História Institute National Lunara - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Personagens Ash Ketchum, Bianca, Black, Bonnie, Brendan, Brock, Calem, Cilan, Clemont, Crystal, Dawn Hikari, Drew, Gold, Iris, Korrina, Leaf (Green), Max, May, Misty, Natural Harmonia Gropius "N", Paul, Red, Serena, Shauna, Silver, Tracey Sketchit, White, Yellow
Tags Agencyshipping, Amourshipping, Ash, Darkash, Evilash, Ficcção, Luckyshipping, Luta, Pearlshipping, Pokemom, Serena
Visualizações 207
Palavras 2.517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá
Como estão?
Primeiramente, Agradeço a todos e aos 34 Favs na Fic o/
Segundamente, Boa leitura ;)

Capítulo 8 - Confusões na Mt.DeepGreen! Parte 3


Fanfic / Fanfiction Institute National Lunara - Capítulo 8 - Confusões na Mt.DeepGreen! Parte 3

 

Narrador: Continuando o Capitulo Passado...

 

 

Ash olhava para os dois Drapions de uma forma extremamente assustadora, o garoto estava com seus ombros caindo sorrindo com um sorriso mortal em seu rosto mostrando seus dentes brancos. Os Drapion’s ficavam abrindo e fechando suas garras, em uma forma de confronto com sua presa, não demorou muito e o 1º Drapion começa a ir para cima do garoto.

A aura de Ash começa a ganhar uma tonalidade preta e cobre todo o garoto, quando a aura se dispersa, o garoto não está mais lá. Os 2 Drapion’s ficam confusos, ambos começam a olhar aos arredores com procurando Ash, o primeiro está mais frente e o segundo continua atrás, perto do Drapion que estava cego. Depois de alguns segundos, Ash aparece atrás do 2° Drapion, o garoto aparece com uma estaca preta de energia pura rodeada por uma negra, onde a mesma é cravada no peito do Drapion com sucesso, chegando a atravessar o peito do animal. Ash fica em cima da costa do escorpião sorrindo. O escorpião geme de dor, todo o corpo do escorpião é tomado por um fogo roxo que o consome muito rápido, depois de alguns gritos de dores, o escorpião cai, a tonalidade roxa que suas escamas portavam foi rapidamente substituída por uma cor cinzenta, todo o animal tinha essa tonalidade de sem vida.  Ash sai de cima do escorpião, sorrindo, seus olhos continuavam vermelhos e a aura em volta do garoto só aumenta.

Toda a energia e a alma do escorpião foram drenadas para uma pequena esfera de energia branca que estava flutuando ao lado de Ash, o garoto rapidamente pega aquela esfera e a absorve. Todos os cortes que o garoto apresentava foram cicatrizando na hora. O único Drapion em pé fica com uma com os olhos dilatados para a cena de seu companheiro caído, o garoto dá um sorriso se sentindo revigorado, seus olhos vermelhos brilhavam como nunca. Algo tentava sem formar na costa do garoto, porém era a forma era bastante bagunçada, por algum motivo ele não conseguia finalizar “aquilo”.

O Drapion não reagiu e decidiu recuar, o escorpião saiu da depressão e foi para o meio deserto, Ash não se conformou com a cena, o garoto começou a rosnar de raivar, a aura do garoto novamente se espalha pelo corpo todo do garoto. Ash começa a correr em direção ao escorpião, mas, Steven aparece no seu caminho e o bloqueia

- Ash, chega! Ele já foi embora! – Steven falava para o garoto.

- QUEM VOCÊ ACHA QUE É PRA ME DAR ORDENS ??? – Ash avança para cima de Steven, o garoto pula querendo o socar, porém, Steven desvia facilmente e chuta o garoto para longe.

- Ash, chega, você já venceu, chega... – Steven novamente fala para o garoto

Ash levanta, o mesmo começa a rir de uma forma irônica, novamente uma energia negra cobre o garoto e faz o desaparecer

- Cadê ele ?? – Steven começa a olhar para os lados tentando achar o garoto

Em uma fração de segundos, o moreno aparece atrás de Steven e o acerta um chute em cheio na região do Lombar, O golpe fui muito forte e eficaz contra Steven, o coordenador é arrastado pelo chão alguns metros por causa do impacto. Ash começa rir da cena.

- Urgh... – Steven gospe um pouco de sangue – “Esse golpe...como...?” – o mesmo começa a pensar, mais seu pensamento logo cessa quando vê o garoto se aproximando com um olhar baixo.

- ISSO O QUE ACONTECE QUANDO ALGUÉM ACHA QUE PODE ME PARAR! – Ash começa a gritar se aproximando lentamente do coordenador, ele dá uma pequena risada formando à estaca negra novamente. Não demorou muito para que o garoto chegasse do lado de Steven.

- SUAS ULTIMAS PALAVRAS – O garoto começa falar de uma forma lenta.

- Não...acabou ainda Ash... – Steven levanta com seu braço revestido de aço puro, ele acerta Ash que novamente voa com impacto e deixa sua estaca cair no chão

- Se você quer lutar, então estou aqui! – Steven limpa o pouco sangue de sua boca

 

 

------- Ficha Individual -----

 

Nome: Steven

Idade: 27 anos

Tipo:  Steel/Psychic

Hidden Habillty:  Filter (O usuário recebe ¾ de um ataque super efetivo, ou seja, todos os ataques super efetivos no usuário sofrem uma redução de dano.)

 

 

 

 

Ash começa dar um sorriso maligno, olhando para o coordenador com um olhar penetrante, olho no olho.

- SE A GAZELA QUER MORRER TENTANDO, POR MIM TUDO BEM, AQUELAS BOSTAS ROXAS NÃO SERVIRAM NEM PARA A MINHA DIVERSÃO! – Nesse momento, Steven começa a se preparar para a luta, mas nota algo estranho no garoto

“Esse não é o Ash...mas se não for.... Quem é você?” Steven pensa.

Não demorou muito e Ash foi correndo para o coordenador, Steven reforça seus dois braços com aço como uma forma defensiva, Ash chega em Steven, ambos começam a trocar socos e chutes, Ash tentavam dar socos na cara do coordenador, mas sempre tinha seu golpe defendido pelo mesmo, depois de algumas trocas, Ash consegue segurar os dois braços de Steven.

- SABE A GRANDE FRAQUEZA DE METAL? ELE PODE SER FACILMENTE AMASSADO! – uma aura bem escura começa a cobrir o braço do moreno, que ao mesmo tempo começa a apertar o braço de Steven muito forte, fazendo o gritar de dor.

- Ash!! Pare!! – Steven grita para o moreno, já Ash sentia prazer naqueles gritos, o garoto deu um sorriso quando viu o sangue de Steven sair pela parte de metal e escoar em suas mãos.

- AAAAAAAAAHHHHHHHHHH – Steven grita muito de dor, em uma medida desesperada, o coordenador chuta o garoto na região da bariga, com o chute, Ash acaba soltando os braços de Steven que começa dar alguns passos para atrás.

- AINDA NÃO ACABEI COM VOCÊ SUA PUTINHA! – Ash começa a rir e começa a andar em direção do mesmo.

“Merda...” Steven pensa sentindo muitas dores.

Ash para no meio do caminho, o que faz Steven dar mais passos para trás, o garoto começa a gritar de uma forma desesperadora, caindo de joelhos na areia fofa e quente do deserto.

- Ash...? – Steven fica confuso vendo a cena, mas se recusa a se aproximar, temendo o pior.

A aura negra de Ash começa a ficar fora do controle, os gritos eram agonizantes e agudos, não dava para entender a cena. Depois de alguns segundo na mesma, toda a aura que estava fora de controle se desfaz, fazendo algumas partículas pretas e roxas se espalharem pelo local, os olhos do moreno retornaram a sua cor original, instantaneamente, Ash cai desmaiado no meio da areia, sem nenhum tipo de reação.

Steven vê a cena e decide aproximar do garoto, o mesmo percebe que Ash estava desmaiado, rapidamente Steven faz o corpo do garoto levitar, já que o mesmo sabia que não conseguiria usar as mãos tão cedo. Ele volta para a depressão, e coloca Ash perto da garota que estava desmaiada lá desde quando Ash tinha chegado. Não demorou muito e Steven consegue teleportar os dois juntamente com ele para o vilarejo.

 

- No vilarejo – 20 minutos depois

 

Ash e Serena foram levados ao pronto socorro logo quando chegaram, Steven foi curado rapidamente juntamente com um animal recriado por Elm, o nome do animal era Blissey, tinha seu corpo em um formato oval, carregava um ovo em sua barriga que tinha poderes de cura extremamente forte, foi um dos únicos Pokémom que Elm conseguiu domesticar. Steven já tinha contado todo o ocorrido

- Então...expulsaremos esse garoto? – Juniper diz um pouco triste pelo estado do coordenador.

- Provavelmente Sim – Birch afirma logo ao lado

- Não – Steven fala friamente

- O que?? Esse garoto quase te matou Steven! – Elm começa a ficar irritado.

- Eu sei...mas não era ele...- Steven começa a lembrar do ocorrido – Aqueles olhos...aquela aura... não era ele. –

- Você está escondendo algo Steven, fale logo. – Cynthia fala e deixa todos ali curiosos.

-Ok... o primeiro golpe que este garoto me acertou... foi um golpe muito forte do estilo Ghost... onde primeiramente, aquela aura o fazia desaparecer...aparecendo atrás do adversário, ou em qualquer lugar... – Steven fala olhando para o chão.

- Pera...ele sumia com uma aura negra e....apareceu atrás de você dando um golpe comum sendo do estilo Ghost? – Elm pergunta aparentemente nervoso

-Sim... –

- O que foi Elm? – Birch nota o nevorssismo de Elm

- Não sei dizer... Mas com essa descrição... conheço esse golpe... – Elm respira bem profundamente – Se for o que eu estou pensando, esse golpe que esse garoto usou é o “Shadow Force” ... Uns dos golpes mais forte do estilo Ghost... e raro.... – Novamente Elm começa a expressar nervosismo.

- Tá, ele é uma raridade e daí? – Juniper começa a questionar o professor

- Esse golpe é um golpe especial de uma espécie única de Pokémons, chamamos esses tipos de espécie de “Lendários”, normalmente, esses tipos não passaram seus poderes para os humanos... existem até rumores que eles ainda estejam vivos... – Elm afirma preocupado.

- Chega de teorias, vamos esperar o garoto acordar e falamos com ele. Talvez ele saiba mais sobre ele mesmo não? – Cynthia começa a falar – e outra, mais da metade da sala ainda estão na ilha, precisamos focar neles agora.

- Sim – Os professores responderão em uníssono e voltaram para seus afazeres, porém Elm continuava com aquilo martelando sua cabeça...

“Não pode ser....como?”  - o mesmo pensava.

 

 

Pov’s Visão Ash OFF

 

Pov’s Visão Brock ON

 

- Na ilha –

Brock e N estavam perto de um rio que escoavam ali perto, Brock já estava quase recuperado, mas ainda sentia algumas dores.

- Cara...Obrigado, não sei como te agradecer. – O moreno fala sentando em uma pedra bebendo um pouco de água.

- Rlx, isso que companheiros de equipe fazem. – N dá um sorriso – Mas afinal, porque aquelas coisas estavam querendo te matar?

- Eu estava dentro daquela caverna, mas por um pequeno erro, cai na nascente deste rio, o no meio dela tem uma pequena porção de terra que tinha os ovos daqueles bichos...

- Agora entendi... eles estavam protegendo os filhinhos, que fofo – N dá uma risada besta que deixa Brock com uma gota na cabeça

Não demorou muito e os dois ouvem um grito vindo dentro da floresta que estava ao lado dos dois, ambos se olham e levanta em rumo a direção da floresta.

Ambos chegaram até o local que foi se ouvido o grito, um rapaz se encontrava-se no chão, ele tinha seus cabelos verde arrepiados e tinha uma gravata borboleta verde engraçada. Brock foi acudir o moço, enquanto N observava o local

- Meu Arceus... – Brock fica assustado com o que vê

- O que foi? – N chega perto do homem que estava inconsciente

- Olha – Brock mostra marcas de cortes no moço verdeado, cortes lineares que pareciam vir de garras bem afiadas - Quem fez isso... –

- Na verdade, o que fez isso né? – N complementa

Não demorou muito e muita pedra foi jogada em direção dos dois, em um movimento rápido, N cria uma garra com uma aura verde-água, cortado a rocha em dois pedaços.

Na floresta começam a sair 1 urso no meio da floresta, ele era todo coberto por uma pelagem marrom tinha uma esfera amarela em sua barriga, suas garras eram bem afiadas. O Urso estava aparentemente bravo.

- Beleza... mais um pro zoológico escroto dessa ilha... – N faz cara de desgosto. – Cuida desse cara, eu resolvo com esse urso.

- Ok – Brock resolve se afastar um pouco junto com o moço de cabelos verde

- É agora... – N dá um sorriso

 

------ Ficha individual -----

Nome: Natural (N)

Idade: 21 anos

Tipagem: Dragon/Ice

Hidden Habilty: Teravolt (Permite que o usuário use o golpe “Fusion Bolt”)

 

 

 

O urso fica encarando N, enquanto o mesmo só o observa de lado, não dando tanta importância assim, não demorou muito o urso começou a ir atrás do moço, N somente olhou para o mesmo e foi em direção ao mesmo andando. O urso levantou seu braço pronto para atacar porém N pula para atrás em um rápido movimento, ele olha para o urso que continuava a correr em direção ao mesmo, N coloca suas mão na terra, que faz o chão ganhar uma fina camada de gelo brilhante, o urso não ficou congelado, porém começou a escorregar no chão escorregadio, não demorou muito para o mesmo cair e continuar deslizando em direção a N, o moço viu a oportunidade e deu um sorriso, ele fez novamente as garras com sua aura em foi “patinando” em direção ao urso. N conseguiu fazer 2 cortes em X no urso, e consegui dar um chute no local do mesmo. O urso foi deslizando até bater em uma arvore, o urso começava a derramar um pouco de sangue devido ao corte, o chute fez que os cortes fossem aprofundados. N viu que o urso estava um pouco desnorteado com os golpes e com o gelo, o mesmo aproveitou a oportunidade e fez novamente seu dragão com uma aura roxa e azul, o dragão vai em direção ao urso que tenta se levantar e se equilibrar no chão de gelo, o golpe é acertado em cheio que faz o urso ir voar com o impacto.

- Pronto, resolvido. – N dá um sorriso.

- Nossa...- Brock fica impressionado com a força e rapidez de N

- Digamos que eu já treinava antes de entrar aqui hahahaha  - N toca ao chão e desfaz o gelo ao redor – Como ele está?

-Acho que ele está acordando – Brock diz perto do moço de cabelos verdes

- O que...aconteceu? – O moço de cabelos verdes tenta reconhecer o local, mas sem sucesso

- Digamos que você foi atacado por um urso meio grande... – Brock fica com uma gota na cabeça e coloca sua mão em sua nuca

- Sim, porém, já o espantamos, fique tranquilo. – N dá um sorriso.

- Ah...O-Obrigado... – O moço levanta – Agora preciso ir, minha equipe me espera

- Acho que você já a achou... – N mostra sua fita preta e apontando para a fita do moço

- WOW – o moço dá um pulo – O meu nome é Cilan, prazer em conhecer vocês, qual o nome de vocês?? Que aventuras faremos juntos?? –

- Calma menino... que pressa hahahaha – N dá um sorriso – Prazer meu nome é Natural, mas me chame de N.

- É....calma Cilan... Meu nome é Brock, prazer – Brock fica com uma gota na cabeça

- N e Brock.... – Cilan dá uma pausa longa e deixa N e Brock confusos...

- É....Cilan? – Brock pergunta

- CILAN, BROCK E N, JUNTOS SEREMOS IMBATIVEIS! – Cilan levanta uns dos braços fazendo uuma posição vitoriosa, deixando N e Brock com uma gota na cabeça.

- Quanta animação em hahahah – N dá uma risada

- Sim hahaahahah – Brock o acompanha com os risos.

- E agora? – Cilan olha em volta analisando a floresta.

- Agora teremos que procurar a praia para voltarmos ao vilarejo. – N afirma com a mão em seu queixo – Vamos?

- Sim – Brock e Cilan responde em uníssono, assim a recém equipe caminha floresta a dentro rumo a praia mais próxima.

Continua no Próximo Capitulo... 


Notas Finais


Até o proximo Cap povo
Fui

Dúvidas? Criticas? Sugestões?
Comenta ai ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...