História Irmã perdida - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bangtan Boys, Bts, Jeon Jungkook, Jungkook, Namjoon, Rap Monster
Exibições 157
Palavras 2.129
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amores ❤

Pra quem me perguntou se Namjoon é meu bias: Não. Me recuso terminantemente a escolher um bias no BTS. Simplesmente não dá pra escolher, juro. Amo todos igualmente ❤ mas admito que de uns dias pra cá Namjoon tem me tirado a atenção :3

Boa leitura :3

Capítulo 27 - "Cheer Up baby"


Fanfic / Fanfiction Irmã perdida - Capítulo 27 - "Cheer Up baby"

- "Yoongi ?"

- "Surpresa ?" - ouvi um suspiro - "Bem.. Precisamos conversar não é mesmo ?"

Yoongi... Eu ainda não conseguia aceitar isso. Como ele podia estar envolvido nisso ? Comecei a sentir algo estranho. Estava ao mesmo tempo decepcionada, com raiva, e aliviada por não ser Namjoon.

- "Conversamos quando você voltar. Tô sem cabeça pra isso agora"

- "Entendo. Estamos voltando amanhã, provavelmente só iremos nos falar a noite. Até"

Desligou.

- Moça, chegamos.

Olhei pra frente e percebi que já estava na frente da casa dos meus pais. Agradeci ao motorista e o paguei. Caminhei até a porta, que foi aberta como em um passe de mágica, antes que eu sequer a tocasse. Quem abriu foi Yongnam.

- Annyeonghaseyo - disse ela sorridente e fazendo uma curta reverência.

- Annyeong - entrei e tirei os sapatos.

- Sua omma está a sua espera no novo quarto.

- Ah sim, obrigada Yongnam - sorri.

Subi as escadas até o segundo andar e vi a porta da futura sala de dança aberta. Entrei e logo arregalei os olhos tudo já estava pronto e devidamente arrumando. Os espelhos, as caixas de som, o piso estava brilhando.

- Como isso é possível ? - perguntei.

- Gostou ? Mandei arrumarem tudo. Foi bem rapidinho - ela sorriu - Como foi a conversa com ChungHo filha ?

Não respondi. Estava admirando aquela sala. Estava perfeita. Dançar era uma das coisas que eu realmente amava, era o que me deixava leve, me relaxava, me deixava feliz. Claro, nunca pensei em levar isso profissionalmente. No Brasil não era algo muito vantajoso.

- Jahgi ?

- Sim ? - percebi que estava olhando ao redor igual uma tonta - Ah sim.. A conversa. ChungHo quer que eu seja trainee.

- E você diz isso assim ? - ela correu até mim e me abraçou - Você aceitou né ?

- Sim - ri um pouco - Só.. É difícil de acreditar.

- Seu irmão ficou do mesmo jeito quando passou nas audições - ela sorria - Meus dois filhos, idols. Vou sentir uma dor no coração mas.. Já estou orgulhosa. Temos que contar a ChinHwa.

- Por falar no appa.. Ele já chegou ?

- Ainda não. Ele vai chegar um pouco mais tarde, parece que vai ter uma reunião no escritório.

- Ah sim.. Bom, é isso omma, assinei o contrato e.. Deus ! - bati na testa - Omma, preciso tirar meus documentos novos !

- Sim sim, amanhã faremos isso. Agora, vá tomar um banho, daqui a pouco vou mandar servir o jantar.

- Ok. Adorei a sala omma, obrigada - sorri e fui até meu quarto.

                       NAMJOON ON

Chegando no restaurante do hotel, vimos Yoongi hyung falando no telefone com alguém. Quando fomos nos aproximando pude ouvir o final da conversa.

- Entendo. Estamos voltando amanhã, provavelmente só iremos nos falar a noite. Até.

E ele nos encarou com aquela típica expressão de "foda-se".

- Com quem estava falando hyung ? - perguntei.

- Com sua irmã - ele disse.

- Que ?

- Estou brincando - ele riu - Não interessa pra você.

- "Provavelmente só iremos nos falar a noite" huuuuuuuum - Jin hyung disse - Sinto cheiro de esquema.

Todos rimos. E fomos nos sentando em uma das mesas.

- E se for, algum problema ? - Yoongi hyung disse.

- Imagina - Jimin disse rindo.

Conversamos mais um pouco e vieram nos servir. Comemos, bebemos pouca coisa e logo estávamos todos em nossos devidos quartos. Jungkook dormiu logo e eu fiz a live, enquanto Yoongi hyung estava deitado ouvindo música. Quando deu exatamente 23h da noite, recebi uma ligação. No visor: "YangMi".

- "Jahgi ! Que bom que ligou"

- "Desculpe te ligar tão tarde oppa.. Devia estar dormindo não é ?" - Aaaaah ela era tão fofa.

- "Não se preocupe. Me diga, como foi com ChungHo hyung ? Ele não quis me contar" - revirei os olhos.

- "Então ele ligou ?" - a ouvi suspirar - Você estava certo. Bem.. Ele não me chamou para modelar, e sim para ser trainee" - Tinha algo errado.

- "Por que não parece feliz com isso ? Devia estar radiante Mi.."

- "Aaah Nam.. É que, ainda tô um pouco chocada com tudo isso sabe ? Lembra quando eu disse que estava acontecendo tudo rápido demais ? Então.. - sua voz embargou e percebi que estava prestes a chorar.

- "Mi ? Meu amor não chore. Eu sei que tudo está uma confusão... Eu vou cuidar de você, te ajudar no que precisar meu bem. Escute, estou voltando amanhã e podemos.."

- "É bom você voltar mesmo" - ela me cortou - "Acredita que já estou sentindo sua falta ?" - ela riu baixinho - "Agora vá dormir.. Nos falamos amanhã".

- "Tudo bem.. Até jahgi".

...

Direto do fansing que terminamos de fazer em Daegu, já estávamos a caminho de Seul e mais precisamente, a caminho da Big Hit. O trânsito não estava dos melhores. Assim que chegamos no prédio, cumprimentamos algumas pessoas e fomos até a sala de reuniões. A sala estava cheia de managers e ChungHo assinava alguns papéis.

- Que bom que chegaram - disse ele sem tirar os olhos dos papéis - Sentem-se.

Nos acomodamos.

- Vamos lá. Álbum novo - disse ele.

...

                       NAMJOON OFF

Meu dia foi bem tranquilo. Omma e Appa foram comigo até o cartório onde demos entrada em documentos novos que logo ficariam prontos, por conta da influência que meu pai tinha por causa do seu trabalho. Depois disso, ele foi pro trabalho e a omma foi resolver algumas coisas no centro da cidade. Eu não quis ir junto, resolvi pegar um táxi e voltar pra casa. No caminho, recebi uma mensagem de Jungkook.

Mensagens on

- "Quero falar com você".

Mensagens off

"Idiota", pensei e revirei os olhos. Não respondi a mensagem. Eu não ia falar com ele, até porque... "Ah não, eu vou ter que voltar pro meu apartamento ! Droga !". O pior é que ficava mais perto da escola e da Big Hit. "Aigoooo !" pensava. Ou seja, iria esbarrar em Jungkook a qualquer momento, e ainda havia o problema Yoongi no meio. Que droga ! Será que ainda pode ficar pior ?

Passei em frente a escola que iria estudar, havia algumas meninas em uma rodinha de conversa, o que me fez lembrar que logo faria a tal prova de admissão. O motorista pegou um atalho e rápido chegamos ao condomínio luxuoso. O paguei e entrei em casa. Minha tarde estava sendo entediante, resolvi ir estreiar a sala de dança para relaxar, já que ChungHo e seu contrato não saiam da minha cabeça, eu precisava me animar. Troquei minhas roupas. Estava usando agora um short curto e fino cinza e um top preto. Amarrei meu cabelo em um rabo de cavalo bem firme. Coloquei meu all star e peguei o celular. Quando estava entrando, senti que alguém me observava. Olhei pelo canto do olho e vi Yongnam que tentava se esconder atrás de uma parede.

- Ya ! Yongnam o que está fazendo aí ?

- E-eu nada - ela corou.

- Vem aqui - a chamei.

Ela veio até mim caminhando timidamente.

- Sim ?

- Gosta de dançar ?

- Gosto sim - sorriu.

- Está ocupada ?

- Na verdade eu já estava indo me trocar, não há muito serviço por aqui hoje.

- Vai embora ? Onde você mora ?

- Não - ela riu - Eu moro aqui mesmo, fico no quarto de empregada.

- Jura ? Essa casa é tão grande que eu nem sabia disso. Se é assim, vá se trocar e venha aqui. Vamos dançar - sorri e ela fez que sim com a cabeça e correu.

Enquanto esperava Yongnam comecei a me alongar. Conectei meu celular ao aparelho de som e pus as músicas em aleatório. Eu não gostava muito de girl group, mas adorava algumas músicas e coreografias. Quando começou a tocar "Cheer up" do Twice, comecei a dançar. Yongnam chegou na metade da música, logo correu e começou a dançar junto comigo. Sorri com a cena. Acho que vou ganhar minha primeira amiga. Quando a música acabou "No No No" do Apink começou e mais uma vez, eu e Yongnam sabíamos a coreografia. E assim seguimos pelo resto da tarde.

Quando deu exatamente 18h da noite resolvemos parar.

- Você dança muito Yongnam ! Devia fazer uma audição em alguma empresa - disse eu bebendo água e dando uma garrafinha do líquido a ela.

- Minha omma diz a mesma coisa - ela estava ofegante - Eu já fiz algumas para SM e YG. Mas não fui chamada de volta, mês que vem vou tentar a JYP e Starship.

- Você vai conseguir - disse eu também ofegante.

- Tomara - ela se sentou no chão e eu fiz o mesmo - É meu sonho.

- Yongnam por que trabalha aqui ?

- Preciso de dinheiro. Não que eu passe fome ou tenha uma vida difícil, nada disso - sorriu - Como logo vou terminar a escola, quero seguir esse meu sonho. Por isso resolvi sair de casa, tenho o apoio dos meus pais em tudo, eles entendem que quero me virar sozinha - bebeu mais um pouco de água - Com o dinheiro consigo me manter, sua omma foi muito boa ao me deixar morar aqui.

- Sua força de vontade é uma coisa maravilhosa de se ver e ouvir. Sabe, onde você estuda ?

- Sabe a escola que você irá estudar ? É lá.

- Tá brincando ? Isso é ótimo ! Pelo menos agora sei que não vou ficar sozinha lá. Quem sabe até ficamos na mesma sala.

- É - ela sorriu - Seria incrível.

- Vamos dançar mais uma ?

- Agora ! Que tal boy group ?

- Pode ser.. Deixa eu ver um aqui - comecei a procurar nas minhas músicas - Que tal... Shinee ? Pode ser Exo também, ou Super Junior - ela riu.

- Então você é uma SM stan ? - concordei com a cabeça - É, eu também.

- Vamos nos dar muito bem - ri.

- Põe "Ring Ding Dong" do Shinee, aprendi a coreografia toda a pouco tempo.

- Jura ? Ok.

Na metade da música, as duas começaram a errar algumas coisas, rimos muito mas não paramos de dançar. Quando a música acabou ouvi gritos e batidas na porta e vou até a mesma. Ao abrir vejo 3 figuras na minha frente. Namjoon, Jungkook e Yoongi. Encaro os três, "ai meu Deus". Olhei pra trás e vi que Yongnam estava paralisada e logo virou de costas com vergonha, ela estava com uma calça moletom e um top.

- O que fazem aqui ?

- Annyeong pra você também - Yoongi disse seco.

Jungkook apenas encarava meu corpo e não falava nada. Estalei os dedos em frente ao seu rosto. Ele deu um pulo.

- hum ? - ele disse.

Percebi que Namjoon olhava fixamente para a sala.

- Ei seu idiota !

- Mas o que..

- Vão pra sala ! Depois eu desço !

Fechei a porta na cara de ambos. E olhei para Yongnam.

- Eu vou voltar pro meu quarto.

- Tudo bem, eu vou falar com aqueles três - revirei os olhos - Meu irmão é muito bonito não é ?

- O que ? - ela corou - E-eu vou tomar banho. Até outra hora.

Ri com aquilo e ela corou mais ainda. Ela saiu e eu fui atrás, entrei no meu quarto e fui tomar um banho rápido. Me troquei e quando estava saindo do banheiro, vi Jungkook sentado na cama. Revirei os olhos e bufei.

- O que quer me dizer hein ? Quero uma boa explicação para aquelas mensagens do outro dia e de hoje seu idiota.

Ele caminhou em minha direção e ficou parado em minha frente.

- Eu mudei. Não tenho mais 15 anos, eu não presto. Mas quero você agora.

Pude sentir a respiração dele. Aquele olhar penetrante que fazia meu coração acelerar estava sobre mim outra vez. Estar perto de Jungkook era sentir meu corpo esquentar ao ponto de eu pensar estar entrando em combustão. Ele era como um problema matemático que eu não conseguia resolver, um passo de dança complicado.

Enquanto pensava nisso, senti suas mãos em minha cintura.

- Desculpa - o ouvi sussurrar - Desculpa por machucar o seu rosto.

Nossos rostos estavam tão perto um do outro que as nossas respirações se misturavam.

- M-meu irmão ! - me afastei e corri até a sala. Desci as escadas gritando: "Namjoon ! Que saudades !"


Notas Finais


AHEUAHEUAHEUAEJ' se não tem drama não sou eu :v

Comentem !

Obrigada por ler :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...