História Into your arms - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Ally Brook, Camila Cabello, Camren, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Normani Kordei, Norminah, Trolly
Exibições 12
Palavras 1.612
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


oi!!!!! To de volta!! Feito de coração!

Capítulo 3 - O encontro


Fanfic / Fanfiction Into your arms - Capítulo 3 - O encontro

‑ Lauren. Para. – Falei com o último pingo de consciência que me restava.

‑ O que foi Camila? Eu fiz alguma coisa de errado? – Falou ela preocupada.

‑ Não. Só acho que estamos indo rápido demais, você não?

‑ Como podemos resolver isso então? – Ela retrucou maliciosamente.

‑ Vamos sair. Sexta tá bom? ‑  Perguntei enquanto retirava o cinto de segurança.

‑ Sexta tá ótimo, mas você não acha que tá longe demais? Hoje é segunda, faltam quatro dias! – Ela falou fazendo biquinho

‑ Esperar faz bem pra saúde. ‑  Ela fez cara de que não entendeu bem.

Por que diabos eu falei  “esperar faz bem pra saúde”? Vim à essa vida só pra passar micão mesmo.

‑ Então tá, já tô indo. Até amanhã. – Abracei ela, e dei um tchauzinho.

Enquanto eu estava andando até em casa percebi o quanto eu era burra por ter parado aquele beijo. Mas o problema é que eu não conseguia tirar o rosto dela da minha mente...

Depois de ter tomado um bom banho e ter estudado, liguei para as meninas, convidando-as para vir aqui. Só vão vir a Dinah e a Mani, a Ally disse que vai encontrar com o Troy, aqueles dois não se desgrudam, dá até raiva.

Dinah como sempre chega quase arrombando a porta do meu quarto de tão forte que ela abre essa porta.

‑ Fala mulher. – Diz Normani enquanto digita algo em seu telefone.

‑ Por que você tá com essa cara de quem odeia a vida? – Pergunta Dinah enquanto se senta na cadeira da minha escrivaninha.

‑ Será que é por que eu odeio? – Falo enfiando a cabeça no travesseiro.

‑ Ei Mila, o que foi que aconteceu? – Mani pergunta se sentando ao meu lado.

‑ ALaurenMeBeijouEEUPediPraElaParar. – Falo rápido e baixo por causa da minha vergonha neste momento.

‑ O que? – As duas perguntam como se não tivessem entendido nada.

‑ A Lauren me beijou e eu pedi pra ela parar. – Falei tirando a cabeça do travesseiro.

‑ Puta que pariu, Camila Cabello, qual é a sua doença? A Lauren é linda e gostosa para um senhor caralho e você manda ela parar? – Falou Dinah quase gritando.

‑ Por que tudo que eu conseguia imaginar no momento era ELA. – Disse olhando para o teto.

‑ Ela seria a pessoa que te traiu depois de dizer que te amava e de quase dois anos de namoro? – pergunta Mani.

‑ Quem mais seria?. – Falo com tristeza.

‑ Camila, sério que você ainda tá nessa? Essa menina nunca te mereceu! Deixa ela no passado. Esquece ela de vez, tem gente ao seu redor que realmente te ama, gente que quer seu bem, e no caso, essa menina não queria nenhum dos dois. – Diz Dinah se sentando ao meu lado também.

‑ Dinah, eu já tentei, mas vocês sabem, ela foi o meu primeiro amor. Não é possível se esquecer do primeiro amor assim.

‑ Mila, sabe de uma coisa?! Eu acho que nessa vida, as coisas ruins só acontecem para que coisas boas possam chegar também, com você essa menina foi uma coisa ruim, mas já pensou que a Lauren possa ser a coisa boa que vai acontecer com você? – Falou Mani, ela sempre foi a melhor nos conselhos. E ela realmente me fez pensar se eu não devo dar mesmo uma chance a Lauren.

 

Sexta feira de manhã

 

            Hoje eu estou uma pilha de nervos, como se eu já não estivesse nervosa o bastante por causa do meu encontro com a Lauren hoje à noite, tive três provas surpresas hoje, e com certeza me fudi. Quando bateu o sinal do recreio, encontrei Ally e Dinah na nossa mesinha de sempre enquanto Mani estava comprando um lanche na cantina. Enquanto as meninas conversavam, eu olhava para todos os cantos tentando achar a Lauren, mas cadê aquela menina? Tomara que ela não desmarque, eu quero muito que dê certo entre nós, eu realmente estou me esforçando, e nesses últimos dias não tenho pensado naquela pessoa. Até que enquanto eu bebo meu refrigerante, sinto alguém mexendo no meu cabelo, me viro rapidamente e vejo Lauren atrás de mim, me levanto para abraçar ela, mas ela está usando coturnos, o que deixa ela bem mais alta que eu, enlaço ela com meus braços e ela retribui me dando um beijo no topo da minha cabeça. Depois ela se senta ao meu lado e todas nós começamos a conversar animadamente, quer dizer, menos eu, eu não conseguia parar de olhar para ela. Tomara que ela não tenha percebido. Até que o sinal do termino do recreio bate e todas nos despedimos e vamos em direção as nossas respectivas aulas.

//

                Já de tarde, mando mensagem para Lauren, mas ela não responde, o que é estranho já que conversamos a semana toda, mas deixo isso para lá e vou ver televisão até dar a hora de eu me arrumar para o encontro.

 

Lauren’s  P.o.v

                Acordo com o barulho do meu celular tocando, quando vejo é a Lucy.

                ‑ Fala Viadauren. ‑  Fala Lucy meio embolado.

                ‑ Lucy, já está bêbada a essa hora da tarde?.‑ Falo em tom sério.

             ‑ Não sei porque esse palhaçada logo agora Jauregui, foi você que me ensinou. – Ela fala sorrindo. – Você não vai vir mesmo para a festa da Keana? A alexia e a Vero estão aqui reclamando que você nem sai mais de casa, eu falei que é por causa dessa Camila que você ta me enchendo a semana toda.‑ Ela falou pausadamente, com certeza ela já tá mais que bêbada.

                ‑ Lucy, aonde você está? – Falei levantando rapidamente da Cama e vestindo a roupa.

                ‑ Tô aqui na praia, no lugar de sempre. – Logo após ela falar isso, pude ouvir o barulho dela vomitando.

                ‑ Não sai daí. To indo agora.‑ Desligo o telefone, calço as minhas sandálias e pego as chaves do carro e vou praticamente correndo para o carro.

                Tento manter a calma enquanto dirijo, por que eu realmente não quero causar outro acidente. Mas logo eu tento esquecer disso. Eu prometi para mim mesma que tentaria. Logo chego na praia, já que minha casa é bem perto. Vou ao o lugar que a Vero sempre faz as festas. É incrível o quanto só tem gente bêbada, gente transando, vomitando, e todas as coisas estranhas. Eu realmente não entendo como eu conseguia gostar disso aqui. Depois de alguns minutos consigo achar a Lucy em um canto, beijando uma garota que eu nunca tinha visto da vida, então eu cutuco as costas da Lucy e ela se vira e me abraça, a menina vai e embora, e eu apoio o braço da Lucy no meu ombro e pescoço a ajudando a andar. Depois de ela vomitar nos meus pés umas duas vezes finalmente eu consigo chegar com ela no carro e a acomodar no banco do passageiro. Até o percurso de volta a minha casa, ela vomita mais umas três vezes.

Depois que entramos dentro de casa, dei um bom banho nela e a botei na cama. E só depois eu lembrei que esqueci de ligar para Camila para desmarcar o encontro. E isso era tudo que eu não queria, mas algumas horas os amigos são mais importantes, principalmente minha amizade com a Lucy, que já está por um fio.

CAMILA’S P.O.V

Sinto meu telefone vibrar e vejo que é a Lauren. Será que tá com muito engarrafamento no caminho?

‑ Oi Lauren? Ainda vai demorar muito? – Falo no automático e depois me arrependo

                ‑ Então Camila, é que eu tive um imprevisto com uma amiga minha, e não vai dar pra eu ir. Desculpa, mesmo. – Ela fala com uma voz estranha, o que me deixa mais triste ainda. Além de o encontro ter sido desmarcado ela ainda está triste também.

                ‑ Ah, poxa. Mas tá tudo bem com sua amiga? – Pergunto com uma falsa preocupação.

                ‑ Sim , ela me ligou meio mal, eu tive que ir pega-la. Ela já até dormiu.

                ‑ Então é isso né? A gente pode ir no cinema amanhã!? – Falo com o mínimo de animação que me resta.

                ‑ Não. – Ela fala rapidamente.

                ‑ Não? – Eu pergunto confusa, eu pensei que ela estava interessada em mim.

                ‑ Na verdade eu acabei de ter uma boa ideia, minha amiga já dormiu, mas eu ainda tenho que ficar aqui caso ela passe mal. – Eu ainda não tinha entendido direito. – E já que eu tô praticamente sozinha aqui, por que você não vem e a gente pede uma pizza? Melhor que nada né?

                ‑ Adorei a ideia, só não sei como vou chegar aí essa hora. Vou ligar para a Dinah e ver se ela me leva.

                ‑ Ok, qualquer coisa me liga.‑ E desligou o telefone.

               

                Então eu ligo para Dinah, e depois de muita insistência ela concorda. Uns dez minutos depois ela chega aqui. E depois, quando paramos em frente a casa da Lauren, ela diz:

                ‑ Não transem no chão, se não fica doendo as costas no outro dia.– Ela fica rindo e eu olho pra ela com uma falsa raiva.

                ‑ Eu e ela não vamos transar. Só se ela não quiser né?! – Nós duas gargalhamos.

                ‑ Essa é a Cabello que eu conheço.‑ Ela fala ainda rindo.

                Então eu saio do carro, e toco a campainha com um nervosismo incrível. Até que a porta abre, e aparece a Lauren, não sei se é impressão minha, mas a cada dia a beleza dela aumenta, hoje ela estava com um short jeans curto, uma blusa de manga longa e chinelos, pode parecer uma roupa simples, mas ela consegue ficar linda de qualquer jeito.

                ‑ Camila.‑ Ela abre um sorriso.‑ Pode entrar.


Notas Finais


se vcs chegaram até aqui, brigado,msm. E por favor me digam o que acharam, e comentem o que realmente acharam.
bjos e amanha tem mais. No proximo capitulo tem uma reviravolta bem foda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...