História Interestelar - Interativa - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~HunterGreenwood

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aliens, Andrômeda, Espaço, Estrelas, Galaxia, Interativa, Interestelar, Planetas
Exibições 24
Palavras 837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Mecha, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


O sistema eldariano foi feito pelo @TheEkko, todos os créditos para ele. Lembrando que eu vou deixar o link da ficha dele nas notas finais, caso você tenha se interessado na raça e/ou o sistema eldariano e queira saber mais, peço desculpas caso eu tenho escrito algo errado sobre a raça (lembrando que teve algumas partes que eu só copiei do jornal.). Basicamente é isso e boa leitura.

Capítulo 3 - Sistema eldariano


Sistema eldariano, ano 4999 terrestre. Um do sistemas estelares nas bordas do setor Sanx, sua estrela, Phyrus é uma anã vermelha, ele tem três planetas.

Um deles era Klimbyon, um planeta gasoso composto em sua maioria por hidrogênio, hélio e metano, tinha um satélite nomeado de Klimb, foi criado por asteroides que atingiram o planeta Dhoris, o destroços do planeta e do asteroide criaram o satélite, que é inabitável por ser muito frio.

Dhoris, um planeta rochoso com lagos de metano na sua superfície onde habitam alguns micro-organismos, tem minério como balsato e hematita. O planeta terceiro planeta é Eribor, O planeta é em sua maioria composto por terra, praias e sempre cortada por diversos e enormes rios que se conectam em três grandes mares, em Eribor existe uma fauna de grande diversidade, mas em sua maioria mamíferos terrestres de grande porte e vários predadores. Os animais aquáticos são colossais, sendo bastante perigoso navegar pelos mares do planeta, mas sempre alguns animais menores, muitas vezes inofensivos.

 A maior parte dos campos de terra do planeta são compostos por florestas densa de árvores altas, mas ainda existindo algumas planícies e regiões montanhosas em bem menos frequência. Existem praticamente todo e qualquer tipo de minério e existem diversos tipos de especiarias, que são normalmente extraídas de plantas ou de frutos na região, a maioria serve para uso medicinal, mas existem algumas que são usadas como temperos.

No planeta há uma raça: os Serpytons, ou Serpytonianos com sua população de 14 milhões, eles falam o idioma Kinglon e são bissexuais, São seres bípedes, inteligentes, de origem reptiliana. Dentro da raça existem sub-raças, cada uma com uma característica especial e sempre diferente da outra, porém todos tem a capacidade de nadar.

Há três sub-raças: os Anfíbios, que tem quase total dominância dos mares governa num sistema capitalista. Tem um conhecimento vasto em tecnologias, principalmente marítimas. Em sua maioria pequenas vilas, praticamente em todas as regiões costeiras, com uma grande vila sub aquática em um dos grandes mares como pronto principal de comércio e política da nação, os Camaleões, os mais inteligentes de toda a raça, também governam com sistema capitalista. A nação mais tecnológica de todas, com conhecimentos gerais em ciência e computação, em sua maioria ateus. São grandes vilas por praticamente toda a extensão do planeta, com uma pequena cidade(chamada de Angmar) como ponto principal do comércio e política da nação, e os Trokk, agressivos senhores das guerras, com sistema totalitário. A nação com melhor equipamento e conhecimento bélico. Compostas por grandes vilas em uma pequena parte do planeta, com uma grande cidade como ponto principal do comércio e política da nação. 

Cientificamente, os Serpytonianos foram evoluções dos grandes répteis marinhos pré-históricos do planeta, que começaram a sair do mar para a terra, e precisaram se adaptar a flora e geologia do lugar. Desde os tempos antigos as grandes três raças dominantes entram em guerras por domínio de território, os Anfíbios sempre com seus domínios dos mares enquanto a grande disputa ficava entre os Trokk, Serpytonianos agressivos, com pouco temperamento e que adoram e sabem fazer uma boa guerra, e os Camaleões, os mais antigos dos Serpytonianos, que contém o maior conhecimento histórico e científico da raça. Existem duas grandes guerras que mudaram o mundo dos Serpytonianos, a primeira foi o que os nativos chama de "A Grande Tsunami Marinha", que foi uma grande batalha que envolveram todas as nações, onde os Anfíbios venceram e governaram todo o planeta por cerca de 300 anos, mas em uma tentativa de se reerguer, os Camaleões, que quase não haviam batalhado na antiga guerra, se voltou contra os Trokk, em pequeno número na época, e depois lutaram uma enorme batalha contra os Anfíbios, durante 20 anos, denominada de "A Guerra que Nunca Ocorreu", ela tem esse nome pois os Camaleões venceram-na quase sem batalhas, com várias jogadas de diplomacia e obviamente, alguns espiões(especialidade da raça), eles conseguiram dominar os Anfíbios e viraram soberanos.

Os Anfíbios e alguns Camaleões acreditam que uma grande criatura(parecida com um polvo), chamada Pha'el criou todo o mar e todas as criaturas existentes em Eribor, e seu filho Mwe'thal, criou a terra que separa todos os oceanos, e quando Pha'el viu que nenhum de seus filhos poderiam mais atravessar os oceanos, em seu leito de morte, ele posicionou seus inumeros tentáculos, de diversos tamanhos, em cima da terra que seu filho tinha criado, e isso gerou os rios que cortam e conectam a terra com os 3 oceanos. Os Trokk acreditam que um grande e antigo réptil, chamado Serpyton, governou toda Eribor e com sua soberania, construiu uma grande palácio que transcendia os céus, de beleza indescritível, onde ele levava todos os seus "filhos" que morriam para passar uma eternidade de luxos e felicidade, um lugar sagrado que poderia até mesmo te fazer viver para sempre, mas só poderia entrar quem fosse honroso o suficiente em vida, que tivesse lutado o suficiente e vencido as próprias guerras.

Eles vivem em média 120 anos, mas podem viver até 200 anos.


Notas Finais


Só para deixar claro, no início da ficha está "ano 4999 terrestre" porque o sistema solar está no centro do setor Sanx, que seria a parte da galáxia de Andrômeda que todos os seres vivos do setor já conseguiram descobrir, portanto a Terra está em "destaque", e o horário dela funciona como um "horário galáctico", por exemplo, um dia em Eribor dura 48 horas terrestres e eles estão no ano 3649270 serpytoniano (soa melhor que eriboriano).

https://spiritfanfics.com/perfil/lysitheus/jornal/interestelar-7107578


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...