História Irlen - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Doença, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Romance, Suga, Taehyung
Visualizações 6
Palavras 933
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei com o quinto capítulo

🌟Desculpe qualquer erro
🌟Boa leitura

Capítulo 5 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction Irlen - Capítulo 5 - Capítulo 5

P.O.V Taehyung

Estou cansado de mais pra tomar um banho e trocar de roupa, e realmente a refeição que Namjoon me entregou não me satisfaria já que nem café tomei antes de sair.

Subo as escadas recebendo olhares curiosos dos outros moradores, claro que não estou disfarçado hoje, meu lado k-idol está realmente disperto fazendo qualquer Army me reconhecer no momento em que me ver.

Bato na porta de Yang Mi esperando a mesma me atender e logo ela aparece e vejo ela sorrir abertamente. Amava o sorriso dessa baixinha.

"- Você veio!_me abraça"

"- Claro! Sei que você ficaria a noite toda vendo filme tedioso no sofá se eu não aparecesse, Yang Mi eu estou com fome...me alimenta._digo fazendo uma expressão fofa"

"- Entra...vou preparar comida japonesa."

Me jogo no sofá, sentindo o perfume doce de Yang Mi no mesmo, então desaboto dois botões da minha camisa tentando ficar menos formal.

Pego o celular conferindo as mensagens de Kook.

@Kookie_:Vamos começar a live antes de meia noite, você é o primeiro.

Antes de meia noite eu precisaria ir embora para meu próprio quarto.

"- Yang pode parecer loucura e talvez seja mesmo, mas viramos amigos sem explicação._digo tirando os óculos escuros"

"- Eu tenho uma explicação, eu te achei super legal, você me achou fofa, no primeiro dia que nos conhecemos ja invadidos a casa um do outro_rio"

"- Somos estranhos...pequena senta aqui do meu lado._peço dando pequenas batidinhas no sofá enquanto sorrio"

Ela sorri de volta e senta do meu lado.

"- Tem que esperar um pouco para terminar de fritar alguns ali...Mas se quiser ja tem uns prontos._falo me aproximando dele"

Encosto meu joelho na perna dela e sorrio ao olhar em seus olhos, ela me parecia intrigante. O fato dela não saber quem sou de verdade só me fascinava mais.

"- Me conte sobre você._digo apoiando uma das mãos no rosto"

Yang parece não saber se olha para minha mão ou para meu joelho que estava apoiado no seu, oque deixava ela com uma expressão fofa.

"- Ah! Sobre mim?_acinto_Ok! Trabalho em uma cafeteria todas as manhãs até meio dia, depois vou para minha aula de dança/canto. E depois fico em casa vendo TV, vendo vídeos e treinando...e-eu sou órfã..._vejo uma lagrima rolar pelo seu rosto_Minha única família são meus avós, primos e minhas amigas...e agora você._lágrimas caíam de seus pequenos e magníficos olhos e eu sorrio para ela."

"- Eu?_pergunto tentando não gaguejar"

"- Sim, você...Taehyung tem pouco tempo que somos amigos, mas você me trás uma tranquilidade..._deita em meu ombro"

"- Bem...eu morei muito tempo com minha avó, éramos bem unidos, tenho muitos primos também sabe, gosto de crianças, também tenho 2 cachorros que ficaram no sítio da família._digo sorrindo"

"- Cachorros? Eu tenho um pouco de medo..._ri_Mas enfim_limpa as lágrimas_Vamos comer?"

Por um ato inesperado, pega em minha mão e entrelaça nossos dedos e me leva para cozinha. Graças a deus ela não me perguntou sobre o emprego, o que eu responderia? Poderia dizer a verdade? E se ela não gostasse de mim por isso?

Minha cabeça está rodando e acabo me desequilibrado um pouco, ficando assim encostado na parede. A luz da cozinha de Yang Mi parecia muito forte pra mim.

"- Taehyung você tá bem?_se aproxima_Quer deitar um pouco?"

"- Não precisa, obrigado. Sua cozinha tem a luz muito clara, e eu fiquei a tarde toda trabalhando sem comer nada, por isso a tontura._digo me recompondo e sentando na cadeira de madeira_Então você trabalha em uma cafeteria? Então já está pronta para casar...só falta uma coisa_digo fechando um pouco meus olhos"

Ri do que eu disse

"- O que falta em Taetae?_diz rindo."

"- Você precisa ter o pulso firme e também ter pés bonitinhos."

"- Pés bonitinhos?_ri mais ainda e se abaixa em minha frente_Eu tenho pés bonitinhos..."

Se levanta e vai pegar a comida, coloca na mesa.

"- Vai comer sozinho? Ou eu vou ser que dar na boquinha?"

"- Me alimente, e sim você tem pés bonitinhos. Pequena você está me acostumando mal._digo sorrindo"

"- To é? Então como com suas próprias mãos..._faço bico"

(…)

Ao comer toda a refeição feita pela menor, ficamos conversando sobre coisas sem sentido, até meu celular novamente vibrar indicando mensagens, faltava uma hora para que eu começasse a Live, teria que me arrumar rapidamente...

Pego meus óculos que estavam apoiados no sofá de menor e direciono meu olhar a ela.

A mesma lavava os talheres enquanto assobiava alguma música, cheguei por trás e a abracei fazendo ela ficar imóvel. Ela se assusta com o meu ato e logo larga os talheres.

"- Quem visse a gente assim ia pensar que somos namorados._sorri e se vira para mim"

Olhava em seus olhos, e por instantes, me perdi em seus olhos castanhos, como da primeira vez.

"- Não tenho sorte com namoros._digo com uma expressão triste e viro Yang totalmente de frente para mim_Eu vou ter que ir agora, tenho que resolver umas coisas no trabalho ainda, obrigado por me alimentar Yang_digo beijando sua bochecha macia"

"-Ahhh! Então até a próxima op...Taetae!_sorri corada"

Volto pro meu quarto, eu realmente queria passar mais tempo com Yang No, como havíamos conversado antes, era curiosa nossa amizade. Ela realmente seria uma boa esposa.

Tomo um banho rápido antes de começar a live. Eu deveria falar sobre o nosso novo álbum, falar sobre as camisetas novas que comprei e responder algumas perguntas. Essa era minha unica programação pra hoje a noite, amanhã certamente dormiria o dia inteiro.

(…)

Novamente começo a responder as pergunta das Army, estava disposto a falar sobre relacionamentos.

Respondo algumas perguntas engraçadas, e indico diversas músicas, também conto sobre a banheira de porcelana que havia comprado mais cedo, e mostro as camisetas que comprei.

A live terminou às 00:40, me despedi e coloquei meu pijama. Fiquei sentado lendo alguns livros até pegar no sono.


Notas Finais


🌟Desculpe os erros
🌟Gostaram?
🌟Beijos da Mi


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...