História Insensível - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - II - 1° Dia De Aula


Fanfic / Fanfiction Insensível - Capítulo 2 - II - 1° Dia De Aula

- Filho levanta que está na hora de ir pra escola - diz minha mãe batendo na porta.

Como não gosto de acordar cedo, eu enrolo o máximo que posso. Até que ela bate denovo e fala que vai arrombar a porta se eu não levantar.

Levanto contra minha vontade e vou no banheiro tomar banho. Escovo meus dentes. Coloco uma calça marron claro, o uniforme e desço.
E pego meu celular e tem uma mensagem do Maw. Não sei o que deu, mas soltei um sorriso meio sem jeito.

* Maw : Você vai pra escola?

*Eu : Vou sim... Você vai comigo e com a minha mãe?

* Maw: se não tiver problema, vou sim.

* Eu: So vou tomar café e já mando mensagem.

Desço as escadas até a cozinha. Minha mãe está terminando de tomar o seu café, o meu irmão já terminou o seu leite.

- Cadê a Nath - pergunto para minha mãe.

- Sua irmã saiu ontem - disse minha mãe - ela ia posar na casa de uma amiga 

- Mãe - ela logo se vira pra mim - o Maurício vai conosco pra escola tá.

- Tá bom - ela finaliza.

Enquanto minha mãe arruma meu irmão na cadeirinha no carro, eu aproveito e mando uma mensagem pro Maw avisando que estávamos indo. Ele não demora muito e aparece. Vestindo uma calça jeans escura, com alguns rasgado no joelho, o uniforme da escola e um tênis da Nike. Devo dizer que ele estava muito bonito, não havia visto ele arrumado assim. Ontem ele estava com um shorts e camisa sem manga.

- Bom dia Vanessa - disse ele com um sorriso de orelha a orelha.

- Bom dia Maw - Disse minha mãe entrando no carro - Tá todo bonitão hoje em.

Ele agradeceu com um sorriso e com as bochechas toda corada. Ele entrou e logo chegamos. Minha mãe tinha que levar meu irmão na creche e depois ir trabalhar. Me despedi da minha mãe e sai do carro juntamente com o Maw.

- Você sabe que sala você está? - pergunto.

- Ainda não - disse ele, com a cabeça um pouco baixa - tenho que passar na secretaria ainda.

- Se quiser eu te mostro a secretaria e a escola.

- Tá, pode ser.

Chegando no portão da escola. Meu amigo Andrew e a minha amiga Nataly vem ao meu encontro e me abraçam. Eu apresento o Maw pra eles, e logo ele se enturma, mas como sempre ele estava tímido e sem jeito. E fomos entrando.

- Acho um charme garotos tímidos - disse Andrew, dando em cima do Maw.

- Para Drew, tá deixando o menino vermelho. - disse Nataly.

- Eu vou mostrar pra ele como chegar na secretaria. - eu disse - Vejo vocês na sala.

Estava indo com ele, e parecia em dúvida de alguma coisa.

- Tudo bem?- pergunto

- Sim - disse ele, ainda com a cabeça baixa - Aquele seu amigo, ele é...

- Gay? - cortei ele antes de terminar a frase - ele é sim. Por quê? Se interessou?

- NÃO!!! - ele se apressou em deixar claro. E pela primeira vez pude ver perfeitamente seus olhos, pois se voltaram para mim - É que de onde eu venho, não tem muitos.....

- Gays? - cortei ele novamente e ele parece gostar disso - aqui tem bastante, nessa escola acho que é a que mais tem na cidade.

- Hum... - ele ainda estava em dúvida de algo - E você é...

- Gay? - não pude evitar, cai na gargalhada, mas ele parecia não ter gostado disso - Ah me desculpa - ainda rindo disse - Eu não sou, tenho bastante amigos gays mas não..

- Ali é a secretaria? - ele perguntou apontando para o letreiro na porta escrito "Secretaria".

- Sim - disse sabendo que ele perguntou aquilo, pra fugir do assunto - Se quiser eu posso esperar você pra mostrar onde fica sua sala.

- Não precisa, sei me virar.

Dito isso ele se virou e me deixou, pude perceber que ele ficou mal com aquela situação, possivelmente pela minha risada, que pode ter o ofendido, claro que não foi minha intenção, mas não posso mudar o passado, mas posso concertar o presente, para não estragar uma futura amizade.

Estava subindo para a sala de aula e o sinal toca. E com isso todos começam a subir para suas salas. A escola é enorme tem mais de 100 salas. Pelo menos o espaço é grande e não fica apertado com esses números incríveis de pessoas.

Chego na sala me sento, e meus amigos entram e sentam em seus lugares. O professor ainda não chegou. E sinto meu celular vibrar. Era uma mensagem do Maw.

*Maw: Andy, tá ocupado?

* Eu: Não. Aconteceu alguma coisa?

* Maw: Você poderia me ajudar? Eu me perdi.

* Eu : hahahaha aonde você está?

* Maw: Perto de uma sala número 63

* Eu: hahaha pera aí chego em 1 minuto.

Aproveitei que o professor não havia chegado e saí correndo ao encontro do Maw. Não demora muito e encontro ele conversando com um dos gays da escola.

- Achei você - digo e saio puxando ele. - Vamos

- Tchau. Obrigado - Maw disse se despedindo dos garotos.

- Pelo jeito já fez amizades - digo alfinetando ele. 

- Não, é que eles perceberam que eu era novo, e me perguntaram se eu estava perdido e disse que um amigo vinha me ajudar - disse ele tentando se desfazer das minhas mãos.

- Me deixa ver o papel que a moça da secretaria te deu - peço para ele.

Ele me entrega o papel, e não pude segurar um sorriso no canto da boca.

- Você está minha sala. - digo

Ele pareceu não gostar muito disso mas acabou dizendo que pelo menos conhece alguém de sua sala.


Notas Finais


Pessoal espero que estejam gostando, e por favor sejam sinceros na hora de votar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...