História InThe End - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Linkin Park
Personagens Brad Delson, Chester Bennington, Mike Shinoda, Rob Bourdon
Tags Bennoda, Linkin Park, Romance
Visualizações 18
Palavras 1.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E Agora Mike? Vamos ver o que rolou entre Mike e Talinda antes dele ver o Beijo do Chester. Parece que também há um mal pressentimento.

Capítulo 12 - Mike preocupado.


Fanfic / Fanfiction InThe End - Capítulo 12 - Mike preocupado.

 

POV's MIKE

-Talinda pelo amor de Deus , se eu soubesse que você iria fazer tanto escândalo eu não tinha ligado pra você. Ainda menti pra Chester dizendo que foi Anna quem ligou.

-Qual é Mike, me solta! –Diz ela puxando o braço – Sabe que Chester é um incompetente.

-Eu te liguei por causa das meninas, com Chester me entendo eu.

Talinda me olha com um jeito cínico.

-Nossa, “com Chester me entendo eu!”. Ai Mike você é tão idiota quanto ele.

-Não fala assim comigo, Talinda! Você que não perdeu a oportunidade de fazer seus showzinhos. É por essas coisas que Chazy nunca foi adepto de levar você pro shows, e ainda de ficar bebendo ...

-Ele bebe porque é alcoólatra, sempre foi, você é o único que culpa todos pela covardia de seu amigo, ou seria “amor”?

Peguei ela pelo braço novamente. Botei nossos rosto bem perto.

-Cuidado Talinda, eu não sou o Chester, é bom não destilar seu veneno contra mim. Você não tem ideia do que sou capaz.

-Não tenho mesmo. Porque não me mostra?

-Saia daqui! – empurro pra longe de mim.

-Mike! – diz ela com as mãos na cintura – Anna sabe de seu sentimento para com Chester?

Aponto dedo na direção do rosto dela.

-Não meta Anna na suas maluquices. Não a envenene Talinda. Ela esta gravida.

-Eu sei, que bom saber que você ainda sente desejo por ela.

-Cala boca sua infeliz!

Saio dali deixando aquela mulher louca sozinha, mas quando entro no hospital , vejo Chazy abraçado com Priscila, vejo então que eles se beijam. Meu coração pareceu disparar, mas resolvi deixar eles ali, mas Chester me olhou, ele me olhou e eu o encarei de um jeito que me fez sentir ciúmes. Sim, ciúmes. Então percebi que meu lugar não era ali, sai triste dali.

Talinda pega o celular. Eu por um momento fiquei assustado.

-O que vai fazer, criatura?

-Vou ligar para Tyler trazer umas roupas e umas coisas para as meninas e....que foi? Pensou o que? Que eu ia ligar pra Anna? – Talinda me olhou e sorri sarcasticamente – Ela não sabe que você que esta aqui, Mike? Você não falou pra ela nada que esta acontecendo aqui?

Fiquei calado e senti meu rosto corando.

-Não se preocupe, Mike, sou venenosa no tempo certo. Pouparei Anna dessa vergonha.

Saiu de perto de mim e foi falar ao celular com Tyler.

Sai dali pensativo. Entrei no carro em direção a minha casa , quando meu celular toca, quando olho era Brad.

-Mike?

-Oi Brad?

-Cara o Chester pode falar comigo? Eu to ligando pra ele há horas, ele não atende.

-Chester está impossibilitado de falar, que houve?

-Ta tudo bem Mike? É que ele ta com meu carro.

-Ta tudo bem, não diz nada para Anna. Logo vou pra casa.

-Ok, então. Já vou então.

-Espere eu chegar, quero falar com você !!

Cheguei em casa fui direto para o estúdio , onde só estava Brad e Rob.

-Que foi , Mike? Voce ta pálido cara?

-Caras, vou contar uma coisa pra vocês mas, Anna não pode saber, e nem os rapazes.

Eles se olham e me olham assustados.

-E também vou precisar de um favor.

-Ta bom cara. - diz Brad

Então contei toda a história até aquele momento que eu estava ali.

-Pelo amor de Deus, Que mulher nojenta! – Rob fazendo cara de enojado

-Peguem um taxi, Vão pra lá! Levem Chester pra casa no seu carro Brad. Fiquem com ele lá e me liguem caso vocês notem algo estranho com ele.

Eles concordaram e saíram dali , pegaram um taxi e se dirigiram ao hospital. Eu fiquei com o coração na mão .

-Amor? – Anna aparece atrás de mim

-Meu amor, você está ai faz tempo?

-Eu vi os meninos saindo num taxi.

-É estávamos falando os últimos retoques dos acorde de Brad.

-Vamos deitar?

-Vamos mais antes vou ver umas coisas aqui no escritorio. Depois vou deitar.

- Ok meu amor. –Me beijou e entrou. e eu , com meus pensamentos em chester.

 

Ainda estava sentado numa poltrona que temos em nosso quarto. Olhava Anna num sono tranquilo. Meus pensamentos estava em estase, pensava em Chester, Pensava e Talinda e seu veneno, pensava em Anna …Minha Anna.

Até que desperto deles, quando sinto o celular vibrar em minha mão…era Rob.

-Rob?

-Mike, deixamos Chester na casa dele, precisamos pegar uns mixes na casa de Joe. Precisamos deixa lo só. Voce tem como vir?

Levanto em silencio e vou até o closet, peguei uma calça e um casaco .

-Estou indo pra lá.

Desci as escadas e fui até o carro. Quando dei a partida, veio um pensamento ruim de repente, um aperto em meio peito quase me fez sufocar dentro do carro.

-Chester? – como que institivamente, veio a palavra em minha boca.

Segui até a avenida principal, quando passei por uma rua conhecida...Sim eu estava próximo a casa da namorada de Chester. Acho que vou chama la pra vir comigo. Mas pq? Ela apareceu do nada e já estamos íntimos assim? Mas se eu chegar lá com ela , talvez ele não fique tão arisco. Deviei entrando na contra mão e segui até a frente da casa dela. Parei o carro, já estava tudo fechado, devo ter ficado louco! Mas, é pelo Chester.

Fui em direção a porta e bati. Não ouvindo resposta, bati mais uma vez , mas de forma constante. Até que escuto alguém dizer: “Já vou!”

-Oi? Quem é você? – Pergunta uma moça diferente.

-Boa noite moça, eu sou Mike Shinoda, sou amigo da Priscila e do Chester , o Namorado dela. Eu preciso falar com ela, por favor?

Ela me olhou de cima embaixo. Depois disse abrindo a porta.

-Entre, vou chama-la.

-Obrigado. – Entrei meio desconfiado. Vi ela adentrando a casa até uma porta no fim do corredor. Depois ela voltou .

-Ela já vem, quer alguma coisa?

-Não, obrigado!

-Mike?? – Aparece Pri, assustada.

-Priscila, e vim te pedir para ir comigo até a casa de Chester.

-Aconteceu alguma coisa???

-Eu não sei , espero que não . Pode vir comigo?

-Estou indo, vou apenas pegar um casaco

Entramos no carro. Respirei fundo Dei a Partida. Seguimos até a casa do Chester.

 


Notas Finais


Ai Ai, Mike está com Mal pressentimento, sentiu algo forte? Será que algo vai acontecer com Chester?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...