História Insane Sexy (Imagine Jay Park) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jay Park
Personagens Jay Park
Tags Imagine, Jay Park, Stalker, Você
Exibições 462
Palavras 575
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Não estou bem....

Foto me matou

le~ sangramento nasal~


Fiquem com o capítulo sorry os erros <3

Capítulo 10 - O Jantar Parte 2


Fanfic / Fanfiction Insane Sexy (Imagine Jay Park) - Capítulo 10 - O Jantar Parte 2

Cá estava eu, sentada naquela enorme mesa de jantar com minha mãe que parecia que iria morrer a qualquer momento. Esperava impaciente, quase roendo as unhas nodos pés, esperando aquele cara.


- Que demora, o Jay nunca se atrasa.- Acredita na primeira palavra por favor mãe.


Até que escutamos a campainha soar, deveria ser ele, minha mãe como um foguete já estava na porta, arrumou sua saia e cabelo antes de abrir. Nem me dei o trabalho, afinal meu vestido estava bom, preto rodado tomara que caia, que ia até metade de minhas coxas, uma botinha cano curto sem salto, meu cabelo estava solto.


- Oi meu amor.- Minha mãe disse doce, dando-lhe um beijo em seguida.


Ninguém merece ver sua mãe beijar.


O homem finalmente entrou, e pelo céus, parecia ser uns bons anos mais novo que minha mãe, por essa eu não esperava.


- Filha esse é o Jaebeom.- Segurou seu.- Essa é minha filha (S/N) .


Deu um sorriso totalmente o sexy me olhando de cima a baixo, para depois falar, senti minhas bochechas enquentarem.


- Olá (S/N).- Sua voz era rouca e gostosa de se ouvir,confesso uma voz bem atraente.


- Oi...


Foi apenas  o que eu disse.


Mamãe insistiu para que nós ficássemos na sala enquanto ela terminava os preparativos da comida. Eu podia sentir seu olhar queimar sobre minha pele, o que me deixou desconfortável.


- Você é muito bonita (S/N).- Meu coração acelerou ele avia dito mesmo aquilo?!


- O-Obrigada....


- Me diga como é sua vida, sem seu pai.- Droga.


Jaebeom se esticou mais na cadeira, deixando suas pernas totalmente escancaradas em minha frente, não pude deixar de notar a protuberância ali.


" Grande"


O que? Eu estava pensando isso, não pode ele é o namorado da sua mãe boba. E ainda mais tem um daddy, quer dizer meio...


- E-ela vai boa...


Aquela conversa já estava me deixando sem contesto algum ali, e ainda mais com ele fazendo questão de abrir mais aquelas pernas. Isso já fazia meu subconsciente gritar.


- O jantar está pronto, vamos comer?- Minha mãe a salvadora da pátria finalmente apareceu.


Sai o mais rápido, eu queria logo que esse jantar acabasse de uma vez. Ele foi atrás de mim, eu podia jurar que Jaebeom estava olhando para minha parte traseira, pode isso.



*********************************************************************************


O Jantar tinha ocorrido bem, embora os olhares e perguntas que ele fazia questão de usar tom sexy, ao meu ponto de vista, estarem quase me infartando.

Agora estávamos todos nós na sala de esta, minha mãe gargalhava e conversava coisas que não fazia questão de olhar, ele por outro lado apenas acompanhava sem tirar os olhos de mim. Mamãe não percebia não?


Eu precisava sair dali, precisava de uma desculpa, que ajudasse, então sem mais delongas eu fui...


- Mãe eu tenho aula amanhã posso dormir?- 


- Claro filhinha bom noite.


- Para a senhora também.- Sorri, eu precisava mesmo dar boa noite a Jaebeom?- Boa noite Jaebeom...


- Boa noite criança.


Ele fez questão de ironizar o criança, afinal o que esse cara tem?


Sem esperar subi para meu quarto tirando minha roupa , fiquei apenas com uma blusa e deitei pegando meu celular.


(S/N): Daddy foi estranho o jantar ele até que é legal mas é muito intimidador.


(S/N): Daddy esta ai? Daddy por favor.


(S/N): Não vai me responder, castigo é, então tá não falo mais.


(S/N): T-T

Joguei o celular em qualquer canto, ele avia me ignorado, isso fez a raiva vir, se era castigo  por não responder, eu estava apavorada mas agora não estou eu quero falar com ele.


E em meio a tantos pensamentos eu acabei dormindo.....





Contínua....



Notas Finais


Desculpe qualquer erro e me digam se está ao agrado.


Bye bye ❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...