História Interligações - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Drama, Jikook, Namjin, V-hope
Exibições 14
Palavras 566
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá! Primeiramente, seja muito bem-vinda. Eu vou assumir para vocês que sou nova no fandom e que esta é a minha primeiríssima fic desse tipo. Até então eu era da categoria animes e mangás, mais especificamente a categoria InuYasha, mas resolvi postar este projeto meio ousado que pensei depois de conhecer esse grupo maravilhoso que é o BTS. Aqui eu vou apresentar o que seria uma versão alternativa para a criação do grupo com uma história completamente diferente para cada personagem e, claro, os casais maravilhosos que muita gente gosta de shippar estarão presentes. Espero do fundo do meu coração que vocês gostem e desde já peço desculpas pela introdução pequena e sem graça. Então é isso. Desejo a todas as ARMYS de plantão uma ótima leitura.

Capítulo 1 - Vocação


Eles eram tão comuns, mas, ao mesmo tempo, tão diferentes, e isso só se era percebido depois que você os conhecesse mais profundamente.

A princípio, quando olhou para cada um deles, ele não viu nada em especial. Eram apenas meninos que, assim como ele, buscavam seu refúgio naquele mundo pequeno e restrito demais para o seu gosto, porém, bastou conhecer um pouco a mais a história de cada um deles para que pudesse descobrir que, juntos, eles formavam um grupo estranho. Um grupo de garotos desajustados e julgados pela impiedosa sociedade. Um grupo de delinqüentes, um grupo de fracassados, um grupo de rebeldes, um grupo de covardes, mas, no mesmo ritmo, um grupo de corajosos e, por fim, um grupo de tolos. Por mais que, no começo, tenha acreditado que toda aquela loucura de aceitá-los em sua vida não fosse dar certo, uma paixão em comum fez com que as relações entre eles entrassem em perfeita harmonia. No momento em que dançavam e cantavam, pareciam que todas aquelas peças, espalhadas e bagunçadas pela sua vida conturbada, encontrassem o seu encaixe certo. Não era preciso palavras reconfortantes e muito menos gestos gentis. O remédio para a cura de toda a bagagem de vida e sentimentos que cada um carregava tinha um nome certo: Bangtan Boys, e durasse o tempo que fosse, eles cumpriram aquilo que descobriram ser a vocação deles. Encantar a todos com sua música e dança e fazer a as pessoas fantasiarem um mundo melhor. Das conseqüências daquilo, eles tirariam a sua própria felicidade.

— Hey! Suga! — uma voz às suas costas tirou o jovem de seus próprios devaneios. Ele direcionou seu olhar para trás a tempo de ver Jungkook o olhando — Vamos embora. — terminou, passando seu braço pelos ombros de Jimin e o guiando pela estrada de terra por onde eles tinham vindo.

Suga olhou atentamente para todos que estavam presentes ali. Jungkook, que tinha Jimin apoiado em um de seus ombros, já se encontrava mais a frente; J-Hope e V, que ainda estavam perto de Suga, pareciam discutir sobre alguma bobagem, o que era algo comum desde que se conheceram; já Rapmonster e Jin, os mais maduros do grupo, começavam a caminhar de mãos dadas, aproveitando os seus últimos momentos juntos antes de retornarem à empresa e fingirem que nada ‘a mais’ existia entre eles. Ao pousar seu olhar sobre o jovem de cabelos castanhos e olhar terno, Suga não pode deixar de sentir uma nostalgia forte em seu peito. Ele havia sido o seu primeiro amigo. De todos ali, o primeiro que ele conheceu...

— Suga? — o rapaz foi acordado de seus devaneios quando ouviu a voz do dono de seus pensamentos. Ele direcionou o seu olhar para o rosto de Jin, o vendo sorrir amavelmente — Venha. — completou, acenado com a mão para que rapaz os seguisse.

Ele passou alguns segundos olhando para o jovem a sua frente antes de descer da pedra onde estava sentado, mas não sem antes olhar, por uma última vez, a bela paisagem que o mirante onde se encontravam apresentava. Quando se virou e começou em direção aos demais rapazes um sorriso fraco, mas verdadeiro, pairava em seus lábios. Em seus pensamentos, tempo de descansar havia acabado. Era hora de voltar ao trabalho, e eles, com certeza, dariam o seu melhor.

E imaginar que tudo aquilo começou no dia que o filho de um gângster resolveu fugir de casa.

 

 


Notas Finais


Então é isso gatinhas. Mais uma vez espero que tenham gostado e agradeço profundamente pela atenção. A todos que forem acompanhar a fic, até a próxima ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...