História Intention (Jikook) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), HyunA
Personagens HyunA, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope, Yaoi
Exibições 115
Palavras 1.612
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


São duas da manhã e eu estou escrevendo cap, sendo que eu tenho que acordar as 5h. Sim, a capa foi feita as pressas pois minha amiga ia me matar se eu nao postasse logo essa fanfic. Eu disse que nao iria postar mais nenhuma outra fic, hahaha mentira! Não consegui ficar longe do meu otp, então sem mais delongas pah pahhh!!
Boa leitura.

Capítulo 1 - Rotina


Fanfic / Fanfiction Intention (Jikook) - Capítulo 1 - Rotina

Jungkook POV.

Estava tudo muito bem, finalmente havia conseguido um emprego. Podemos dizer que um era um ótimo emprego, por que, convenhamos, há coisa melhor no mundo do que trabalhar em uma cafeteria? Acordar de manhã não era nem mais um problema, por que o cheiro de café já me despertava, a rotina era extremamente fácil: acordar, se arrumar, abrir o café, sair às 17h, entrar na faculdade as 18h e depois ir para cama. Claro que eu não fazia todo esse trajeto  tão facilmente, pois havia o dorminhoco que fica tanto tempo dormindo que já consideramos ele uma parte da cama, sim, estamos falando de Min Yoongi, o ser humano que só dorme e come, mas ele come pensando em dormir é claro.

Yoongi nunca consegue acordar na hora de ir trabalhar, mas ele tem sorte do seu pai ser o dono de lá, pois se não já teria sido despedido, toda manhã era a mesma briga para tirar a desgraça da cama e fazer ele se arrumar descentemente, afinal, isso era o mínimo.

Segunda 7h30min

- Yoongi Hyung- cutuco-o diversas vezes até ele me olhar.

- O que você quer, praga?- falou olhando para mim com cara de quem havia se drogado.

- SÃO SETE E MEIA DA MANHÃ, ENTÃO ME FAZ O FAVOR DE TIRAR ESSA SUA BUNDA DA CAMA E TOMAR BANHO PELO AMOR DE G-DRAGON. – falo puxando ele da cama o fazendo cair no chão me fuzilando com os olhos.

- SEU FILHO DE UMA PESTE. – ele falou se levantando, mas eu sai correndo de lá e me tranquei no meu quarto. 

A dois meses, eu e o Yoongi conseguimos comprar um apartamento juntos, não era tão ruim assim, tirando o fato de ele querer me matar, se matar, e matar a coreia inteira quando acorda.

Aproveito que estou no quarto, já pego minhas coisas, vou para o banheiro do mesmo, tomo um banho calmo para não me estressar, saio com a toalha na cintura e pego a minha roupa: uma camisa branca com uma calça normal e um coturn. Logo me visto, destranco a porta e ouço um barulho vindo da cozinha, que provavelmente seria o Yoongi tacando fogo lá.

Por incrível que pareça, ele não tacou fogo na cozinha. Me sentei na bancada, batucando na mesma, até ele se virar e me entregar um prato com waffles e calda de morango, junto com um suco de laranja, se sentando na minha frente e começou a comer.

- Como vão as coisas com o Tae?- falou com um pedaço de waffle na boca.

- Tudo normal, mesmo ele tendo parado de falar um pouco comigo nessa semana, está tudo bem, por incrível que pareça, acho que finalmente minha vida esta estabilizada – falei enquanto gesticulava com o garfo – e você, achou alguém dessa vez?

- Meu coração não pertence a ninguém além da minha cama. Ainda mais, não tem ninguém ao meu nível de beleza nesse mundo, eu sou o rei da porra toda. – comecei a rir quando ele estufou o peito e me lançou um olhar de superioridade – o que você esta rindo rele plebeu, me respeite, sou seu Hyung caralho.

- Aham, senta lá claudia. Então, falta dez minutos, vamos? – falei pegando minha mochila, que continha umas trocas de roupas, para ir para a faculdade, verifiquei se minha chave reserva estava lá e abri a porta para o Yoongi passar.

Ele pegou sua mochila e apertou o botão do elevador enquanto eu trancava a porta rapidamente, e após isso, descemos rápido. Fomos caminhando calmamente até a cafeteria, pois a mesma não era muito longe de nosso apartamento. Peguei a chave que se encontrava em meu bolso, abri a porta logo sentido aquele cheiro de café forte penetrar em minhas narinas, e neste momento, logo fui para os fundos deixando minha mochila e colocando o meu avental.

As 8h30min o café já estava com um movimento aceitável, por isso atendíamos vários clientes de vez, mas haviam sempre algumas garotas nos olhando de cima para baixo, mas eu nunca senti muita atração por elas, e nunca parei mesmo para pensar nisso, já que estou namorando. No decorrer de algum tempo, o garoto de cabelos platinados e sobrancelhas marrons adentra o local com seu sorriso quadrado direcionado a mim, logo dou um sorriso me sentindo extremamente contente por vê-lo. Aviso o Yoongi que só vou ali cumprimentar o meu namorado rapidamente, e ao me aproximar dele, chego logo dando um abraço seguido de um beijo no mesmo, algumas pessoas direcionaram olhares feios e de curiosidade, mas no momento, estava com tanta saudade dele que nem liguei para isso. O mesmo foi se sentar em uma das cadeiras do balcão e me olhou já sabendo o que ele iria querer, peguei uma nota, anotei o seu pedido, e logo escrevi em um copo, no local onde deveria estar o nome do cliente: ‘Alien’. Rapidamente comecei a terminar o serviço e lhe entreguei o seu copo de Caramel Macchiato. O mesmo lançou um olhar mortal em minha direção quando viu o nome que estava escrito, e eu apenas comecei a rir da sua expressão.

Depois de atender milhares de pessoas, percebemos que já era 12h, peguei minha mochila lá atrás e esperei Yoongi pegar a sua também. Saímos eu, Yoongi e Tae de lá em direção a um restaurante não tanto longe, chegando lá, fizemos nosso pedido e começamos a conversar, Yoongi disse que iria ao banheiro, logo que ele se levantou já aproveitei para tirar satisfações com o MEU namorado, que não me deu um sequer sinal de vida no final de semana.

- Porque você não me ligou no final de semana Taetae?- falei fazendo um carinha triste junto com um bico.

- Não consegui te ligar, pois fiquei atolado com o fato do Hoseok estar se mudando  para o meu apartamento, tivemos que arrumar o quarto dele e organizar as roupas e tudo mais. Até pensei em ligar para você, Kookiezinho, mas estava muito tarde e eu não queria te atrapalhar, muito menos lhe acordar. – falou colocando sua mão na minha bochecha fazendo carinho  na mesma. Eu não havia gostado muito do Hoseok, por que mesmo ele sendo uma pessoa gentil e carinhosa, não deixo de desconfiar dos dois, afinal, eu sentia ciúmes como todos os namorados, mas como eu confiava no Tae, resolvi deixar de lado.

- Tudo bem, não se preocupa, só não faz mais isso Okay? – ele assentiu me dando um selinho rápido me fazendo corar.

- Já chegou de gayzisse ae? – o Yoongi falou sentado novamente olhando para nós com cara de nojo, revirei meus olhos, mas eu tinha uma carta na manga sobre ele, e por isso, não deixaria essa brincadeira passar despercebida. 

- Doce como o açúcar, depois ainda pergunta para a gente por que lhe chamamos de “Suga”, mas sobre a gayzisse, não me lembro de você ter falado sobre isso enquanto gemia em seu quarto no sábado a noite depois daqu... – ele colocou a mão na minha boca e me olhou como se fosse me matar ali mesmo, Tae já estava quase tendo uma convulsão de tanto rir ali.

- Não sabia que nosso suga era tão pervertido e safado assim, mas nos conta ae, passivo ou ativo?–Tae falou enquanto ainda se recuperava das risadas.

- Ativo é claro né, aqui é macho alfa.

- Yoongi, mentir é feio...- falei lhe olhando- “Mais rápido, mais forte” – falei imitando a voz do mesmo, ele me olhou com tanta vontade de me matar, e eu até achei que ele iria atacar o meu pescoço, mas no fim ele só corou mesmo, e Tae só ria da situação novamente.

Logo voltamos ao café, para voltar a trabalhar novamente, sorrindo e conversando com os clientes, e Tae saiu dizendo que tinha que ajudar o Hoseok que havia se perdido, claro, na hora senti uma pontada de ciúmes, mas nada extremamente forte, então nem liguei. 

Já era quase 17h e Tae não havia ligado, mas logo me toquei que ele poderia estar se arrumando para a faculdade também, e nós havíamos horários quase iguais, por isso, nem me preocupei. Sai da cafeteria, indo pegar o metro junto com Suga. Eu e o Suga havíamos tentado bater nossos horários para não ter problema de um acabar se perdendo ou coisa assim, o Tae foi mais coincidência. Rapidamente chegamos lá, eu fazia faculdade de fotografia, me interessava muito nesse assunto, amava câmeras, mas também amava ler, portanto, até pensei em ver algum estágio ou algo assim em um jornal, pois já havia escrito artigos para o jornal da escola.

Logo após a minha aula fui para casa com o Yoongi, nós dois estávamos exaustos, chegamos e rapidamente nos deitamos e nem comemos ou coisa assim. Só me lembro de ouvir o barulho de mensagem soando do meu celular enquanto eu estava no banho, quando sai fui checar se era isso mesmo, e tinha uma mensagem do Tae.

Texting ON

Alienzinho: Boa noite bebe

Eu: Por que não me chamou antes? :(

Alienzinho: complicações aqui :( , mas consegui uma entrevista de trabalho para você em um jornal!

Eu: SÉRIO? VOCÊ TA BRINCANDO NÉ, MEEU DEUUS, NEM SEI COMO AGRADECER <3 

Alienzinho: Só vá e de seu melhor que eu ficaria extremamente agradecido, mas só consegui um horário para amanhã as 15h40min, algum problema ou posso confirmar?

Eu: Não, nenhum problema, obrigada mesmo <3 te amo muito, vou dormir, estou morrendo de cansaço, beijos amor.

Alienzinho: Também te amo, beijos.

Texting OFF.

Após um tempo, adormerci feliz, não acreditando em como as coisas na minha vida estavam indo tão bem, apenas sonhei com as melhores coisas possíveis.


Notas Finais


ACHARAM QUE O JIMMINIE ESTARIA NO CAP NÉ, TROLLEI, MENTIRA NÃO ME MATEM, sei lá as cinco pessoas que foram obrigadas a lerem essa fic não me matem :)
bye gentinha, LOV U ALL
SEE YA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...