História Insane love {Brutheus} - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~GabrielleLudwin

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Brutheus, Brutheus Fic, Lemon Fic, Originais Fic, Yaoi
Visualizações 16
Palavras 1.141
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


{Repostando}
Cap inicial, vai ter mais a visão do Bruno, por que logicamente ele é o apaixonado
"Mais na história ele diz que não ama o Matheus e no prólogo sim?! Não entendi"
O prólogo se passa depois que ele aceita que ama o Mat

Ah e o começo vai ser mais leve e comédia, sem muito drama mas depois que começara a ficar mais intenso.

Pra quem não tinha lido, tomara que goste.
E pra quem já leu, obrigada ❤

Prontinho, agora, boa leitura ❤

~Eto

Capítulo 2 - Pela raiz


Fanfic / Fanfiction Insane love {Brutheus} - Capítulo 2 - Pela raiz

“A vida me fez pensar que o amor é mais que agir e sim sentir” – Joe Hollwing 

              09:32 AM - Outono 

— BRUNO ACORDA! - escutei minha mãe gritar da Sala.

— Já vou... - disse enquanto me virava na cama esfregando os olhos.

 Levantei e fui para sala, minha irmã estava no sofá conversando com o possível namorado babaca dela. 

— Bruno vem tomar café e depois vai se trocar - disse minha mãe enquanto colocava as coisas na mesa 

— tá mãe

Fui até a mesa e comi um pão, nada muito pesado para começar o dia. Segui até o banheiro e fui tomar um banho, eu precisava daquilo para começar o dia bem. Depois disso é só se trocar e ir pra escola, odeio aquele lugar.

           °°°

12:04 AM

— Bruno já ta pronto? - minha mãe dizia batendo na porta do meu quarto

— já to pronto mãe já to descendo - disse enquanto desligava o pc

— to indo pro carro 

Sai e fui até lá fora com a minha mãe.

            °°°

Na escola - Matheus POV

— Merda! Cadê o Bruno? Ele já chegou? - disse enquanto olhava para o "casal" na minha frente.

Meus amigos. Otávio e Lucas namoravam, todos nós sabíamos mas eles evitavam "se pegar" na escola.

— Acho que ele chega daqui a pouco, tá preocupado Matheus? - Otávio disse enquanto dava um soquinho no Lucas e ria.

— Não é o que tu tá pensando trouxa, eu sou hétero, H É T E R O! 

— Aham, conta outra Mat - Lucas ria ironicamente para mim 

A van do Bruno acabara de chegar, finalmente. Não é como eu me preocupasse, ele é só meu melhor amigo. Não é por que a maioria dos meus amigos são gays que eu sou. Eu acho. O que eu to pensando? Sou hétero e comprometido, eu amo a Juliana, a menina que estuda na turma da manhã. É ela e ponto!

— Eae galera - Bruno cumprimentou todos 

— O Matheus tava preocupado Bruno - Otávio ria descontroladamente 

— Cala a boca idiota - eu continuava discordando 

— Chega disso, vamos entrar logo se não o portão fecha - Bruno disse puxando eu até o portão 

           °°°

Na sala - Bruno POV

— Qual a primeira aula? 

— Acho que de português, se for, vai ter dinâmica - Matheus comemorava 

— Odeio o professor de Português aff - Lucas batia na mesa 

— iai gente - Eduardo se juntou a rodinha 

— ih ala chegou o namorado do Caio - Otávio ria 

— Não fode Otávio - Eduardo fez uma cara seca 

           °°°

— Seguinte pessoal, na leitura hoje  vocês vão ter que formar duplas.

Pensei em formar dupla com o Matheus mas o Gabriel já veio encher o saco, moleque chato, aff cara!

— Professor, pode ser trio? - Matheus perguntara ao professor 

— Pode, mas quero silencio ai 

— Vem Bruno - Matheus sorria enquanto puxava minha carteira

Uau. Nunca tinha reparado no quão perfeito é o sorriso dele. Essas covinhas. Se eu fosse uma menina já estaria apaixonado por ele.

              °°°

Aula de ciências - Bruno POV

— Psiu Bruno! - Matheus me chamava

— Quié? 

— Vem embora comigo h- 

— HUMMMMMMM SAFADO! - Lucas gritou do outro lado da sala 

— EITA VIADO - Eduardo ria 

Matheus não tinha terminado de falar e logo formou um alvoroço, ele ficou vermelho e eu tive um ataque de risos.

— Tá rindo do que idiota? - Matheus dizia irritado 

— De tu 

— Só ia falar pra tu ir em casa, minha mãe disse pra tu ir dormir lá 

— Uuuuh os dois dormindo juntos - Caio dizia sentando ao meu lado 

— Cala a boca Caio, vai com teu namorado - Matheus dizia estressado

— Ow eu sou Hétero porra 

— Com H de homossexual - disse Matheus rindo

— Igual você - Disse Caio 

— TOMAAAA - Otávio gritou 

       °°°

Na saída - Bruno POV

— Eai vamo? - Matheus disse saindo da classe

— Onde vocês vão? - Eduardo perguntou

— Na minha casa 

— Ui o Bruno vai dormir la?

— Vai - Matheus disse rindo 

— Ui ainda bem que sou hétero

— Ah ta beleza, vamo logo Bruno - Matheus me puxou 

— flw ai casalsinho - Eduardo gritou e percebi que Matheus segurava minha mão

Tava tudo tão estranho, ele é meu amigo mas nesse dia eu estava nervoso em ir dormir na casa do Matheus. Merda, alguma coisa ta errada.

        °°°

Na casa do Mat - Bruno POV

— Ei só pra avisar minha vó tá na casa da minha tia, a casa ta vazia, não estranha - Matheus disse abrindo a porta e entrando.

— A-ah tendi - eu estava suando. Merda.

— Tá tudo bem? Tu tá suando men 

— Tá calor, fazer o que - Disse rindo com desespero disfarçando. O que tava acontecendo

Matheus entrou e eu fui logo atrás, fomos até seu quarto e colocamos as bolsas na cama.

— Eu vou ir tomar banho, o PC ta desligado, liga ai, pode mexer - ele riu

— Ok... - fui até a cadeira do pc e me sentei, enquanto isso era possível ver Matheus tirar a camisa pelo reflexo da tela, senti o coração palpitar. 

— Liga ai Bruno - Matheus disse vindo ao meu lado apenas de cueca 

— EU LIGO! - empurrei ele e liguei o pc 

— Tá né, to indo tomar banho - ele riu e saiu do quarto

Bruno, respira, ele é teu amigo, apenas isso, calma.

Após ligar o PC abri o skype. A Julia começou a ligar. Atendi a chamada e liguei a webcam.

— Bruno? O que tu tá fazendo ai? - Ela ria 

— Vou dormir aqui na casa do Matheus ai ele foi tomar banho 

— Ui adoron, a Nona (vó do Mat) ta ai? 

— Não, ela saiu 

— VOCÊS TÃO SOZINHOS? AAA

— Larga de ser idiota menina, eu sou hétero men, num viaja não 

— Meu brutheus é muito real, não vou desistir

— seu oque? 

— Nada rs, só pra avisar, da pra ver o reflexo do Matheus tomando banho no espelho

— Onde? - Virei desesperado 

— Aiai te enganei, queria ver ele hum?

— Cala a boca velho, sou hétero alem do mais ele gosta da Juliana

— Ta com ciúmes?

— Não Julia aff velho 

Desliguei na cara dela, eu não gosto do Matheus, não desse jeito. Para com isso Bruno.

— BRUNO! - Matheus gritou do banheiro 

— QUE?

— PEGA A TOALHA PRA MIM? 

— T-TÁ! 

Sou homem não tem problema eu ver ele nu, né?... O QUE EU TO PENSANDO! CLARO QUE TEM PROBLEMA AAA

Peguei a toalha de uma vez e levei até a porta do banheiro, bati na porta e ele abriu de vez.

— Dai a toalha, e obrigada - Ele riu

— A-ah a toalha, toma! - entreguei e sai correndo, dei uma boa olhada no corpo dele. E que corpo ein. O que eu to dizendo? Eu sou hétero! Entende isso Bruno! 

∆ 

Continua... 

 


Notas Finais


Obrigada por ler ❤
Até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...