História Insane - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Jikookwriters

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Romance
Visualizações 131
Palavras 1.148
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei rápido. 💕

Capítulo 2 - CAPÍTULO 1


Fanfic / Fanfiction Insane - Capítulo 2 - CAPÍTULO 1

Foi realmente insuportável ter que aguentar aquele homem lhe olhando durante toda a noite. Park Jimin tentava ser discreto enquanto falava com seus pais, mas era só eles se distraírem para que voltasse a lhe encarar. Se sentia tão desconfortável perto daquele homem que não via a hora daquele jantar acabar de uma vez.


   Pôde perceber que o homem com quem se casaria era extremamente sério, e não era muito de sorrir. Além de apresentar uma postura rígida, Jeongguk percebeu que ele possuía algo diferente, como se tivesse uma tristeza muito grande e tentasse escondê-la com toda aquela postura durona.


    Estaria mentindo se dissesse que Park era um homem feio. Na verdade ele era lindo. Tinha a pele branca, os cabelos castanhos, um corpo escultural, e um lábio carnudo que parecia ser tão gostoso de se beijar. Porém, o que mais lhe chamou a atenção foi o seu rosto. Apesar da postura séria, ele tinha um rosto que lhe lembrava uma criança. Aquelas bochechas gordinhas e os olhos infantis lhe deixavam muito lindo. Se tivesse o conhecido em outra ocasião e não tivesse aqueles olhos famintos praticamente lhe comendo, poderia facilmente dizer que se apaixonaria por aquele homem.

 

   Descobriu muitas coisas sobre seu futuro marido. Soube que ele era filho de um importante político e que estava seguindo os passos do pai. Park tinha seus 27 anos e já possuía uma carreira promissora. Tinha casa própria e era formado em direito. Jeongguk se surpreendeu, não achou que seus pais lhe casariam com alguém dez anos mais velho que ele.


   Se questionava a todo momento em como seria sua vida depois de casado. Mal tinha terminado os estudos e já teria que se casar. Tantas coisas se passavam pela sua cabeça.


  O casamento aconteceria em dois meses. Até lá, teria um pequeno tempo para se preparar psicologicamente. Só pedia a Deus ou qualquer outra divindade existente, que conseguisse aguentar esse casamento onde nenhum dos dois se conheciam.

          

 Estava tão imerso em seus pensamentos que nem prestava atenção no diálogo entre seus pais e Jimin. Só percebeu que todos na mesa estavam o encarando quando sua mãe lhe deu um pequeno cutuque chamando sua atenção.


 -Tudo bem? - Perguntou ela com um olhar de preocupação lhe tirando de seus pensamentos.


-Quê? Ah, sim. Desculpe, acabei viajando por um momento. - Respondeu se sentindo envergonhado.


-Então, Jeongguk. Como já sabe, semana que vem se mudará para a casa de seu noivo. Espero que possam se conhecer melhor com esse tempo que terão antes do casamento. - Disse seu pai, fazendo com que um medo lhe dominasse.


-Mas já? - Perguntou atônito. -Tão rápido assim? Não é melhor só depois do casamento? - Perguntava tão rápido que as pessoas na mesa quase não lhe entendiam.


-Sim! Creio que essa será a melhor forma de se conhecerem. - Respondeu ele já ficando meio irritado.


   Realmente não se sentia preparado para tudo aquilo que estava acontecendo. Se imaginar morando em outra casa sem seus pais, sem os carinhos da sua mãe, acabavam lhe assustando. Não estava acostumado nem mesmo a dormir fora de casa, imagina dividir a cama com outra pessoa.


-Sei que tudo aconteceu muito rápido, e que possivelmente você está aterrorizado, mas peço que não se preocupe. - Interveio Jimin, lhe dando um pequeno sorriso. -  Farei de tudo para que se sinta em casa.


    Não tinha outra escolha. O único jeito era obedecer seus pais e esperar que aquele futuro tão desconhecido não lhe fizesse sofrer.

    

     Quando o jantar acabou e Park se despediu de todos informando que na semana seguinte apareceria para ajudar Jeongguk com a mudança, o mesmo rapidamente se apressou em dizer boa noite para seus pais e correr para o seu quarto.

   

    Não queria que aquele fim de semana acabasse nunca. O medo do desconhecido lhe deixava aflito. Não sabia como as coisas seriam a partir do momento em que começasse a conviver com aquele homem que seria seu marido.

               

                       °°°°°


   Foi horrível ter que abrir os olhos naquela manhã. As lembranças da conversa que teve com a sua mãe no dia anterior enquanto arrumavam suas coisas para o mudança não saiam de sua cabeça. Era possível ver nos olhos dela o quanto estava sofrendo com a partida do filho.


-Desculpe. - Disse ela tentando parecer forte na sua frente. - Eu me sinto horrível sabendo que não posso fazer nada. Eu sei que não queria isso, mas essa é a única maneira de salvar a nossa loja.


-Eu sei mamãe. Mas não achei certo vocês fazerem uma coisa dessa sem a minha opinião. - Disse Jeon já com lágrimas rolando por seu rosto. - Eu estou com tanto medo. Não sei como serão as coisas a partir do momento em que pisar naquela casa. Não sei como serei tratado e isso me assusta muito.


    Naquele momento Jeon Jisoo deixou todas as suas barreiras caírem e abraçou seu filho com toda a força que tinha.

-Você terá que ser forte como sempre foi. Sei que as coisas não serão fáceis, mas tenho certeza que em pouco tempo estarão se dando bem. Você é um menino lindo, e cheio de qualidades, Jeongguk. Quem não se encantaria com você? Só precisará ser firme. Sei que tudo dará certo.  - Separou o abraço e o olhou bem nos olhos, queria ter certeza que seu filho aguentaria tudo. - Você consegue fazer isso?


-Sim. Prometo que serei forte. - Secou as lágrimas e deu um pequeno sorriso. - Obrigado.


    Desceu com suas coisas e encontrou Park e seu pai conversando. Ele era realmente belo quando sorria. Pensou que talvez a convivência entre eles pudesse realmente dar certo, mas algo lhe dizia que não seria tão fácil como sua mãe tinha dito. Resolveu deixar esse pensamento de lado enquanto comprimentava a todos.


-Desculpe a demora. Ainda estava terminando de arrumar algumas coisas.


-Isso é tudo? - Perguntou Jimin enquanto lhe ajudava com as malas.


-Sim.


-Então acho que já podemos ir. Pedi que fizessem um bom café da manhã em nossa casa como boas vindas. Espero que esteja tudo bem Sr. e Sra Jeon.


-Está sim. - Senhor Jeon que tinha um grande sorriso no rosto se aproximou dos dois parando em frente ao seu filho.  -Acho que é hora de dizer adeus. Se comporte, por favor. - Deu um rápido abraço no filho e se afastou.


-Sentirei tanto a sua falta meu amor. Cuide muito bem dele, Jimin. Não deixe que nada de ruim aconteça. - Abraçou o filho e se afastou dando um beijo na testa do mesmo. - Não esqueça, tudo dará certo. Eu amo você.


          Ter que se despedir de seus pais e olhar para aquela casa onde cresceu lhe deixou bastante triste. Mas não era hora de ficar sofrendo, tinha que ser forte. Seu lar agora seria outro e não tinha outra escolha a não ser se acostumar.


Notas Finais


Gostaram?
Então, como eu já tinha esse capítulo pronto resolvi postar logo. Ainda não sei em quais dias postarei, provavelmente seja nos sábados e quartas, mas não prometo nada, até porque tenho que estudar pra tanta coisa que tô ficando louca.
Bjs 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...