História Internato de Youtubers - Capítulo 36


Postado
Categorias Christian Figueiredo, Igor Cavalari (Igão Underground), Júlio Cocielo, Lucas "T3ddy" Olioti, Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?), Rafael "CellBit" Lange
Personagens Christian Figueiredo, Daniel Mologni, Igor Cavalari, Júlio Cocielo, Lucas Olioti, Lukas Marques, Patricia "Pathy" dos Reis, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellbit, Chris, Cocielo, T3ddy
Visualizações 46
Palavras 687
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá xuxus!

Mel falando aqui! Saudades daqui em! Não é dia de cap meu, mas a Eri teve um problema pra resolver, então eu estou postando por ela. Perdoem se não ficar ao agrado, eu não sou boa com humor kkkkkk volta logo viu Erika! Kk

Leiam as notas finais! **

Boa leitura 💙

Capítulo 36 - Parecia uma discussão


Fanfic / Fanfiction Internato de Youtubers - Capítulo 36 - Parecia uma discussão

Bruna on


Acordei no dia seguinte com um pouco de dor de cabeça, super normal pra quem bebeu demais. Levantei e fui tomar um banho, logo que sai vesti uma legging e uma blusa de manga longa, um vans e penteei meus cabelos. Quando estava saindo do quarto, minha colega acorda. 


— Bom dia amiga! — Diz ela sorrindo. — Onde vai tão cedo? Hoje é sábado! — Ela esfregou os olhos e fez uma careta.


— Vou caminhar antes do café! — Abro a porta. 


— Nos encontramos lá então! — Assenti e sai do quarto. 


Sabe aquelas pessoas que já acordam com humor de merda? Essa sou eu. Mas por algum motivo estranho, eu não estava completamente puta, o meu pensamento estava no sorriso de um certo alguém. Aquela girafa sabe mesmo como invadir a mente de alguém, eu nem queria estar pensando nele, mas era tarde demais. 


Sai pelo corredor e fui para o jardim, indo em direção a nossa quadra de esportes. Estava passando pelo pequeno pátio lateral, antes do principal, e escutei vozes, não vozes normais. Estavam altas, e firmes, parecia uma discussão. Me aproximei devagar e ia passar sem dar a mínima, mas assim que vi quem era, voltei e fiquei atrás de um arbusto. 


— Caralho garota, me deixa em paz! — Julio disse meio alterado. 


— Me diz por que ficou com aquela garota sem sal? Eu não fui boa? — Ela disse também gritando. Era uma loira meio sem graça que vivia atrás dele, já tinha percebido. 


— Não fala assim, você nem conhece ela! Eu e você só nos pegamos na chegada, nem tenho nada com você. Não te devo satisfações! — Ele parou de andar e ela também.

Droga, eles estavam falando de mim? E agora? 


— Mas Ju, você sabe que eu gosto de você, por que não fica comigo? — Ergui o corpo e subi num galho mediano, sou baixinh né, e olhei por cima do arbusto. Ela colocou a mão no peito dele e se aproximou. 

— Olha Thaysse, eu.. 


Ele até ia continuar falando, se não fosse pelo barulhão do tombo que eu levei de cima daquele galho. 


— Ai caralho! — Gritei meio alto, sem querer, e logo tapei a boca, não só pela dor com a queda, mas pq eles iam me notar agora. 


— Porra Júlio! 


— Xi, tem alguém aqui perto! — Escutei ele dizer. 


Me mantive imóvel e fiz o minimo de som possível. Porra eu sou muito desastrada, isso nunca tinha acontecido. Imagina o  mico se eu sou pega escutando conversa alheia? E mais, por ter caído de bunda no chão parecendo uma jaca. Droga, e agora? 


— Só me supera ta novinha? Segue o baile! — Ele disse uma última vez e escutei os seus passos indo pra longe. 


Logo vi a loira passando pelos corredores na maior pressa, soltando fumaça pelo nariz. Suspirei e dei graças a Deus. Me levantei e tirei a grama que ficou presa em minha roupa, e caminhei pro refeitório, já devia estar na hora do café, adeus caminhada. 


Cheguei na mesa e encontrei Let e Mel conversando, logo que me juntei a elas, ambas me olharam estranho, acho que era porque eu tinha tomado um tombo no meio de um arbusto e estava parecendo o tarzan. 



— O que houve com você amiga? — Mel perguntou meio que segurando riso. 


— Parece que foi caminhar no meio do mato! — Disse Let rindo.


— Longa história! — Dei de ombros e suspirei. 


Quando menos noa distraimos, Marjo chega até a mesa correndo, quase sem conseguir falar, parecia que alguém tava dando Big Mac de graça. Entregou um bilhete pra nós, depois de ler, fiquei chocada. A Rafa tinha fugido do internato pra um apartamento, disse que voltaria logo, mas ela mal imagina a confusão que vai causar nesse colégio, imagino como o Chris vá ficar quando souber. Mas o que estava mesmo me deixando inquieta, não era nem esse lance da Rafa, e sim o porquê daqusla garota estar se humilhando pro Júlio e ainda discutir sobre mim, ah tem caroço nessa melancia. 


Notas Finais


É só isso. Perdoem pelo tamanho.

Entre em nosso grupo:
https://chat.whatsapp.com/EKslc4tzsDV1BcoouOVNAi


Leiam minha fic tbm:
https://spiritfanfics.com/historia/imprevisto-10204948

Beijos e paz anjos 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...