História Irmã perdida - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Bangtan Boys, Bts, Jeon Jungkook, Jungkook, Namjoon, Rap Monster
Exibições 120
Palavras 1.542
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E aí gente ?

Aproveitem esse cap. um pouco curto ❤

Boa leitura ❤

Capítulo 29 - Braço direito


Fanfic / Fanfiction Irmã perdida - Capítulo 29 - Braço direito

- Não - ele sorriu - Eu apenas concordei com tudo.

- Como assim ? Não foi você ? Então..

Ele se levantou e foi até a cozinha, onde pegou um copo e abriu a geladeira para pegar água. Bebeu e voltou até mim.

- Quer me contar ou vou ter que te obrigar ? - disse eu. Ele apenas sorriu de canto.

- Como entrei nesses negócios eu conto a você depois. O que importa agora é que vou te dizer e ensinar o que deve saber. Como deve imaginar os "negócios paralelos" como o hyung gosta de chamar, são grandes e afetam muitas pessoas. Até os membros já foram usados nisso, claro, não sabem de nada.

- Não sei como consegue ser tão frio. Odeio isso tudo, não acredito que vou ter que trabalhar pra um cafetão. E você, vai ter que me contar o porque de ter aceitado trabalhar pra ele.

- Paciência. ChungHo hyung já deve ter dito a você que ficará na parte da gerência - mudou de assunto - Atualmente temos 5 espaços para gerenciar, além de selecionar todo mês babys novos e cuidar dos que já temos.

- 5 espaços ? O que seriam esses 5 espaços ? Bordéis ? E ainda... Selecionar babys todo mês ?

- Sim. São espaços grandes, divididos em 2 partes. Na parte da frente é um bar, na parte de trás... - ele sorriu - É onde as pessoas realmente se divertem. E lidamos com pessoas ricas YangMi e com isso, trabalhamos com babys, sejam eles homens ou mulheres que acabam sendo ou alugados ou comprados.

- O que ? - bufei - Comprados ? Estamos falando de pessoas !

- Eu sei, não gosto disso tanto quanto você. Mas são contratos, o que posso fazer ? E isso por incrível que pareça é muito comum. Você ficaria suspresa, pessoas do alto escalão compram babys conosco.

- Aonde é que fui me meter ? Quero fugir ! - disse eu em português.

- O que ? - Yoongi perguntou - Esquece. Normalmente eu cuido da gerência, mas vou estar ocupado com um álbum novo, e você vai fazer todo o meu trabalho, que no caso é, fazer as contas toda a semana das 5 casas que temos. Todos os dias, pessoas desesperadas e sem dinheiro batem nas nossas portas, você irá selecionar os que valem a pena e também irá verificar todos os contratos de babys, caso sejam devolvidos etc. Além das reuniões.. Aí eu vou te acompanhar - Quando ele acabou, eu suspirei.

- Certo. Já que não tenho escolha mesmo.

- Não faça essa cara. Com o tempo você acostuma - disse ele simplista.

- É só isso ?

- Por enquanto sim. Vou te levar pra conhecer os lugares outro dia, aí sim você vai começar a pegar o jeito.

- Quero saber como vou fazer tudo isso... Eu vou começar a estudar pela manhã.

- Quanto a isso, você ainda vai estar como trainee, sua rotina vai ser leve enquanto estiver estudando. Já acertei tudo com ChungHo. Você irá praticar pela parte da tarde e pela noite fará as contas. Quando for selecionar babys que no caso é uma vez no mês, vai ser liberada.

- Parece que já está tudo certo não é mesmo ? - o encarei.

- Sim - disse ele sem desviar o olhar - Ah ! E você precisa saber que não é só a Big Hit que tem um CEO cafetão.

- O que ? Está querendo dizer que..

- Sim.. - Yoongi me cortou - Empresas grandes também tem cafetões como presidentes. Algumas são até nossas parceiras.

- Parceiras ? É pior do que eu pensava.

- É como eu disse, o negócio é grande e atinge muitas pessoas. Se você está com raiva e chocada por eu fazer parte disso, espere só até descobrir quem te indicou pra isso..

- Vai fazer mesmo esse suspense todo ? De quem está falando ? - comecei a me aproximar para pressionar aquele branquelo a falar.

- Não faz a menor idéia mesmo ? Soube até que já jantaram juntos - ele sorriu debochado.

- Está falando dos meninos do.. Não ! Para !

- Estou falando de um deles especificamente.

- Chega Yoongi !

- Daquele que você mais gosta.

- Eu já entendi ! - gritei.

  

"Não é possível que ele tenha feito isso comigo, não, não" pensei.

- Ai ai - Yoongi se espreguiçou no sofá - Pois é.. Bem, vou indo. Pela manhã nos falamos - ele veio até mim e me beijou na cabeça, saindo do apartamento em seguida.

Isso era absurdo ! O que eu estava fazendo ? Estava conhecendo um lado obscuro que eu não queria. Por mim eu continuaria cega pra sempre. Continuei sentada ali no sofá, encarando o vazio e pensando em tudo o que Yoongi acabara de dizer. Precisava dormir mas quem disse que eu ia conseguir ? Olhei o celular, ainda era 1h da manhã.

Tentei me distrair com alguma coisa, mas tudo estava tão "argh" que eu não conseguia fazer nada, nem dançar, nem comer, nem simplesmente ficar deitada e assistir alguma coisa na televisão. Chegou a um ponto de eu ficar andando pelo apartamento todo. Até que resolvi sair dali. Acabei descendo do jeito que estava e parei quando cheguei na entrada do prédio. Escuro. Apenas os grilos se faziam presentes.

- O que eu tô pensando ? Vai simplesmente andar sem rumo por um país ainda desconhecido sua tonta ? - falei comigo mesma e suspirei.

Eu ia entrar, até que vi uma figura se aproximar de mim.

                       JUNGKOOK ON

Eu não queria ficar em casa. Por isso resolvi sair sem ninguém saber e voltar do mesmo jeito. Tudo estava indo muito bem, até eu ver YangMi na frente do prédio, ela falava algo. "Ela ficou louca ?" pensei. Até que ela me viu e ficou me esperando.

- O que faz aqui fora sozinha ? - perguntei.

- O que faz você na rua uma hora dessas ? - ela rebateu.

- Eu perguntei primeiro.

- E eu digo que não importa, vai subir ? - me encarou.

- Talvez, quem sabe.

- Ótimo, enquanto pensa fique aí sozinho, eu vou entrar - e ela foi mesmo. Se eu não corresse, perderia o elevador.

Entrei e diferente do que eu esperava ela não apertou nenhum dos botões, dei de ombros e eu mesmo faria isso, mas então ela segurou minha mão, me impedindo.

- Jungkook... - ela disse - Está cansado ?

- Por que ? - Perguntei. Ela pareceu hesitar.

- Esqueça - disse por fim e apertou um dos botões.

As portas fecharam e o elevador subiu. Chegando no andar do dormitório, saí e fui em direção aos apartamentos, até que olhei pra trás e me dei conta de que ela não estava ali comigo.

JUNGKOOK OFF

Eu tava tão fora do ar que quase chamo Jungkook pra sair. É, eu tava mesmo desnorteada. Esperei ele sair do elevador e resolvi ir pro terraço. Quando cheguei, vi uma escada e resolvi subir, abri a porta e fui até o parapeito. As luzes dos prédios de Seul coloriam aquela madrugada escura. Fechei os olhos e apenas respirei fundo. Percebi que havia trazido o celular comigo, resolvi mandar uma mensagem.

Mensagens on

"Preciso falar com você. Espero que não esteja tão ocupado".

Mensagens off

- O que veio fazer aqui sozinha ?

- Ainda não foi dormir garoto ? - não encarei - Isso é perseguição sabia ?

- Muito engraçadinha. Não vou antes de fazer uma coisa.

- Vá em frente.

Me virei e o encarei. Ele simplesmente veio até mim e me beijou carinhosamente. Eu não devia ter deixado, mas eu queria aquilo. Ele segurou minha cintura e pressionou nossos corpos. Quando a falta de ar nos atingiu, senti meus lábios ficarem dormentes, mas Jungkook não queria parar e começou a selar nossos lábios. Quando nos beijamos outra vez, suas mãos percorreram minhas costas e foram até minha nuca. Coloquei os braços ao redor do seu pescoço, o que o fez se curvar um pouco. Até que ele encerrou o beijo, mordendo meu lábio inferior.

- Mi.. - me chamou pelo apelido - Vamos sair ?

- O que ?

- Sair.. Sei lá, dar uma volta ?

- Agora ?

- Por que não ? - me olhou desafiador.

- Não sei Jungkook...

- Vamos... Podemos ir em uma boate até, beber algumas coisas.

- Apesar de não gostar muito de boates.. Tá, eu aceito, só vou colocar um sapato.

- Tá.

E descemos. Enquanto procurava minha sapatilha, pensava nessa ligação que tinha com Jungkook, era confusa mas ao mesmo tempo muito intensa. Me olhei no espelho e resolvi trocar de blusa, e enquanto procurava outra, a preguiça começou a me atingir, nesse momento Jungkook entrou no quarto.

- Podemos ir de car.. - ele não terminou e apenas fixou o olhar em mim.

- Não sei se ainda quero ir, acho que vou dormir - disse eu - O que está olhando ?

- Ótimo.. - disse ele mordendo os lábios - Acho que podemos ficar por aqui mesmo.


Notas Finais


O que acham desse Min Yoongi ?

Será que dessa vez Jungkook e YangMi se entendem ?

E então ? Comentem !

Até o próximo capítulo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...