História Inquebrantável II - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Megadeth, Metallica
Personagens Dave Mustaine, David Ellefson, James Hetfield, Kirk Hammett, Lars Ulrich, Personagens Originais, Robert Trujillo
Tags Cliff Burton, Dave Mustaine, James Hetfield, Lars Ulrich, Obsessão
Exibições 40
Palavras 1.272
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Estou aqui de novo postando a segunda temporada de Inquebrantável,as postagens irão ocorrer na segunda e na sexta-feira.Estes vão ser os únicos dias que eu estarei disponível!

Capítulo 1 - Você é Meu!


Fanfic / Fanfiction Inquebrantável II - Capítulo 1 - Você é Meu!

Pov.James

  Eu estava  alisando o corpo de Cliff inerte no chão.Ele dormia profundamente, igual Lars e o outro cara que eu não conheço.Peguei-o em meus braços e coloquei seu corpo no banco da frente,pedi para Kirk e Robert levarem os outros em outro carro enquanto eu iria sozinho com Cliff no meu.

A rua onde estávamos era pouco iluminada,o que ajudou muito.Não queria que ninguém nos visse.Liguei o motor e tentei pensar em outras coisas,teria que dar um jeito quanto o emprego do Cliff.


Comecei a pensar no que  dizer ao patrão dele.Talvez eu poderia falar que ele contraiu uma doença e iria ficar no hospital ou que não iria trabalhar por algum tempo porque foi ver a família.De qualquer forma, eu iria pensar em algo mais tarde.


Mas o que mais está me incomodando é o outro cara que  está no carro do Kirk.Eu preciso saber quem é ele e o que eu vou fazer para sumir com aquele inútil ,as coisas fugiram um pouco do controle.Era apenas para sequestrar o Cliff e o Lars,não aquele loiro falso.

Enquanto divagava em meus pensamentos,percebi que Cliff se mexeu.Tenho medo que ele me rejeite,ou que queira fugir de mim.Perdi meus pais muito novo,meu irmão não dá notícias e eu fiquei só,já sofri com rejeição uma vez,não quero ter que passar por isso novamente.Mas se isso acontecer, eu me encarrego de busca-lo onde ele estiver.


Contornei a rua e parei o carro em frente a minha casa.Eu morava em uma floresta,afastado de tudo e de todos.Não existia casa alguma ali,a não ser a minha,que estava mais para mansão.


Peguei o pequeno corpo de Cliff e carreguei-o ate a casa.Eu já havia deixado tudo preparado para a chegada dele,Iria deixa-lo no meu quarto.Deitei-o na cama e tirei seus sapatos,sentei ao seu lado na cama e fiquei observando-lhe.


-Finalmente você será meu!-Pensei.

Teria que arrumar um jeito para que Cliff não fuja de mim,mas como?Me lembrei da corrente que havia comprado um dia antes,seria perfeita para deixa-lo preso.Fui até o cômodo que ficava atrás de minha parede e puxei uma caixa marrom que estava debaixo da escada.


Ali dentro continha sedativos,mordaças ,duas correntes e uma venda.Havia comprado tudo aquilo para usar em Cliff se necessário.Peguei a corrente e o cadeado e voltei para o quarto,Fiquei pensando onde colocar a corrente.Teria que ser em algum lugar forte o suficiente para segura-lo.

Prendi a corrente no pino que ficava na parede e a outra parte eu coloquei no pé de Cliff.Agora sim,finalmente eu o teria apenas para mim.Fechei a porta e fui caminhando até a sala,vi Robert sentando assistindo TV como sempre.Não sei o que ele tanto assiste.


-Onde esta Kirk?-

-Ele foi levar o Lars lá pra cima.-Disse olhando a TV.

Pensei em ir atrás do Kirk mas o mesmo veio descendo as escadas.Ele parecia preocupado,alguma coisa estava incomodando-o.

-O que aconteceu?-

Kirk me puxou pelo braço e me arrastou até o escritório.Ele nunca havia agido assim,a preocupação era visível em seu rosto.Ele me soltou e fechou a porta certificando-se de que Robert não havia percebido nada.


-O que aconteceu Hammett?-Perguntei massageando meu braço.

-James,você sabe que eu estou do seu lado pra qualquer coisa,Mas esse sequestro já foi longe demais.-Disse


Por que ninguém consegue entender que tudo o que eu faço é para o bem do Cliff?Ele precisa de mim,não posso deixa-lo a mercê para sofrer.

-Não começa Kirk.-Eu não queria ter que ouvir o que era certo ou errado,só queria ter o direito de amar igual todo mundo.

-Você está enlouquecendo James.Tudo o que você mais quis nesses últimos meses,você conseguiu.Isso não é amor James.É obsessão e você sabe disso.-


Ele estava cansado,isso era bem evidente.Durante meses eu pedi que Kirk observasse cada passo que Cliff dava,eu precisava saber a hora certa de agir.Mais para o meu melhor amigo,eu apenas estava ficando louco.


-Você não entende,eu amo ele!-

-Sim,Você o ama.Mais e quanto ele?Será que ele te ama também?.Quando aqueles garotos acordarem amanhã e perceberem que vão passar a vida toda sem ver suas respectivas famílias,ai sim James,eu quero saber o que você irá fazer.-

-Kirk,eu amo o Cliff como nunca amei alguém antes.Tudo o que eu mais quero é que ele me ame também,sei que sequestra-lo foi a pior coisa que fiz,mas eu vou arriscar tudo por amor.-

Kirk balançou a cabeça em tom de reprovação.Eu estou me deteriorando não só por  dentro como também por fora,isso está acabando comigo de uma forma insuportável.

-Eu só não quero que você acabe tendo um choque de realidade,e perceba que tudo isso é coisa da sua cabeça.-


Fiquei pensando no que Kirk disse,o amor que eu sinto pelo Cliff não é coisa da minha cabeça.Eu o amo verdadeiramente,com todo o meu coração.E sei que ele também me ama,só não sabe ainda.

 

Kirk suspirou e saiu da sala sem dizer nada.Com certeza ele percebeu que perdeu o tempo com essa conversa,nada do que ele ou qualquer outro disser vai mudar algo.


Percebi passos apressados vindo em direção a minha sala,a porta foi aberta com força demasiada para bater na parede.Robert entrou eufórico,parecia que tinha visto um fantasma.


-O que aconteceu? -Já pensei no pior.

-Lars acordou e o Kirk está com ele no quarto.-Robert sumiu porta a fora me deixando sem palavras.Eu não sabia se ia lá em cima e encarava o Lars ou se ficava aqui.De qualquer forma,eu teria que ficar cara a cara com o ele.


Ouvi alguns gritos vindos do segundo andar.Um barulho horrível começou lá em cima,como se estivessem brigando.Sai correndo em disparada ao quarto de hóspedes,quando cheguei na porta,puder ver Lars e Kirk brigando.


-Mas o Que...?-Robert apareceu atrás de mim e foi em direção aos dois.Ele tentava sem sorte,separar Kirk e Lars,mas infelizmente não conseguiu.

-Me ajuda James.-Pude ouvi-lo dizer,sai de meus pensamentos e fui em direção aos três.Peguei Kirk no com um braço e o puxei para junto de mim.Robert pegou Lars pelo braço e o levantou do chão,ele tentou se soltar,mas suas mãos estavam acorrentadas.

-Mais o que está acontecendo aqui?-Eu estava com raiva,enquanto tentava pensar no que fazer em relação a Cliff,os dois brigavam.-Até parecem duas crianças birrentas.

-Foi ele que começou.-Kirk disse apontando para Lars.-Eu vi que ele tinha acabado de acordar e pensei em solta-lo,só que ele me atacou.


Olhei para Lars por alguns minutos.Ele não poderia me dar problemas,eu já tinha alguns pra resolver,agora outro?

-Kirk e Robert saiam do quarto.-Disse

Robert saiu e Kirk ficou me encarando por alguns minutos,pude sentir o ódio em seus olhos mais ignorei.Ele pegou algo no chão e saiu pisando duro.Encarei Lars por alguns minutos,minha vontade era de enche-lo de porrada.

-Escuta aqui Lars,eu te trouxe aqui por causa do Cliff.Você sabe muito bem o que vai acontecer se você não cooperar.-Disse parando o dedo no pescoço.


-Se você fizer algo comigo Cliff nunca vai te perdoar.E sugiro que seja muito paciente se quiser conquista-lo.Não é assim que se faz as coisas James.Não é sequestrando as pessoas que se tem amor.


Fitei os olhos de Lars,tentei encontrar palavras mas,tudo o que saiu foi o som seco de minha garganta.Senti meus olhos se enchendo d'água.Virei-me em direção a porta sem ao menos olhos para trás.


Me encostei em uma parede e tentei assimilar o que havia acontecido.Suspirei profundamente e limpei meus olhos,eu vou ter que fazer algo pra abaixar a poeira,nem que pra isso eu tenha que sair do País.

-James?-Ouvi uma voz vindo da escada,pude ver que era Kirk,que me olhava assustado.


-O que foi?-


-Cliff...está acordando.-Disse e sumiu.


Um pequeno sorriso surgiu em meus lábios,agora finalmente eu o terei perto de mim.Queira ele por bem ou por mal.

 


Notas Finais


Até o próximo Capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...