História Interest - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, After, Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Ação, Amor, Dramas, Misterios, Revelaçoes, Romance, Suspense
Exibições 8
Palavras 987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prologue


Respiro fundo e termino de guardar tudo na caixa de mudanças. Ter que abandonar tudo é realmente doloroso. Há semanas atrás eu consegui uma Bolsa na universidade de Harvard. Justo eu que sempre odiei estudos,consegui de primeira passar para uma das melhores universidades. Minha mãe? Enlouqueceu. Fez uma festa enorme e claro,todos meus parentes estavam lá me parabenizando. Como o mundo dá voltas não? Justo os parentes que me julgavam por ter reprovado de ano algumas vezes,estavam dizendo frases do tipo "Eu sabia que você conseguiria Justin. Você só precisava se dedicar mais.". Quanta hipocrisia. Levo as últimas caixas para o caminhão e entro no carro,me encostando no banco.

-Tenho certeza que você será o melhor lá filho.-meu pai diz com um sorriso presunçoso e o encaro. Ás vezes acho que minha família inteira só sabe ser sínica,e quando digo isso,falo em especial da família de meu pai. Tanto meu pai quanto a família dele sempre me rebaixaram,tudo o que eu fazia era motivo de decepções e xingamentos. Até quando tive uma namorada,eles fizeram questão de dizer que logo eu seria chifrado ou algo pior. Infelizmente eles estavam certos. Fui traído a primeira vez por um "amigo",estávamos no shopping e meus amigos tentaram me fazer olhar pro lado oposto,mas eu por ser teimoso,olhei justo para frente. E que decepção. Ela estava aos beijos com ele,com meu falso amigo. E qual foi minha reação? ir até ela e falar umas boas verdades. Após isso,me virei e fui embora muito magoado. Pois infelizmente,eu gostava dela. A família do meu pai quando soube,claro,riu de mim. Meu pai falava aos quatro ventos ''você deveria ter sido homem e ter traído ela". Mas claro,tínhamos uma visão diferente do que é ser Homem. Meu pai começa a falar sobre como sabia que eu iria ter um futuro incrível e me viro pro lado,olhando as ruas passarem e parando de prestar a atenção na cara de pau de Jeremy Bieber . 

------

Harvard,12:57.

Entro no meu dormitório e olho em volta. Há duas camas de solteiro,uma do lado esquerdo e outra do lado direito. Dois armários e duas escrivaninhas nos lados que mencionei. No lado direito há alguns posteres dos Lakers e alguns de Bandas aleatórias. Vou pro lado esquerdo e começo a arrumar minhas coisas no quarto. 

-Eaeeee.-A voz ecoa e me viro com tudo,avistando um cara loiro de alguns piercings com a camisa dos Lakers e uma bermuda preta.-Prazer,Cody Simpson.

-Eai.-Estico a mão e ele a aperta.-Justin,Prazer.-Digo e me viro,voltando a guardar minhas coisas.

-Curte basquetes?-ele se joga na cama dele e cruza os braços.

-Torço pro Bulls.-digo e ele sorri,termino de guardar minhas coisas e me sento.

-Odeia o Cavs também?-ele pergunta e eu o encaro.-Brincadeira,é obvio que sim.-ele diz e rimos. 

-Que horas é o teste pro time de basquete?-ele pega um papel,o olhando e pulando da cama logo em seguida. 

-Daqui 3 minutos.-Ele corre pra fora do quarto e corro atrás,fechando a porta rápido. 

Alguns minutos depois...

Vou pra sala de aula com Cody enquanto conversamos sobre nosso desempenho na quadra.

-O treinador é meio filho da puta né?-ele menciona ao se lembrar de como o treinador Raynolds ofendeu o garoto por ele jogar incrivelmente mal. Rio e dou de ombros,me sentando numa mesa enorme,seguido por Cody.-Não tinha necessidade dele humilhar o garoto daquele modo não acha?-abro a boca para falar e paro,ao avistar uma garota entrando na sala. Loira,alta e totalmente sexy. Seus olhos claros encontram os meus e ela solta uma risadinha ao perceber que eu a encarava,se sentando na frente seguida por suas amigas. -Justin?? tá me ouvindo cacete??-Cody me cutuca e olha para onde eu estava olhando.

-Quem é ela?-pergunto embora eu já imagine sua resposta.

-Sofia Richie,modelo e filha do Lionel e da dona da loja Richie.-Ele diz e eu o encaro sem entender.-Uma estilista ae.-Ele continua.-Se mudou pros EUA ano passado e acredite,se pensa em ter algo com ela,desiste. Ela é muita areia pro caminhão de muitos caras aqui e além do mais,é lider de torcida. -Ele termina e respiro fundo.

-Traduzindo,mimadinha e sem graça.-Digo e ele ri,afirmando. 

O resto do dia passa rápido,Amber a cada segundo parecia ser perfeita. A cada palavra dela eu sorria,ela parece ser inteligente e seu sotaque não esconde que provavelmente ela tenha vivido por bastante tempo na França. Após a aula,eu e Cody fomos para quadra treinar e Cody já estava quase me irritando.

-Cody,presta a atenção.-Pego a bola e me inclino,dobrando os joelhos,esticando os braços e arremessando. Como esperado,fiz a cesta e ele bufa.

-Não vou conseguir essa merda.-ele puxa seus cabelos e rio.

-Presta a atenção caralho,Pega a bola.-Digo e ele assim,faz.-dobra os joelhos e toma impulso.-Digo e ele assim faz,arremessando e acertando. Ele grita e faz uma dancinha totalmente nada a ver,o que me faz rir pra cacete.

-Bieber,Simpson.-nos viramos com tudo,encarando o treinador que nos olhava com um olhar sério.-Vocês estão no time.-ele diz e eu o encaro sem acreditar.

-T...treinador... está falando sério...?-Cody diz gaguejando e sorrio.

-Tenho cara de quem brinca com isso??-Ele diz e cody afirma,saindo da quadra e fazendo uma dancinha mais ridícula que a anterior. Ando devagar até a porta da quadra sorrindo.-Justin??

-Sim treinador?-me viro e ele sorri,jogando a camisa do time para mim.

-Você ocupará o lugar do Zed.-ele diz e eu o encaro sem entender.-Será o capitão do time.-ele se vira e eu olho sem acreditar.

-O...o que....?-ele me encara sério.

-Está surdo??-ele diz e entra no vestiário. Pulo e pego a bola,arremessando e fazendo uma cesta de 3 pontos. Realmente,agora tudo está indo como eu quero,mas dessa vez não irei ser como antes. Irei ser do modo que eu deveria ter sido desde o começo. Eu mesmo e sem me rebaixar com o que falem de mim. Estados Unidos realmente dá chances para quem se esforça e se depender de mim,irei me esforçar para ganhar tudo o que eu desejar. Começando pela Sofia Richie.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...