História Irmão do Itachi - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Colegial, Itachi, Sakura, Sasuke
Exibições 446
Palavras 2.625
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OLHA QUEM TA VIVA \o/

.
Eu não sei dizer se gostei desse capitulo. Mas se puderem e quiserem me digam se gostaram.
Ele não foi betado. Eu revisei, mas se encontrarem erros me avisem.

Capítulo 5 - Capítulo 5


TenTen falava alguma coisa sem parar, enquanto Sasori e Deidara respondiam e questionavam o que quer que fosse. Não interessava.

Itachi se concentrava em mascar seu chiclete e responder cumprimentos de um ou outro que passava por eles, ou dar breves sorrisos para alguma gata mais ousada que piscava para ele, mesmo que não estivesse muito afim. Oras, havia uma reputação a zelar.

Mas o fato é que sua cabeça martelava incansavelmente sobre um assunto que já deveria ter sido sanado: a novata.

Já haviam se passado mais de uma semana e ela ainda não estava nos braços dele. 

E o que é pior, sequer demonstrou desejo em estar.

Houveram momentos em que ele sentiu que estava no caminho certo. 

Quando ela lanchou com ele na cantina e eles conversaram mais sobre as peculiaridades e alguns segredos do pessoal da escola - Itachi sabia todos, claro - ou quando ela aceitou ir a um treino do time e ficou bastante empolgada em assisti-lo. Ele jurou que ela estava encantada com seu peitoral e bíceps definidos quando ele fez questão de exibir para ela.

Ele se lembra de ter visto ela boquiaberta e depois olhar para ele encantada.

"Mamãe troque os lençóis que hoje eu vou usar até rasgar", ele pensou sorrindo.

Se aproximou dela pronto para dar o xeque-mate, que era um processo simples: soltar os cabelos, colocar o elástico na boca, alisa-los em um rabo de cavalo enquanto fazia os músculos ficarem ressaltados e então prender os fios negros em um coque. Tudo isso olhando nos olhos da presa.

Não havia uma calcinha que resistisse.

Mas, a novata resistiu.

Enquanto ele dava o xeque-mate ela só deu um tchauzinho para ele e voltou os olhos ao seu celular, antes de lhe dar a devida atenção.

Ele não acreditava que ela preferira olhar para um celular do que para o belo ritual de mexer em seu cabelo preto sedoso.

E quando ela se aproximou, começou a falar do momento em que ele a deixou sem fôlego e de boca aberta.

Ela estava encantada com o arremesso perfeito de três pontos.

Qual o problema dessa garota ?!

- Vamos comer alguma coisa? - ela perguntou.

- Claro. Eu conheço um lugar ótimo. - se animou de novo depois do banho de água fria.

- Eu já mandei convite para o Sasuke, só me fala o nome para eu avisar a ele ir encontrar a gente lá.

Sasuke.

O pior de tudo, era isso.

Ele perdoaria a falta de atenção dela, cogitou até miopia, já que ela comentou na cantina que era uma pena ser hétero, com a quantidade de belas garotas nessa escola.

Mas o pior de tudo era essa insistência em convidar seu irmão para tudo.

Isso o irritava absurdamente. 

E mesmo que Sasuke não tivesse feito muito progresso, assim como suas fontes o informaram, ele sentia seu ego socar seu estômago.

Já era ruim ele estar no zero avanço, mas Sasuke estar no mesmo patamar enquanto deveria estar afundado em porcentagem negativa o irritava demais.

E como que para ilustrar o que ele estava pensando, viu Sakura sair para o pátio da escola com Sasuke em sua cola.

Os dois carregavam livros. Provavelmente estudando de novo como vinham fazendo em horários vagos.

Sakura disse que precisava estudar o que poderia ter perdido por ser de outra escola, e alcançar logo a turma, além de passar o que ela aprendeu a mais para o seu irmão, aquele...

- TenTen, como é o nome daquele inseto comedor de livros? - interrompeu o assunto, que não importava, dos que estavam a sua volta atraindo olhares de todos.

- Er... traça, Itachi-kun. - respondeu incerta - mas por que...

Itachi não se preocupou em responder e levantou-se caminhando na direção de Sakura e seu irmão sem se importar em atender ao chamado de alguns companheiros do time pelo caminho desta vez.

- Bom dia, minha flor! - cumprimentou galante.

- Ah, oi! Bom dia, Itachi! - Sakura respondeu abrindo um enorme sorriso e lhe mostrando mais uma vez as covinhas que ele não conseguia esquecer. Retribuiu o sorriso por alguns instantes até direcionar sua atenção para o irmão que estava logo atrás.

- Olá, Itachi. - Sasuke disse.

- Traça. – cumprimentou baixinho sorrindo.

- O quê? 

- E aí, Sakura. Estudando de novo, pelo visto. - desconversou.

- Ah sim, já te expliquei, eu preciso ver se perdi alguma coisa e nivelar com a turma.

- É, eu sei. Mas, também imagino - colocou uma das mãos no ombro dela - que você deve estar bem cansada, não é? - olhou em seus olhos. Apesar de estar aproveitando da oportunidade, ele realmente via traços de cansaço naquele rosto tão bonito.

- Não vou mentir, é interessante o que estou aprendendo e a companhia de Sasuke é ótima - viu de soslaio o irmão encher o peito - mas confesso que estou um pouco saturada.

- Então se dê uma folga. Vamos ao treino de novo. Eu sei que curtiu. - sorriu para ela.

- Não sei... - Sakura ponderou indecisa.

- Vai lá, você é uma boa aluna pelo que já disse, e eu posso te ensinar mais truques com os professores - cochichou e Sakura riu - vamos, dê um tempo para sua mente. - disse com firmeza mas sem abandonar os sorriso.

- Eu queria, Itachi, mas...

- Sem “mas”.

Passou o braço por seus ombros os envolvendo e começou a puxa-la.

- M-mas nós temos que levar os livros, Sakura. - Sasuke disse atrás deles.

E Itachi viu Sakura murchar e olhou feio para o irmão.

- Não se preocupe, Sakura. O meu irmão, cavalheiro como ele é, vai levar os livros para você. - tirou os livros dos braços da moça e os colocou com demasiada força sobre os livros que Sasuke já carregava - não é, irmãozinho.

Olhou bem para ele, e viu Sasuke tentar manter o olhar. Isso costumava intimidá-lo, mas agora ele via um tipo de ferocidade bem no fundo dos olhos dele.

Ainda era ínfima.

Mas, Sasuke estava se achando demais. Ele realmente precisaria colocá-lo em seu lugar.

- Você faria isso, Sasuke? - Sakura perguntou alheia a briga de olhos entre os irmãos com a voz esperançosa.

O que quebrou Sasuke completamente. 

Para dizer a verdade, se fosse com ele, não saberia dizer se também resistiria a um pedido daquela garota. Algo em sua voz, em seu jeito, e principalmente nas covinhas de sua bochecha também o dominariam.

Era meio assustadora a sensação, mas deu graças aos céus por não ser com ele.

Viu o irmão derreter pateticamente e responder.

- Claro. E-eu faço isso por você. - sorriu e ela foi até ele dando um abraço rápido.

Comprimiu os olhos vendo o irmão puxar o ar profundamente, provavelmente aspirando o cheiro dela antes que se afastasse.

- Obrigada, Sasuke. Você é demais.

Ele sorriu encabulado. 

- Vamos. - Itachi cortou a interação deles. Estava cansado de ver Sakura tão íntima com seu irmão.

Passou o braço pelos ombros firmes e ao mesmo tempo delicados de novo e fez com que ela se virasse e se afastasse de Sasuke que ficou parado olhando para eles.

Enquanto caminhavam, Itachi olhou para trás sem que Sakura notasse, e com o queixo apontou para a pilha de livros que Sasuke segurava, e com as mãos simulou segurar algo no ar que era roído por seus dentes. 

- "Traça". - balbuciou claramente para que Sasuke lesse seus lábios.

E a julgar pelo inflar de bochechas e a cara de revolta do mais novo, ele havia entendido.

Sorriu vitorioso.

- Segure esses livros direito,... irmão do Itachi! – Itachi viu Tsunade aparecer e brigar depois de Sasuke deixar alguns dos livros caírem, enquanto ele ainda ria do chilique do irmão.

Ele fez questão de acompanhar Sakura por todo o caminho até a primeira fileira da arquibancada dando a ela uma boa visão da quadra de treinos antes de ir se trocar. Ela já tinha dito a ele que jogava alguma coisa em sua antiga escola, que ele nem se recorda o que era. Só gravou que ela fez testes para o time de basquete na antiga escola, mas deram preferência para a garota 3 centímetros mais alta que ela.

Sakura adorava esportes, e apesar disto atrapalhar sua arte de conquista, já que ela preferia analisar cestas de 3 pontos a admirar o corpo dele, ele gostava disso nela.

Às vezes, se pegavam falando de times e jogos da NBA e até esquecia de agir como o galã caçador que era.

Queria ela sempre por perto, e para isso precisava afasta-la de Sasuke.

Quando voltou, viu ela olhando a tela do celular. Estaria falando com ele de novo? Inferno!

Bufou passando as mãos pelos cabelos presos agora em um coque, o que fez com que um dos fios caísse sobre seu rosto.

Olhou para o lado tentando clarear os pensamentos, e viu Hinata passando com a sacola de pompons. Provavelmente estava pegando o material para o treino das líderes de torcida na outra quadra. E então sua mente se iluminou.

- Hinata! – gritou.

A morena de longos cabelos negros e lisos parou e olhou para ele. Deu um breve sorriso e um aceno, provavelmente não pretendia falar muito com ele.

Itachi já havia levado ela para a cama no ano passado. Soube por Sasuke, que veio tirar satisfações com ele sobre a “nova amiga”, que ela tinha se apaixonado por ele. Fazia sentido, já que ele foi a primeira vez dela.

O sexo era bom, mas ele não queria se amarrar. Durou pouco mais de duas semanas, mas seu irmão veio dizer que a menina não parava de chorar, e ele acabou conversando com ela e pedindo desculpas, sem ninguém ver,  principalmente seu irmão, claro.

Mas, sabe que ela superou, por que logo depois engatou um namoro com aquele otário, que ele nem queria mencionar.

O fato é que agora, não eram os melhores amigos, mas ela falava com ele numa boa. O suficiente para que ele a chamasse para uma situação como essa.

- Olá, Hinata. Como vai o treino?

- Bem. – ela puxou o ar – você precisa de alguma coisa, Itachi?

- Não, nada. – levantou as mãos e os ombros sorrindo – Ah! Você já conhece a novata?

Hinata virou os olhos claríssimos na direção da menina de cabelos rosa sentada na arquibancada.

- Ah. Sakura, não é?

- Já conhece ela? – ele perguntou.

- Ouvi falar. – Hinata sorriu voltando os olhos para ele – ela sabe chamar a atenção, mesmo que não queira.

Itachi levantou uma das sobrancelhas, mas não poderia perder a oportunidade que conseguiu.

- Vem, deixa eu te apresentar ela. Sakura é bem legal – Hinata olhou para a porta de saída, provavelmente pensando em seu treino, reação que Itachi não deixou de notar – vem, vamos lá. Todos já foram novatos um dia, e precisavam conhecer pessoas e se enturmar.

Hinata olhou de novo para a garota sorrindo para seu celular. Não parecia estar sofrendo deslocada, Sakura parecia bem confiante e segura. Mas também se lembrava de como queria amigos quando veio para esta escola, e mesmo que não parecesse, ela não poderia deixar de dizer algo.

Soltou os ombros e caminhou junto com Itachi até a menina novata.

- Sakura! – Itachi chamou, e ela ergueu os olhos já abrindo um sorriso e guardando o telefone. – quero que conheça Hyuuga Hinata.

- Ah, oi Hinata. – pegou em sua mão e sorriu – muito prazer, meu nome é Haruno Sakura.

- Muito prazer, Sakura. Seja bem-vinda a nossa escola. Está gostando?

- Ah, sim, estou adorando. A escola é ótima, a estrutura, professores, ... estou muito satisfeita.

- Que bom que esteja gostando. – Hinata respondeu com um sorriso gentil.

- Eu só preciso encontrar alguma atividade extra. Não sei ficar parada. – Sakura colocou as mãos na cabeça e Hinata riu.

Itachi observava as duas, e achava engraçado o jeito fácil e fluido que Sakura tinha de falar e cativar. Ela mal disse duas frases e ele já via Hinata à vontade com ela.

- Hinata – ele chamou – aquela moça... como é mesmo o nome? Rin, se formou e saiu da equipe das líderes de torcida, não foi?

Hinata comprimiu os olhos. Sabia que Itachi sabia muito bem quem era Rin. Ela se atrasava para os treinos as vezes, por que vivia fazendo oral nele no banheiro.

- Sim, Itachi. – respondeu seca.

- Por que a Sakura não entra no lugar dela no time das líderes?

Hinata cruzou os braços e não escondeu a expressão de repreensão em seu rosto para ele. Ela entendia agora por que ele a chamou.

Itachi só torcia para que Sakura não notasse o olhar de Hinata.

- Olha, não sei... – Sakura disse.

- Que isso, Sakura. Seria ótimo ter você. – Hinata desfez a carranca e segurou no braço da outra e sorriu para ela. Não parecia mentir que realmente era uma boa ideia – Vamos lá, você não parece ser desengonçada e deve saber dançar. Faça o teste! – disse esperançosa.

- Obrigada, Hinata. Modéstia a parte eu até danço bem, mas eu sou mais, digamos, esportiva. – deu de ombros.

- Tem certeza? – Hinata insistiu.

- Bem, eu não vou descartar. Se eu não encontrar nada, eu vou entrar sim, ok. – Sakura sorriu piscando para ela.

- Vou torcer para que consiga. Eu acho que você...

- Hinata!

As duas se viraram na direção do grito que vinha do outro lado da quadra, enquanto Itachi virou o rosto preguiçosamente. Era Ino, a capitã das líderes de Torcida.

Itachi respirou fundo, enquanto Hinata soltava o ar.

- Você está esperando os pompons serem feitos para ir ao treino? – sibilou a belíssima loira de olhos azuis com as mãos na cintura.

- Não, Ino. Eu só estava conversando com a Sakura, depois que Itachi me chamou.

A loira olhou para Itachi e se empertigou piscando algumas vezes e estufando os seios.

- Oi, Itachi. – disse com a voz doce bem diferente de segundos atrás.

- Oi. – ele respondeu.

- Você está bem? – caminhou para perto dele – faz tempo que não nos falamos.

- Andei ocupado, sabe como é. – Itachi respondia seco. Não queria muito papo com ela depois de tudo.

- Ino, esta é a Sakura, talvez ela faça o teste para a vaga da Rin. – Hinata interrompeu.

Ino parou de se aproximar de Itachi e direcionou seus olhos para Sakura. Itachi tentava esconder seu desconforto e torcia muito para que Ino se afastasse logo.

- Então é essa aí. – disse levando as mãos a cintura de novo.

- Desculpa, essa aí o quê? – respondeu Sakura sorrindo.

Ino estalou a língua. – Nada, querida. Eu só espero que não seja um doce virgem – olhou para Hinata que Itachi viu fuzilar Ino com os olhos – ou que escolha o errado. – abriu os braços levantando os ombros e se virou. – Boa sorte, novata. Vem Hinata!

Hinata olhou para Sakura dando um sorriso pequeno e Sakura levantou a mão despedindo.

- Eu não entendi nada do que essa garota falou. – disse ela – e nem faço questão de entender.

Itachi riu do dar de ombros e o jeito inatingível de ser dessa garota.

Realmente bem diferente de Ino.

Pelo menos ele havia conseguido apresentar Sakura a uma possível nova amiga e abrir caminho para ela conhecer novas pessoas, afastá-la de Sasuke e então...

Sakura começou a rir muito interrompendo seus planos.

- Olha isso! Gifs de animais com bracinhos! – ela puxava o fôlego rindo – o Sasuke que mandou.

MAS QUE PORRA! VAI SE FUDER! CARALHO!

Aproximou-se dela que mostrava o celular um papagaio com bracinhos desenhados e ele deu seu sorriso menos falso – Ahahaha que engraçado.

Ele vai ver quem vai precisar de bracinhos.

.

.

.

.

.


Notas Finais


Eu sei que demorei, e peço desculpas. Mas aconteceram tantas coisas... Mas basicamente foi eu não ter passado quase nenhum dia de setembro em casa, e esse mês coisas inesperadas me fizeram viajar muito de novo.
Mas aqui estou \o/

Sobre a fic
Aisjiasijasjiasij eu sei que algumas de vocês podem achar exagero Itachi pegando todas, mas não é tão fora da realidade. Na minha escola, quando fiz Médio, tinha sim um garoto que ficava com todas, e até mesmo depois de sair da escola XD
E bom, não acho que Itachi não faria sucesso né.
XD
E gente, eu sou o tipo de pessoa retardada que se acaba de rir de gifs com bracinhos. Desculpa XD
Papagaio com bracinhos é um amor http://i.imgur.com/hEfNrX8.gif

Leitoras de Além do Tempo, não me matem. Inverti a ordem de atualização desta vez, mas não esqueci a fic. Estou me preparando emocionalmente para escrever esse próximo capitulo.

Enfim
Estou lendo todos os reviews de vocês, e tentarei responder em breve. Desculpem a demora, mas saibam que estão no meu coração e me ajudam muito S2
Beijinhos no coração de vocês

Até a próxima
;**


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...