História Irmã perdida - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bangtan Boys, Bts, Jeon Jungkook, Jungkook, Namjoon, Rap Monster
Exibições 266
Palavras 3.854
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEEEEEI MEU POVOOO !!

Então.. Vai começar a aparecer gente nova na fic :v mais idols.. Aheuaheu' espero que gostem, boa leitura :3

Capítulo 12 - Entrevista


Fanfic / Fanfiction Irmã perdida - Capítulo 12 - Entrevista

Eu e Namjoon entramos no elevador, ele começou a fazer movimentos involuntários, como brincar com as mãos de 5 em 5 minutos, tamborilar os dedos na parede e mexer no cabelo.

- Nam.. Você tá bem ?


- "Nam" kk' gosto desse apelido. Sim, eu tô bem, só... Me sinto culpado.


- Culpado ? Pelo que ?


- Por toda essa confusão que você se meteu. As fãs.. Algumas são difíceis de lidar.


- As coreanas são mesmo possessivas. Mas não se culpe, não tem nada a ver.


- Continuo me preocupando.. E se elas começarem a te seguir ?


- Não pense assim, eu mais do que ninguém quero que tudo se resolva.


- E por falar em resolver.. Seus documentos..


- Sim.. Jungkook me falou sobre isso.


- Jungkook ?


- Sim.. Por que ?


- É que.. Enfim, você precisa mudar os documentos e isso me lembra que tem que ter um número coreano no celular.


- Sim sim.

Chegamos no saguão do prédio e ele me entregou aquelas máscaras. Ele também já usava uma. O encarei como quem diz: "Ah não".

- Vai ter que se acostumar. Acha que foi fácil pra mim ? Anda, não queremos que nos reconheçam na rua certo ?


- Aish ! Tá.

Coloquei aquilo no rosto. Logo o manager apareceu.

- Namjoon. Seu carro ainda está na garagem aqui do prédio ?


- Sim.. ChungHo o confiscou lembra ? Mas por que ?


- Vamos nele. ChungHo acha que chamaríamos atenção na van. Aqui está a chave. Vá pega-lo.

Ele pegou a chave no ar e foi em direção a garagem. O manager começou a me olhar de um jeito estranho, parecia que.. Estava me avaliando.

- Algum problema ?


- Já pensou em ser modelo ?


- Modelo ? *acabei rindo um pouco alto* não tenho altura pra isso.


- Modelos fotográficos não precisam ser altos. E você é bonita, deveria tentar.


-  Obrigada, mas não sei. Nunca pensei nisso.


- ChungHo também acha que deveria tentar, apesar do seu tom de pele.


- Meu tom de pele ? *que ser arrogante*


- É.. Sabe.. Você é mais bronzeada que o normal, assim como seu irmão Namjoon.


- E isso agora é um problema ? *era só o que me faltava, preconceito.*


- Claro que não.

Ouvi uma buzina de carro e avistei Namjoon acenando do carro. Fomos até ele. O manager sentou na frente e eu fui pro banco de trás. No caminho até a rádio me distraí olhando a rua pela janela.  Passamos por um pequeno parque e vi pais brincando com seus filhos. Sorri, foi inevitável, eles eram tão fofos e pareciam muito felizes. Tava tão envolvida nesses pensamentos que acabei adormecendo.

                        NAMJOON ON

Quando o semáforo ficou vermelho, olhei para trás e vi que YangMi estava dormindo. Ela era tão fofa. É, eu a amava. Mesmo a conhecendo a tão pouco tempo, minha irmãzinha já era tão importante, que eu nem conseguia explicar o porquê. O semáforo voltou a ficar verde e falei com o manager sem tirar a atenção da rua.

- Hyung.. Vai ter algo pra eu fazer depois dessa entrevista ? *perguntei*


- Apenas ensaio. Por que ?


- Preciso faltar hoje, tenho que levar YangMi pra mudar os documentos e procurar uma escola, pra ela terminar os estudos.


- Entendo.. É, vou liberar você. Você sabe que vai demorar um pouco, mas é bom agilizar as coisas. Matricule ela na escola que Jungkook estudou, além de ser muito boa é super discreta.


- Pensei nisso também. E olhe, aproveitando... Vou levá-la a casa dos nossos pais, eles ainda não se viram.


- Tá, mas volte pro dormitório e a traga de volta. Não é bom que ela fique com seus pais ainda.


- Por que ? Não vejo problema nisso. Sem falar que ela ficaria longe dessa agitação toda.


- Nem eu. Mas ChungHo vê e você sabe como ele é. Parece que ele tem planos pra sua irmã.


- Planos ? Que tipo de planos ?

Não gostei dessa história de planos.. Todos sabemos o que ChungHo fazia com algumas estagiárias da empresa, Jihyun era uma delas e acabou ganhando a fama de "rodada" ali. Fora outros apelidos maldosos.

- Ele assim como os outros managers querem investir nela, por ser bonita e tudo mais.


- Investir ? Tipo, pra ser modelo ou algo assim ?


- Ele não me contou, mas deve ser algo assim. Estive pensando no que ele poderia fazer. Hoseok também comentou que ela dança. ChungHo gostou disso. *ele olhou pra YangMi* Unindo a beleza e a dança, ela pode muito bem acabar debutando como visual. Agora se ela cantar.. Ela seria a pessoa perfeita. Bem.. É meu palpite.

Fiquei pensando naquilo. Ela tinha carisma, mas não vejo YangMi se tornando uma idol, até porque ela não gosta de ser o centro das atenções.

- Não acha precipitado ?


- O que eu acho não importa, muito menos pra ChungHo.

Concordei com a cabeça. Ele tinha toda razão. Mas ele não ia fazer o que bem entendesse com minha irmã, óbvio que eu não vou deixar. Estacionei na frente da C-rádio. Aquela entrada já era conhecida, estive ali algumas vezes com os membros, bem poucas na verdade.

- Chegamos ? *YangMi perguntou*


- Sim. Vem, quanto mais rápido fizermos isso melhor.


- Tem razão. *disse sonolenta*

Saímos do carro e segurei em sua mão, entrelaçando nossos dedos. Percebi a presença de alguns fotógrafos escondidos nos arbustos em frente ao prédio. Aish ! Como eram filhos da puta ! Provavelmente já estavam mandando as fotos pra qualquer revista de fofocas. Entramos e seguimos até o elevador e YangMi se encostou em mim e fechou os olhos.

- Ainda está com sono ?


- Não. Só tô tentando lembrar o que ChungHo disse sobre o que devo, não devo e posso dizer.

Me encarou um pouco confusa.

-  E você Nam... O que vai dizer ?


- Só o que for perguntado. Não devo dar mais informações que isso. O mc provavelmente já sabe o que tem que perguntar.


- ChungHo controla tudo mesmo hein..


- Pois é..


- E se fizeram as perguntas que não podemos dar as respostas ? Sabe como são esses mc's.


- Você apenas minimiza as coisas. Omite a maior parte.

Nossos olhos se cruzaram. Tava óbvio que ela não tava aceitando aquilo. Também odiava o fato de ChungHo sempre controlar nossas vidas desde o debut. Assim que a porta do elevador abriu, manager hyung foi o primeiro a sair, ele foi em direção ao estúdio e eu e YangMi demos de cara com o mc que ia nos entrevistar, seu nome ?

- Annyeong ! Sou Kim ChinMae. *disse estendendo a mão e eu a toquei* você deve ser Rap Monster e você YangMi, estou certo ?


- Sim *nós dissemos em uníssono*


- Bem, vamos entrar ? O programa logo logo começa.

                     NAMJOON OFF

Comecei a ficar ansiosa. Namjoon segurava minha mão e nos sentamos de frente pra uma mesa cheia de cabos e microfones. Kim ChinMae foi para o outro lado e se sentou.

- Bom, coloquem os fones. Já já começamos.

Obedecemos. Vi uma moça entrar e ligar uma câmera. Sussurei a Namjoon.

- Precisa da câmera ?


- É online também. Uma hora você vai ter que aparecer não é ?

Aish ! Mas estranhamente comecei a ficar mais calma, Namjoon continuava com os dedos entrelaçados nos meus, aquilo me deixou mais tranquila. O manager entrou e se sentou em um canto afastado, apenas nos olhou e nos encorajou com a cabeça. Vi a mesma moça pegar uma máquina fotográfica e ela começou a bater fotos. "Tirem as máscaras" ela disse. Obedecemos outra vez. Outras pessoas começaram a fazer sinais para ChinMae e ele acenou com a cabeça. Ouvimos uma música. Devia ser a abertura do programa. Eu hein, foi tão rápido. Ai meu Deus... O que eu vou dizer ?

- Boa tarde a todos. Aqui é Kim ChinMae e hoje vou entrevistar Rap Monster do BTS e sua irmã YangMi. Como todos estão sabendo, ele recentemente encontrou sua irmã enquanto estava no Brasil por conta da turnê que o Bangtan estava promovendo. Rap Monster.. Como encontrou YangMi ?


- Boa tarde a todos. Então.. Encontrei YangMi durante o fanmeeting que fizemos no Brasil, acabamos conversando mas foi tudo muito rápido.


- E como sabia que era ela ?


- Bem, eu tinha uma foto no celular de como ela poderia estar hoje em dia. E quando a vi, não tive dúvidas.


- E você YangMi ? Como recebeu a notícia ?

Que merda.. Que tipo de perguntas eram aquelas ? Era tudo tão frio... Tão.. Seco, sei lá. Namjoon foi tão sucinto que quase esqueci de que tinha que falar.

- É.. Boa tarde. Eu fiquei sabendo de tudo no dia do show do BTS, fui até o camarim e encontrei Namjoon e ele acabou me contando tudo.


- Essa notícia gerou muitas especulações na mídia coreana e entre as fãs.. O que tem a dizer sobre isso ?


- Apenas que tudo se resolva e que entendam. *ChungHo me salvando, quem diria*


- Sim, até porque fizemos um exame de DNA está tudo comprovado *Namjoon me salvou*


- Sim e YangMi.. Já encontrou seus pais ?


- Na verdade ainda não.. Com toda essa agitação ainda não tive tempo.


- Ah sim.. E como se sente estando em outro país ? Sabemos que é bem diferente do Brasil.


- Ah.. Estou muito feliz por estar voltando a minha terra natal, não estou estranhando muito. Já gosto daqui.


- No aeroporto, o que você sentiu com todas aquelas pessoas chamando você de "mentirosa" ?


- Eu ainda estava um pouco atordoada com toda a notícia de ser irmã do Namjoon e tudo mais, na hora nem cheguei a perceber, lembro de ter ficado assustada.


- E como é ter Rap Monster como irmão ?


- Foi uma surpresa muito grande. Eu nunca poderia imaginar algo assim, ainda estou me acostumando com a idéia.


- Ela tem várias fotos minhas no celular dela. *Namjoon voltou a falar*


- Kkk' aaah é mesmo ?

Devo ter corado. Aish Namjoon !

- É kk' eu já era fã então.. Admito que tenho fotos de todos os membros no celular.


- Disso eu não sabia *Namjoon disse*


- Agora crianças a pergunta que todos querem fazer... Como você YangMi foi parar no Brasil ?

Tensão. E agora ? Olhei para Namjoon. O que eu ia dizer ?.. Eu não podia falar nada sobre o tráfico. Droga ChungHo !

- Aaah eu.. Bem, é um assunto delicado.


- Ela foi levada.. *Namjoon disse*


- Levada ? Por quem ? *ChinMae ficou curioso*


- Ela foi sequestrada e.. Vendida.

ChinMae arregalou os olhos. Namjoon apenas suspirou.

- É.. Eu juro que por essa eu não esperava. Sequestrada ? Vendida ?


- Sim. A confundiram com outro bebê. Bem.. É um assunto delicado como minha irmã mesma disse.


- Também fiquei tão chocada quanto você nesse momento ChinMae oppa.


- Bom.. *riu sem graça* também devo mencionar que YangMi é dona de uma beleza estonteante pessoal. *mudou de assunto*

"Que desnecessário..." pensei.

- Aah obrigada *ri sem graça*


- Minha irmã além de bonita também dança hyung.. Dá pra notar que os talentos foram todos pra ela. *ele ri, o chutei de leve por baixo da mesa*


- Aah então você dança ?


- Só como diversão mesmo kkk' não é algo pra ser levado tãão a sério assim.


- Você tem planos para o futuro aqui em Seul ?


- Aah bem.. Por enquanto só quero terminar os estudos e passar em alguma faculdade. Depois arrumar um emprego.


- E você Rap Monster ? Planos ?


- Por enquanto estou concentrado apenas em ensaiar as coreografias do Bangtan.


- Nosso tempo é curto e infelizmente essa conversa chegou ao fim. Espero ter ajudado a esclarecer toda essa situação. Desejo que YangMi e Rap Monster tenham muito sucesso. É isso Seul, sou Kim ChinMae da C-Rádio. Boa tarde.

Ouvi aquela música outra vez. E ChinMae foi se levantando, eu e Namjoon tiramos aqueles fones e fizemos o mesmo. ChinMae apertou nossas mãos e tanto ele quanto nós fizemos uma curta reverência e saímos todos do estúdio. Aquela conversa não esclareceu nada.. Só falamos superficialmente sobre. Eu, Namjoon e o manager pegamos o elevador e quando estávamos entrando no carro de Namjoon...

- Vou voltar pra Big Hit de táxi. Namjoon resolva o que tem que resolver, se acabarem tudo cedo, passe na Big Hit nem que seja só pra olhar o ensaio hoje.


- Tá. Vou tentar.

E ele ligou o carro e deixamos o manager pra trás.

- Aonde vamos agora ?


- Resolver as coisas sobre seus documentos e saber se tem vaga na escola que te falei.


- A escola que Jungkook estudou ?


- A própria.


- E o que vamos fazer em relação aos documentos ?


- Vamos em um cartório. Explico sua situação e resolvemos a sua nacionalidade e naturalidade. Vai ser coreana de vez agora. *ele sorriu e aquelas covinhas apareceram*


- É.. *ri de leve* coreana..

Chegamos rápido no que eu julguei como o centro da cidade. Acabamos parando em frente a um shopping gigante.

- O que viemos fazer aqui ? Por que parou ?


- Você precisa de um número coreano esqueceu ?


- Aaah.


- Vamos. É só comprar um chip novo. Toma, coloca isso no rosto.


- Aish !


- Quer que me reconheçam ? Não estou com os seguranças hoje. Você deve colocar também, já há fotos suas espalhadas por aí.

Coloquei a máscara preta. Isso era realmente irritante. Saímos do carro e Namjoon começou a andar rápido.

- Ei ! Me espera !


- Desculpa, mas não quero mesmo que me reconheçam.


- Tenta agir naturalmente, assim só vai chamar mais atenção.


- Acha mesmo ?


- Claro ! Com esse tamanho, de máscara, óculos escuros e boné acha que as pessoas não vão estranhar ? Aí é que você vai ser seguido.


- É.. Acho que você tem razão.

Olhando com atenção pra ele, vi o quanto era bonito. Ele vestia uma bermuda preta, uma camisa branca que ficava larga e um sapato com a meia preta aparecendo. Ele se vestia muito bem.

- Por que está me olhando tanto ?


- Você é bonito ué. O que posso fazer ?


- Quero ver as fotos que tem nesse celular hein *riu*


- Ora, claro que não. Há muitos abs aqui.


- Huuuum.. Kkk vem, vamos entrar.

Entramos naquele shopping e olha, fiquei impressionada. As coisas ali deviam valer uma fortuna. Andamos com pressa, não deu tempo de prestar atenção nas coisas já que Namjoon me puxava feito louco. Fomos pro 2 andar na escada rolante e chegamos até a loja que vendia celulares e chips. Um rapaz veio nos atender.

- Boa tarde. Em que posso ajudar ?


- Quero um chip de celular pra essa moça aqui. *Namjoon começou*


- Ah claro. Venham comigo.

Ele nos levou até uma mesa e começou a procurar alguns chips e me entregar.

- Pode escolher.


- Fico com este.

Peguei o primeiro que era bem fácil de decorar.

- Preciso dos documentos.

Namjoon entregou os seus e logo o rapaz pediu meu celular.

- Posso ? É pra ativar.

Entreguei a ele. Ele fez todas aquelas coisas que os atendentes fazem, tirou meu chip antigo, colocou o novo, fez algumas ligações, cadastrou. E enfim acabou.

- Pronto. Qual a forma de pagamento ?


- Vou pagar com o cartão. *disse Namjoon*

Namjoon pagou e saímos. Até que vi um espelho e..

- Namjoon espera.


- O que foi ? Precisamos ir.


- Eu quero bater uma foto, vem.. Bate a foto comigo.


- YangMi..


- Veeem !

Ele se deu por vencido e o arrastei até o espelho mais próximo. Coloquei na câmera e apontei pro espelho.

- Sorria mesmo estando de máscara e tire os óculos e o boné.


- Mas YangMi..


- É rapidinho. *disse manhosa*

Ele fez como pedi e batemos umas mil fotos em poses diferentes.

- Pronto. Agora vamos.


- Tá tá.

Saímos tão rápido quanto entramos. Das mil fotos só umas 5 ficaram legais. Entramos no carro e ele pegou meu celular.

- Aish ! Devolve.

Ele ria como louco e foi até a galeria de fotos e viu.

- Huum, uma pasta BTS, EXO e GOT7.. Vejo que tem fotos do meu amigo Jackson aqui hein.


- Quer tanto ver essas fotos assim ? *eu ri* não tem nada demais nelas, vá em frente.

Ele sorriu de volta e começou a passar as fotos.

- Você tem mesmo muitas fotos nossas. Quem é teu bias ?


- O que ? Kkkkk' não tenho bias no Bangtan.


- Sério ? Acho que tem sim.


- Me dá isso.

Peguei meu celular. Ele recebeu uma mensagem e olhou o próprio telefone. Sorriu malicioso.

- Olhe só, acho que vamos ter visita hoje.


- Visita ?

                    JUNGKOOK ON


Não gostei muito do tom que ChungHo usou quando falou de YangMi.

- Ela é muito bonita, acho que vou investir nela.


- Investir ? *perguntou o manager antes de sair pra encontrar ela e Namjoon hyung*


- É...


- Ela dança muito bem hyung. *Hoseok hyung disse*


- Interessante...

Porra ! Caralho ! Olhei de lado pro Hoseok hyung, por que que ele tinha que mencionar que ela dança ? Sei que não foi por maldade. Mas.. Todos sabíamos o que ChungHo fazia com garotas que "investia", Jihyun era uma prova disso. Tanto que agora era conhecida por ser "rodada", até eu já acabei me aproveitando, e só de imaginar ele fazendo aquilo com a minha mulher... "Sua mulher Jungkook ? Vocês não tem nada, o que está pensando ?!" pensei. Não importa, tenho certeza que todos os outros também ficaram preocupados, inclusive Hoseok hyung, percebi que ele se sentia culpado por ter aberto a boca. Voltamos pra sala de ensaio e treinamos algumas coreografias, mas como não tínhamos muito mais pra fazer, eu me sentei e fiquei esperando o tempo passar, peguei meu celular e comecei a jogar um jogo qualquer que tinha ali. Os outros estavam gravando vídeos pro youtube.

- Pensando na YangMi ? *Jimin hyung se aproximou que nem percebi*


- O que está dizendo ? Tá louco hyung ? *O encarei e ele sorria*


- Kookie não sou cego, percebi o modo como olha pra ela. Acha que não estranhei o fato de estar no apartamento dela mais cedo ? Admita.


- Não sei do que está falando.


- Tá bom... Me engana kkk' só tome cuidado, a pessoa brava pode ficar mais brava ainda se descobrir que está afim da irmã dele.


- É hyung... Eu..


- Não me diga que vocês..


- É, nós transamos.


- Não acredito que fez isso com ela.


- Eu não resisti hyung, ela.. Ela me atrai muito, eu desejo ela.


- Você não a obrigou né ? *me olhou desconfiado*


- Claro que não hyung !! Eu não seria capaz de estuprá-la.

Senti Jimin hyung suspirar aliviado.

- Então.. Amigo.. Você tá apaixonado.


- Claro que não ! Eu s-só *gaguejei*


- Tá, tá já entendi. *ele ria* mas não faça besteira, gosto de YangMi e não quero que ela sofra.


- De que lado você está ?


- Nessa situação ? Do lado dela. *se levantou*


- Obrigado hein..


- Olha ! Alguém vai lá em casa hoje ! *disse Taehyung*

                     JUNGKOOK OFF


Eu estava cansada. Já devíamos ter andado por metade de Seul. Depois de deixarmos o shopping, Namjoon me levou até um cartório. Depois fomos até uma delegacia que aparentemente ficava "perto". "Perto o caralho !". Precisaríamos de um B.O. Depois que peguei uma autorização pra poder me matricular em uma escola. Saimos de lá, entramos no carro, ("finalmente !") e fomos a tal escola que JungKook estudou. Era longe, até que percebi que estávamos meio que voltando.

- A escola fica perto do dormitório ?


- Sim, mas não muito. Ah esqueci de dizer, assim que resolvermos tudo lá, vamos até a casa de nossos pais.

Meu coração acelerou. Finalmente ia poder vê-los. Como será que eles eram ? Tentei não parecer ansiosa.

- Você vai ficar tão fofa com o uniforme.


- Que ?


- Ué, os uniformes aqui são diferentes dos ocidentais.


- Tipo.. Saias, gravatas e aqueles casacos ?


- Uhum *ele riu nasalado* chegamos.


- Rápido não ?


- O trânsito colaborou hoje, e temos que ir na casa dos nossos pais ainda. E temos que voltar ao dormitório.

Olhei para a escola. Uau ! Sabe aquelas escolas enormes que aparecem nos filmes ? Era assim. A escola me parecia tipicamente particular e cheia da "elite" da Coréia. Aish ! O porteiro se aproximou e falou conosco.

- O que querem ?


- Podemos falar com a diretoria ?


- Qual o assunto ?


- Matrícula.


- No meio do ano ? *ele arqueou as sombrancelhas*


- Acabei de me mudar *entrei na conversa*

Ele interfonou da guarita e permitiu nossa entrada. Caminhando por ali pude notar como tudo era organizado e muito bem cuidado. Entramos no prédio e vi em um quadro de avisos, uma lista de "honra" com os 10 melhores alunos. "Uau ! As notas devem ser excelentes" pensei. Quase me perdi de Namjoon que ia andando distraído. Chegando na porta da sala da diretora, Namjoon apertou sua mão e eles conversaram, como se fossem amigos de longa data. Nem prestei atenção no que falavam, até que aquela mulher falou comigo.

- Então YangMi.. Estou muito feliz por terem escolhido nossa escola. Vou abrir uma exceção em relação aos seus documentos, mas para estudar aqui, você terá que fazer uma prova de admissão.


- Entendo. Obrigada e.. O que cai na prova ?


- Conhecimentos gerais. De tudo um pouco.


- Tenho certeza que se sairá bem. *Namjoon apertou minha mão.* bem, agradeço sua atenção noona, precisamos ir. Quando será a prova de admissão ?


- No primeiro dia de agosto. Acabamos de entrar nas férias escolares.


- Ok. Obrigada.

Fizemos uma reverência e depois saímos.

- É.. Por enquanto tá tudo dando certo YangMi.


- Pois é, pra que a prova ?


- Pra testarem você. Calcular sua inteligência e avaliarem se está apta a estudar aqui. Essa é uma das melhores escolas de Seul.


- Aaaah sim.

Chegamos no carro e mais uma vez saímos nele. Olhei no celular, eram 6 da tarde.

- Agora vamos ver Omma e Appa.


- Sim.. *disse nervosa* são 6h. Até que horas vamos poder ficar lá ?


- Bom.. Até umas.. 9h, afinal vou rever um amigo.


- Amigo ? A tal visita ?


- Sim


- Que amigo ?


- Não vou dizer, você vai ver.

- Aish ! Sério isso ?


Ele não respondeu e seguimos até a casa da família Kim.



Notas Finais


Quem será o amigo ? Quem vai visitar os Bangtan ? Aheuahduaheu'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...