História Intercâmbio- Namjin - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Bangtan Boys (bts), Intercâmbio, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Namjin
Exibições 75
Palavras 1.602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá pessoas, tudo bem com vcs?
Desculpa de verdade, por não ter postado esses dias, é que aconteceu uns negócios ai eu preferi não postar do que fazer qualquer coisa..

DESCULPA SE ESSE CAP FICAR MUITO RUIM.. <3

Capítulo 23 - Kook, Mãe e Beijo..


~Namjoon~

Jin não quis abrir a porta pra mim, mas eu não posso culpá-lo, na verdade, nem eu sei o que foi tudo isso, voltei para a sala deixando Jin sozinho, sei que ele iria ficar muito mais nervoso se eu insistisse...

Tae: PORRA NAMJOON!- atacou uma almofada quando eu apareci na sala

Eu: CARALHO!- gritei me assustando

Tae: Porque você fez isso com o Jin?

Eu: MAS EU NEM SABIA DISSO..- parei de gritar- Eu não sabia disso.. apareceu agora.. 

Tae: Para de mentir..

Eu: Eu não tô mentindo..- parei para pensar..- MAS EU SEI QUEM ESTÁ.. 

Tae: Quem?- foi atrás de mim, enquanto eu saia para fora de casa, na garagem e tirei meu celular do bolso

~Ligação~

Eu: SEU FILHO DA..- fui interrompido

Shin: Opa!- riu- Parece que você já viu o comercial né? O que achou?- perguntava em um tom totalmente debochado

Eu: TIRA AQUELE COMERCIAL DO AR AGORA!- falei realmente irritado 

Shin: Nem pensar! Olha como a mídia já está..

Eu: EU VOU TE MATAR..

Desliguei o celular na cara dele mesmo, e sai correndo para dentro de casa, pegando o notebook em seguida e entrando nas notícias do dia..

" Será que eles estão namorando?"

"NOVA NAMORADA DO MODELO KIM NAMJOON"

" FOTOS MOSTRAM O NOVO CASAL DA EMPRESA KIM"

Entre outras notícias, que eram absurdas, eu me irritei e ataquei o notebook no chão, aposto que quebrou mas eu estava pouco me fodendo, subi novamente ao quarto do Tae..

Eu: Jin.. por favor.. abre a porta..- eu estava com voz de choro, só de pensar na possibilidade de ter magoado o meu Princess..

Jin: Porque vc fez isso comigo Namjoon?- ele estava chorando

Eu: Amor.. me perdoa.. eu não fiz nada disso..- encostei minhas costas na porta e escorreguei até o chão, colocando meus joelhos a minha frente e os abraçando, eu comecei a chorar muito

Jin: Namjoon..- ele ainda estava chorando

Eu: Me desculpa..- praticamente gritei

Ele não disse nada, apenas abriu a porta e se sentou ao meu lado, me abraçando..

Jin: Então.. O que foi aquilo?- ele havia parado de chorar um pouco

Eu: Meu pai planejou tudo isso..- eu dizia sem olhar pra Jin..

Jin: Mas..- parou e ficou olhando para a parede a nossa frente..- Ele parecia estar tão bem em relação a gente

Eu: Ele é um mentiroso... sempre foi..

Jin: Como assim?

Eu:Depois eu te explico.. eu preciso fazer alguma coisa..- me levantei rapidamente  e senti uma tontura, Jin se levantou em seguida e pegou em meu braço..

Jin: Calma..

Eu: Desculpa..- o abracei forte, contornando sua cintura em meus braços

Jin: Me desculpa também..- abraçou minha nuca 

Eu sentia a respiração quente dele em meu pescoço, aquilo me confortava, acabei em meio ao choro, soltando um riso..

Eu: Eu te amo tanto Princess..- continuei com os braços em sua cintura e o beijei delicadamente..

Jin: Eu também te amo Nam..

~Tae~

Fiquei na sala, ainda assistindo tv e tentando arrumar o notebook que quando Namjoon jogou acabou quebrando e espalhando algumas peças.. Então meu celular toca..

JK: Estou chegando..

Eu: Que? Como assim?

- silencio -

Eu: Jung Kook?

JK: Pode vir aqui abrir o portão?

Eu: Mas o que..

sai com o celular ainda na ligação e fui em direção ao portão, chegando lá vi Kook com o celular ainda no ouvido, quando ele me viu sorriu e pegou uma mala grande que estava no chão ao seu lado..

JK: Oi TaeTae.. 

Eu: O que você tá fazendo aqui?- fiquei com aquela cara de "what" e fui até o portão abrindo o mesmo

JK: Eu disse que viria..- me abraçou assim que entrou

Eu: Mas você disse que iria avisar antes.. - ri - aquilo não foi avisar..

JK: Desculpa.. Quis fazer uma surpresa..- beijou a minha testa..

Eu: Tudo bem..- sorri

Quando fui fechar o portão, um carro cinza e muito bonito parou em frente e alguns segundos depois a porta se abriu.. 

Eu: MÃE! - gritei e abri o portão de novo..

Mãe do Jin: TAEZINHO!- brincou retribuindo o grito e me abraçou

Eu considero a mãe do Jin como minha também, já que a que me adotou nem me olhava direito.. 

Eu entrei correndo, me soltando do abraço da mãe de Jin e gritei..

Eu: JIN! SUA MÃE ESTÁ AQUI!

Jin: QUE?- gritou lá de cima..

Eu: SUA MÃE!- gritei de novo...

~Jin~

Eu e Namjoon ficamos abraçados por um tempo, até que me assusto quando ouço Tae gritar..

Tae: JIN! SUA MÃE ESTÁ AQUI!- gritou lá de baixo

Eu: QUE?- gritei 

Tae: SUA MÃE!- gritou de novo...

Nam: O que ela está fazendo aqui?- continuou me abraçando forte

Eu: Não sei amor..- parei quando percebi que havia o chamado de amor, mas percebi que continuar brigando com ele não valeria a pena.. não consigo viver sem esse menino..- Preciso ir lá..- sorri e tentei o separar, mas ele era forte.. 

Nam: Fica aqui..- disse parecendo criança mimada..

Eu: Estou pensando em dormir no sofá e deixar você no quarto do Tae..- ri sabendo que aquilo iria funcionar..

Nam: Você é uma péssima pessoa..- se ergueu sorrindo e me beijou..

Eu: Também te amo..- dei um selinho nele e sai, com ele atrás de mim..

Desci as escadas, e Namjoon apertou minha bunda, já que estava vindo atrás de mim, me virei e ele estava rindo, eu ia bater no braço dele quando minha mãe gritou..

Mãe: O QUE VOCÊS ESTÃO FAZENDO AI?

desci e ela estava com um sorriso/olhar muito malicioso..

Eu: Nada!..- ri e fiquei envergonhado, já que nós dois estávamos digamos desajeitados, pois ficamos abraçados um bom tempo.. 

Mãe: Sei..- ainda ria..

Eu: QUE SAUDADES..- gritei e fui até ela.. (reação bem normal) 

Mãe: Ai filho, você nem sabe o quanto!- me abraçou forte e eu podia novamente sentir aquele abraço aconchegante e que me trazia tanta paz.. 

Então ela se separou de mim depois de um tempo e foi até Namjoon.. ele a abraçou e depois disso nos sentamos no sofá.. 

~Tae~

Depois dos cumprimentos e abraços deles, eu me lembrei de Jung Kook que disse que iria até o meu quarto, colocar suas coisas.. Sai depois que Namjoon Jin e sua mãe se sentaram no sofá.. 

Abri a porta do quarto que estava meio fechada..

Eu: Olá?

JK: Oi Tae..- sorriu e se virou

Ele estava virado de costas para a porta, com uma mala em cima da cama arrumando algumas coisas..

Eu: Vim ver como está aqui..- ri..

JK: Está tudo bem.. Essa casa é linda..- sorriu analisando cada canto do quarto..

Eu: É sim.. Namjoon ganhou do pai dele..- me sentei na cama, um pouco distante da mala que estava ali 

JK: Que legal.. - ficou me encarando e sorriu..

Eu: O que foi?- confesso que senti um pouco de medo.. 

JK: É que..- continuou me encarando e de repente, em um piscar de olhos, a única coisa que eu senti foram seus lábios juntos aos meus.. 

Ele me beijou de uma maneira digamos agressiva, curvando seu corpo para cima de mim e segurando minha nuca com força, estava tentando me deitar na cama, quando eu me dei conta do que estava acontecendo e o empurrei para longe.. 

Eu: Meu deus..- fiquei assustado- PORQUE VOCÊ FEZ ISSO?- gritei me levantando da cama e passando a manga a blusa na boca..

JK: Me.. me desculpa..- gaguejou e eu pude ver lágrimas se formarem em seus olhos..

Eu: PORQUE VOCÊ FEZ ISSO? SOMOS IRMÃOS!- sai correndo do quarto e fui para o quarto do lado, do Namjoon e tranquei a porta com muita força.. sentei no chão encostado na cama e comecei a chorar..

~Jin~

Estávamos conversando e de repente ouvimos um barulho de porta bem alto, lá em cima, Namjoon e eu nos olhamos e ele resolveu sair e ir lá..

~Namjoon~

Subi as escadas e fui até o quarto de Tae, onde vi Jung Kook sentado no chão, com as mãos na cabeça, puxando seus cabelos para trás e ele chorava muito.. 

Eu: O que aconteceu aqui?- entrei devagar 

JK: Nada.. Me desculpa por isso Namjoon..- secou as lágrimas que caiam de seu rosto e respirou fundo.. 

Eu: Onde está o Tae?

JK: Acho que tá no seu quarto..

Não disse nada, apenas sai e bati na porta ao lado..

Eu: Tae.. Abre ai..

Tae: Me deixa aqui.. Por favor... - ele dizia baixinho e eu podia ouvir seu choro, por mais que ele tentasse disfarçar.. 

Respirei fundo e percebi que não adiantaria insistir.. desci as escadas e sentei novamente ao lado de Jin.. 

Jin: o que aconteceu?- me olhou preocupado..

Eu: Tae e Jung Kook..- respirei fundo.. 

Jin: Mas.. Ai não.. - ele simplesmente se levantou e subiu as escadas correndo..

Eu: Jin...- tentei o chamar mas ele já havia subido todos os degraus.. 

~Jin~

Não pode ser.. Subi as escadas correndo e bati na porta do quarto onde Tae estava..

Eu: Tae.. Abre.. é o Jin..

Tae: Me deixa aqui..

Eu: Não Tae.. abre agora..- insisti

De repente um silêncio se instalou por alguns minutos e me assustei ao ouvir a chave mexendo do outro lado da porta.. Tae abriu um pouco da porta e eu entrei, fechando-a atrás de mim..

Eu: O que aconteceu?- ele se sentou no chão e eu me sentei ao seu lado, passando a mão em seu cabelo.. 

Tae: O Jung Kook me beijou..- disse sem me olhar e voltou a chorar..

Eu: Meu deus..- o olhei assustado..- Então era ele..?

Tae: Era.. - me olhou nos olhos e eu pude sentir toda sua dor naquele momento...

 

~continua.. ~

 

 


Notas Finais


Desculpa ter sumido por esse tempo, aconteceram algumas coisas e eu não estava bem para postar (não precisam se preocupar) E também não estou muito satisfeita com essa fic, tenho sérios problemas com coisas feitas por mim, mas se vocês estão gostando já me deixa melhor.. Espero que o cap não tenha ficado tão ruim, me desculpem qualquer erro, se a história ficou ruim entre outras coisas..
OBRIGADO POR TEREM LIDO! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...