História Insane Minds - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Lilly Collins, Morte, Problemas Mentais, Psicopata, Psicopatia
Exibições 13
Palavras 1.511
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 18 - Acharam a minha amiguinha


P.o.v Luke
- Loiroooo - ouço a voz da ally e acordo
- hm ? - pergunto rouco e sem ânimo nenhum.
- sua voz é sexy quando acaba de acordar - ela fala mais pra ela do que pra mim.
- Por que me acordou ? - pergunto querendo voltar a dormir.
- É de madrugada.... - não a deixei terminar
- na boa ally ? Vai se foder - digo enfiando minha cara no coxão.
- Eu até iria mas essa parede nos impede - esse garota tem uma resposta na ponta da língua pra tudo ?
- Ta ally , continue a falar do porquê de você ter me acordado - falo tentando ficar acordado
- Então ...... Todos os dias às 3:40 da manhã , os guardas vão embora e nos deixam sozinhos e adivinha que horas são ? - fala toda empolgada e eu sorrio
- 3:40 ? - pergunto
- Não , seu burro , são 4:00 - ela fala e eu reviro os olhos , oque ela tem de linda tem de chata.
- de quem você roubou o relógio ? - pergunto sem nem ver o objeto
- Do cara que matei mais cedo - diz e tenho certeza que ela está sorrindo. Estou tendo muitas certezas sobre ela ultimamente. - agora me deixe terminar loiro - fala séria e eu me calo. É melhor não contraria-la. - Eu já bolei o plano e é o seguinte , ...... - ela me conta tudo oque bolou e eu fico espantado. Essa garota é brilhante.
- Ally , você é incrível - digo assim que digeri tudo.
- Sim , eu sou - diz orgulhosa - A doença ta Angel tem cura ? - pergunta ela mudou de assunto em segundos
- Ter tem , mas é incrivelmente caro o tratamento - falo me perguntando o porquê dela querer saber
- vou pagar o tratamento dela - diz do nada e eu tenho vontade de sair dançando por aí quando uma pontada de esperança me atinge.
- Espera , como ? - pergunto ao me levantar da cama e olho pra parede. Estou parecendo um doente conversando com essa parede.
- Já fugi algumas vezes daqui , sempre soube que me achariam e me trariam de volta pra cá então agia rápido. Roubei alguns bancos e alguns shoppings por diversão. Agora o dinheiro será útil - diz ela e quase abraço a parede de alegria.
- Porra , eu te beijaria neste momento - falo e ouço sua risada "nada escandalosa".
- essa parede , sempre nos impedindo de fazer coisas divertidas - fala e eu sorrio
- você não tem filtros - digo
- E você muito menos por me desejar - diz ela brincalhona
- Boa noite loiro - diz ela depois de um tempo de silêncio.
- Boa noite morena - digo me deixando e esperando o sono chegar.

__________ Quebra de tempo __________

Na manhã seguinte

Acordo com o barulho de celas sendo abertas e já penso que deu alguma merda.
Me sento rapidamente na cama e olho pro segurança que apenas me espera com a porta aberta.
Saio por ela e vejo que só as celas do nosso grupo estão abertas.
Estou pensando em coisas sem sentido enquanto ando em direção ao refeitório porque meu cérebro não funciona de manhã e alguém me puxa pra trás e cola nossos corpos.
Quando vejo a pessoa já está me beijando intensamente e eu retribuo por já saber quem é.
Quando nos separamos Ally olha pra mim e eu sorrio.
- não esqueci dos seus desejos da madrugada - diz ela sorrindo com os braços ao redor do meu pescoço. Ela vem até me ouvido e sussurra com a voz rouca - infelizmente só posso cumprir um deles
- O CASAL - Amber nos chama e encaramos ela
- vai se foder - ally diz enquanto andamos até os outros
- você está muito bonita com esse novo corte - digo passando os dedos pelos seus fios de cabelo. 
- obrigada - diz ela e eu fico surpreso - Ally sendo educada ? Meu deus - digo fazendo cara de espanto
- Eu posso ser muito educada , okay ? - fala brincando , ela tá muito boazinha , estranho
Chegamos e pegamos uma fatia de pão nos juntando aos outros.
Ally foi falar com Amber e eu fui puxado pela amanda até um lugar mais escuro.
Essa garota Adora apanhar , só pode , a Ally vai matar ela se descobrir.
- Não vem não , vai dar pro brian que ele aceita - digo tentando voltar pra pegar uma maçã. To com fome.
- Eu entendi o seu jogo , está com a Ally por a mesma ser forte - diz me pensando na parede - gostei do seu jogo e vou joga-lo. - ela continua e se aproxima mais de mim.
- Para de viajar garota , cacete - digo a empurrando pra longe de mim.
Vou até Brian , já com uma maçã em mãos , ele falava com os outros garotos sobre armas.
Começamos a conversar e eu me dei bem no assunto já que tinha o domínio do mesmo.
Só trocamos de assunto quando Maggie veio até nós e nos chamou para ficar com as garotas.
- É uma besteira isso de garotos de um lado e garotas do outro , venham logo - diz e saiu puxando Austin pelas mãos.
Nós a seguimos e eu me sentei ao lado de Amber já que ally se encontrava deitada no centro da mesa.
- estão nos deixando muito livres - diz ela e eu concordo
- isso me leva a pensar que essa tal missão será insana - diz Austin.
- Alguém ira morrer - Ally diz enquanto mantém os olhos fechados
- Como assim ? - pergunta Amanda confusa
- Não é óbvio ? Nós somos pessoas com quem a sociedade não se importa e se um de nós morrer tanto faz. - ela abre os olhos e continua - e é por isso que fomos escolhidos , não é uma simples missão , é suicídio - fala ela e aquilo realmente faz sentido
Todos ficaram em silêncio acho que eles não sabiam que era algo tão sério. Agora é cada um por si.
Logo guardas chegaram e levaram todos os homens pra tomar banho.
Foi tudo rápido , por mais que não tivéssemos preocupados em sair rápido de baixo do chuveiro ele estava vazio e podíamos cada um tomar conta de um box.
Após alguns minutos nós saímos e demos lugar as garotas que já esperavam na porta.
P.O.V Ally
Os garotos foram tomar banho e nós ganhamos roupas novas e toalhas limpas.
Ficamos esperando em frente ao banheiro e eles saíram minutos depois.
Nós entramos e eu expulsei todos os Bobs de lá. Ninguém veria meu corpinho nu tão cedo. Não que já não tenham visto. Enfim eu sou confusa.
Fui até o box e liguei o chuveiro , eu demorei muito pra sair dali. Parte de um plano.
Logo ouvi um Bob avisando que eu e Amanda estávamos sozinhas e demorando muito. Ótimo.
Sai do chuveiro , me troquei e esperei a outra garota sair.
Segundos depois ela sai do box e está apenas de tralha.
- Olá - digo e ela me olha assustada achando que eu ja tinha ido.
- an ... Oi - diz claramente nervosa.
- está tudo bem ? - pergunto sorrindo e me levanto indo até ela.
- estou sim , obrigada - diz tirando a toalha de seu cabelo.
- um passarinho me contou que você disse coisas muitos feias hoje - digo e ela arregala os olhos - quer ser minha amiga ? Oh bebê , não sou amiga de vadias - digo passando as mãos por seus loiros cabelos molhados.
Fecho minha mão fortemente em seu cabelo e a puxo fazendo seu ouvido ficar perto do meu rosto.
- se gritar quebro seu pescoço - sussurro e ela assente  - vou lhe ensinar a não sair falando merda por aí - a arrasto até o lugar onde os vasos ficam.
A forço a abaixar-se e enfio sua cabeça na privada segurando fortemente seus cabelos enquanto ela se debatia.
A tirei da água e olhei pra mesma que se encontrava sorrindo.
- você não vai me matar , não pode  - diz ela e eu sorrio
- vamos ver - digo e volto a sua cabeça pra onde estava e desta vez a deixo até ela parar de se debater.
A largo e ali ela fica.
Não sei se está morta ou desmaiada , apenas saio dali com um grande sorriso nos lábios.
- tudo bem ally ? - pergunta o meu Bob e eu assinto.
- estou cansada , vamos pra cela ? - eu falo e ele começa a me guiar enquanto o Bob da amanda e entra no banheiro.
Quando me sento na minha cama ouço gritos grossos.
Acharam a minha amiguinha. 


Notas Finais


Desculpa a demora
Comentem oq acharam 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...