História Inocência - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 10
Palavras 437
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Apenas um desabafo babaca com a capa retirada do google.
Espero que goste.

Capítulo 1 - Único


    

 

Nos teus olhos negros como um oceano no céu noturno, eu mergulhei com o pensamento de que voltaria rapidamente a superfície, seria rápido, passaria rápido, eu dizia. Mas como uma âncora, eu afundei e afundei, sem ninguém para me salvar de me afogar na tragédia que seria ter você em minha vida.

Na sua altura exagerada e corpo magro de cara anêmico, postura corcunda, rosto cheio de acne e visão falha salva por óculos de grau eu via uma beleza única, mesmo que tudo em você significasse imperfeição. Nos teus braços eu encontrava um porto seguro, na sua voz voz grave ecoando pelos meus ouvidos eu me acalmava e pensava que por algum momento tudo estaria bem, pois você estava ali, com sua idiotice mútua que me fazia cair mais e mais em teus encantos de falso santo.

Eu sabia que em algum momento tudo poderia desmoronar, mas fui inocente o suficiente ao pensar que teríamos final de conto de fadas, onde você me salvaria do monstro que habitava em mim, onde eu e você viveríamos o felizes para sempre até que ele não fosse mais tão eterno.

Tão ingênua fui, sabia da existência da outra garota, sabia que seus sentimentos por ela não se dissiparam, mesmo assim cai de cabeça na loucura que era gostar de você.

E doeu. Doeu quando sua indiferença se manifestou e você já não era tão mais meu, se é que algum dia foi, doeu o pouquinho que eu tinha de ti escapar pelos meus dedos como seda, doeu o pensamento de que eu já não seria mais a sua garota, doeu saber que de alguma maneira, eu era somente a outra garota enquanto a real não voltava para ti.

Eu gostaria de todo o coração conseguir te odiar, mas só consigo pensar no que poderíamos ter sido se as coisas tivessem continuado como eram. Com meu rosto enterrado em seus ombros, sentindo aquele cheiro que ainda permanece na camisa que você me deu, mesmo depois de algumas lavagens, com seus lábios secos tocando os meus em um selar tão singelo e inocente.

Eu gostaria de não ter te enxergado tão príncipe enquanto você era o monstro, gostaria de não ter me apaixonado pela sua risada exagerada e dos papos idiotas que tínhamos por horas todos os dias. Eu gostaria de não sentir mais falta de me aconchegar em você e somente ficar fazendo nada, eu gostaria de não sentir falta do bem que você me fazia, só queria acordar desse pesadelo que é cair por você.

    Gostaria de não ter essa inocência de te moldar com sonho, meu maldito pesadelo.


Notas Finais


Ehnos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...