História Intocável (Imagine Jin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Personagens Originais
Tags Imagine Jin Bts, Menção Vmin
Visualizações 139
Palavras 818
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Slash
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, sejam bem vindos! Bom, quero que leiam um breve aviso.

Essa fic sempre terá ____ para nome, idade, altura, nacionalidade e etc. Viram que não determinei idade, se é Brasileira e de onde veio, não é? Minha expectativa é que vocês possam curtir e tentar descobrir o que se passa na cabeça do Jin rçrçr é um desafio SZ, por isso vai ser narração em 1ª pessoa. É história contada por uma garota que foi morar em Seoul e trabalhar na empresa, para uma amiga, que sou eu :3 sim, sou a Bobbie galera :3 rçrçr O texto em itálico é a história, o normal é atual, onde você está contando tudo pra mim :3 ok? em [ ] com aspas sou eu falando, sem aspas é minha reação. ~tábomlety.

Espero contar com apoio de vocês, pois quero que esse imagine de certo e que possa fazer sucesso mesmo sendo +14

OK, GOOD LEITURA E ATÉ LÁ EMBAIXO.

Capítulo 1 - Capítulo Um


Fanfic / Fanfiction Intocável (Imagine Jin) - Capítulo 1 - Capítulo Um

“Não pense em nada, não diga nada, nem mesmo uma palavra, apenas sorria para mim.

Eu ainda não consigo acreditar, tudo isso parece um sonho. Não tente desaparecer”.

Quando estávamos a sós por acaso, Jin tentou cantar esse trecho para mim, mesmo sem música. Ele é lindo, sua voz é linda. Mas droga, eu não sei o motivo de cantar isso, talvez seja mesmo porque sou sua amiga. Ele é uma boa pessoa, somos muito amigos, muito mesmo, mesmo eu sendo uma funcionária, conhecido como Staff. Não é porque eu consegui esse emprego que as coisas mudaram, talvez um pouco, mas amiga, pode ter certeza que foi muito, mas muito difícil conseguir esse emprego... Digamos de, “emprego dos sonhos”. Eu precisei passar por muitas coisas até ser indicada pra trabalhar ali, naquela empresa. Sei falar coreano fluente, porque, nossa, foi difícil meu primeiro ano aqui em Seoul, porque eu me amarrei aqui, fui dando chicotadas de aprendizagem em mim mesmo, e claro que com ajuda, eu aprendi falar esse idioma que parece fácil, mas não é. Nem tão difícil assim, confesso. Estamos falando de que? Espera... Vamos falar no que interessa.

Não é interessante contar como foi que fui indicada e como me tornei amiga dos meninos, não é? Não quero prolongar a minha história, mas vou começar contando mais que a metade da minha jornada.

Kim Seok Jin, nosso Jin, se aproximou de mim ao me encontrar em uma sala de computador. Especificamente falando, eu parei nesse lugar pra pegar garrafa de água que o preguiçoso do Taehyung, deixou e pediu pra eu voltar e buscar.

Devo falar como é meu relacionamento com o V? Ah, vou deixar essa pra depois.

–– Ei ____ o que está fazendo? –– Perguntou ele ao entrar na sala. Não sei como ele me achou lá, pois antes de eu ir pra esta sala, ele estava em outro lugar que não sei onde. Olha, ele continua lindo, tão lindo com esse cabelo castanho escuro que não precisa colorir, eu juro. Seu sorriso? Ah seu sorriso é lindo! Acho que são poucos que percebe que o sorriso do Jin, é bonito. Não dá pra saber o significado disso ao me ver, deve ser porque gosta muito da minha amizade.

Espera, não vou fazer joguinho de... “Ah, não sei se ele gosta de ser meu amigo” Gosta sim, ele deixou claro isso.

–– Oi –– Sorrio como uma idiota, mas tudo bem, superamos. –– Estou procurando uma garrafa.

Outro detalhe importante: Sempre que estou com os meninos, eu me torno eu mesma. Parece que não consigo disfarçar, exponho até meu jeito lesado e minha risada de foca engasgada do jeito que você conhece. Acostumei, é assim mesmo, você se torna quem você é verdadeiramente, quando está com seus amigos, não é? É desse jeito. Ok, vamos prosseguir.

–– Eu estava te procurando pra te contar uma novidade –– Revelou.

–– É mesmo? –– Pego a garrafa que achei em qualquer lugar estranho. Digo, no chão, não sei como V deixou aquilo ali. Voltei minha atenção para ele e, juntos, saímos da sala pra encontramos com os outros.

–– Sim, comecei compor musicas pro meu mini álbum. –– Fiquei admirada por esta novidade. O mundo precisa conhecer sua voz. Enquanto ele falava, eu olhava pro corredor para ver se não me perco. Ele não se perde, mas eu... Só minha mãe na causa. Eu estou com ele, eu sei, mas sou distraída também. Aquele rosto lindo... Me fascina. –– Acho que sai em... –– E de repente, bati meu braço direito na parede da esquina do corredor, por eu não ter visto. E adivinhe? Ele riu primeiro, depois perguntou se eu me machuquei. Tipo todos eles. Confesso que sou assim principalmente com Jimin, porque ele é mais desastrado que eu. –– Você se machucou? –– Perguntou um pouco sério.

–– Machuquei não. –– E seguimos o caminho.

Se eu soubesse o que ele estava pensando... Acho que duas coisas eu ia ficar; feliz ou triste. Eu sei que ele gosta de mim como amiga, mas eu gosto dele mais que isso. Ah, quem dera eu ser namorada dele, mas enfim, é impossível. Empresa não proíbe o namoro, ainda bem, mas o que estou falando, é que alem de eu ter medo das fãs, acho que chego longe de ser alguém que Kim Jin possa se apaixonar. Sabe o que é mais difícil que ganhar na loteria? É uma fã ou uma Staff como eu, namorar um Idol. Pronto, é isso. 

–– ____, pare um pouco a fita... Não quer pular na melhor parte não?! Eu não vim te ver depois de muito tempo só pra ouvir detalhes... 

–– Amiga, eu sei que o começo dessa história parece bléh pra você, mas você não tem ideia no que eu passei. Mas obrigada pela sugestão, mas continuarei de onde parei.

–– Tá, e o que aconteceu depois?  

–– Depois? Deu a hora de eu ir embora.

–– Aff amiga!

–– Calma, essa que é a melhor parte. Vamos lá. 


Notas Finais


Deu pra entender o ritmo do imagine? rs Espero que tenham gostado do capítulo, merece continuação? Gente, podem ser o Suga da vida, sinceros tá? Merecemos sinceridades e críticas construtivas ;p

Saibam que todo capítulo será menos que 1k palavras.

OST dessa fic Imagine é essa. (com tradução)
https://youtu.be/NjVPkEORHRY

Muito obrigada pela atenção, vejo vocês nos comentários ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...