História Innocent - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias South Park
Personagens Butters Stotch, Craig Tucker, Eric Cartman, Karen McCormick, Kenny McCormick, Kyle Broflovski, Phillip "Pip" Pirrup, Stan Marsh, Tweek Tweak
Tags Bunny, Butters, Candy, Creek, Damien Torn, Damien X Pip, Dip, Kenny, Kenny X Butters, Stan X Kyle, Style, Tweek X Craig
Exibições 67
Palavras 1.362
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey mas um cap! Que vai rolar muita coisa em pouco tempo!
E bem espero que vejam e leia tudo nos mínimos detalhes, ok?
Tenham uma boa leitura meus leitores fofuchos! ❤❤😍

Capítulo 8 - Você é meu, e eu sou seu.


Fanfic / Fanfiction Innocent - Capítulo 8 - Você é meu, e eu sou seu.

Eu e Butters já estávamos  perto do ponto de ônibus, tava tudo muito quieto,então resolvi acabar com o silêncio falando. 

_Butters que estória é essa de "ele não é meu namorado"? . - Digo imitado ele na parte que ele tinha falado.

_Vo-vo-você ouviu?-Ele pergunta um pouco atordoado. 

_Tudo. Até a parte em que sua mãe me elogia e me chama de pobre.-Digo sorrindo cínico.  

_Desculpa o jeito da minha mãe. É bem... Eu disse isso porque meu pai estava na mesa e pensado bem... nos não somos namorados mesmo. - ele diz cabisbaixo, eu suspiro e olho pra ele. 

_Olha eu não sou bom com essas coisas mas... - digo me ajoelhado na famosa é clássica pose de casamento. 

_Leopoldo Stotch, você aceitar se meu namorado, na pobreza porque é só o que eu tenho... - ele soltar uma risada nessa parte, é continuo. - Na saúde e na doença até que a morte é a sua velhice nos separe?-falo brincado, mas percebo que ele acabou levando a sério é digo. 

_Ei Butters, eu só estava brincando,achar mesmo quando você ficar velho eu te deixaria? Olha se eu escolhesse envelhecer ao seu lado eu NUNCA  te deixaria, e também quem ia querer um velho tarado e bonitão pra conviver? - Eu falo alíviando ele. 

_Convencido!-ele fala rindo.

_Ok, então... Eu Leopoldo aceito você Kennedy McCormick na saúde, na doença é na probeza até que a morte é a minha velhice nos separe. - ele fala gargalhando gostosamente , logo depois me abraçado pelo pescoço eu sua cintura, e me dando um  beijo apaixonante . Me separo dele e começo dizendo. 

_Então já que  somos namorados que tal uma lua de mel? - digo malicioso, beijado seu pescoço. 

_Kenny es-estamos no meio da rua alguém po-po-pode nos ver. - ele diz, mas não ligo. 

_Eu estava pensado em ir num motel, é você o que quer? - pergunto chupando e mordendo seu pescoço branquinho é delicioso. 

_Eu... - ele diz arfante . - Stan!-Ele grita, pera ele disse Stan?! 

_Como assim você quer o Stan?! Você que fazer um menage ou é melhor o só vocês se divertirem em quanto eu assisto?! - digo irritado,  Stan cara o STAN?! 

_Não é isso Kenny, é que eu tô vendo o Stan encostado num poste beijado... - nessa hora ele fica calado e olho pra ele mas calmo perguntado. 

_Beijado... - falo, incentivando ele a continuar. 

_O... Klye? - ele diz confuso e envergonhado. 

_Como o Kyle? Acho que você estar vendo coisas Butters. - Eu falo o deixado irritado e ele me vira bruscamente para frente, na direção do ponto de ônibus. 

_Viu Butters, eu não dis... Oque!? - Quando eu olho vejo o Stan praticamente engolido o Kyle imprensado ele no poste. 

_Deus... Nos precisamos ver isso de perto. - falo já puxado Butters pela mão. 

_Oque? Kenny você estar louco, isso é errado e vergonhoso. - ele diz corado enquanto o levo pra trás de um arbusto perto daqueles dois. 

_Olha eu quero saber o que estar acontecendo mesmo,e também depois de tudo o que eu passei interromper outro casal vai se o mínimo. - Eu falo já escondido com Butters atrás do arbusto. 

_Outro casal? - ele falo,coloco um dedo na sua boca, ele ficar com os olhos arregalados olhado pó meu dedo, e eu falo. 

_Shiiiiu, eles não pode nos ouvir agora só escutar. - sussurro e ele assente  balançado a cabeça e depois olhado em direção ao casazinho aí. 

_Stan para alguém pode nos ver. - Diz Klye quando eles se separam, ainda é possível ver um filete de saliva unidos os dois após o beijo. 

_Eu não ligo,pouco importa o que as pessoas vão dizer, importante é eu está ao lado de você. - Aí Deus! Eu quero vômitar que frase mais gay, que nojento, tinha que ser o Stan pra fala isso, olho pra Butters ele está suspirando com uma cara de garota apaixonada. 

_Stan... - Kyle falo puxado ele para mais um beijo. Ok, acho que já chegar. 

_Ei vocês dois se querem se pegar, pelo menos poupem os outros  de ficar vendo. - falo saindo do arbusto com Butters ao meu lado, ele estava brincado com os polegares. 

_Kenny! Butters! - Kyle grita empurrado e jogando Stan no chão. 

_Aii Kyle doeu!-Ele, diz tirando a neve da roupa. 

_Desculpa amo... STAN, desculpa. - Kyle diz o ajudado a levantar. 

_Ei vocês não precisam ficar fingido... Eu e Kenny vimos tudo vocês não tem nada pra esconder.-

_Vocês viram tudo!? Então... Oque vocês pensam sobre isso? - falei Kyle um pouco receoso. 

_Olhar eu realmente não ligo pra quem você dar ou comer o cu, é bem eu e Butters meio que também somos do lado gay da força. - falo o abraçado por trás apertado sua cintura, com minha cabeça em cima da sua. 

_Vocês? ...Cara como eu nunca percebi isso!?  o Kenny tava tão estranho ultimamente é o Butters era óbvio ! Como eu não vi isso? - Falava Stan pra si mesmo. 

_Oi galera! Tudo bem com vocês!? - Ótimo a rolha de poço apareceu pra estragar o clima. 

_Oi Cartman... Hehe. - diz Kyle nervoso.

_Não precisa ficar assim Kyle, eu ouvi e quero que saibam que eu apoio vocês, vocês todos.-ele diz olhando para nós. 

_Para com isso! Nós sabemos que você vai zombar a gente, então pare de fingi! - Stan fala irritado abraçando Kyle. 

_Eu não estou fingindo nada, saber por que?... Porque eu seu o que vocês sente é isso não importa, o importante é senti.-Pera, eu ouvir isso de Eric Cartman!? Só falta ele diz que vai virar judeu. 

_O que aconteceu com você bundão? Te sequestraram e trocaram por um alien? - pergunta Kyle. 

_Na verdade Kyle, eu também estou apaixonado. - Ele diz suspirando. 

_Que legal pra você Eric! Fico feliz que você tenha gostado de alguém. - fala Butters para "Eric"

_Oh Butters... Isso é tão legal da sua parte, vem cá me dá um abraço. - ele fala estendendo aqueles braços gordos pro meu Butters, mas tudo bem ele nunca faria iss...

_E claro Eric! - ele diz animado indo prós braços daquela MERDA, GORDA, AMBULANTE!!... Calma Kenny respire é só um abraço, não tem nada de demais, você não precisa ficar irritado eles são amigos só isso. 

_Nossa Butters você tem um cheiro tão bom... É tão fofinho dar vontade de aperta pra sempre. - fala aquela desgraça obesa, está cheirando e apertado MEU Butters.

_O-obrigado Eric. - e
Butters fala corado. Ok, eu vou matar esse bundão A-G-O-R-A!!
 
Não penso duas vezes em separa esse dois é ir pra cima de Cartman, começo a bater nesse infeliz de merda gritado. 

_Qual é o seu problema! Não sabe ele que tem namorado!? Ou... A pessoa que você gosta é ele!?! Seu GORDO, BUNDÃO DESGRAÇADO DE M-E-R-D-A. 

_Kenny para com isso! Cara você enlouqueceu!? - dizia Stan. 

_Nunca estive tão são eu toda minha vida. - dizia ainda socado a cara daquela rolha de poço, que já estava sangrado. 

_Kenny! Pare com  isso está machucado ele! - Disse Butters me afastado desse desgraçado. 

_ME deixar Butters! Eu vou fazer esse idiota aprende a não mexer na coisas do outros. - Eu digo me debatendo pra continuar soca a cara daquele merda, mas Butters me segurava, é eu não queria machucá-lo. 

_Qual é pobre!? Você tem problema ou oque!? Eu não gosto do Butters! Eu não sou gay, eu gosto da Wendy! - Ele grita. 

_Kenny pare com isso. - fala Butters, então eu o abraço de uma forma possessiva e falo.

_Meu Butters! Só MEU! - o apertado o máximo pra perto do meu corpo. 


_Kenny... Eu já sou seu não precisa dizer. - ele fala, me abraçado também. 

_Stan promete pra mim, que você não vai ser desse jeito. - Klye falar apontado pra nós. 

_Qual é Klye? Eu não sou ciumento   não precisa se preocupar,  é  você? - Responder Stan. 

_Sou!É  eu não quero mais você perto da Wendy ouviu!?! - disse Klye de uma forma possessiva., 

_Nem eu! - fala Cartman. 

Foi nesse momento em que chegou o ônibus... 


Notas Finais


Então é aí? Esse foi uns dos meus caps que eu mais gostei de fazer! E vocês gostaram? Ou não? Pode dizer!
Mostre o que acharam desse cap, e depois falem o que quiserem sugestões, parte favoritas, parte odiadas, o que precisa se melhorado, qualquer coisa! 😆
Comentem, favoritem é até a próxima meus fofuchos é fofuchas💗😍😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...