História Irmã perdida - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bangtan Boys, Bts, Jeon Jungkook, Jungkook, Namjoon, Rap Monster
Exibições 204
Palavras 3.626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E aí gente ? Aheuaheu' obrigada por acompanharem a fic, nunca pensei que fosse dar tão certo :3
Boa leitura

Capítulo 11 - Confusão


Fanfic / Fanfiction Irmã perdida - Capítulo 11 - Confusão

Depois de assimilar aquilo tudo, fui com Namjoon pro dormitório. Teríamos que esperar o manager chegar, eu tava nervosa e ansiosa, como consequência comecei a morder o lábio inferior, que feriu todo por conta do nervosismo. Apenas Hoseok e Jungkook estavam na sala, os outros deviam ou estar dormindo, ou no banheiro, sei lá.

- Vou tomar um banho e me trocar. *Namjoon disse*

Assenti com a cabeça e fui em direção a cozinha pra beber água. Até que Hoseok veio até mim.

- Tente ficar tranquila. Elas não vão fazer nada.

- Não estou preocupada com isso. Quer dizer, em um primeiro momento.. Tá, fiquei assustada, mas é essa tal entrevista que me preocupa.

- Entrevista ?

- A Big Hit marcou uma entrevista na televisão, pra explicamos o que está acontecendo.

- Entendi.. A propósito, o que aconteceu com seus lábios ? *ele sorria*

Droga ! Tinha esquecido disso.

- No meio de toda essa confusão, com metade da Coréia me odiando, eu acabei mordendo os lábios. *tentei sorrir de volta, deve ter funcionado*

- "Metade da Coréia" Kkk' Por que ?

- É uma mania. Faço isso quando fico ansiosa.

Ele pegou na minha mão e me abraçou. Seu abraço era tão bom. Hoseok sabia mesmo como acalmar alguém, tá explicado o fato de ele ser considerado a esperança ali. Acabei vendo de relance Jungkook por cima dos ombros de Hoseok, ele estava sentado no sofá nos olhando e com os punhos cerrados.

- Sempre que precisar, pode contar comigo.

- Vou lembrar disso.

                      JUNGKOOK ON

Quando liguei a televisão e vi que estavam ameaçando YangMi.. Tive o impulso de ir no apartamento dela, mas Namjoon hyung agiu primeiro. Claro, eles eram irmãos. O que eu ia fazer lá ? Acabei ficando nervoso. Eles estavam demorando muito. "Jungkook ! Não há necessidade de você ficar assim", pensei. Até que eles entraram e... Se a situação não fosse séria, eu teria babado na frente de todo mundo. Ela estava linda, como sempre, mas dessa vez, ela usava uma roupa que era aberta nas costas, presa apenas por um fio, como é que chamam aquilo ? O cabelo estava amarrado em um coque e ela usava uma maquiagem leve.

- Vou tomar um banho e me trocar. *Namjoon hyung disse*

Ela foi em direção a cozinha, percebi que estava ansiosa, ela não parava de morder o lábio inferior. Resolvi não me mexer.. A final, o que eu tinha a ver com aquilo ? Problema dela, ela que resolva, nem se quer me olhou quando entrou. "E por que se importa se ela te olha ou não ?", pensei. Até que vi Hoseok hyung ir na direção dela. Quando os vi conversar e se abraçarem... "Porra hyung ! Solta ela ! Espero que tenho uma dor nas costas por abraçar essa baixinha", pensava. Depois me senti culpado. "Culpado nada ! Quem devia estar ali era eu !". O que eu estava pensando ? Ela me olhou e parecia ao mesmo tempo confusa e abalada. Percebi que apertava meus punhos. Por que ? Por que ela me afetava tanto ?

                     JUNGKOOK OFF

Soltei Hoseok, o olhar do implicante me intrigou, mas resolvi não ligar e dar atenção a Hoseok que estava me ajudando.

- E então.. Soube que você dança.

- O que ? *eu ri* de onde tirou isso ?

- Tenho minhas fontes.

- Me conta ! *comecei a beliscar sua barriga*

- Aish ! Pare *ele ria*

- Paro, quando me contar.

- Tá, eu falo. Vi no Youtube.

O que ? Aquilo ainda existia. Dancei k-pop na escola e a direção postou aquilo no YouTube. Fala sério ! Aquilo fazia muito tempo, mas.. Como ?

- Como o encontrou ?

- Eu sou incrível.

- Aish ! Kkkk' diga.

- Digo que você dança muito bem, e ainda fez cover nosso. Tô admirado.

- Aish ! Aquilo faz muito tempo.

- Olha, duvido que você tenha parado de dançar.

O encarei. Ele tinha razão.

- Ganhei um stalker ? Andou me seguindo ?

- Quem sabe *ele riu* olha, gosto de girls groups. Já ouviu aquele tal de BlackPink ? Boombayah ? Tô querendo aprender.

- Kkk' essa música grudou na minha cabela por 2 meses.

- Aprendeu a coreografia ?

- Foi inevitável.

- Aaaah ! Vamo dançar então.

- Hoseok.. Não kkk' agora ?

- Me chame de Hobie, é um dos meus apelidos.

Ele me puxou até a sala e colocou o clipe na televisão. E começou a fazer os passos que já sabia. Eu só conseguia rir. Até o implicante deu um sorriso de lado.

- Vamo YangMi ! Essa é a parte que você dança junto comigo.

- Não kkk'

- Anda vaaaai *ele disse fazendo aegyo*

- Tá, tá bom.

Tava chegando no refrão. Me preparei e quando chegou, comecei a dançar, Hobie me acompanhou, ele já sabia a coreografia, era só uma desculpa. Jungkook apenas nos observava, não escondia o fato de estar olhando descaradamente pra mim. Dançamos a música até o final. Quando acabou, batemos nossas mãos no alto e rimos.

- Ao vivo, você dança melhor ainda.

- Aish ! Já disse que aquele vídeo faz muito tempo.

- Que vídeo ? Posso entrar na conversa ? *perguntou Jungkook, secamente*

- A YangMi tem um vídeo dançando no Youtube. Ela até sabe nossas coreografias.

- Mesmo ? Qual o nome do canal ? *Jungkook perguntou*

- Nem pensem em ver aquele vídeo de novo, acabaram de me lembrar que eu tinha mesmo que mandar apagar aquilo.

- Nããão *Hobie disse manhoso* Você não vai fazer isso. Olha, vou no banheiro, quando voltar dançamos mais uma, certo ?

- Certo *sorri*

E ele saiu. Me sentei no sofá e Jungkook se aproximou de mim, tentei me afastar mas ele apertou meus pulsos.

- Está me machucando.

- Por que está me provocando ?

- O que ? O mundo não gira ao seu redor garoto, já pensou nisso ?

- Volteeei *Hobie estava cantarolando*

Jungkook me largou e fez a cara de inocente mais cínica do mundo.

- A próxima vai ser Ice Cream Cake.

- Você já sabe essa Hobie kkk'

- É basicamente minha música preferida.

Começou a tocar e ele começou a dançar e logo puxou minha mão. Eu não ligava pra Jungkook, não era provocação. "Que idiota", pensei. Senti seus olhares fixos em mim outra vez, que imbecil. Até que parei de dançar e disse que estava com um pouco de dor.

- Aaah sério ? Quer algum remédio ?

- Não Hobie, obrigada.

- YangMi ! O manager hyung me ligou e disse que só vamos pra Big Hit depois do almoço. *Namjoon voltou* "finalmente", pensei.

- Namjoon.. *sentei ao lado dele e falei um pouco baixo* será que.. Depois dessa tal entrevista.. Assim.. A gente não podia visitar...

- Omma e Appa ?

- É.

- Bom.. Não sei, mas é possível. E.. Você ainda não falou com seus pais do Brasil não é ?

- Verdade... Droga ! Tinha esquecido.

- Jungkook !

- Que ? *ele estava mexendo no celular*

- Pode emprestar seu computador a YangMi ? Ela quer falar com os pais do Brasil.

- Claro.. *me lançou um olhar malicioso* mas ele precisa de um jeito especial pra ligar, vou ter que ir junto. Tudo bem ?

Eu sabia que aquela história de "jeito especial pra ligar" era mentira. O que ele queria ? Esse garoto conseguia mesmo me irritar.

- Tudo bem pra você YangMi ? *Namjoon me olhou sério, ele parecia não ter gostado da idéia*.

- Só quero privacidade.

- Fico longe de você, só tenho que ir junto.

Como ele podia ser tão cínico ? Ele queria falar algo, só podia ser isso.

- Tá Jungkook. Nam.. Vou pro meu apartamento tá bom ?

Ele pareceu hesitar, olhou de mim pra Jungkook e concordou com a cabeça.

- Depois volte.

- É, vamos terminar de dançar. *Hobie disse*

- Tá kk'

Dei um beijo na bochecha de Namjoon e Jungkook foi buscar o computador no quarto. Saímos e entramos no meu apartamento, a televisão ainda estava ligada, tinha esquecido disso. Desliguei e senti a respiração pesada dele na minha nuca.

-  Por que ? Por que me provoca tanto ?

Ele tocou meus ombros e começou a beijar minha nuca. Ele me agarrou e se jogou em cima de mim, caímos no chão.

- Não ouse passar da amizade com Hoseok hyung, se não.. *a entonação dele estava diferente, mais.. Viril*

- Se não o que ?

Ele me beijou calorosamente, não consegui evitar, ele era muito forte e seus beijos eram... Tão bons, que eu não queria que parasse. Mas eu estava com problemas demais e precisava dar notícias a meus pais no Brasil. Acabei mordendo a língua dele.

- Aish ! Por que fez isso ?

- Jungkook, tenho algo importante pra fazer e o mundo quer desabar nas minhas costas, não é hora disso.

- Quando vai ser a hora então ? Por mim eu te roubava por inteira agora.

- Anda, me dá o computador.

Ele revirou os olhos mas fez o que eu pedi. O liguei e abri o Skype, conectei minha conta e vi que minha mãe estava online. Liguei. Ela não estava atendendo. Nesse momento Jungkook resolveu me beijar. O empurrei.

- Jungkook ! Sério, qual o seu problema ? Fica longe ! Vai pra cozinha. Sei lá.

- Tá, tá, tá bom. Chata do caralho.

- Nasci assim.

Liguei de novo e ela atendeu.

- Barbara ? E aí, como estão as coisas ?

- Oi.. *não conseguia chamar ela de mãe, parecia tão estranho* é, na verdade eu esqueci de ligar e quando tentei meu celular tava sem sinal e só agora consegui um computador pra ligar. É... Não se preocupe, está tudo bem, talvez eu veja meus pais biológicos hoje.

- Aaah que bom né ? *senti a tristeza em sua voz* olha, preciso desligar, tô no trabalho, eu digo a George que ligou e tentamos ligar de novo. Tá ?

- Tá.

Depois que ela desligou, acabei chorando um pouco. Tudo tinha mesmo mudado, não consegui chamar ela de mãe outra vez.

- Quando vão mudar os documentos ?

- Que ? *eu tava voando com meus pensamentos*

- Seus documentos.. Você ainda é Barbara e não YangMi. Precisa mudar se for estudar ou fazer qualquer coisa daqui pra frente.

Parei pra pensar naquilo, Jungkook tinha razão. Estudar... Lembrei da prova que tinha que fazer pelo consulado japonês no Brasil. Perdi a chance.

- Depois resolvemos isso.

Dei a ele o computador.

- Não vai agradecer ?

Fechei os olhos e suspirei. Voltei e dei um selinho nele.

- Obrigada.

Ele me olhou incrédulo. Depois de ver que minha relação com minha mãe do Brasil não seria a mesma coisa, meu coração apertou e não queria saber de gracinhas.

                     JUNGKOOK ON

Sério, quando ela me beijou, não consegui acreditar. Ela não parecia nada bem, deve ter acontecido algo naquela conversa. Meu coração acelerou. Eu devia fazer algo ? Ela parecia tão frágil. Aish ! Não sou bom cuidando de garotas, só transo com elas. Aaah YangMi.. Eu preciso te tirar da minha cabeça. Ela foi em direção ao quarto e meio hesitante eu fui atrás dela. Ela estava mexendo na mala, parecia terminar de tirar tudo que estava ali ainda. "Ah, como ela é gostosa". Ela pegou uma.. Chave ? Não, aquilo era um pen-drive, estava amarrado em um chaveiro. Ela deu uma risada fraca e em seguida me flagrou ali.

- O que ainda está fazendo aqui Jungkook ?

                     JUNGKOOK OFF

Mexendo nas minhas coisas, achei meu pen-drive. Ri de leve, ali não tinha nada mais nada menos que 8 gb de MV's de K-pop. Eu sempre colocava ele na televisão e passava o dia assistindo esses "coreanos viados" como diziam na minha casa.. Olhei pra frente e vi Jungkook ali parado.

- O que ainda está fazendo aqui Jungkook ?

Ele não respondeu. Eu sabia o que ia acontecer, percebi em seus olhos a excitação.

- YangMi.. É..

Ele veio até mim e me beijou, mas logo parou.

- Não morde minha língua outra vez porra.

Eu ri. Aquele garoto mexia comigo, eu o desejava, ele me irritava, mas queria ele ali comigo. Dessa vez eu o beijei e dei uma leve mordida em seus lábios. Ele sorriu, malicioso.

- Assim é melhor.

E me carregou até minha cama e ficou por cima de mim, me beijando. Ele tirou a camisa e vi outra vez aquele peito musculoso. Sentei na frente dele e enquanto me beijava, soltava o fio que prendia aquele macacão em minhas costas. A parte de cima caiu e fiquei só de sutiã em sua frente.

- Você é tão perfeita.

Logo, ele me colocou de 4 em sua frente, tirou a parte de baixo do meu macacão e senti sua mão em minhas partes íntimas. Ele tirou a calça de moletom que usava e vi seu membro já ativo. Ele enrolou a mão em meu cabelo longo, dando 3 voltas, e me puxando pra perto dele. Pude ver seu membro e o segurei, ele pulsava em minha mão, ele o pegou e o colocou na minha boca. Continuei com aquele movimento pra frente e pra trás em seus 23 centímetros ? Mais ? Jungkook apertava os olhos e mordia o lábio inferior.

- YangMi... Eu quero te fuder de todas as maneiras...

Soltou meu cabelo e se abaixou pra me beijar. Foi se arrastando, me puxando junto.

- Senta !

Levantei uma perna e senti seu pênis entrando em mim.

- YangMi ! Jungkook ! Venham almoçar !

Ouvimos batidas na porta. A voz era de Jimin. Já era hora do almoço ? Como o tempo passa rápido.

- Já estamos indo hyung ! YangMi só vai terminar de falar com os pais ! *Jungkook gritava*

- E você ? O que está fazendo ? *e Jimin gritava de volta*

- Ora ! Estou esperando meu computador !

- Não demorem !

Jungkook riu.

- É.. Vamos.

- Calma YangMi. Só vou se você me der mais um beijo.

- Não ! Vamos logo.

- Anda.. *disse manhoso*.

Revirei os olhos. O beijei de língua, mordi e puxei seu lábio inferior.

- Satisfeito ? *ele concordou com a cabeça* Agora precisamos sair dessa posição.

- Kkk' verdade.

- Vou tomar um banho rápido.

- Vou com você.

- Claro que não Jungkook.

- Deixa de ser chata. Vamos logo, não podemos perder tempo.

Tomamos um banho e nos vestimos outra vez. Peguei minha bolsa e Jungkook entrelaçou nossos dedos. O encarei, ele fez uma cara de deboche e eu também. Mas logo ele soltou. Rimos e saímos. Encontramos a porta do apartamento deles aberta.

- E então ? Conseguiu falar com seus pais ? *Hobie perguntou*

- Sim, falei só com um na verdade.. Não foi o que eu esperava mas... Depois conto a você.

- Ok.

- YangMi ! *disse Taehyung*

E me deu um abraço de urso. Eu realmente adorava Taehyung, ele era muito doce, uma pessoa realmente agradável. Ele era engraçado, literalmente um alien, tão gentil que parecia de outro mundo.

- Kkk' oi Taehyung

- Vamos gente. A comida tá esperando. *disse Yoongi*

- O que vamos comer Jin oppa ?

- Temos um pouco de tudo. Carne, frango, sopa.. *disse ele*

Percebi que estavam todos arrumados, menos Jungkook óbviamente.

- Vão sair ?

- Vamos pra Big Hit com vocês.

- O que ? Fazer o que lá ? Não estamos de folga ? *perguntou Jungkook*

- O manager nos ligou e disse que deveríamos ir também. A propósito, vá se trocar depois. *disse Jimin*

- Vamos comer ! *Disse Jin*

Obedecemos e atacamos mesmo. Dessa vez não houve disputa entre mim e Jin, todos comemos e levantamos juntos.

- Jung Hoseok. Hoje é seu dia de lavar a louça. *disse Jin*

- É hoje ?

- Sim, ainda dá tempo. Faça isso agora.

- Aaaah *disse dando uma de triste* tá, tá.

- Vamos Hobie. Eu ajudo você.

- Sério YangMi ? Aaah obrigado.

- E Jungkook, vá trocar de roupa *Jin continuou*

Jungkook foi pro quarto. Os outros foram assistir televisão. Recolhemos tudo e então Hobie lavava e eu guardava tudo.

- Mais um pouco e você já pode casar Hobie.

- Muito engraçadinha.

Quando enfim acabamos, ouvimos um som de buzina.

- A van chegou gente. Vamos lá *Yoongi disse*

Fomos saíndo e então Namjoon se aproximou de mim e segurou minha mão. Eu ri.

- O que foi ?

- É que.. Até 5 dias atrás, eu.. Aish ! Não acredito que de certa forma fui "afim" de você.

- O que ? Kkkk'

- Sério, tenho várias fotos suas no meu celular. Ainda sou uma army.

- Ai meu Deus.. Minha irmã tinha tara em mim.

- Fala baixo ! Kkkkkk'

Chegamos na van e sentei entre Yoongi e Hobie. Yoongi colocou os fones de ouvido e foi a viagem toda calado. Jungkook não parava de me olhar e nem disfarçava quando pegava seu membro e o massageava levemente. Namjoon e Jin conversavam sobre algo, Jimin e Taehyung estavam jogando um jogo no celular. Hobie me interrogou.

-  E então ? O que aconteceu ?

- Sabe Hobie.. Enquanto falava com ela.. Não consegui chamar ela de mãe, senti que algo se rompeu entre nós. Ela até foi um pouco fria comigo.

- Ela só deve estar confusa com toda essa situação, assim como você. Dê tempo ao tempo. Vocês criaram um vínculo forte durante anos.

- Eu sei, é por isso que não sinto raiva deles, eles cuidaram de mim. Mas, não é a mesma coisa, pude sentir isso. Parece que ela não queria mais saber de mim, fiquei péssima.

- Logo logo tudo se resolve, confie em mim.

Chegamos rápido na Big Hit. Olhei a fachada do prédio, não era grande coisa se comparado à outras empresas por aí, a entrada era simples e o prédio não era grande. Parecia mais um escritório qualquer. Sem falar que ficava em uma rua um pouco sinistra. Entramos e pegamos o elevador, como fomos todos, aquilo ali ficou meio apertado. Acabei ficando de costas para Jungkook, que aproveitou isso pra ficar apertando minha bunda sem ninguém perceber. Parecia que esse menino não tinha sossego. Quando chegamos no andar certo, fomos todos para o que eu imaginei que fosse a "sala de reuniões". Estava tudo muito tumultuado ali dentro também, com managers e tal, o homem sentado no centro da mesa, imaginei que o fosse o bam bam bam dali, o "hyung" como todos chamavam. Percebi os olhares sobre mim, eram acusatórios, como se eu tivesse cometido um crime grave. Os meninos se sentaram e os managers se arrumaram como podiam, arrumaram uma cadeira pra mim também, e adivinha do lado de quem colocaram a maldita cadeira.. Sim, Jungkook. Como estava apertado ali, encostei o corpo na mesa, aquele ser do meu lado, resolveu fazer o mesmo e furtivamente colocava as mãos de vez em quando nas minhas pernas descobertas. O chutei algumas vezes, mas ele me lançava aquele olhar desafiador, ou seja, ele não ia parar.

- Bom.. Já que estão todos aqui, não temos mais porque esperar. Todos sabem porque estão aqui, só tenho uma pergunta a fazer: Qual seu nome menina ?

- YangMi.

- Eu sou o Lee ChungHo, como deve imaginar, sou o dono da Big Hit. E como deve saber também, você e Namjoon vão dar uma entrevista, mas houve uma mudança de última hora, não será mais na televisão, será na rádio. E estamos todos aqui pra passar a você, algumas instruções do que deve e não deve dizer.

Do que devo ou não devo ? Só pode ser piada. Até onde eles são tão controladores ? Aquele dia era uma confusão só. Uma moça que até então estava parada entregou a ChungHo alguns papéis. O nome no seu crachá era Jihyun, percebi seus olhares maliciosos pra Jungkook.. Huuum... Esses dois...

- Eu falo e você escuta: Nada de falar sobre como se sente em relação a ameaça das armys. Nada de falar sobre sua família brasileira e sua vida lá. Nada de tráfico internacional de bebês.

- Então, como vou esclarecer o fato de ser irmã dele ?

- Já vou chegar lá. Coisas que você deve dizer: Que espera que tudo se resolva. Que ama seu irmão e pais coreanos. Que está feliz de poder voltar a sua terra natal. Agora, coisas que você pode dizer: Sobre o exame de DNA. Quando viu Namjoon pela primeira vez. Sobre o fato de estar no hotel no Brasil. E como chegou aqui. Se fizer tudo isso, está tudo certo entre nós.

- Mas isso não vai esclarecer, vou só contar trechos de tudo que aconteceu.

- Exatamente. Assine isso e estamos entendidos.

Ele me entregou os tais papéis que estavam em sua mão.

- O que é ?

- É só pra garantir que você vai fazer tudo o que foi dito pra fazer.

- Mas... *Jungkook arranhou minha coxa, eu tinha que calar a boca* tá, eu assino.

Olhei pra Namjoon que me incentivou com o olhar.

- Ótimo ! Agora, podem ir. Os outros 6, treino ! Acabou a moleza.

Os meninos suspiraram e saíram da sala junto comigo e Namjoon.

- Ele pode mesmo tratar vocês... a gente assim ?

- Ele pode tudo *disse Taehyung*

- Namjoon, YangMi ! Os dois direto pra van ! *o manager gritou*

- Bom gente... Até mais tarde.

- Até ! *disseram em uníssono*


Notas Finais


Sobre os cap..
Gente, tô estudando muito. Já viram né, enem chegando, preciso resolver minha vida, então talvez, só talvez, eu comece a demorar pra postar os outros cap.

Fighting ! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...