História Interconnected - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 8
Palavras 2.527
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Música: SIA - The Greatest

Capítulo 11 - Mackenzie


Fanfic / Fanfiction Interconnected - Capítulo 11 - Mackenzie

Mackenzie acordou com alguém batendo em sua porta em pleno domingo cedo. Eram por volta das uma da tarde, mas ainda era cedo para um domingo.

 

Percebeu que Jin não estava ao seu lado na cama e deu um sorriso mínimo enquanto se levantava e colocava o pijama não usado na noite passada para atender a porta já que não poderia fazer o mesmo nua.

 

- Bom dia! Pensei que podíamos almoçar juntas. - Min exclamou animada entrando no quarto de Mackenzie que teve um copo de café colocado entre suas mãos pela garota.

 

- Você parece bem animada para um domingo tão cedo. - Comentou a morena sentando em sua cama desarrumada. Min foi até a parede onde Macky havia colocado suas muitas fotos e olhou para os dois garotos que mais apareciam.

 

- Seus irmãos? São bem bonitos. - Perguntou e Mackenzie sorriu.

 

- Irmãos por opção. São meus melhores amigos. Sebastian e Jayden. Sebs ficou em Seattle e Jay está em Los Angeles. Eles realmente são muito gostosos. Pena que Sebastian gosta de garotos também e Jay na maior parte do tempo está na cama com garotos, apesar de ficar com garotas também.

 

- Vocês parecem um trio bem animado.

 

- Nós tentamos. - Macky se levantou da cama depois de terminar seu café e foi até o guarda-roupa pegando uma muda de roupa e seu kit de banho. - Posso só tomar um banho antes de irmos almoçar? Pode esperar aqui. Fique a vontade.

 

Antes que Min pudesse responder a outra já havia saído do quarto batendo a porta.

 

Min suspirou e se sentou na cama mexendo em seu celular. Haviam várias mensagens de seus pais, algumas de algumas pessoas que se consideravam seus amigos, mas não eram e uma de seu irmão gêmeo.

 

Seus pais perguntavam sobre Jin que, como sempre, não respondia as mensagens ou retornava ligações. Ela revirou os olhos xingando o irmão mentalmente por brigar tanto com os pais ao responder para estes que estava tudo bem e que Jin estava apenas ocupado com suas coisas.

 

Apagou sem ao menos ler as mensagens das pessoas de sua cidade natal. Nunca teve amigos e sabia disso. Seu irmão era popular e as pessoas às vezes vinham falar com ela por conta disso.

 

A provocavam por conta de sua solidão e Jin a tentava proteger então muitas vezes se escondia nas sombras do gêmeo. Mas agora estava na faculdade e ia tentar fazer amigos de verdade.

 

Mackenzie parecia ser uma garota legal. Min havia ficado com um tanto de medo de se aproximar da garota que era tão alta, bonita e perfeita. Mas ela se mostrou gentil e engraçada e havia a ajudado em um momento de desespero.

 

Min sabia que ela e Jin haviam transado na noite passada. Havia visto o garoto entrando no quarto da Mackenzie em meio aos beijos com as garotas e os flerte dos dois. Sua língua coçava para fazer um comentário sarcástico sobre isso, mas estava se segurando. Queria ver se a garota iria falar algo sobre o assunto antes.

 

- Me senti violada. - Mackenzie exclamou entrando no quarto já vestida com jeans lavados e muito rasgados nas coxas e um cropped azul escuro e secando o cabelo em uma toalha. - Aquelas garotas não paravam de olhar para mim e meus peitos e cochichar sobre como devem ser silicone. Bando de vacas magras.

 

Min deu risada. Observou com certo fascínio Mackenzie terminar de se arrumar. Colocar saltos e maquiagem mesmo sendo um domingo sem muitos atrativos e secar seu cabelo sozinha com grande habilidade. Min mal conseguia passar maquiagem direito.

 

- Onde quer comer? - Macky perguntou colocando seus óculos de sol ao sair do dormitório. A garota tinha sua câmera pendurada no pescoço. - Esse ainda é meu segundo dia na cidade. Não sei  bem onde as coisas ficam.

 

- Tem uma hamburgueria por aqui. Eu fui lá com Jin quando chegamos. - Min falou e as duas chegaram no carro da garota. - Vamos no seu carro?

 

- Claro. Só não ligue para as embalagens de comida pelo chão. Vim dirigindo de Seattle e não limpei ainda.

 

- Não pode ser pior que o carro do meu irmão. Não se preocupe. - Min respondeu sorrindo para Mackenzie que deu partida no carro.

 

- Pode fazer um favor? - Macky perguntou de repente para Min que concordou. Ela tirou seu celular do bolso sem tirar os olhos da rua e entregou para Min. - A senha é Jaymastian. Pode mandar uma mensagem dizendo que já acordei e que estou indo almoçar com você perto do campus? Para os contatos "Jay Gostosão" e "Sebs Nerd Delicinha"?

 

- O que deveria significar essa senha? - Min perguntou confusa ao digitar a mensagem.

 

- Meu nome, o de Sebastian e de Jayden em um só. - Macky disse rindo. Ela usava aquilo como senha para tudo. - Sempre mandamos mensagens um para o outro de onde vamos, com quem e quando voltamos. Como eu e Jay sempre estávamos em festas no ensino médio, Sebastian ficava preocupado de saber onde estávamos para o caso de ter que nos salvar de alguma coisa.

 

- Aposto que vocês eram bem populares. - Min murmurou depois de devolver o celular para Macky que sorriu de lado.

 

- Nos chamavam de "Santíssima Trindade Adolescente". Não sei bem como começou, mas eu e Jay sempre gostamos de chamar atenção onde estivessemos. Alguns veteranos já nos chamavam para festas quando nem éramos novatos ainda e assim fomos criando nossos contatos e nossa fama. Sebastian apenas vinha junto às vezes quando decidia sair do seu quarto, ele não é tão fã de festas como eu e Jayden. - O sorriso de Macky se tornou doce. - Ele sempre preferiu ficar em casa vendo filmes cult, mas fazia um esforço para sair com Jay e eu. Já estou morrendo de saudades dos meus dois garotos.

 

Min sorriu ao ver Macky falar de seus amigos. Ela não sabia muito bem como era ter amigos de verdade, mas vendo Mackenzie falar de Sebastian e Jayden ficava com vontade de fazer amigos, coisa que não sentia há um bom tempo.

 

- Espero um dia os conhecer. - Min falou quando a outra estacionou o carro em frente a lanchonete.

 

- Você provavelmente se daria muito bem com Sebastian. Vocês dois tem a mesma aura calma e meio nerd, mas você é fofa demais para deixar o Jay chegar perto. Ele corrompe todos ao redor dele. E fazia questão de ficar com todas as minhas amigas só para me irritar. - Revirou os olhos ao entrarem no lugar. Haviam várias mesas vazias. - Me lembre de pôr uma coleira nele quando forem se conhecer.

 

Min deu risada. Se sentaram em uma mesa e logo o garçonete veio anotar seus pedidos.

 

- E como foi com o meu irmão? Achei que fosse encontrar ele no seu quarto quando fui te chamar. Tinha várias piadas prontas.

 

Mackenzie olhou surpresa para Min que sorria maliciosa. Na opinião da morena uma pessoa tão fofa e com cara de inocente não deveria sorrir daquele modo.

 

- Você não vai começar um discurso sobre como ele é um bom partido e marcar uma data para ir conhecer a família de vocês? Não é? - Macky perguntou com medo. Era o que costumava acontecer quando dormia com parentes de conhecidos.

 

- Nah. Prefiro não me envolver na vida sexual e amorosa do meu irmão. E essa coisa de namoro não parece fazer o seu estilo. - Seu sorriso aumentou. - Mas o Natal seria um ótimo momento.

 

Mackenzie empurrou de leve o ombro de Min e as duas acabaram rindo juntas.

 

- Fico feliz. Namoro realmente não é pra mim. Já tentei antes, mas não rola. Mas amizades coloridas sempre são bem vindas. - Macky mordeu o lábio inferior ao pensar nas marcas de dedos em sua bunda deixadas por Jin. - Ainda mais com alguém tão...

 

- Sem detalhes. Por favor. - Min interrompeu fazendo uma careta. - Se vamos ser amigas sem detalhes sobre como meu irmão é na cama. Já tive o bastante disso no colégio. Isso se quiser mesmo ser minha amiga.

 

- Feito. E não estaria aqui com você se não quisesse ser sua amiga, Min.

 

Logo a comida chegou e as duas riam ao contar sobre suas vidas e combinavam coisas para se fazer em Chicago.

 

...

 

Era segunda-feira e o primeiro dia de aula de Mackenzie e Jayden. Sendo assim logo que acordaram estavam os dois e Sebastian no Skype.

 

- Menino, porque  está se preocupando tanto? Você é Jayden Martin, não tem com que se preocupar. - Macky falou ao ver Jayden entrar em seu closet e jogar várias roupas no chão até tentar se decidir entre uma jaqueta de couro ou uma jeans. Era estranho ver o garoto daquele jeito, ele sempre era confiante em todo tipo de situação. - Sebastian, fala para ele que tudo isso de nervosismo é besteira!

 

Macky viu Sebastian revirar os olhos antes de sair da visão dos dois para pegar seu celular e respondeu uma mensagem de Min perguntando se ela já havia acordado para irem tomar café juntas.

 

- Vocês dois não estão entendendo! Eu não tenho minha popularidade aqui. Não tenho vocês para andar ao meu lado nos corredores, ninguém me conhece aqui. - Jay exclamou colocando a jaqueta jeans e os outros dois se seguraram para não revirar os olhos. - E se eu chegar lá e não ser o mais bonito?

 

Enquanto Sebastian tentava acalmar Jayden a garota mandava mensagens para Min falando que em meia hora passava no quarto dela.

 

- Já disse para não me chamar assim Jay! - Sebastian gritou para Jayden quando o outro o chamou de "Meu Nerd Lindo". Sebastian sempre ficava sem graça com os apelidos de Jayden.

 

Jayden ignorou o comentário do garoto e saiu da chamada quando se despediram.

 

Mackenzie observou Sebastian respirar fundo e deitar a cabeça sobre o notebook.

 

- O que foi Sebastian? Outra crise existencial? - Macky disse em seu tom de provocação, mas preocupada com o amigo.

 

- Não exatamente. - Sebastian falou levantando a cabeça. O garoto tirou os óculos, esfregou os olhos e colocou os óculos de volta. Mackenzie sabia que ele fazia isso sempre que estava muito cansado e sem dormir direito ou preocupado com algo. - É que, lembra o cara da biblioteca? Então, ele está na minha aula de filosofia! Eu ao menos sabia que ele também era estudante.

 

- Ah, Bah, isso é uma boa coisa, você não disse que tinha interesse por ele, mas não sabia como chegar? Então, está aí uma oportunidade para desenvolver algo com o cara. - Macky falou sabendo que mesmo com seus conselhos Sebastian não chegaria tão fácil no cara. Era tímido demais para isso. O garoto concordou que realmente era uma oportunidade e falou que iria tentar algo. - Você já se decidiu se vai falar com Jay?

 

Sebastian respirou fundo antes de respirar. Mackenzie não entendia muito bem o porquê de Sebastian ainda não ter contado para Jayden que era gay.

 

Conversaram sobre isso e Sebastian mais uma vez prometeu que iria contar para Jayden sobre si e Macky esperou que dessa vez realmente fosse verdade.

 

Era provável que Jayden fosse querer pegar Sebastian quando soubesse. A tensão sexual entre os dois era palpável e os dois vinham pedir conselhos para Mackenzie.

 

- Beijos, nerd lindo. - Riu ao desligar antes que Sebastian pudesse a xingar pelo apelido e foi se arrumar para seu primeiro dia de universitária.

 

A verdade era que estava tão nervosa quanto Jay, mas não queria deixar o amigo mais ansioso ainda. Quando Sebastian e Jayden estavam nervosos Mackenzie tinha que ser o ponto de apoio deles. Mesmo que estivesse tão ruim quanto eles.

 

- Pode me ajudar? - Min perguntou quando Macky entrou no seu quarto. Fora as fotos com Jin e seus pais e livros não havia muita decoração. Haviam várias roupas em cima da cama. - Não sei o que usar.

 

- Qual imagem quer passar? - Mackenzie pegou um cardigã roxo de coelinhos nas mãos. - Por que com isso só vai parecer uma virgem sem amigos e perdida.

 

- Exatamente o que escreveram no meu anuário. Você é boa. - Min revirou os olhos. - O que devo vestir então?

 

- Algo justo. E que mostre suas pernas que são bonitas. Um cropped e essa saia preta. - Min mordeu os lábios e desviou o olhar. - O que?

 

- Eu não tenho croppeds... Não sou confiante com meu corpo igual você.

 

Macky respirou fundo e pediu por uma tesoura enquanto tirava seu casaco e o deixava junto com sua mochila.

 

Pegou uma das camisetas de Min e depois de medir na garota o cortou do tamanho de um cropped. Ela costumava fazer isso com suas roupas quando se cansava delas.

 

- Nós vamos sair para fazer compras essa semana. Uma garota tão bonita quanto você não pode se esconder em roupas infantis. - Mackenzie bagunçou o cabelo da garota carinhosamente. - E talvez mudar seu cabelo.

 

Min agarrou o cabelo e arregalou os olhos.

 

- Por que o meu cabelo?

 

- Por causa que ele está parecendo palha e cheio de pontas duplas. E te deixa mais pálida do que já é. Muita química não faz bem. - Mackenzie colocou as roupa que havia mandando Min colocar nas mãos da garota. - Vá se trocar logo. Ou vamos nos atrasar.

 

...

 

O primeiro dia de Mackenzie na faculdade foi cheio de regras sendo explicadas e apresentações. Quando tinha tempo a garota mandava mensagens para Min.

 

As duas garotas almoçaram juntas na cantina da universidade com Jin às observando de longe por estar com um grupo de garotos do seu curso. Combinavam de ir às compras mesmo com as reclamações de Min que achava desnecessário mudar suas roupas e cabelo, mas Mackenzie sabia persuadir muito bem as pessoas.

 

Ela sabia que Min tinha uma auto estima baixa e esperava que as mudanças dessem mais confiança a garota. Mackenzie via muito de Sebastian na garota.

 

- Eu vou pro seu quarto hoje depois que as aulas terminarem. Vamos pedir pizza e doar algumas roupas suas. Ou todas. Principalmente o cardigã com coelhinhos.

 

Min revirou os olhos e a Macky sorriu de lado.

 

- É estranho. Os garotos ficam te encarando e você nem fica envergonhada. - Min falou quando as duas voltavam andando para o dormitório quando já estava anoitecendo. Havia tido uma reunião para os novatos no anfiteatro para as boas-vindas depois das aulas.

 

- Eu costumava ser bem tímida, mas então Jay me mostrou que sendo tímido você só perde certos prazeres da vida. Mas se um garoto me diz coisas fofas eu ainda fico um pouco com vergonha, mas olhar as pessoas é normal. E logo eles vão acostumar comigo indo e vindo e vão parar de olhar. - Ela deu de ombros. - Garotos perdem o interesse bem rápido. Por isso eu perco o interesse mais rápido ainda. Não se apegar faz seu coração não se machucar.

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...