História Inside X-men - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias X-Men
Personagens Anna Marie (Vampira), Dr. Henry "Hank" McCoy (Fera), Erik Lehnsherr (Magneto), James "Logan" Howlett (Wolverine), Katherine "Kitty" Pride (Lince Negra), Kurt Wagner (Noturno), Pietro Maximoff (Mercúrio), Professor Charles Xavier, Raven Darkhölme (Mística), Robert "Bobby" Drake (Homem de Gelo)
Tags Charles, Evan Peters, James Mcavoy, Mercurio, Quicksilver, Xavier, X-men
Exibições 68
Palavras 1.261
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Escolar, Fantasia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 35 - Desaparecida


Fanfic / Fanfiction Inside X-men - Capítulo 35 - Desaparecida

~POV. Charles~

- Não pode ser! - tudo o que falamos ontem veio na minha cabeça. Deve ser por isso que ela deve ter fugido.

Saí rapidamente da sala, e avisei Hank pra cancelar a minha aula.

Fomos para o meu escritório, eu, Peter, Vampira, Kurt, Scott, Jean, Bobby, Ororo e Jubilee. Todos que eram mais próximos dela, pra descutir sobre onde ela poderia estar.

- Pra onde vocês acham que ela pode ter ido? - eu perguntei.

- Da última vez que ela fugiu, ela tinha ido pra casa dos pais dela..- Vampira respondeu.

- Da última vez? Ela já fugiu outras vezes? - Peter perguntou não acreditando.

- Já. Só uma vez. - Vampira disse.

Peter ficou com uma expressão de confuso.

- Algum outro lugar? - perguntei.

- A montanha. A montanha que nós fomos juntos uma vez. Ela gosta de lá, pode ser que ela esteja lá. - Peter respondeu.

- Então nós vamos nos separar para procurá-la. Peter, você vai procurá-la na montanha. Eu vou até a casa dos pais dela. O pior vai ser ter que explicar pra eles que a filha deles sumiu. Vampira, Kurt, e todos os outros, vou dar um lugar pra cada um de vocês procurarem em dupla. Fiquem com seus celulares, e me liguem quando acabarem de procurar, que eu vou buscá-los. De acordo? - eu disse.

- Sim. - todos responderam.

Achei melhor deixar para procurar na casa dos pais dela só em último caso, pra não preocupa-los.

~POV. Peter~
Fiquei surpreso quando soube que essa não era a primeira vez que ela tinha fugido. Porque ela fugiu? Qual é o motivo? Estava tudo bem ontem a noite. Será que foi por minha causa? Ou..quem sabe ela não tenha fugido, e se alguém levou ela? Isso é pior ainda do que eu pensava! Eu tenho que encontrar ela!

Cheguei na montanha. E comecei a procurar por ela.

- Paulline! - Gritei. - Paulline! - mais uma vez.

Vasculhei cada canto daquela montanha. E nada dela.

~ligação on~
- Alô. Professor, ela não tá aqui na montanha. Encontrou ela?
Professor: - Ainda não fui até a casa dos pais dela. Estou esperando pra ver se vocês encontram. Não quero preocupar os pais dela. Vou usar o cérebro pra tentar acha-la.
- Ok, professor. Eu tô voltando pro instituto. Nos vemos ai.
Professor: Ok.
~ligação off~

Ninguém encontrou minha namorada. Naquela noite, não consegui dormir. E saí pra procurar ela quase a noite toda, preocupado, com medo de ela estar em perigo.
Eu verifiquei a cidade toda, mas não a encontrei.
No dia seguinte, de manhã, adormeci no sofá da sala, mas foi por apenas uma hora e meia. Logo acordei, e fui ver se o professor encontrou ela, pelo cérebro.

~POV. Charles~
Peter entrou na minha sala.

- Professor, descobriu alguma coisa?

- Não Peter. Tem alguma coisa me bloqueando. Acho que ela esta usando os poderes ligados às emoções dela, pra me bloquear de alguma forma. E deve estar usando alguma coisa ligada à aparelho elétrico.

- Isso quer dizer, que é ela que não quer que a encontrem?

- Eu acho que sim Peter. Talvez ela queira ficar sozinha pra pensar.

Peter ficou meio chateado com o que falei.

- Mas porque? Ela quer fugir de mim?- Peter alterou a voz. Tinha o mesmo temperamento que o pai dele.

- Calma Peter. Não sabemos o porque. Não se altere, não se precipite.

- Mas.. ainda pode ser alguém, que tenha levado ela, e está bloqueando você de achar ela.

- Mas quem? E porque?

- Eu não sei. Eu sinceramente não entendo. - Peter estava desolado.

- Peter, você precisa se acalmar. Acho que.. ela foi, porque te ama..

- Como assim?

- Talvez seja algo que ela precise te falar. E esteja confusa, porque quer ser sincera com você.

~POV. Peter~
Tudo o que o professor falava, só me confundia ainda mais. Se ela me ama, porque ela fugiu? Ela tem algo pra me falar? O que seria tão grave?

- Eu não entendo professor. Com licença, eu vou pro meu quarto.

Saí da sala bem rápido, e fui pro meu quarto.

Nunca fui de chorar, e nunca chorei por uma mulher. Mas, pela Paulline, eu chorei. Eu não me debulhei em lágrimas, mas, sem que eu percebesse, cairam lágrimas dos meus olhos. É, eu realmente não posso me imaginar sem ela, e pior ainda, não posso ficar sem ela. Eu fiquei assim por um minuto, e logo enxuguei meu rosto. E me levantei, indo procurar ela de novo.
~~

Aqui onde estou, parece não haver confusão alguma. Só há silêncio. Era o que eu precisava, fugir de tudo, pra poder pensar.
Bloqueei Charles, com a parte psíquica dos meus poderes, usando todas as energias, dos eletrônicos, em volta do lugar retirado que estou, pra poder me cobrir, pra Charles não sentir minha energia mutante.
Eu precisava ficar sozinha.
Trouxe dinheiro pra comprar comida suficiente pra ficar um ou dois dias aqui. E tô usando meus poderes para me aquecer.
De repente, pensando em Peter, eu comecei a chorar. Eu estava triste e confusa, mas esse choro veio tão de repente. Eu tô sentindo tanta falta, da escola, da Vampira, dos meus amigos, do professor, e principalmente do Peter. Eu realmente não sou eu sem ele.

~POV. Charles~
Os pais de Paulline já estavam sabendo. Fui até a casa deles, na esperança de encontra-la lá. Mas ela não estava. E pior, seus pais ficaram muito preocupados. O pai de Paulline chegou a se enfezar comigo.

- Como minha filha simplesmente some assim? Esse seu instituto não tem segurança?

Logan entrou na frente, impedindo que ele tomasse uma atitude de vir pra cima de mim.

- Ei, vai com calma senhor. Ninguém aqui tem culpa. Geralmente os alunos não fogem, e eles também não são obrigados a ficar. - Logan falou.

O Senhor Carter se acalmou. A mãe de Paulline estava arrasada, chorando.

- Querido, não seja rude. Você sabe como Paulline é. Quando ela coloca alguma coisa na cabeça, não tem quem tire. - a Senhora Carter disse.

- É. Nossa filha é bem cabeça dura. - disse o Senhor Carter. - Tudo bem, vamos ligar pra casa de parentes, pra ver se ela está em algum desses lugares. Mas eu duvido muito, ela não era muito amigável com nossos parentes.

- Tudo bem Senhor Carter. Vamos voltar a procura-la.

- Qualquer coisa, qualquer coisa mesmo, não deixe de nos avisar, professor. - disse a Senhora Carter.

- Ok.
----

Peter procurou ela a noite mais uma vez. Ele quase não dormia mais, na verdade nenhum de nós, eu, Peter, e até Vampira, mas Peter principalmente.
Mais um dia sem encontra-la, já era o terceiro dia. Estávamos quase procurando as autoridades - o que não faziamos muito, pois somos mutantes - Íamos procurar só mais um dia, depois avisariamos as autoridades, se não a encontrassemos.

~POV. Peter~
Procuramos ela o dia inteiro. Sem sucesso mais uma vez. A noite era minha única esperança. Eu sei que se avisarmos as autoridades, tudo vai ficar ainda mais complicado, principalmente quando souberem que ela é mutante.
Meus sentimentos se misturavam, e se confundiam entre preocupação, tristeza, saudade - muita saudade - , raiva - por ela sumir assim, parecendo estar fugindo de mim - , e amor, sim, amor, eu independente de qualquer coisa, sei que vou amar ela, acho que..pra sempre. É cliché, mas eu acho que o amor é algo cliché, isso não quer dizer que seja ruim.


Notas Finais


Que linda essa última declaração do Peter ♥
Pequena enquete: Comente ai pra mim quem você shippa? Charlline ou Pelline? E porque? Quero ver qual é a maioria hehe
(Não seja um fantasma, comenta poor favooor ♡)

Bjinho no coração de vcs ♡

Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...