História Institute Words - Capítulo 13


Escrita por: ~ e ~JarineCosta

Postado
Categorias Cameron Dallas, Jack & Jack, Matthew Espinosa, Nash Grier, Sam "Wilk" Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Cameron Dallas, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Matthew Espinosa, Nash Grier, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Nash Grier
Exibições 38
Palavras 1.916
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


'OI POVO , eu sei que eu estou a MUITO tempo sem postar , desculpem é serio teve mil e uma coisas aqui e o meu pc n quer entrar no social e ai dificulta mais ainda as coisas, mais esta aqui o cap s2 boa leitura e espero vcs nos comentarios'' :3 ❤

Capítulo 13 - Você de novo?


Fanfic / Fanfiction Institute Words - Capítulo 13 - Você de novo?

- Olha só quem eu achei aqui. - Uma garota de cabelo curtos e preto, já conhecida por mim e as meninas falou.

-Taylor!! - Pulei em cima dela e as garotas ao perceberem quem era fizeram o mesmo. 

-Que saudades garota – Emma falou.

-Onde esteve? – Mary perguntou.

- Ocorreram uns problemas e eu acabei me afastando. - Ela falou se sentando na minha espreguiçadeira.

- Você não se afastou, você praticamente morreu sumiu do mapa, o que é uma pena estava bom assim. - Dália falou com o seu famoso sarcasmo. 

-Verdade, você foi embora sem dar sinal de vida - Mary.

 -Desculpem, foi urgente, era um problema com o meu pai. - Ela abaixou a cabeça, sabíamos sobre o pai dela.

- Então onde você esta morando agora? - Serena perguntou. 

-Tenho uma casa aqui. - Ela sorriu. - E vocês o que estão fazendo aqui?

 - Viemos com uns amigos - Mary apontou para os meninos que jogavam vôlei.

- Que pedaços de mal caminho. - Ela ergueu uma sobrancelha, os meninos notaram ela e voltaram para onde nos estávamos. 

- Pena que não é para o seu bico. - Dália falou revirando a cara. 

- Pelo menos alguns deles, Cameron esta livre Tay. - Margo rir. 

- CLARO QUE ESTA AMIGA DA ONÇA. Que dizer... não claro que não esta.

- Relaxa Dália não pretendo roubar o seu namorado. Hahaha - Taylor fala confiante. 

- Olha aqui garota. - Dália se levanta, a interrompo antes que ela faça alguma besteira mas Taylor fez isso antes?

- O que esta fazendo? Eu não estou me mexendo... - Dália sussurra para Taylor.

- Fica na sua, demon. - Taylor da um sorriso macabro.

- Então meninos essa é a Taylor. - Falei e vi o Taylor arregalar os olhos (N/A: Gente pra vocês não ficarem confusos, quando for a Taylor eu vou me referir a ela como "Tay" e quando for O Taylor eu vou usar "Taylor" mesmo ok?podem voltar a escrever)

-Você tem o nome igual ao meu! - Taylor falou animado. 

-Seu nome também é Taylor? Que foda! -Tay falou também animada. 

-Dois Jacks e Dois Taylor, ótimo próximo objetivo achar uma pessoa com o nome Margo, mentira porque Margo só tem uma beijos de luz. - Margo falou batendo palmas e rindo. 

-Ta ta, Tay esses são. - Emma falou.-Jack Johnson, Jack Gilinsky, Cameron, Matthew, Sammy e o Shawn.

 - Agora entendi o "Dois Jacks" da Margo. - Ela falou rindo. -De qual quer maneira, e um prazer conhecer vocês meninos.

 -O prazer é nosso. - Eles falaram juntos.

- Que bonitinhos...

- Dália se aqueta- falei.

 - Da onde vocês se conhecem? - Taylor perguntou pra mim.

- Do Instituto. -Falei. 

-Então ela tem poderes também? - Matt perguntou.

-Tenho sim - Tay respondeu. 

-Qual é? - Cameron falou.

-Manipulação. -Ela sorriu. 

- Li sobre esse poder, super foda. - Todas olharam para o Cameron e Dália bufou, mais só eu ouvi, ciumenta.. 

- Que foi? Quando não tinha nada pra fazer eu e os meninos achamos uma biblioteca e fiquei interessado nos livros de lá - Ele deu lhe ombros.

- LIVROS? BIBLIOTECA? - Margo se anima, ela é apaixonada por livros.

- Depois se quiser te levo lá, Margo. - Cameron sorrir, e Dália apenas pega seu fone e começa a ouvir música alta. 

-A já que nos reencontramos, vai ter uma festa na casa de um amigo, vocês deviam aparecer por lá.- Tay falou e os meninos sorriram. -Vai começar as 9 da noite e vai até o amanhecer.

- E aonde vai ser? -Nash perguntou. 

-Ali naquela casa. - Ela apontou para uma casa que ficava 4 casas depois da casa do Taylor. 

- Tem tema específico? -Sammy se pronunciou. 

-Sim, vai ser luau - Tay falou e me animei, eu amo esse tipo de festa. 

- Ok então iremos aparecer por lá -Emma falou e todos concordarmos.

- Não contem comigo. - Dália resmunga e Cameron revira os olhos.

- Depois eu convenço ela. - Falei e Tay apenas sorrir senti uma sensação ruim mas logo melhorei.

 - Ótimo vou colocar os nomes de vocês na lista. -Ela falou. 

- Vai lembrar de todos?- Shawn Falou. 

-Tenho uma ótima memoria- Tay rebateu. -Bem tenho que ir agora, vejo vocês mais tarde - Ela acenou para todos e saiu. 

-Gostei dela.- Taylor falou sorrindo e Mary fechou a cara, nossa hoje o povo acordou com ciúmes em.

 -To indo pra água quem vem comigo? - Falei e todos já começaram a correr em direção a água com exceção da Dália...

- Você não vem? Tem que parar com isso Dália. Além do mais você podia ter tratado a Tay melhor. 

- Sophi essa garota mexe com o meu sentido de demônia, ela me parou com os poderes de manipulação, eu já senti essa sensação antes, eu não confio nela. 

- Dália você não confia em ninguém essa sensação deve ser porque já usaram esse tipo de poder em você antes é super normal, e obvio que ela usou você ia machuca-la. 

- Não é nada disso, porque não acredita em mim? 

- Talvez você só esteja com ciumes porque todos gostaram dela principalmente o Cameron, fica de olho Dalia se não esse seu jeito vai acabar afastando o Cameron quem sabe não rola nada entre ele e a Tay? 

- O que deu em você? - Dalia sai da minha frente e entra na casa do Taylor antes que eu pode-se me desculpar apenas bufei, depois falo com ela quando ela estiver melhor.

Entrei na água, ela estava numa temperatura ambiente, gostosa, dei um mergulho, todos começaram a brincar de jogar água um nos outros, menos Nash, ele estava meio destraido, queria sabe oque ele estava pensando mais eu não invadiria a mente dele pra mim isso falta de respeito com a privacidade dele, eu só entro na cabeça das pessoas pra se comunicar com elas, mais raramente vasculho os pensamento das mesmas. 

 P.O.V Sophia Blue Off P.O.V Nash Grier On

Quando a Tal Taylor saiu, fiquei meio avoado pensando, ela me chamou bastante atenção, tem uma coisa nela que me intriga, mais eu não posso criar sentimentos por ela, porra eu não troquei nem duas frases com a mesma , e além do mais eu to de rolo com a Sophia, séria bem idiota pegar a Taylor afinal elas duas são amigas certo? 

Olhei para o lado e Sophia me fitava, droga, sera que ela leu meus pensamentos? 

- Ta tudo bem com você? -Ela se aproximou de mim se afastando dos outros. - Não, achei melhor não invadir sua privacidade. - Ela sorriu.

-Ah... - Sorri amarelo de volta.

-Então, o que te incomoda? - Ela olhou para mim, acho melhor não falar nada.

- Nada não, estou apenas pensando na festa de hoje a noite - Sorri, odeio mentir para as pessoas porém nesse caso e necessário.

-Tem certeza?

- Sim, eu estou bem - Falei para ela.

-Ok então, eu vou entrar, você vem?-Ela perguntou já saindo da água virada para mim, como eu adoro o corpo dela.

-Vou sim - Falei correndo pro lado dela, pegamos nossas coisas e entramos na casa, não antes de escutar coisas do tipo ''Usem camisinha'' do pessoal ainda na água, Sophia apenas respondeu com um dedo do meio, depois que entramos ela jogou a bolsa no sofá da sala e subiu pro quarto dela, eu que não sou bobo fui atrás, ao entrar no quarto ela já estava no banho. 

 *P.O.V Sophia Blue on* 

 Tomei um banho rapidamente para tirar a areia e o sal do meu corpo e me enrolei na toalha e logo sai do banheiro, Nahs ainda estava alí, ele me olhou e logo atacou meus lábios, eu amava o seu beijo me deixava confortável.

Ele deita na cama enquanto nos beijávamos fazendo com que eu ficasse sentada em cima dele, ainda deitado Nash vai tirando minha toalha vagamente observando em detalhes meu corpo, sinto sua respiração ficando ofegante, o encaro enquanto faço um coque em meu cabelo.

- Eu adoro seu cabelo sabia? - Ele fala enquanto acaricia em minha barriga chegando em minhas pernas. - Ae porque? - passo minhas mãos sobre seu tanquinho

- É diferente, eu amo o diferente.

- Então a Dália também é atraente? - Digo com um sorriso falando só para mexer com ele.

- Bom ela é bonitinha, quer dizer... ela não é feia não é isso que eu estou dizendo quer dizer....

- Hahaha que fofo, então quer dizer que ela é mais bonita que eu? - Não eu não disse isso e... - Ele fica vermelho.

- Hahaha relaxa Nash eu estou brincando, bobo.

- Caramba hein.

- Você fica uma graça com vergonha sabia? – Ele sorrir.

Me deito sobre ele e começo a beija-lo, ele escorrega suas mãos sobre minhas costas e me pressiona contra ele, uma fazia pressão enquanto a outra passeava sobre a minha bunda o que me fazia se excitar solto um gemido e ele sorrir, ele me deita na cama e começa a me penetrar:

- Vai com calma sou virgem. – Ironizo.

- Serio? – Ele arregala o olho.

- Claro que não, eu estou brincando, tem que parar de me levar tão a sério. – Rimos.

- Então vamos deixar esse momento mais divertido. – Sorrimos.

Aquele momento foi incrível transamos o dia todo e brincamos um com o outro, no final ouvi barulhos na porta, e o mesmo é aberto com tudo.

- Vocês já acabaram de foder? Quero falar com a Sophia. – Tinha que ser a Dália.

- Já, já sim. – Nash revira os olhos enquanto veste sua roupa e sai pela porta?

- Bonitinha Nash? – Dália cruza os braços.

- Eu não quis dizer isso, você... você... é linda.

- Então agora ela é linda? – Faço uma cara me segurando para não rir.

- Garotas, vocês estão me deixando louco.

- Essa é a intenção meu amor hahaha.

- Nash sai desse quarto antes que a minha mão decole e pouse na sua cara. – Dália dá um sorriso meigo de psicopata.

- Já estou indo... - Ele da um beijo na testa dela e sai. 

- Pelo visto o resto da tarde foi boa, mas agora é minha vez, e ai é grande? 

- Hahahahaha adoro viado. - Me acalmo e Dalia senta no pufe que tinha ao lado da cama e tinha uma expressão seria. 

- Olha Dalia me descu.. - Ela me interrompe. 

- Sophia se você me conhece sabe que a melhor maneira de mim resolver as coisas é deixar no passado e não conversa sobre isso. 

- É eu sei foi mau, eu só quero deixar claro que não era minha intenção falar nada disso.  

- Tá tá, mas alguém não respondeu a minha pergunta. - Olho para ela faço uma cara zoada e digo. 

- Sim é grande, e bem rosadinha HAHAHAHA. - Rimos muito e Dalia cai do pupe ainda rindo, rimos mais ainda da queda e o resto da tarde foi resumida nisso. 

- Você vai pra festa não vai? 

- Não valeu, vou ficar aqui no meu quarto com pizzas e sorvetes, e Netflix. 

- Vamos não vai ser a mesma coisa sem você e aposto que o Cameron quer que você vá.

- Não já disse não teima comigo. 

- Chata... 

- Já falei que é um dom. - Nos rimos e ela me abraça. 
 

��RѨC x�Pn   


Notas Finais


Oii amores a falta de capítulo resultou por que roubaram nossos celulares tbm e dificultou as postagens peço que não nos abandone e é isso obg ❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...