História Instagram - JiKook - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags 2ne1, Baeri, Bangtan Boys, Bigbang, Blackpink, Bwoo, Chaelisa, Chaera, Chanbeak, Comedia, Crack!fic, Daesung, Exo, Got7, G-top, Hunhan, Instagram, Jensoo, Jikook, Jso, Kaisoo, Markson, Namjin, Romance, Taegi, Taeyoonseok, Taoris, Tenchi, Vhope, Xiuchen, Yoonseok, Yugbam
Visualizações 561
Palavras 1.059
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, FemmeSlash, Ficção, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


❣ ANNYEONGHASHIMNIKKA ARMYS/BOLINHOS ❣

Disse que ia demorar, consegui esperar até amanhã pra soltar essa bomba? NÃOOO

Tema: PQP EU FUI ESTUPRADO?!

➥ ☕: NÃO AGUENTEI

Capítulo 26 - 26 - Jeon Jungkook


Fanfic / Fanfiction Instagram - JiKook - Capítulo 26 - 26 - Jeon Jungkook

Jeon Jungkook

Nenhum dos dois irá sair ferido

Eu fiquei magoado sim quando soube que Jimin estava namorando. Afinal que não ficaria? Depois de ter aquela conversa com o Appa eu resolvi sair e me divertir, afinal não valia a pena ficar em casa se lamentando.

Eu realmente criei uma ilusão, e foi realmente doloroso cair na realidade. E que dura realidade. O pior de tudo é que ele está namorando a Seulgi, entendem isso? Seulgi foi uma amiga da minha irmã. Bem, uma amiga talarica. Minha noona, ao contrário de mim, não ficou chorando e se lamentando ela apenas tratou a Seulgi como ela merecia. De forma fria e indiferente.

E nesse tempo eu resolvi sair com a minha noona, e resolvemos ir à festa da Kyung.  Eu realmente queria me animar e me divertir. E aí que entra o Yanghyun, ele se aproximou e puxou assunto comigo. No meio da conversa eu descobri que ele tinha terminado com o namorado por um motivo besta – ciúmes, porque ele tirou uma foto com a prima –. E então aí resolvemos ficar, pois gostamos de pessoas diferentes e não iremos nos machucar. Nenhum dos dois irá sair ferido, isso era bom eu admito.

E chegamos á um acordo, se um de nós começarmos a sentir coisas diferentes pelo outro, teremos que nos afastar o mais rápido possível. Por quê? Assim o sentimento que iria nutrir acabaria logo. É uma ótima ideia, eu admito.

Não vou dizer que não acho o Yang bonito, porque cai entre nós, ele é um homão da porra. E é bem mais alto que eu – agora eu sei como o Yoongi se sente perto do Hobi –, o que me faz me sentir um anão de jardim.

~❦~

Acordei com o toque do meu celular, pisquei os olhos até perceber que eu não estava num ambiente que eu conhecia, foi aí que eu percebi que estava nu e com uma dor enorme no meu quadril. Puta que pariu, eu fui estuprado?

Levantei com um pouco de dificuldade vendo minhas roupas espalhadas por aquele quarto, vesti bem rápido e saí dali. Eu tinha que ir embora rápido. Afinal, eu não sabia onde estava. Era uma casa bem arrumada e decorada.

— Jungkook?

Eu tinha a mera impressão que conhecia essa voz. Eu fiquei quieto pra ver se a pessoa ia desistir de me procurar. Mas não foi isso que aconteceu.

— Ainda bem que você acordou, pensei que tinha morrido lá dentro.

Depois de observar aquele homão da porra, uns flashes vieram na minha cabeça.

‘’ — Sou Lee Yanghyun, mas não precisa usar o Lee.

— Jeon Jungkook, sem o Jeon.

Rimos. ‘’

— Yanghyun?

— Eu mesmo. Como está se sentindo?

— Eu estou com ressaca...?

— Hahahaha. Bebeu tanto que não se lembra de nada. Vem comigo.

Ele virou indo pra outro cômodo, segui-o por precaução – vai que era um estuprador? –. Ele entrou no cômodo que eu identifiquei que era a cozinha, ele abriu um armário e pegou um remédio, aí eu pensei ‘’ puta que pariu ele vai me matar ‘’.

— Esse remédio é ótimo para ressaca.

Eu continuei sem falar nada.

— Você realmente acha que eu sou um estuprador?

— Desculpa, é que eu não me lembro do que aconteceu.

— Creio que eu vou ter que te contar. Mas antes tome o remédio.

Entregou e remédio na minha mão junto de um copo d’água.

~❦~

— Então a gente tem uma espécie de acordo?

— Sim.

Então eu fechei os olhos acabando por ter mais lembranças da noite anterior. As lembranças vinham um pouco distorcidas, alguns barulhos semelhantes a gemidos. Aí me veio uma dúvida.

— A gente...?

— Ah, sim. Está lembrado de alguma coisa?

— Só consigo lembrar imagens distorcidas e alguns gemidos.

Ele riu, ele achava engraçado a minha atual situação?!

— Não ria Yanghyun! Quero ver se fosse com você!

— Eu provavelmente não iria me importar tanto, aliás, eu acho que ainda tenho algumas roupas do Jonghae.

— Não precisa se incomodar, eu já estou indo embora.

— Entenda Kook, você não sairá daqui até estar alimentado e arrumado.

— Aish! Você parece a omma Jin falando isso!

— Me segue, Kookinho.

— Não me chame assim, Yangie.

Rimos, ele com certeza é um cara legal. Ele me empurrou até o quarto em que eu tinha acordado pegando algumas roupas do roupeiro junto de uma toalha.

— O banheiro é a 1º porta á esquerda, qualquer coisa pode me chamar.

Eu sorri e andei até o lugar dito. O banheiro era organizadíssimo, com cores neutras e algumas estrelas que brilham no escuro. Eu tirei a roupa e coloquei-as dobradas em cima da pia, entrando no Box em seguida.

Liguei a água deixando ela gelada, eu quase não bebo e quando eu bebo já sei exatamente o que devo fazer no dia seguinte. Depois de ter tomado o banho sai do Box e vesti a roupa – uma jaqueta preta com uma blusa branca, e é claro uma calça jeans preta – e calcei o tênis em seguida, sai do banheiro com a toalha no meu ombro e as minhas roupas segurava nos braços.

— Yanghyun?

— Sim.

Levei um susto, ele tinha brotado da onde mesmo?

— Que susto! Onde eu posso deixar a toalha?

— Coloque-a dobrada na pia, depois eu a colocarei em algum lugar guardado.

— Ok.

Eu dobrei e coloquei na pia. E do banheiro mesmo eu gritei um ‘’ O que eu faço com as minhas roupas ‘’ e ele apenas disse para eu pegar uma bolsa no seu roupeiro e as colocar ali. E assim fiz. Eu saio do quarto com a bolsa no ombro e a coloquei no sofá, deixando-a ali mesmo e indo pra cozinha.

— Agora coma, nem adianta dizer que não está com fome.

— Mas...

— Jeon Jungkook, ou você come ou você come. Qual você escolhe?

— Idiota. Arrombado.

— Eu? Tem certeza?

Ele riu e enfiou um biscoito na minha boca. Resmunguei dando um tapa no ombro dele.

— Filho de uma boa coreana!


~❦~

Eu já estava casa quando vi três notificações no visor do meu celular. Por um momento eu sorri soltando um risinho, mas quando eu vi a última notificação meu sorriso se desmanchou.

você тeм 210 мenѕagenѕ de 10 converѕaѕ - ᵛᶤᵃ ʷʰᵃᵗˢᵃᵖᵖ

@yangнyυnιe coмeçoυ a ѕegυιr você - ᵛᶤᵃ ᶤᶰˢᵗᵃᵍʳᵃᵐ

@cнιмcнιм eѕтá тe convιdando pra υм dιrecт - ᵛᶤᵃ ᶤᶰˢᵗᵃᵍʳᵃᵐ

Eu certamente deveria acabar com o contato que eu tenho com Park Jimin.


Notas Finais


Chegou até aqui?! Comente e favorite amore! Assim me estimula a postar e eu vou saber que vocês estão gostando!

❥ Passei aqui no final pra lembrar que: NÃO ODEIEM O YANGHYUN, ELE É LEGAL!

E DEEM UMA OLHADINHA NAS MINHAS OUTRAS FICS

Links:

LongFic Amor Doce - https://spiritfanfics.com/historia/de-volta-ao-passado-5548967

OneShot Jikook (Drama) - https://spiritfanfics.com/historia/thanks-for-hurting-me-10748929

❣ ANNYEONG ARMYS/BOLINHOS ❣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...