História Insane Desire ❥ Jikook - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hoseok, Jeon Jungkook, Jhope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Park Jimin, Rap Monster, Romance, Seokjin, Taehyung, Vmin, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 146
Palavras 1.258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi oi, demorei, né? mas eu tive uns probleminhas pessoas de família, então por isso sumi ): mas agora to na ativa novamente!
enfim, boa leitura e eu espero vocês nas notas finais ❤

Capítulo 2 - I'm so sorry, Jungkook.


Narrador

Os garotos estavam sentados na enorme sala do casarão onde moram. Estava ansiosos para o tão esperado comeback e estavam animados com a surpresa de um novo membro. Todos estavam falando sobre Jimin e sobre como o garoto parecia ser talentoso. Jungkook permanecia em silêncio e mexendo em seu celular, estava incomodado com tudo aquilo.

— A gente podia fazer uma festa no final de semana de boas vindas à ele! – Yoongi se animou.

— Incrível que quando o assunto é festa você fica todo atento e acordado, né? – Taehyung o cutucou.

— Acho que devíamos fazer uma festa. – Hoseok também animou.

— Eaí, o que acha Namjoon? – Seokjin perguntou.

— Acho que devíamos fazer. Vou falar com os managers mais tarde e combinar tudo. – O líder sorriu respondendo seu “namorado”.

Logo Jimin entrou na sala junto com o manager à procura dos garotos, e assim que os achou corou sentindo a atenção de todos sobre si.

— Ele disse que vocês estariam aqui. - disse corando.

— Jimin, você deve estar cansado, né? - Seokjin perguntou.

— Um pouco. – respondeu se sentando do lado de Seokjin e Namjoon.

— Sejin, pede para colocarem as malas do Jimin no meu quarto por favor. - Seokjin pediu e o mesmo assentiu saindo da sala.

— Então, como os quartos disponíveis estão uma zona, você poderia dormir no quarto do Jungkook. - Namjoon disse para Jimin e logo Jungkook arregalou os olhos.

— O que?! - Jungkook gritou.

— Ué, você nem dorme em seu direito. Sempre fica no quarto do Tae e do Yoongi. - Namjoon exclamou.

— Isso é injusto. – Jungkook bufou de raiva e Jimin se sentiu envergonhado de ser o motivo daquela cena.

— Tudo bem, Namjoon. Eu posso dormir na sala, sem problemas. – Jimin forçou um sorriso.

— Jimin, vamos lá para o meu quarto. Você pode tomar um banho e descansar lá enquanto Namjoon decide onde você vai dormir. – Seokjin se levantou e ofereceu sua mão à Jimin e o guiou para fora da sala.

— Qual é o seu problema, Jungkook? – Namjoon perguntou irritado.

— O meu problema? Eu queria saber quem foi o inteligente que manda alguém vir morar com a gente sendo que nem arrumaram u dos quartos para ele. – Jungkook bufou.

— Por favor, Jungkook, deixa ele ficar no seu quarto por dois dias. Eu prometo que irei arrumar um quarto para ele. – Namjoon suspirou e Jungkook parecia pensativo.

— Se você não ceder o seu quarto, eu irei chamar ele para dormir no meu quarto. – Yoongi sorriu malicioso.

— Eu também, hein... – Taehyung riu.

— Ele pode dormir no meu quarto. – Jungkook respondeu rapidamente. A ideia de ter seus amigos roubados por Jimin o incomodava. Ele não era nada sem Taehyung e Yoongi. 


[...]

— Mas que porra. - Jungkook se remexeu no colchão. Os roncos vindo de Taehyung não lhe deixavam dormir.

Jungkook se levantou pegando o travesseiro e se retirando do quarto, logo seguiu até o quarto do Yoongi e tentou abrir a porta. Seria uma pena se o amigo não tivesse a trancado.

— Eu te odeio Yoongi. - murmurou nervoso indo em direção à enorme sala.

Colocou o travesseiro em um dos sofás, e ali se deitou pensando se conseguiria dormir ou não.

Depois de alguns minutos encarando o teto, ouviu passos na escada, olhei pelo canto dos olhos e viu a silhueta de um "pequeno" garoto. Naquele momento Jungkook suspirou de raiva por ter emprestado o quarto para um garoto que iria andar pela casa em plena madrugada...

A silhueta de Jimin passou pela sala, indo em direção à frente da enorme mansão. Logo Jungkook ouviu a porta e abrindo e depois se fechando, o que indicara que Jimin estava lá fora.


[...]

Jungkook acordou assustado de seu cochilo por culpa de soluços vindo do lado de fora. Era Jimin...

O maior bufou e se levantou rapidamente seguindo os barulhos que não o deixava dormir. Abriu a porta com força fazendo Jimin que estava no jardim pular de susto.

Que inferno! Será que eu posso dormir? - perguntou sem notar que o garoto estava soluçando por conta do choro.

— E-eu sinto muito, Jungk-ook. - Jimin soluçou passando a barra de seu pijama nos olhos tentando limpar as lágrimas que insistiam em descer.

Jungkook se assustou com a cena, ele não imaginava que o menor estava chorando. Quando pensou em dizer algo ou talvez se desculpar, Jimin passou rapidamente por ele fugindo daquele cenário tenso que se encontravam.


[...]

— Ei Kookie, acorda! - Taehyung pulou em cima do amigo que estava esparramado no sofá.

— O que foi, porra? - perguntou coçando os olhos.

— Por que você dormiu aqui? - Tae perguntou.

— Por que você estava roncando mais do que o Namjoon. Agora sai de cima de mim. - Jungkook bugou e logo Tae saiu de cima do mesmo.

— Café da manhã daqui dez minutos! - Seokjin gritou da cozinha fazendo Taehyung correr desesperado. — Jeon Jungkook, é pra você comer alguma coisa! - gritou novamente fazendo Jungkook bufar.

— Ok Jin, só vou escovar os dentes e já desço de novo. - respondeu se levantando e indo até o banheiro do quarto de Yoongi.


POV Jungkook

Eu precisava pedir desculpa ao Jimin. Fui completamente idiota com ele nessa madrugada. Mas como eu imaginar que ele estava chorando? Aliás, por que ele estava chorando daquele jeito?

— Vamos comer, Jungkook. - Yoongi-senhor-mal-humorado se levantou da cama.

— Me espera, eu vou escovar os dentes. - falei entrando no banheiro.

— Deixou sua escova aqui? - perguntou.

— Eu sempre deixo uma aqui de reserva. - respondi colocando a pasta na escova.

— Você é um abusado mesmo. - Yoongi bufou.

— Vamos. - chamei Yoongi. — Caralho, já está dormindo de novo? - perguntei e o mesmo se assustou.

— Cuida da sua vida, Jungkook. - respondeu se levantando e logo seguimos até a cozinha onde a mesa estava farta.

— Bom dia!!! - Taehyung gritou com a boca toda melecada de chocolate.

— Bom dia... - eu e Yoongi respondemos.

— Dormiram bem? - Seokjin perguntou.

— Dormi. - Yoongi respondeu.

— Eu dormi bem demais. - Taehyung respondeu de boca cheia e Namjoon lhe deu um tapa no braço por isso.

— Dormiu bem mesmo, né? Parecia um trator roncando. - falei me referindo ao Tae.

— Foi por isso que dormiu na sala? - Seokjin perguntou e assenti. — Hoje eu e o Namjoon vamos arrumar um dos quartos pro Jimin e você vai poder voltar para o seu. - disse e assenti novamente.

— Aliás, cadê o Jimin? - Taehyung perguntou.

— Ele não dormiu muito bem. - Seokjin respondeu. — Aliás, vou colocar o café da manhã dele na bandeja e um de vocês levam pra ele. - disse.

Eu levo. - falei mordendo um cupcake e senti os olhares de todos sobre mim.

Você? - Yoongi sorriu com ironia. — Que bicho te mordeu? - perguntou.

— Como assim? - perguntei.

— Você parece não gostar muito da existência do Jimin. - respondeu.

— E qual seria o motivo para eu não gostar? - perguntei bebendo meu suco de laranja logo em seguida.

— Não sei. - Yoongi deu de ombros.

— Será que ele vai gostar do nosso café da manhã "americanizado"? - Taehyung perguntou.

— Acho que sim. Se não gostar ele pode comer outra coisa. - Namjoon respondeu.

— Pronto. - Seokjin respondeu caprichando a bandeja. — Você leva, Kookie? - perguntou e assenti indo até a bandeja e a pegando.

Subi as escadas lentamente para não derrubar a bandeja e segui até o meu quarto onde o Jimin estava. Parei em frente a porta e suspirei. "Por que eu estou tão nervoso e incomodado? É só entrar e entregar", pensei. Bati três vezes na porta, respirei fundo, entrei e tive -talvez- a melhor visão do mundo.


Notas Finais


E aí, o que acharam? Gostaram? Espero que sim! Estou esperando as avaliações de vocês! Beijinhos, até próximo capítulo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...