História Insane Like Me - Jane VS. Jeff - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jeff The Killer
Exibições 40
Palavras 1.564
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá gente!

Boa leitura,espero que gostem!

Bjss <3

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Insane Like Me - Jane VS. Jeff - Capítulo 1 - Capítulo 1

*Jane H. Arkensaw*

 

Mais uma noite.


Suspirei,o som se misturando ao estalo dos saltos de minhas botas no asfalto.


Apenas mais uma noite,Jane.

A lua cheia iluminava a rua deserta,guiando meu caminho até a casa do próximo cliente.Usei o vidro de uma vitrine para conferir meu visual.Meu batom preto estava em ordem,meu vestido no lugar,a cinta e as meias também...Realmente,parecia apenas mais uma noite qualquer.Parecia.

Toquei a campainha da mansão de mármore à minha frente,puxando o casaco para me aquecer.Era uma construção enorme,cercada por uma floresta densa.As luzes que vinham de seu interior e a música alta que dominava o local indicavam que haviam uma festa acontecendo lá dentro.

-Ah,você chegou!-Gritou Lindsey,me arrastando para dentro.-Achei que você não viria!

-Você tá brincando?Eu preciso desse dinheiro.-Falei,tirando minha jaqueta de couro e pendurando em um cabideiro atrás da porta.-Quem é o cliente de hoje?

Adentramos o espaço.Lindsey era uma companheira de trabalho minha há muito tempo.Quando eu estava na merda,foi ela que me ajudou a superar.Seus olhos castanhos se concentraram na escada que levava ao próximo andar,as pontas de seus cabelos loiros dançando no ar por um segundo antes dela virar-se para mim.

-Nícolas Denver.Ele tá dando uma mega festa de arromba e resolveu chamar algumas "garotas especiais" para animarem o lugar.-Ela falou,subindo as escadas.-Ou seja,ele chamou todas nós que trabalhamos na boate.

-Hmmm.

As maioria das luzes estavam apagadas,o ambiente iluminado por lâmpadas especiais violeta.A música fazia as pessoas na sala se movimentarem,esfregarem-se umas com as outras seguindo a batida.

Chegamos no andar de cima,contendo várias portas para lugares diferentes.Algumas estavam trancadas e, eventualmente,encontrávamos algum casal se pegando no corredor.Nada de mais.

-Bom,Denver requisitou especialmente que você viesse,o que me leva a entender que você mandou bem no último trabalho.-Ela falou,virando-se para mim com um sorriso malicioso.Ri levemente,me recostando na parede.-De qualquer forma,espere um chamado dele.

Assenti com a cabeça.Lindsey foi embora,me deixando sozinha com meus próprios devaneios.

Caminhei pelo corredor,até avistar uma sacada com a vista para a floresta.Acelerei o passo,deixando o vento proveniente da rua jogar meus cabelos para trás.

A lua estava enorme,me deixando hipnotizada.Debrucei-me sobre a sacada de mármore,fechando os olhos.

Deixei que meus pensamentos tomassem conta de minha mente.Tudo que eu havia passado,as coisas que tive que superar,as pessoas que fui obrigada a esquecer...Minhas cicatrizes ainda estavam lá,ocultadas apenas por sua profundidade.

De repente,ouvi um som.Como se fossem vozes em um nível mais baixo.Porém,como não encontrei nada ao observar os arbusto no térreo,deixei para lá.

*


*Jeff The Killer*

-Aaah que merda...-Reclamei.-A gente podia tá na mansão agora,assistindo Netflix.

-Não me lembra disso,Jeffy.-Falou Laughing Jack,em seu tom brincalhão e insano de sempre.-Eu detesto essas tarefas do Slender.

Eu estou ouvindo isso.

Uma voz rouca e macabra surgiu em minha cabeça,chiando e atrapalhando meus sentidos.Esse era o jeito especial do Slender de se comunicar.

-Tá,tá..Que seja.-Falei,abrindo caminho entre as árvores com a minha faca.

Caminhamos mais alguns minutos,até chegarmos no lugar marcado.Era uma mansão enorme de mármore e,pela música,estava acontecendo uma festa.

Eu e Jack nos abaixamos atrás de um arbusto,observando a sacada da casa.Uma garota apoiava-se sobre o  mármore,observando as árvores da floresta.Seus olhos brilhavam como esmeraldas,iluminados pela lua cheia.O vento balançava seu cabelo negro,liberando espaço para nós observarmos os traços delicados de seu rosto.Mas haviam outras coisas para se observar.Ela trajava um vestido preto colado ao corpo,indo até a metade da coxa.Uma cinta-liga levava até sua meia-calça preta e as enormes botas de salto,desviando o foco para suas pernas.Um decote dava uma boa visão de seus seios,levando Jack à se movimentar do meu lado. 

-Cara,ela é muito gostosa.

-Cala a boca,Jack.-Censurei,mesmo que eu estivesse pensando a mesma coisa.

Ela parecia estar em outra dimensão,ignorando a música alta que vinha do interior da casa.Sua feição era totalmente diferente da das garotas dançando atrás dela.Ela era diferente.

Talvez fosse por isso que Slender nos mandou buscá-la.

-Hey,Slender.-Falei em voz alta,sabendo que ele me escutaria.

O quê?

-É aquela a garota?

Exato.Sua missão é trazerem-na para a mansão imediatamente.Tenho a observado à algum tempo e ela tem um grande potencial que vale a pena ser explorado.

-Pode apostar que sim...-Falei,dando uma olhada demorada para suas pernas.

-Como devemos entrar no prédio?-Falou Jack.Ambos conseguíamos ouvir a voz do Slender em nossas mentes.

Utilizem a sacada quando não houver ninguém olhando.Tragam-na o mais rápido possível e Não.Sejam.Vistos.

Ele pronunciou a última parte em um tom frio e ameaçador,fazendo os pelos de minha nuca se eriçarem e um calafrio percorrer meu corpo.

Ele sabia como pôr medo em alguém.

De repente,a morena se afastou da beirada da mansão.Esperei o barulho de suas botas desaparecer para sinalizar para o Jack,indicando para subirmos.

Não foram necessárias grandes habilidades pra isso.Com um pouco de impulso e força já estávamos nos corredores da mansão.Não era tão grande quanto a mansão do Slender,e era bem mais iluminada,mas não era um lugar tão ruim.

-Onde ela tá?-Sussurrou Jack.

-E como você acha que eu vou saber,porra?-Sussurrei,irritado.

Vi duas sombras surgindo no final do corredor,indicando que alguém vinha por ali.Rapidamente puxei Jack para dentro de um dos quartos,fechando a porta com força.

-O que caralhos você tá fazendo?-Xingou Jack.

Não respondi,apenas grudei o ouvido na porta tentando escutar a conversa lá fora.Jack fez o mesmo.

-Ah,Jane!Achei você!-Ouvi uma voz feminina falando,fina e estática.O nome "Jane" ecoou em minha cabeça.Soava familiar...-O Denver tá te procurando.

Um silêncio tomou conta do local antes de uma voz cortar o ar.

-Certo.Você sabe onde ele está?-Era uma voz feminina também,mas essa era diferente.Tinha um timbre um pouco mais grave que a outra,puxando para um lado mais sedutor.Tenho que admitir,era bem sexy.

-Ele já vai pro quarto marcado mas pediu pra você ir na frente.Corredor ao leste,depois do banheiro,a última suíte.-Repetiu a voz fina.

Os passos deixaram o local.Abri a porta tempo o suficiente para ver uma silhueta de vestido preto cruzando o corredor.

-É ela!-Sussurrei pra Jack,apontando à frente.

Ele assentiu.

-Como a gente faz pra pegar ela?Ela vai chegar antes de nós...

-Não vai.Arrume uma distração,eu chego no quarto antes dela,me escondo,mato o cara que estiver lá e a gente leva ela pra mansão.

Ele não pareceu confiar muito.

-Vai dar merda.

-Foda-se.Vai!-Falei,empurrando ele em direção ao corredor onde a morena andava.

Fiquei na ponta do corredor,esperando a distração.Não sei o que ele fez,mas de repente as luzes se apagaram e a mansão ficou completamente escura.

-Que porra é essa?!-Ouvi ela gritar,cambaleando pro corredor onde eu estava.

Sem perder tempo,passei por ela sem que ela percebesse e entrei no tal "quarto marcado".Pelo menos eu torcia pra que fosse o certo,porquê até eu não enxergava porra nenhuma ali dentro.

Alguns segundos depois as luzes se acenderam novamente,e eu só tive tempo de me atirar atrás de uma poltrona no canto da sala,antes que a tal "Jane" adentrasse o quarto e batesse a porta com força atrás de si.

Ela se atirou na cama,cobrindo os olhos com o braço.Ela parecia exausta,mas mesmo assim,quando a porta se abriu,ela praticamente saltou.

-Jane...-Falou um rapaz,aproximando-se dela.-Quanto tempo,certo?

Ele tinha um cabelo loiro e olhos azuis.Sua calça social preta e a camisa branca de marca davam a entender que ele era rico.

A garota deu uma risadinha sedutora,aproximando-se dele.

-É verdade,Nick.-Ela jogou os braços envolta do pescoço dele,abraçando-o.-Por onde você quer começar?

Ele não respondeu,apenas abraçou-a.Suas mãos prenderam sua cintura,seu queixo apoiado no ombro da garota.Até que suas mãos começaram a deslizar em direção às nádegas da morena,puxando seu corpo para cima.

Suas mãos apertaram a bunda da garota,que gemeu baixo.

Sem perceber,acabei ficando excitado.Eu tinha que admitir,ela parecia ser muito no que eles estavam fazendo. 

*

*Jane H. Arkensaw*


Ele sentou na cama,eu em seu colo.Suas mãos percorriam meu corpo de cima a baixo,enquanto eu fazia o mesmo.Porém,eu não sentia nada.Excitação,adrenalina...Nada.Eu já tinha feito aquilo tantas vezes que simplesmente não sentia mais.

E talvez fosse melhor assim.

Comecei a me mexer levemente em seu colo,pressionando seu membro.Denver apertou minha cintura com mais força,o suficiente para um gemido escapar entre meus lábios.

Deslizei as mãos pelo seu peitoral,alisando sua camisa.Com habilidade,comecei a desabotoá-la a jogando no chão em seguida.

Apoiei minhas mãos em seu peito,erguendo-me e o empurrando em direção à cama.Coloquei meus joelhos em volta de sua cintura,o empurrando pra trás até estar em cima dele.

Uma vez deitado,sentei-me sobre seu membro.Me movimentei para frente e para trás,ouvindo os gemidos de Denver e observando seus dedos longos agarrarem o lençol branco.Inclinei a cabeça pra trás,fechando os olhos e me concentrando nos movimentos.

De repente,os sons de prazer que Denver emitia cessaram.

Abri os olhos,olhando para baixo,onde seu corpo permanecia sob o meu.

Os sangue do garoto coloria seu peitoral bronzeado,impulsionado por uma lâmina cravada em seu peito.Uma faca de cozinha para ser exata.Em seu cabo,dedos longos estavam entrelaçados,portando a arma.Olhei para a mão migrando para o braço,seguindo até chegar ao rosto do ser parado ao meu lado.

Sua pele era de um branco papel,como se tivesse sido pintada.Seus cabelos negros estavam cobertos pelo capuz de um moletom branco manchado de sangue.Seus olhos escuros esbanjavam insanidade,enquanto o sorriso sangrento aberto até suas orelhas me indicava que minha vida estava prestes a acabar.

Aqueles olhos...Aquela boca.Eu reconheceria em qualquer lugar.

Mil memórias invadiram minha mente,borbulhando enquanto o sangue em minhas veias esquentava em função da raiva.Todas elas misturando o ser à minha frente e meus desejos insanos de vingança.Porém,quando minha voz saiu, não havia nada além de sarcasmo e monotonia.

-Olá,Jeff.Quanto tempo.

 


Notas Finais


Obrigada por lerem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...