História Intense Love - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Alfredo Flores, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Pattie Mallette
Tags Jelena
Exibições 250
Palavras 1.675
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura amores!

Capítulo 19 - Request


Fanfic / Fanfiction Intense Love - Capítulo 19 - Request

- Eu também quero – Passei a mão pelo rosto dele – Tanto quanto você – Ele sorriu e me beijou, envolvi minhas mãos em volta do pescoço dele. Me separei dele quando as meninas vieram até nós. 

 

- Queremos algodão doce – Angel falou e eu assenti.

 

- Claro – Arrumei meu cabelo e caminhei com eles até a barraca do doce, elas pegaram e como sempre, Justin fez questão de pagar. As duas se lambuzaram inteiras, nós rimos, não resisti e acabei tirando uma foto das minhas meninas nesse estados – Vamos se limpar – Dei uma toalhinha pra cada uma. Resolvemos dar mais uma volta no parque antes de irmos embora, encontramos uma cabine fotográfica e fomos arrastados para lá, fizemos várias caretas.

 

- Ficaram ótimas – Comentou o loiro.

 

- Papai to com sono – Liza bocejou, olhei a hora.

 

- Realmente, está na hora de ir – Falei.

 

- Então vamos – Andamos na direção da saída, a ruiva cambaleava de sono, ri e a peguei.

 

- Cuidado pra não cair – Toquei a ponta do nariz dela, ela sorriu e mexeu no meu cabelo.

 

- Eu gosto muito de você, tia.

 

- Eu também gosto muito de você, meu amor – Beijei a bochecha dela. Chegamos no carro, coloquei ela lá dentro e entrei. No caminho começou a chover forte, dar trovões, estava difícil de enxergar a estrada.

 

- Mamãe, eu estou com medo – A loira choramingou.

 

- Calma filha... – Logo estávamos no estacionamento do prédio.

 

- Vamos lá pra dentro – Olhei Justin – Eu não vou deixar vocês irem nessa chuva.

 

- Dá pra ir.

 

- Não, já pensou se acontece um acidente? Pode tratar de sair desse carro e ir pra minha casa - Falei séria – Vamos meninas.

 

- Mais mandona que você não existe – Ele saiu, dei risada, subimos pelo elevador e em poucos minutinhos já estávamos dentro do meu apartamento.

 

- Fica à vontade – Olhei as duas – Vamos tomar um banho?

 

- Eu não trouxe roupa pra Liza, Selena – Ele passou a mão pelo cabelo.

 

- E você acha que eu não sei? Eu tenho roupas de Angel que certamente servirão a ela.

 

- Tudo bem né – O loiro se jogou no sofá e ligou a TV. Fui para o banheiro com as duas, despi a ruiva, que era a mais pequena e não tinha muita habilidade, liguei o chuveiro e dei banho nas duas, eu sai ensopada com a bagunça que elas fizeram. Dei um pijama pra cada, ajudei a menor a se vestir e penteei o cabelo delas, uma por vez, depois coloquei as duas na cama de Angel, as cobri e contei uma historinha à elas, até que pegaram no sono. Desliguei o abajur e sai sem fazer barulho, os trovões estavam ficando cada vez mais fortes e a chuva também, fui para a sala onde o loiro estava.

 

- Você pode dormir no meu quarto, eu fico com o sofá – O olhei.

 

- E quem disse que eu vou dormir aqui? – Ele arqueou a sobrancelha.

 

- Olha, essa chuva não está com cara de que vai parar já e eu duvido que você vai ficar esperando acordado até ela passar.

 

- É, tem razão.

 

- Eu sempre tenho – Dei de ombros e ele revirou os olhos – Vou arrumar minha cama pra você... – Parei de falar assim que as luzes piscaram e se apagaram de vez, ficando uma verdadeira escuridão, não dava pra enxergar nada – Justin? – Não obtive resposta – Bieber... Cadê você? – Respirei fundo, ele sabe que eu odeio essas brincadeirinhas. Tentei achar o caminho até meu quarto, acabei trombando na mesinha de centro e derrubando alguma coisa – Droga!

 

- Está com medo, baby? – De repente eu tinha sido prensada na parede.

 

- Ah, seu idiota! Me mata do coração mesmo – Ele estava de frente para mim, com as mão envolta da minha cintura e com a respiração bem próxima de mim. Encostei minha cabeça no peito dele, dava para ouvir o coração dele – Sabe o que eu descobri?

 

- O quê?

 

- Que você tem um coração! – Falei surpresa, ouvi ele bufar e me soltar, eu ri – Amor, hey, é brincadeira... Volta aqui – Fui atrás dele, até que nós acabamos nos chocando e caímos no chão, ele ficou por baixo e eu por cima.

 

- Sai de cima de mim.

 

- Para Justin, foi só uma brincadeira.

 

- Sai.

 

- Tudo bem, já que é assim – Me sentei em cima dele – Você vai ficar preso aqui.

 

- Selena... – Comecei a me mexer e pude sentir o amiguinho dele ficando animado – Se tu não sair, eu...

 

- O que você vai fazer? – Ele levantou rapidamente, me colocou por baixo dele e me beijou, o loiro foi descendo os beijos pelo meu pescoço e eu me arrepiei – Eu preciso de você... – Sussurrou e voltou a me beijar.

 

- Sou toda sua, Justin...

 

 

 

 

 

[...]

 

 

 

Acordei, me espreguicei e acabei caindo no chão, só ai percebi que tinha dormido no sofá e só ai percebi também que eu estava apenas de sutiã e calcinha e que o resto das minhas roupas estavam jogadas pela sala, ai lembrei da noite passada, ah, como eu havia sentido falta do toque dele. Me levantei e comecei a pegar minhas roupas, mas... Se ele dormiu comigo, onde é que ele está agora? Olhei para a mesa de centro, vi um bilhete, peguei e li: “Adorei estar com você ontem, mas houve uns problemas e não pude ficar mais.                                   

                                             Xoxo: Justin.”

A porta foi aberta, revelando Taylor.

 

- O que aconteceu aqui? – Ela me olhou e depois deu um sorriso malicioso.

 

- Eu... Acabei dormindo com ele – A olhei sem jeito.

 

- Me conte o que rolou exatamente – Falou mandona, a puxei para o meu quarto e comecei a contar o que aconteceu na noite anterior.

 

 

 

 

[...]

 

 

 

- Dona Selena, houve um problema e a senhora terá que ir avaliar a casa do cliente – Minha secretária entrou na sala.

 

- Arrume outro. Eu mando nas coisas por aqui, ir avaliar não faz parte do meu trabalho.

 

- Eu sei senhora, mas é que ele é um dos nossos melhores clientes e não há, realmente ninguém para ir e se não mandarmos alguém perderemos ele – Ela falou nervosa e eu ri.

 

- Se acalme querida, eu vou. Endereço? – Peguei o endereço, sai da empresa e dirigi para esse local. Um tal de Harry Styles...E esse nome não em é estranho. Era uma mansão, linda, por sinal. Sai do carro e apertei o interfone.

 

- Quem é?

 

- Selena Gomez, decoradora de interiores – Olhei minhas unhas.

 

- Ah, senhora Gomez, o senhor Styles te aguarda. Pode entrar – O portão foi aberto, passei pelo jardim, até chegar na porta da casa, uma empregada a abriu assim que parei na frete.

 

- Sabia que seu rosto não me era estranho – Ele veio até mim – Olá, Selena – Ai, eu me lembrei, na balada, a alguns meses atrás eu havia “ficado” com ele, até Justin interromper.

 

- Oh, Harry. Mundo pequeno, não? – Ri e beijei a bochecha dele como cumprimento.

 

- Realmente. Nunca mais te vi depois que aquele maluco do Bieber te tirou de mim.

 

- Você o conhece? – Perguntei confusa.

 

- Digamos que sim.

 

- Ah...

 

- E o que você tem com ele?

 

- Ele é o pai da minha filha.

 

- Você tem uma filha?  Com ele?

 

- Tenho...

 

- Vocês estão juntos?

 

- Digamos que sim – Ele riu – Então, vamos aos negócios?

 

 

 

 

 

[...]

 

 

 

“Vamos sair hoje? Mas desta vez, só nós?

 

                                             Xoxo: Justin”

 

 

“Pode ser. Onde vamos?

 

                                       Xoxo: Selena”

 

 

“Surpresa. Te pego às 20h.

 

                                    Xoxo: Justin”

 

 

Okay, beijos.

 

                              Xoxo: Selena”

 

 

Bloqueei a tela do celular, peguei minha bolsa e sai, já tinha dado a minha hora, entrei no carro e dirigi pra casa. Assim que entrei no apartamento, fui recebida com um abraço.

 

- Porque você demorou tanto, mamãe? – Eu a peguei no colo e me sentei no sofá.

 

- Porque eu tive que fazer algumas coisas à mais no trabalho.

 

- Ah, eu fiquei com saudades – Ela fez biquinho, ri e passei a mão pelos cabelos dela.

 

- Eu também estava – Me encostei no sofá e fechei os olhos.

 

- O que foi Sel? – Ouvi a voz de Taylor.

 

- Nada, só estou cansada – Abri os olhos – Você pode ficar com Angel hoje?

 

- Claro. Vou chamar Ryan pra vir, tudo bem?

 

- Só não façam nada de indecente perto da minha filha – Ela riu e tacou uma almofada em mim.

 

- Besta.

 

- Onde você vai mamãe?

 

- Sair com o seu pai. Tudo bem?

 

- Tudo.

 

 

 

[...]

 

 

 

Ás 20h em ponto, eu estava pronta, recebi uma mensagem de Justin dizendo que já havia chegado, me despedi das garotas e desci até o carro dele.

 

- Você está espetacular – Eu sorri, ele me deu um selinho.

 

- Você não está nada mal – E não estava, ele estava de terno e como ele ficava maravilhoso de terno – Podemos ir?

 

- Claro – Ele abriu a porta do carro e eu entrei. Paramos no porto de NY, onde havia vários iates parados, eu desci e ele me olhou.

 

- O que estamos fazendo aqui?

 

- Você vai ver – Justin pegou na minha mão, me guiou até um dos iates e me ajudou a entrar no mesmo. A vista para o mar era maravilhosa, eu a admirei por uns instantes até sentir mãos em minha cintura – Gostou?

 

- Eu amei – Sorri e me virei para ele – Mas acho que sairia mais barato me levar para um restaurante, não acha?

 

- Dinheiro não é problema.

 

- Não é pra nenhum de nós.

 

- Só quis fazer algo o mais especial possível – Ele deu de ombros.

 

- Você fez – O selei e fomos chamados para jantar. A comida estava divina e o vinho também, nós conversamos sobre assuntos aleatórios, até que ele ficou sério do nada – O que foi? – Ele suspirou.

 

- Selena, eu te amo e eu não quero passar mas nenhum dia sem ter você nos meus braços – Fiquei sem reação. Justin tirou do bolso uma caixinha vermelha e a abriu, revelando um anel – Então... Namora comigo?


Notas Finais


Anel:http://67.media.tumblr.com/481809a9289de59ede8adba7fd3c5a2a/tumblr_nh19appRi51thmt2ao1_1280.jpg
Look da Sel: http://www.polyvore.com/cgi/set?.locale=pt-br&id=209847387
Harry...
E aí, gostaram?
Vocês acham que o Justin e a Selena estão indo rápido demais?
Até o próximo capítulo (Que é quase certeza que vai ter hot), beijooos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...