História Insônia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 13
Palavras 446
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Magia, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Cheguei com minha nova história my niggas! kkkjjj.
Esse prológo é meio confuso para quem não leu a sinopse da história, quem leu vai entender.
Amanhã, ou hoje mesmo à noite, começará a história oficial, o primeiro capítulo. Obrigado pelo apoio na "Are You Scared", agora quero o apoio na "Insônia"! É nós gente, obrigado!

Capítulo 1 - Prológo


                                    Insônia
                                   Prológo

⎯ Joyce, tenho uma missão pra você! Você consegue?
  ⎯ Claro que consigo! Super heroína Joyce sempre consegue!
  ⎯ Quero que vá na base central e pegue uma fita para mim!
  ⎯ Claro, agente papai! E que fita é essa?
  ⎯ É uma fita de comédia do George Calin! E depois quero que pegue duas Budweisers na geladeira espacial para mim!
  ⎯ Ok, senhor papai! Super heroína Joyce indo a missão! Lá vamos nós! Vrum!
  Fui até o porão ⎯ que se entitulava de "base central" ⎯ para pegar a fita, desci os 8 degraus que levavam á um chão de madeira, com uma prateleira do mesmo material, cheio de fitas, LPs de rock e um álbum de fotos do casamento do meu pai. Peguei a caixa de fitas e procurei a comédia do George Calin, mas não achava.
  ⎯ Você está procurando isso? ⎯ Me chamou um menino muito pálido, com algodões nas suas narinas e muito sujo.
  ⎯ Ei! O que está fazendo na base central?!
  ⎯ Eu? Não importa agora. ⎯ disse isso entregando a fita de comédia do George Calin em minhas mãos. ⎯ Você tem uma importância imensa sobre esse universo que você vive. Irei te proteger Joyce. Os seus pais morrerão quando você completar 15 anos, numa noite chuvosa e fria de novembro, onde se medirá 5 graus abaixo de zero. Uma tempestade cairá, você irá passar por coisas terríveis, mas no final, tudo melhorará. Deus tem planos pra você. ⎯ pegou em minhas mãos e olhou fixamente em meus olhos ⎯ Você é a super heroína Joyce, não?!
  ⎯ Claro! ⎯ falei alto e em bom tom ⎯ Um dia irei me tornar Darth Vader, como no Jornada nas Estrelas!
  ⎯ Sim, irá. ⎯ falou olhando nos meus olhos, com um sorriso. ⎯ Mas para isso, você precisa fazer uma promessa.
  ⎯ Claro! E que promessa é essa?
  ⎯ Não conte nada para seus pais sobre a nossa conversa.
  ⎯ Claro. Mas pra falar a verdade, eu não entendi nadica de nada! ⎯ falei rindo.
  ⎯ Com o tempo tudo irá se explicar Joyce. Agora eu tenho que ir. Aproveite o tempo com seu pai, pegue essa fita e as Budweisers dele, aproveite o tempo que você tem com ele, aproveite muito. ⎯ disse ele, ainda com aquele sorriso ⎯ Agora tenho que ir. Complete a sua missão agora Joyce! ⎯ disse isso desaparecendo
  ⎯ HEROÍNA JOYCE, AONDE ESTÁ COM MINHA FITA E MINHAS BUDWEISERS? ⎯ cantarolou meu pai, disfarçando sua impaciência
  ⎯ Estou indo! Super heroína Joyce a caminho!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...