História Intrigas - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Assassinatos, Misterios, Romance
Exibições 2
Palavras 719
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 24 - Contando sobre a Morte


Fanfic / Fanfiction Intrigas - Capítulo 24 - Contando sobre a Morte

Mateus - Porra a mulher desmaiou. 

Nathália - Vamos gritar pra acordá-la 

Tamara - Isso 

Eles começam a gritar e conceição acorda.

Conceição - Ai gente, o que aconteceu.

Mateus - Desamarra a gente primeiro e a gente conta!

Ela desamarra todos..

Conceição - Gente pelo amor de Deus. O Rafael morto. O que aconteceu meu Deus?

Tamara - (Fingindo um choro) Ai meu amor tadinho. A casa foi assaltada, o Rafael chegou na hora tentou nos ajudar e eles atiraram nele. (Abraça o corpo de Rafael) Ai meu amor, porque me deixou logo agora que encontramos nossa família.

Conceição - Vamos ligar pra polícia. Agora! 

Mateus - Claro, liga lá conceição.

Conceição sai pra ligar.

Nathália - Se saiu muito bem prima. Fingiu maravilhosamente.

Pouco tempo depois. Eleonora e Cléo chegam com as crianças e encontram os políciais.

Eleonora - Gente o que aconteceu aqui?

Tamara - Cléo! Por favor leva as crianças lá pra fora, ficar um pouco no jardim. Não é uma boa idéia deixá-las aqui.

Cléo - Ai meu Deus. Ta bom cunhada.

Ela sai com as crianças e Douglas Chega e logo depois Diogo chega.

Diogo - Gente pelo amor de Deus o que houve?

Douglas - Fala logo meu Deus!

Tamara - A casa foi assaltada, parece que não levaram muita coisa, na hora estávamos no quarto do Mateus conversando. Os bandidos chegaram e nos amarraram, levaram nossos celulares e dinheiro e o Rafa chegou na hora tentou nos ajudar e atiraram nele.

Eleonora - Ai meu Deus! Que barbaridade. A gente não devia ter levado os seguranças, mas estávamos com as crianças e achamos que estaríam seguro aqui na mansão. 

Douglas - Ai mamãe, mas como a senhora ia saber que essa barbaridade iria ocorrer? Depois da morte do vovô a casa nunca mais ocorreu tanto atentado!

Nathália - É verdade tia. 

Delegado - Gente eu já colhi os depoimentos das vitimas e da Conceição que foi quem encontrou os três amarrados. Agora me respondam vocês, os gêmeos. Onde estavam? 

Diogo - Eu na empresa. Trabalhando desde cedo.

Douglas - Eu numa reunião com um cliente da nossa empresa. O Dia todo.

Delegado - Certo! A gente vai averiguar o caso. Meus sentimentos a toda família. 

Delegado e os policiais sai

Douglas - Ai minha irmã que tragédia. 

Tamara - Pois é. O IML já veio e levou o corpo do Rafael e não sei como vou contar isso à minhas filhas.

Douglas - Imagino irmã.

No Jardim.

Max - Tia, o que aconteceu? Por que a tia Tamara estava chorando? E aqueles policiais todos aqui?

Cléo - Não sei meu amor. Mas a gente logo logo vai saber. Calma, vai lá brincar com seus primos.

Max - Ah sim. Tia posso te perguntar uma coisa?

Cléo - Claro meu amor.

Max - Você já era namorada do tio Douglas quando minha mãe foi morar com Deus?

Cléo - Sim sim eu era sim.

Max - E você era amiga da minha mãe?

Cléo - Sim eu e sua mãe éramos muito amigas. Só viviamos juntas sua mãe, sua tia Tamara e Eu. Íamos na praia, no shopping, essas coisas de mulheres sabe?

Max - E como era ela?  Era bonita?

Cléo - Sim meu amor. Ela era linda, ela era uma modelo muito famosa, bonita demais. Sabia que eu que apresentei a sua mãe pro seu pai?

Max - Nossa sério? E como foi?

Cléo - Meu amor depois a tia te conta, A sua Tia Tamara ta vindo ali, vou lá falar com ela. Você como é o mais velho e é um rapazinho que já tem 4 anos fica de olho nos seus primos.

Max - Pode deixar tia.

Cléo vai até a Tamara.

Cléo - O que houve Tamara?

Tamara - Então assaltaram a casa, amarraram eu os meus primos e Rafael foi morto.

Cléo - Ai meu Deus. 

Tamara - Não sei como falar para as crianças. Principalmente para minhas filhas que o pai dela se foi. Logo a Thays coitada, conheceu o pai ontem e já perdeu. Já passou tanto sofrimento na vida, mesmo sendo tão novinha.

Cléo - Eu te ajudo cunhada. Vamos.

Lá onde estão as crianças.

Tamara - Então meus amores, hoje bandidos muito malvados vieram roubar a casa, e o Rafael, o tio de vocês dois, e o papai de vocês princesas como era um grande herói tentou salvar eu, Mateus e a Nathália, mas grandes heróis uma hora tem que ir morar com Deus e foi o que aconteceu com ele.

Thayane sai correndo chorando.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...