História Interestelar - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~PyroMiin

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Kris Wu, Suho, Xiumin
Tags Chanbaek, Interestelar
Visualizações 52
Palavras 1.080
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Ficção Científica, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, queridos~ é a primeira vez que dou um primeiro oi a vocês, não é? Peço desculpas na minha falta de participação nas fics feitas junto com a Miin, mas creio que todas as saudações calorosas dessa gatinha preencheram o vazio da minha ausência. Enfim! Estamos aqui com mais uma fanfic colaborativa que é simplesmente nosso xodó, pois nos divertimos muito escrevendo-a em 2015 (Sim, está guardada desde esse tempo) e que no começo nem era uma fanfic, mas sim um simples rpg de duas amigas sem nada para fazer q

Miin dá um "Oi" tímido e manda beijinhos <3

Tenham uma boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo I


Mais conhecido como O Cara Insano, o melhor de todos, o piloto do século, o mais bonito e... Bem, o Cara mais famoso daquele ano da academia, Baekhyun vestira seu uniforme pensando sobre como aquele apelido soava estranho. Insano? Nunca quis ser chamado assim, ser insano e completamente bom no que fazia eram características que podiam entrar em convergência. Sabia que era um tanto, vejamos, tendencioso a certos riscos, mas ser chamado assim dava-o um ar mais egocêntrico do que já era, somado às outras características.

Com o cabelo bem penteado e um sorriso ladeado daqueles bem humorados se direcionou, finalmente, para fora do banheiro. Saiu majestosamente pela porta e olhou para o corpo semiconsciente de Park Chanyeol — vulgo seu parceiro de dormitório. Ele não aguentava lutar contra si corpo a corpo, era muito grande pra isso e Baekhyun sabia usar isso ao seu favor. Levantou uma sobrancelha, tinha jogado sujo ao apertar os testículos alheios daquele jeito.

— Cara, você parece um tapete. — comentou. — Com dor no saco.

Deslizou os olhos pelo quarto, arrumando sua roupa coladinha e sentindo-se curiosamente muito bonito com ela. Seu antigo uniforme era colado também, mas era branco e azul, cores muito claras em sua opinião. E, agora, quase como um desejo realizado para Baekhyun, o uniforme era inteiramente preto. — O que achou desse uniforme novo?                       

Antes do Senhor Insano voltar ao quarto estava em estado vegetativo, as pernas longas estavam separadas para não pressionar o local machucado e os olhos se encontravam semiabertos. Apesar de estar querendo esganar seu queridíssimo colega de quarto, não conseguia se levantar por causa da dor em seus testículos.

Da próxima vez que o mandarem lutar com aquele baixinho assassino iria inventar alguma dor, quem sabe desistiria ou poderia dizer que estava morrendo de alguma nova doença. Ao ouvir passos, abriu os olhos, meio tonto. Focou no outro e abriu um sorriso, uma provocação presente na ponta da língua.

— Parece uma formiga bem treinada. — daquelas formigas pequenas que mordem e tiram o pedaço. — E com o bumbum avantajado. — completou rindo baixinho. — Por acaso está empinando a bunda, Baekhyun? — tombou a cabeça para o lado, tentando olhar para o local citado de outro ângulo.                       

Baekhyun viu aquele sorrisinho característico e mordeu os lábios por puro vício.

— Quem sabe eu esteja empinando a bunda, eu também estava empinando a bunda quando quase te deixei estéril. — provocou na mesma moeda, caminhando rumo a ele, pisando em suas costas e enfim chegando até o refrigerador do quarto. Pegou a água, engoliu-a até a metade e colocando a mão no queixo. — Hoje vou sair, parece que uns superiores vão estar na festa e sabe como é, nós somos do último ano! Precisamos marcar presença. — virou-se para o mais novo e abriu os lábios em um sorriso de dentes branquinhos. — E com esse uniforme!                       

Chanyeol rosnou ao ser, literalmente, pisado. Franziu as sobrancelhas, ouvindo sobre a tal festa dos veteranos. Era complicado pensar em festas naquele momento, deslizou os olhos até a cintura do outro, puxando-o sem ter medo de levar um puxão de orelha. Fez com que este se sentasse na beirada de sua cama e bufou cansado. — Depois da dor que me fez passar hoje... Você deveria ficar comigo aqui e me fazer uma massagem.                       

— Massagem? Quer que eu perca a festa do ano pra fazer uma massagem em você? Quer que eu deixe de conhecer superiores importantes pra fazer massagem em você? — perguntou enquanto cruzava as pernas, olhando com uma expressão calma para o maior. — Levante logo e vamos para a academia, precisamos fazer a ronda. — avisou, chutando-o da cama quanto levantara.

Ainda estava descalço, o conforto de ficar desse jeito era uma das coisas que agradava Byun Baekhyun. Assim como entrar naquela nave fazia com que todo seu corpo se arrepiasse. Chanyeol sabia dessas coisas, Baekhyun não sabia das coisas que Chanyeol gostava. Na verdade, não ligava muito pra isso. Estavam se divertindo, era isso que importava.

Olhou para o maior no chão, os olhos caídos demonstrando uma animação excitante.                       

— Você é muito chato. — levantou do chão com dificuldade, tirando os próprios fios vermelhos de cima dos olhos. Antes de seguir ao banheiro fitou o outro uma última vez, encontrando aquele sorriso novamente.

Fez uma careta e continuou a andar. Não entendia o porquê dele estar tão animado para aquela festa, era uma festa como qualquer outra, com a exceção de ter superiores e algumas outras pessoas importantes lá. Estava tão desanimado que aquela autoestima alheia estava causando ânsia em si. Chanyeol sabia que aquela era mais uma deixa para Baekhyun se exibir, mas não o culpava por ser tão egocêntrico.

Ele não tinha culpa de ter um gênio forte como aquele. O Park era o completo oposto do Byun, não era nem tão bom nem tão ruim na academia, não contava sobre suas glórias ou desventuras para ninguém e muito menos era motivo de comentários dos colegas. Não gostava muito de ser mirado por holofotes, então fugia deles sem que ao menos percebesse.                       

— Quero me garantir como um bom rapaz perto dos superiores. — disse baixinho, mais para si mesmo, observando as costas alheias sumindo atrás da porta do banheiro. Lambeu os lábios, Chanyeol não parecia nada animado e o menor queria que ele o acompanhasse, oras. Por mais que Baekhyun fosse egocêntrico, nunca saía simplesmente dizendo isso pra todo mundo.

A única coisa que saia de sua boca sobre isso era quando perguntavam-lhe se era ou não o melhor. Respondia que sim, era bastante sincero quanto ao que achava de si mesmo. E as condecorações também mostravam isso. — Chanyeol, você vai comigo? — perguntou se aproximando da porta do banheiro. — Você vai, né?                       

— Eu vou sim. — respondeu ainda sem ânimo, retirando sua camisa para tomar um banho. Faria a ronda, o acompanharia durante a festa, se esforçaria e tentaria se divertir um pouco, um pouco apenas. Daria um jeito de incomodar seu irmão mais novo e provavelmente levaria um cascudo, mas fugiria no momento certo para não ser agredido.

Era engraçado atazanar Kyungsoo. E, quem sabe, se Baekhyun não o puxasse como da última vez, poderia ao menos tentar conversar com Kim Junmyeon sem gaguejar. O exuberante loiro de altura e olhos diminutos. Era influente dentro da academia, motivo de elogios por parte de muitos. Chanyeol o admirava. A pena era que Baekhyun sempre dava um jeito de afastá-lo dele, seja lhe puxando para uma roda de conversa ou inventando qualquer coisa. Às vezes achava que o Byun tinha algum problema.                       

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...