História Instagram - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Visualizações 127
Palavras 704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - WhatsApp Justin Bieber 》Maggie Lindemann.


Acordei com a porcaria da campanhia tocando. Inferno.

Joguei minhas cobertas no chão, e soltando fumaça pelo nariz caminhei até a porta.

- JÁ VAI - Gritei descendo as escadas, já que a praga na porta colou o dedo na campanhia. Abri a porta com brutalidade, vendo Matthew ali.

- Bom dia - Meu primo entrou no meu apartamento. Fechei a porta e me virei para o traste na minha frente.

- Oque faz aqui?

- Vim te ver. - Se aproximou depositando um selinho em meus lábios. - E comer. Não quero fazer almoço. - Bufei.

- Pois bem, vai ficar com fome. Não vou fazer nada para comer. 

- Por favor Maggie. eu não sei fazer almoço e a Juliana está de folga hoje. Morar sozinho é um porre. - Se jogou no meu sofá.

- Então compre algo para comer, caralho. - Joguei meu corpo no estofado, ao seu lado

 - Já sei oque comer. - Me olhou com malícia, puxando minhas pernas, fazendo meu corpo deitar, e deitando o seu por cima do meu.

- Nem pensar - O empurrei fazendo meu primo ir parar no chão.

- Filha da puta. - Ri.

- Que hora são? - Ele olhou no relógio em seu pulso.

- Onze e vinte. Quero almoço Maggie.

- Só vou fazer porque também é estou com fome. - Levantei para ir a cozinha, mas um tapa na minha bunda me fez parar. Virei para encarar Matthew que me olhava mordendo os labios.

Por que não provoca-lo?

Sentei em sua cintura, proxino ao seu mebro, movi minha cintura para frente e para trás, passado pelo seu pênis. Repeti isso três vezes, vendo que ele estava ficando excitado.

- Vai me provocar? - Indagou, levando duas mãos para minha cintura a apertando. Curvei-me até estar próxima a sua boca, iniciando um beijo quente. Rebolei mais uma vez antes de desgrudar nossas bocas e levantar.

- Vou fazer o almoço - Fiz questão de ir rebolando para a cozinha, ouvindo um "gostosa" vindo dele.

Depois de colocar o macarrão para cozinhar, separar os ingredientes para fazer o molho braço e temperar o frango. Peguei meu celular e sentei na bancada. 

Liguei o wifi e esperei ele parar de tocar, por causa das notificações, então entrei no meu Whats. A primeira conversa era de um número que eu não tinha marcado. Arqueei a sombrancelha e entrei no mesmo.

WhatsApp Justin Bieber 》Maggie Lindemann.

Hey, consigui seu número baby

Aliás, aqui é o Justin.

Eu vou matar a Madison.

Oque você prometeu para ela desgraça?

Até que enfim. Achei que não ia me responder.

Eu estava fazendo almoço.

Agora anda, fala oque você prometeu para ela.

Que eu faria oque ela quisesse.

Puta que pariu Bieber, você está esta fodido.

Fodido? 

Falando nisso, quando vou poder te foder? 


De novo com isso? Puta que pariu hein.

Desiste, eu não vou deixar você me comer tão cedo.

Então quer dizer que eu vou poder te comer?

Você é impossivel.

Você podia seguir o exemplo da Madison.

Que exemplo?

Eu mandei mensagem para ela era dez horas, e ela estava transando.

Ih?

Nós poderíamos fazer igual.

Kakakakakak

Não, mesmo.

Porque? 

Se eu quisesse transar, já estaria fazendo isso.

Afinal, Matthew está aqui em casa.

Ah, então para ele você da a porra da sua buceta, mas não quer dar para mim?

Oi? Tá me chamando de vadia, Bieber?

Eu NÃO disse isso.

MAS INSINUOU.

Não foi isso que é quis dizer caralho.

Você quis dizer exatamente oque eu entendi.

Me chamou de vadia.

Eu não te chamei de vadia. 

Você que entendeu errado.

Ah tá bom.

Agora eu também sou burra?

Oque? Eu NÃO te chamei de vadia, e nem burra.

VOCÊ INSINUOU. TÁ ME CHAMANDO DE VADIA E BURRA.

EU NÃO TE CHAMEI DE NENHUM DOS DOIS PORRA.

TÁ GRITANDO COMIGO?

ACHA QUE EU SOU QUEM?

ME CHAMA DE VADIA, DE BURRA E AINDA GRITA COMIGO?

Meu Deus garota, eu não estou gritando, não te chamei de vadia e nem de burra.

Para com isso, parece uma louca.

LOUCA?

LOUCA? 

VOCÊ ESTÁ ME CHAMANDO DE LOUCA?

ALÉM DE ME CHAMAR DE VADIA

E BURRA

E TAMBÉM GRITAR COMIGO?

ACHA QUE EU SOU AS PUTAS QUE VOCÊ COME?

ME RESPEITA, FILHA DA PUTA.

Você está impossivel.

PUTA QUE PARIU.

O MACARRÃO.

OQUE?

Macarrão?

Maggie?

Ei?

Oque houve?

Porra.

Margaret?

Pelo amor de Deus, você não possui fogo na cozinha.

Pos?

Devo chamar os bombeiros?

Para de ser idiota.

A água tinha secado.

Ata, que susto.

Eu sou uma ótima cozinheira.

Jamais deixaria minha cozinha pegar fogo.

Tá bom então ótima cozinheira, tenho que ir para o estúdio agora.

Depois nos falamos.

Um beijo nessa boca gostosa.

Kakakaka Iludido.

Tchau, Bieber.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...