História Internato (imagine) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Bolinhos, Bts, Imagine, Romance
Visualizações 7
Palavras 1.008
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Fantasia
Avisos: Álcool, Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HEEY DESCLPA O ATRASO MAS TÁ AI, JURO!

Capítulo 7 - Não acredito...


Acordo com a desgraça da Lisa me chacoalhando, aparentemente brava.

– Olha S/n, você tem sorte de eu ser uma ótima pessoa e te acordar mesmo depois do que você fez conosco, por que se fosse pela Jennie, você acordaria apenas amanhã! - Não consigo evitar de rir.

– Ok, ok... Que horas são?- ela olhou para seu pulso, fingindo ter um relógio lá.

– Faltam quinze para daqui a pouco!- reviro os olhos, ligando meu celular, vendo além do horários, umas quinze mensagens do Taehyung, que resolvi ler depois de me arrumar.

Tomei um banho rápido, e escolhendo uma roupa qualquer e uma calça jeans branca, vestindo por cima um moletom que parava em meus joelhos.

Prendo meu cabelo em um coque mal feito, e pego meu material junto com meu celular, abrindo as mensagens.

Mensagens on~

Tae: Oie

S/a

O que vc acha

De sla

Faltar hoje?

Vamos sair?

S/aaaa

S/nnnnnn

Acorda

N quer?

Affer

Ok

Te vejo mais tarde

Mensagens off~

Chego no meio do pátio e todos ficavam me encarando.

– O que? Perderam o brilho de vocês na minha cara, agora?- digo, ficando brava.

– Olha, a objeto consegue manter o orgulho mesmo depois de ser apostada?- falou uma das vadias que me encaravam.

– A vadia é louca, agora?- pergunto, estranhando.

– Mas é lerda mesmo... Os meninos apostaram com o Taehyung... Ele teria que te pegar em menos de uma semana, ele acabou perdendo, aqui vemos que nem para isso serve...- Ela revira os olhos debochada.

– Melhor não servir pra nada do que servir apenas para ser uma cadela, não?- poderia estar destruída por dentro, mas nunca deixaria transparecer para ela, e muito menos para Taehyung, que quando vi, estava observando tudo, com um sorriso sarcástico no rosto, mas por mais inacreditável que pareça, seus olhos não mostravam divertimento, mas também não era arrependimento, idiota!

A vadia me olhou com fúria nos olhos e me deu um tapa, fazendo suas unhas me arranharem minimamente.

A olhei superior e parti pra cima dela, a derrubando e subindo em cima dela, distribui alguns socos pela cara dela, quebrando seu nariz, e aproveitei que a mesma já estava no chão, subindo em cima dela para uma chave de braço, mas um ser me puxa, me fazendo parar de quase matar a puta.

Olho para trás e me surpreendo com o ser que teve a audácia de me tirar de cima da vadia master.

Esse ser, era Taehyung.

– Ora, parece que o burro ainda quer me tirar de cima da puta...-dou uma risada sarcástica- Quer morrer cedo, jovem?-

– Ela não tem culpa de você ser apenas um objeto para os homens, amor! - se eu me abalei com aquilo? Com certeza, mas obviamente não iria demostrar.

– É verdade, mas o culpado dela estar apanhando é você, do mesmo jeito, amorzinho...- solto uma risada debochada. - Sabe, eu até iria ter algo com você, mas olha, depois de ver o seu tamanho, mudei de idéia... Não valia a pena! Se quiser, eu posso te recomendar um bom médico para ver se o seu tamanhinho é normal...- ele, que antes estava com um sorriso debochado, me encara com ódio, e solta um tapa em minha cara.

– Além de tudo, é covarde...- debochada a minha risada? Imagina! - Mas é trouxa quem acha que eu vou ficar apanhando de macho! - saio pra cima dele, abaixando sua cabeça e enforcando-o por de baixo de meus braços.

Ele pega a minha cintura e me joga no chão, me fazendo bater a cabeça, mas por causa da adrenalina eu nem sinto, ele sobe em cima de mim, segurando meus pulsos, e surpreendente começa a chupar meu pescoço, enquanto eu me debatia, o que mais me indignou foi ver que mesmo com tantas pessoas lá, ninguém fazia nada a respeito! Nem chamar a diretora! Mas de longe vejo as meninas correrem para onde acho ser a diretoria... Menos mal...

Ele começa a me levantar e coloca-me em seu ombro, andando sabe-se lá pra onde.

Eu já estava entrando em desespero, ele ia me sequestrar e me obrigar a fazer peixe pra ele é pra putinha dele, e se eu não concordar ele vende meus órgãos e meus cabelos preciosos!

Ok..

Exagerei...!

Mas sei que boas intenções ele não tem!

Comecei a me debater mais ainda, ele estava ficando doido? E essas pessoas? Acham que o que ele está fazendo é certo? E cade a velha da diretora quando eu preciso?

– SOLTA ELA, TAEHYUNG! - um JungKook, um tanto irritado, grita.

– Quem é você para mandar em mim? - ele fala indiferente.

– Eu sou o seu melhor amigo, que está te impedindo de fazer uma merda que você vai se arrepender, mais tarde. - ele fala mais calmo.

– Aish JungKook, eu sei bem o que faço, não sou uma criança! - ele fala fazendo birra... Ele está bêbado? Ou é só bipolar mesmo?

É só bipolar mesmo...!

– Taehyung, me solta! - falo.

– Só solto quando você me perdoar!

– Mas quando a pessoa te obriga a perdoar, você não perdoa de verdade! E eu ainda não estou pronta para te perdoar! Taehyung, me solta, por favor! Fazer isso só ta piorando a minha raiva de você! Me solta! - volto a me debater, ele fica um tempo pensando, mas logo me tira de seus ombros, mas ainda me segurando pelo braço.

– S/a...

– Não me chame de S/a! Já te disse.

– Baixinha... Eu me arrependo, pois conheci você melhor!-

– Me faça rir! - cantarolo. - Você acha que mesmo depois da merda que você fez, eu vou acreditar em você? Sonha! - estava praticamente soltando fumaça ali.

Taehyung fez menção de se aproximar, mas JungKook é mais rápido e o segura, ele ia começar a discutir com o mesmo, mas graças as forças de Zeus, a diretora, que estava sabe-se lá onde, aparece.

– O que diabos está acontecendo?- a mais velha diz e bufa.

– Você saberia se estivesse aqui, cuidando dessa porra de colégio. - murmuro.

– Uma longa história diretora, mas você saberia de tudo se estivesse aqui o tempo todo, não acha? - fala JungKook tirando as palavras da minha boca.

-S/n, Taehyung, Hyeon e JungKook, na minha sala agora! - a diretora chama-nos brava.


Notas Finais


Vcs devem estar com muita raiva do Tae...
Desculpas skskks


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...