História Irmã Adotada (Imagine Jay Park) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jay Park
Tags Imagine, Incesto, Jay Park
Visualizações 207
Palavras 1.376
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Hentai, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii, peço desculpa pela a demora para postar o cap. ^.^

Capítulo 7 - Primeiro dia da S/N


Fanfic / Fanfiction Irmã Adotada (Imagine Jay Park) - Capítulo 7 - Primeiro dia da S/N

[ Jay 13:06 PM ]

Depois que tomamos o café da manhã. S/N realmente sabia cozinhar muito bem, ela era a mulher do sonhos? Não sei, mesmo conhecendo ela a pouco tempo não deixaria qualquer um namorar com ela.

Hoje ela iria conhecer sua nova faculdade  era bem inteligente, talvez não conseguiria problemas lá. Já eu sempre consegui problemas lá, ainda mais com o Julián. Julián era o "popular" daquela faculdade, todas as meninas gostariam de ser amadas por ele, espero que S/N seja diferente das outras. Não quero minha irmã com problemas desse tipo, na verdade de nenhum. 

Aish, por que estava pensando sobre isso? Ela é apenas minha irmã. Vou perguntar algumas coisas para os meninos sobre isso. Sobre se relacionar com a própria irmã. Me sento na cama e olho para S/N que dormia calmamente na minha cama. Como pode ser tão bonita? 

Balanço ela lentamente vendo ela abrir seus olhos e sorriu com a mesma se espreguiçando.

- Hoje vai ser seu primeiro dia de aula na faculdade. - Digo sorrindo a olhando e logo me levanto - Se arrume! Dormimos até tarde já é 13:06 mas é sempre bom acordar cedo. Nunca conseguia comer quando acordava tarde. 

Vi S/N se levantar sonolenta e sair do meu quarto indo para o seu. Talvez iria para seu quarto fazer suas necessidades, ficaríamos prontos cedo para depois sair sem enrolação nenhuma sempre chegava atrasado na escola. Sempre odiava porque sempre ríam de mim me davam apelidos. Ai ai, era difícil nessa época. 

[...]

Já estávamos prontos e fomos para a sala cada um com seu celular me sento no sofá e S/N senta no outro e começa a mexer em seu celular de certo estava jogando. Resolvo falar com os meninos que mandavam mensagem para caramba meu celular chegava a travar.

Mensagem on:

Zico: Jay, sua irmã vai hoje??

Loco: Zico te acalma, Jay vai ficar com ciúmes. 

Jay: O que vocês querem com a S/N

Zico: ...

Loco: Zico quer perder a virgindade com ela ksks

Zico: Cala boca!

Jay: Seus idiotas, vocês são uma má influência para S/N.

Zico: E você não né? 

Jay: Aish, quieto! Eu sou irmão dela, então só lamento ;).

Jay ficou off

Mensagem off:

Larguei meu celular com S/N me chamando e fico confuso mas fico quieto esperando ela dizer algo para entender o que estava acontecendo. Mas estava difícil com ela me olhando sem dizer nada.

Até que não era ruim ter uma irmã, ela era carinhosa me abraçava a noite toda. Sinceramente essa garota estava mexendo comigo mesmo sendo irmãos, estava desenvolvendo sentimentos que nenhuma garota conseguiu S/N era diferente não era atirada que nem as outras ou interesseira. 

- Jay! Tem alguém batendo na porta - Diz S/N me balançando me fazendo sair de meu transe. Fiquei olhando para o rosto dela observando cada detalhe que ele tinha. 

- Vou atender, um segundo. - Digo me levantando e vou até a porta abrindo a mesma logo revirando os olhos com a pessoa que vejo. E sem mais nem menos essa pessoa era Julián, garoto de cabelos loiros, olhos azuis e americano (Foto de capa). Por isso a "popularidade", aish esse garoto se acha. - O que quer? - Pergunto o olhando. Estava no meio da porta deixando apenas minha figura aparecer para ele.

- Quero conhecer sua irmã, Jay. - Diz ele sorrindo. Aish ele me paga se minha irmã ficar ou se apaixonar por ele. Será pior ainda de ferir os sentimentos dela.

S/N permanecia quieta mexendo em seu celular, de fato ela não está ouvindo ou ligando para o que acontece fora da telinha

- Saiba que vai ficar querendo. Pilantra... - Digo e sussurro a última parte e fecho a porta e suspiro baixo me sentando no sofá e pego meu celular e me deito no sofá.

[...]

[ S/N 17:50 ]

Jay estava dormindo e havia me pedido para o acordar perto da hora de ir para a faculdade. Só de pensar nessa palavra já fico com um certo frio na barriga, será que alguém iria gostar de mim?

Por algum motivo fiquei pensando na hora que Jay foi atender a porta, Zico tinha me dito que Jay odiava um tal de Julián por ser um completo canalha por namorar com meninas e apenas usar as mesmas logo as dispensando como se fossem lixo, espero que Jay esteja preocupado comigo e Julián. 

Me levanto e vou até Jay balançando o mesmo. Jay tinha sua expressão fofa e inocente quando dormia, quando tinha seus olhos abertos Jay tinha a expressão de safado e "Bad Boy" mas ele era um amorzinho pelo menos para mim. Solto um riso baixo quando Jay resmungo. 

- Jay, está na hora da faculdade. - Digo sendo respondida com outra resmungada do garoto. Me levanto quando ele se levanta e suspiro baixo pegando minhas coisas, pelo jeito iríamos agora mesmoa. Estava arrependida de não ter dormido estou com um sono do cão mas não queria faltar meu primeiro dia de aula na faculdade.

Jay pegou suas coisas e logo saímos de casa juntos. Todo o percurso até a faculdade conversávamos e ríamos, Jay fazia certas piadinhas para apenas me provocar se isso estava dando certo? Mais do que certo. Jay realmente é um garoto de ouro.

[...]

Depois de alguns minutos chegamos na faculdade e vimos os meninos vulgo Zico e Loco. Eles estavam cantando...rap? Não sei, não costumo ouvir música desse tipo ou batida. Vi a tradução de uma música do Jay e sinceramente não esperava isso dele, "Mommae" tinha uma batida legal e a letra também mas ficaria quieta, tinha mexido nas coisas de Jay e acabei achando a música por que Jay não falava de suas músicas?

Tinha o sonho de ser dançarina ou coreógrafa. Mas quem sabe um dia consigo realizar esse querido sonho? 

Saí de meu transe com Jay me balançando e solto um riso baixo com o garoto que falava com um pouco rápidas. 

- No que tanto pensa? - Pergunta Loco vindo até meu lado e me olhando com um sorriso um tanto malicioso. 

- Está pensando no Julián? - Pergunta Zico vindo ao meu lado. E já estava corada e encolhida com essas perguntas, quem era Julián? Será que foi ele que apareceu lá em casa á tarde?

- Jay, foi ele que apareceu lá hoje á tarde? - Pergunto olhando para Jay que arregala seus olhos me olhando 

- Aish, por que quer saber S/N? Não enche ta bom? - Diz ele. Jay tinha sido bastante rude.

- Ei, Jay calma. - Falam os meninos ficando em minha frente me fazendo suspirar baixo. 

- Tudo bem, eu me viro sozinha aqui. - Digo passando pelo os três e coloco minhas mãos nas alças de minha mochila e começo a andar pela aquela faculdade que era enorme pelo o jeito. Fui na diretoria e peguei os horários das aulas e as salas.

A primeira aula seria de matemática que sorte não? Matemática era minha matéria preferida sem ser história. Fui para a sala vendo que já haviam algumas pessoas e me sento em um lugar não tão no fundo e não tão na frente, e sim no meio. Lugar perfeito para mim. Peguei meu celular e fico mexendo no mesmo, logo ouço uma voz conhecida e levanto o olhar vendo Jay e os meninos. 

Voltei a olhar para meu celular e mexer no mesmo.

- É feio mexer no celular na sala de aula irmãzinha. - Diz Jay debochado me fazendo bufar e largar o celular na mesa e o olho

- Cuida da sua vida, e eu dos meus estudos, huh? - Disse olhando para Jay e logo ouço um "Oooooh" dos garotos e suspiro voltando mexer em meu celular. Logo Jay vai para seu lugar ele sentava no fundo, de certo para fazer bagunça. 

[...]

Depois das aulas iríamos para casa Jay não olhava e muito menos falava comigo depois de meu ato. Se eu estava arrependida? Nem um pouco, ele mereceu aquilo Gosta de aparecer para seus amigos. Havia conseguido o número do celular dos meninos 

Chegamos em casa e logo subi para meu quarto, hoje iria dormir sozinha talvez sempre. Fechei porta e fui para o banheiro fazer minhas necessidades. 

[...]

Saio do banheiro me jogando na cama e fecho os olhos logo caindo no sono por completo. O primeiro dia de aula tinha sido legal mas bem cansativo.

-...


Notas Finais


E aí? Gostaram?
Sinceramente até eu me apaixonei pelo o garoto da capa! 😂❤
Mas preferimos Jay não é mesmo?! 😂😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...