História Innocence 2.0 - Capítulo 63


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Block B, EXO
Personagens Chanyeol, Chen, D.O, G-Dragon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, P.O., Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Seungri, Suga, Suho, T.O.P, Taeil, Taeyang, Tao, Xiumin, Zico
Tags Bangtan Boys, Gay, hobi pegando todo mundo, Hot, Lemon, Namjin, Taekook, Yoongi, Yoonmin
Exibições 248
Palavras 236
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Lemon, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 63 - Kidoh de você, hein.


Pob Yoongi. 

Jimin caminhava em minha direção agora, eu estava nervoso, eu estava morrendo... Eu ia cair desmaiar, morrer. 

— calma, Yoongi. — falou kook ao meu lado. 

— calma?! — perguntei. — e se ele disser não? E se cair no altar... Sei não, hein. Eu estou com um pressentimento ruim. 

Jimin estava agora a minha frente, a cerimônia começou. Eu apertava com força a mão dele enquanto Jiho condizia. 

— vá logo pra parte do : "pode beijar a noiva" — falei. 

— cala a boca. —jiho me encarou. — prosseguindo... 

Eu não estava nem aí pra que merda jiho falava, Jimin estava a minha frente. Sorrindo, meu Jimin...eu estava preso no rosto dele. 

— aceita ou não otario? —perguntou jiho. 

— sim. — falei ainda perdido. 

Jimin ficou calado, ai caralho meu cu fechou não passava nem ponto de WiFi. 

— aceito. — falou enfim. 

Sorriu, esse moleque!

— e as alianças? 

Meu Appa veio com o homem que me encarava mais cedo, ele segurava minhas alianças. 

— Appa, quem é esse? 

— bom, filho... É uma longa história mas... Mas esse é o seu pai, seu pai de verdade. — falou com um olhar triste. — o nome de é... 

— KIDOH! — a porta se abriu e minha omma entrou, mancando, somente com uma bengala. — achou que eu ia mesmo permitir esse casamento? 

Como eu ainda chamava esse monstro de omma?! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...