História Intocável (Imagine Jin) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Personagens Originais
Tags Imagine Jin Bts, Menção Vmin
Visualizações 72
Palavras 750
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Slash
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei 0/

Capítulo 3 - Capítulo Três


Fanfic / Fanfiction Intocável (Imagine Jin) - Capítulo 3 - Capítulo Três

–– Joahaeyo. –– Eu disse que gosto dele, mas ele continuou confuso. Eu tive que explicar logo antes que eu ficasse travada e pagasse maior mico, e não puder mais dizer. Ai cara fiquei mais nervosa ainda –– Saranghaeyo! –– Fique puta de nervosa, por que tem que ser tão difícil? Mas por segundos pude ver sua reação surpresa. Foi porque corri pro meu dormitório e não o vi mais esta noite.

Mas no outro dia...

 

–– Me dê esse café. –– Peço, me aproximando da pia pra pegar. 

–– Amiga. Qual é a sua? –– Murmura vindo atrás de mim –– Continue que to ansiosa pra saber o que Jin fez. Vocês se viram? Vocês conversaram?

–– Fui trabalhar sim, mas... Vou contar, mas não me interrompa, aish!

–– Tá.

No outro dia, quando fui trabalhar, eu o evitei. Na verdade, eu evitava ser vista por ele. Quando chegava a hora de maquiá-los, eu pedia pra colega maquiar o Jin, disfarçando minha vergonha. 

Na outra hora, na sala de alimentação, no horário do nosso almoço, eu evitava chegar perto dele. Especificamente falando, ele come demais. Se alguém casar com ele, deve fazer compras duas ou três vezes no mês.  Eu sei que exagerei... Mas ele come mesmo. Eu sentava em uma ponta distante da ponta em que ele sentava e ele às vezes me olhava tentando entender o que houve comigo. Acho que ele percebeu que eu estava com muita vergonha, foi por isso que ele decidiu não se aproximar nas primeiras horas de meu trabalho. Só não me incomodou depois porque estava muito ocupado.

No outro dia, o vi de novo, mas dessa vez eu estava perto dos meninos e tinha outro Staff, gravando momento deles. Eu queria que ele se aproximasse, mas era impossível por causa da câmera. Tudo parecia normal para ele, como se minha confissão fizesse merda de diferença. Mas quando eles desligaram as câmeras, eu já estava perto deles, aproveitando a ausência do mais velho. Parecia que não sabiam de alguma coisa entre Jin e eu, pelo menos me senti aliviada.

Detalhadamente falando, fiquei desconfiada com uma conversa entre Taehyung e Jimin, pareciam que havia um clima entre os dois. Eu gosto de shipps, mas quando vi isso diante dos meus olhos, não parecia real, parecia fanservise. Mas continuei desconfiada, pode ser que os dois sejam apenas amigos ou mais que isso, onde outros olhos não podem ver.

Quando Jin foi se aproximando, dizendo alguma coisa no meio do corredor, antes que ele entre na sala e me veja eu agachei imediatamente atrás da mesa em que outros estavam sentados, distraído com novidades da “omma”. Ainda bem que não me viram se afastar. Engatinhando, entrei no armário. Pois é, aquilo me coube. E me escondi lá. Eu ainda estava com muita vergonha, parecia que eu estava com medo do Jin olhar em meus olhos e dizer “Você não pode gostar de mim”

E então eu ouvi.

–– Vocês viram a ____? –– Perguntou Jin, me surpreendendo. Céus, o que ele quer comigo? Ah, verdade, somos amigos. Mesmo assim vou ficar aqui. Se eu sair do armário agora, eles vão ver e rir de mim. Aí eu teria que responder motivos de estar lá dentro.

–– Ela estava aqui com a gente –– Essa foi a voz do Jungkook. Acho que ficou confuso. Achei que quem iria responder era Taehyung. O que ele está fazendo?

–– Estou precisando falar com ela. –– Confessou Jin. Pelo meu alivio, ninguém reagiu desconfiado, pois não ouvi nada do tipo, como se fosse normal a nossa amizade ser tão próxima. Acho que eu não sou a única amiga dele.

–– É impressão minha ou ela está te evitando? –– Perguntou Namjoon. Droga, acho que ele percebeu. Espera, ele realmente percebeu. Rap Monster, não faça isso comigo!

–– Meninos, já terminaram de comer? Vai começar o ensaio –– Avisou Manager. Ufa, posso sair daqui já já. Então ouço eles se levantarem da cadeira e sair da sala. Tudo ficou calmo para mim, posso finalmente sair do armário.

Mas algo aconteceu... Jin abriu o armário e me achou lá. Isso me deixou muito nervosa e ansiosa ao mesmo tempo. Eu evitei olhar nos olhos dele. Ele continuava tão lindo...

–– _____ Por que está aí dentro? –– Perguntou calmo, eu não olhei direito pra ele, não sei qual foi a sua reação. Quando o olhei, percebi que por segundos, antes que eu o veja, tentava segurar sua risada, como se achasse minha vergonha desgraçada, engraçada.

–– Eu... –– E fiquei travada, ô vida.

–– Eu estava te procurando. –– E então eu quis muito saber... Para quê?  

*


Notas Finais


Gostaram? Devo continuar? >< Obrigado pelos favoritos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...