História Instagram - Justin Bieber ( Repostando) - Capítulo 147


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Instagram, Justin Bieber, Social Mídia, Sonia Ammar
Visualizações 346
Palavras 884
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 147 - Fifty eight


Justin Bieber POV

- Cara eu acho que fiz merda - Falo frustado pra Ryan que esta, jogado no meu sofa .

- O que você fez ? - Ele pergunta curioso.

- Disse umas, coisas pra Lia que com certeza ela não, vai me perdoar tão cedo - Jogo meu telefone longe.

- Você também é um retardado,cara ela tava toda preocupada com você ontem ai você fode tudo - Ele diz irritado - Cara ela é uma , garota especial não estraga tudo agora tá só começando.

- Eu levei dois socos, do amiguinho dela - Aponto pro meu olho.

- Isso não justifica cara, você começo pelo que eu entendi - Ele diz .

- Eu ainda fui ameaçado - Me lembrando daquele loirinho - Eu poderia ir a polícia .

- Você fala isso pelo garoto ou pela Tay ?

- Pelo garoto claro - Óbvio eu não tenho medo de mulher - Lia diz que não , gosta dele mais ele tava lá garotas são complicadas.

- Ele faz parte de uma, gangue Justin deixe ele queto mexe com drogas e tudo - Minha boca se abre em " O " - Ele e disse que tá lá pela proteção dela .

- Eu tento sabe entender mais, isso não vai esses amiguinhos dela - Suspiro - O pai dela, parece ser um chato como ele não sabe que a filha anda com caras assim .

- Ele não deve saber né - Ryan diz mexendo no celular eu tava com um sorrisinho - Não Justin, você vai ficar bem quetinho .

- Uma visitinha pro meu sogro - Dou um sorriso - Eu precisava mesmo, falar com ele .

- Lia vai, te matar e a Tay junto - Ele balança a cabeça negativamente .

- Lia eu me entendo , já a Tay ela me odeia não vai mudar - Dou de ombros - Vou pedir pra arrumar o carro, você vem comigo ?

- Pra onde você vai ? - Ele pergunta ele é tão lerdo . ( Falou o rápido kkk )

- Hospital Hill não é óbvio ? 

- Perde a amizade da Lia ? Tô fora pego, meu celular é vou embora - Ele diz se levantando e subindo as escadas - Se você falar, que eu sabia eu nego até a morte - Ele grita.

- Valeu viadão ! - Grito de volta .

°°°°°

- Justin Bieber , o Doutor Tod vai atender você - A secretaria velha disse .

- Justin Bieber o que devo, a honra da sua vida em meu humilde hospital ? - O pai de Lia diz irônico essa conversa vai ser difícil.

- Bom dia Doutor Hill - Estendi minha mão pra ele é o mesmo aperto ela como se arrancar de mim.

- Só Tod, Justin agora você é da família ou eu estou errado ? - Ele estende a mão, apontando pra poltrona frente a mesa dele me sento e ele na sua cadeira de frente pra mim.

- Não eu acho, que sou né - Dou um sorriso.

- Não e querendo ser grosso, mas minha agenda e cheia se puder adiantar o assunto - Ele diz abrindo o seu computador .

- Eu queria ir direto, ao assunto é sobre as amizades da Lia - Digo meio com receio.

- Deixa eu ver - Ele coloca a mão no queixo e fingi pensa - Matheus Louly ? - Ele diz eu o encarou surpreso - Pela sua cara eu aceitei .

- Sim e ele o senhor esta, ciente do que ele faz né ? - Pergunto e ele assenti.

- Justin - Ele me chama - Eu sei tudo, que as minhas filhas fazem com, quem andam e o Matheus filho de um amigo meu conheço desde de criança, sei quando ele entrou nessa gangue e sei que ele a Manuela brasileira tiveram algo, quando ele vendeu drogas pra Taylor e colocou ela, no mesmo mundinho dele - Ele da um gole da água que esta em uma bandeja - O que ele fez ?

- Ele meio , que me ameaçou .

- Isso e terrível , mais o motivo ? - Ele me encara .

- Eu também, não sei - Menti - Mais Taylor drogas ?

- Sim minha pequena Taylor - Ele suspira - Foi um tempo difícil, pra família Hill - Ele olha a hora do relógio - Lia não contou ? - Faço não com a cabeça - Eu tenho um paciente daqui dez minutos, não se preocupe vou ter uma conversa com o pequeno Teus .

- Não precisa, Senhor Hill - Ele me encara - Que dizer Tod eu consigo , resolver .

- Melhor não garoto, ele pode te matar - Ele se levanta - E ninguém saberia , até sua família e metade do mundo saber seu corpo vai tá em decomposição - Engoli seco nessa parte.

- Ok Tod ! Obrigada - Me Levanto .

- Vou marcar um jantar , na próxima semana na minha casa pra gente continua esse papo - Ele diz sai da sala me deixando lá sozinho.

- Tchau né - Murmuro pra mim mesmo já que tava naquela sala eu aproveitei tinha uma estante com várias, fotos de família tinha um porta retrato com uma foto da Lia aproveitei peguei meu celular, e tirei uma foto é claro que vou posta.


" Literalmente essa família, adora deixa as pessoas falando sozinho "


 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...