Ceci atrás da mesma começando a fazer tranças, eu me joelho a sua frente e começo a pintar de nude suas unhas, Mia pegou seu estojo de maquiagem e começou a enfeita-lá feito uma boneca.

                                                                                     |Quebra de tempo|

- Então eu tenho que ser gentil com quem eu amo e eu sei que me ama ?

Sorriu afirmando com um aceno de cabeça.

- Vou ir pedir desculpa ao James...

- Vai lá arrasando fofa.

A mesma se levanta pronta e sai correndo, passa alguns minutos e ouvimos sua gargalhada.

                                                                                  |James Laucher|

Fazia cosquinha na Ceci, e até fiquei com medo do poder que Clara tem sobre essa menina, se Clara pedir é capaz da mesma beija o chão.

A mesma após pedir desculpas diz que vai voltar para a "arrumação beleza" palavras dela não minha.

- Tchau James e desculpa de novo...

Diz e me dá um beijo na bochecha saindo.

Eu amo essa menina mais que tudo nessa vida.

Me levanto indo em direção a cozinha e ouço vozes masculinas abrirem a porta e vou em direção a sala.

E lá encontro Felipe, Pedro, ha e é claro... Lucas quase se engolindo com Nina.

- Vocês dois erraram o caminho para o Motel.

Digo me jogando no sofá ao mesmo tempo que Clara então sem querer batemos nossas cabeças já que pulamos praticamente no mesmo lugar.

- Ai... Seu idiota não me viu aqui não, babaca.

Eita para que tanta grosseria.

- Perdão quem pulou primeiro foi eu, tanto que você está quase no meu colo.

Digo sério e a mesma cora se afastando.

- Não importa se você sentou primeiro, você viu que eu ia me sentar.

- Não vi não, eu tava olhando para o casal Come-come.

Me defendo e a mesma dá de ombros.

- Já você viu que eu ia me senta e mesmo assim pulou, se queria que eu tocasse em você falava.

A empurro de leve.

- Eu estava falando das meninas o quanto sua irmã é linda de qualquer jeito... E não toca em mim.

- Ela é realmente linda e se não fosse não seria minha irmã, todo ser que tem parentesco comigo é lindo... E empurro mesmo.

Digo a empurrando de novo

- Vai sonhando querido, agradeça a Deus por aqueles que tem parentesco com você não terem puxado a sua feiura... Se você me empurra mais uma vez vai se arrepender.

- Diz a Miss beleza Ana Clara, vem cá nunca se olhou no espelho não... E quero ver quem vai me impedir...

Digo a empurrando, e a Mesma parece ficar com raiva.

- Não, se eu me olhar no espelho eu me apaixono né queridinho... E eu vou lhe bater com a primeira coisa que eu achar se fizer isso mais uma vez...

Diz me empurrando com mais força

- Você que imagina querida, é mais fácil ele quebrar... E faço mesmo, quantas vezes eu quiser.

Digo a empurrando de novo

A mesma se levanta e minha mãe aparece segurando uma vassoura varrendo a casa.

#Mefudi

Clara sorrir malvada e pede a vassoura, antes que eu sequer tente impedir Clara pega a vassoura e volta em minha direção, a olho incrédulo.

- Você não teria coragem...

A mesma gargalha e antes que a vassoura acertasse em mim ouço passos na escada e Clara para a vassoura a centímetros do meu rosto, a levando para o chão novamente fingindo varrer.

Ceci desce e estava linda, a mesma vem correndo em minha direção.

- James olha como eu tô bonita.

- Realmente você está linda, vai sair para onde assim ?

Pergunto me deitando no sofá,e olhando para clara de soslaio que mantinha a sobrancelha erguida e encarava a parede mordendo os lábios.

- Clara...

Digo e a mesma me encara ainda mordendo os lábios e quando meu olha desce para os mesmos ela parece perceber o que estava fazendo e sorrir de lado.

A mesma anda em direção a porta e se abraça com Nina saindo logo em seguida, senti vontade de ir atrás dela, mas iria ficar mais na cara do que já está, que eu quero pegar a Clara.

- James precisamos conversar.

Diz Pedro ao ver que Felipe estava ocupado demais conversando com a... Lara.

Subimos para meu quarto e eu me jogo na cama, o mesmo pega uma cadeira e coloca virada para a porta se sentando do modo contrário.

- O que foi ?

Pergunto indiferente.

- Você nunca esqueceu ela não é ?

Suspiro.

- Espero que não esteja tão óbvio, quanto parece.

Ele rir.

- Você está de quatro por ela, só ela que não percebeu ainda.

Gargalho.

- Eu... James Laucher de quatro por uma garota, conta mais uma piada pois essa foi péssima.

Dessa vez quem rir é Pedro...

- Cuidado para não perceber, tarde de mais. 

Diz se levantando e colocando a cadeira no lugar, o olho confuso.

- Só se cuida, o tempo passa rápido e se não for você vai ser outro...

Diz e aponta com a cabeça para a janela do meu quarto que estava aberta, ao me virar vejo Dilan, o desgraçado do meu ex amigo.

Mesmo não tendo nada sério, Clara é minha e nem o diabo vai tirar ela de mim dessa vez.

 


Notas Finais


Obrigada pela leitura até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...