História Irmãos de coração! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hunter x Hunter
Personagens Personagens Originais
Visualizações 162
Palavras 879
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Incesto, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura
Nesse universo, a personagem tem 5 anos

Capítulo 1 - Onde estou?


Fanfic / Fanfiction Irmãos de coração! - Capítulo 1 - Onde estou?

(Antes de perde a memória)

Estava passeando pela floresta, coisa que eu não podia fazer sozinha, meu irmão, Illumi, estava fazendo uma missão, mas, não muito longe de onde eu estava, logo, avistei uma pequena luz, fui me aproximando da luz, mas, quando cheguei, era só um vidro, eu ia voltar, mas, acabo escorregando no musgo e caiu do penhasco, quando caiu na água, bato minha cabeça em uma pedra, que me faz ficar inconsciente...

Acordei em uma praia, sei lá, não me lembro de nada, minha cabeça tá sagrando, bem, pelo menos não tá doendo, comecei a andar pela praia, não demorou para ver um cidade, corri até lá...era um lugar bem bonito, precisava saber onde eu estava, fui até um carinha que vendia frutas e perguntei:

Kill: moço, que lugar esse? - digo nas pontas dos pés porque não alcançava o balcão

Vendedor de frutas: está na "ilha da baleia" - ele diz em um tom amigável

Kill: "ilha da baleia? - paro de ficar nas pontas dos pés - obrigada - me vou

Vendedor de frutas: não a de que - ele volta ao seu posto

Kill: e agora? - me sento em um telhado - tenho 2 problemas...1 - não sei quem é minha família e a localização da minha casa, se eu tiver uma e 2 - não sei como sair daqui...- fico pensando nisso, até que uma voz me chamou atenção

???: hey, como subiu aí? - um garoto de cabelo espetado com um verde nas pontas fala

Kill: ah...- me levanto - não sei - pulo do telhado - quem é você? 

???: eu me chamo Gon! - ele diz com um grande sorriso no rosto - e você? 

Kill: eu me chamo...- por alguma razão, comecei a ficar nervosa - Kill...- sussurro

Gon: Kill? - ele coça a cabeça um pouco - é um nome decorativo

Kill: é...É, isso mesmo, o seu também é decorativo - dou um sorriso leve

Gon: pensava que eu era a única criança daqui - ele coloca as mãos na cintura - vamos brincar? 

Kill: claro...- coloco as mãos atrás da cintura

Gon: que tal...- ele olha pra cima por alguns segundos - pega-pega? 

Kill: não é uma má idéia - começamos a brincar

Ficamos fazendo várias brincadeiras até tarde, logo, uma mulher ruiva chega e diz:

???: Gon, tá na hora...- ela me ver - quem é essa?

Gon: ela se chama Kill! - ele coloca o braço envolta do meu pescoço - Kill, ela é a tia Mito!

Tia Mito: muito prazer - ela sorri - Gon, já está na hora, é melhor sua amiga ir também

Kill: é...- fico sem cor

Gon: o que foi? - ele olha pra mim - não sabe o caminho de casa? 

Kill: é que eu não em lembro de nada da minha família - olho pro lado

Tia Mito: eh? - ela se agacha - você perdeu a memória? 

Kill: sim, a única que coisa que me lembro é que eu cai - fico meio pálida não sei porque

Gon: então, porque não fica com a gente? - ele diz em um tom alegre

Tia Mito: isso mesmo! - ela pega minha mão e começa a me levar - você sabe seu sobrenome pelo menos? 

Kill: não, só meu primeiro nome - digo sem expressão

Gon: um dia você saberá! - ele corre até uma casa lá

Tia Mito: você vai conhecer uma outra pessoa lá em casa - ela olha pra mim e sorri, que me faz fazer o mesmo

Ao chegar lá, a casa era bem simples e bonita, amei no momento em que entrei, tinha uma senhora lá, Mito-san me leva até ela:

Tia Mito: Kill, essa é minha mãe - ela me apresentar

Kill: prazer! - fico com as mãos atrás da costa

Avó: muito prazer, você veio para dormi aqui? - ela diz em um que me deixava feliz

Gon: na verdade, mora aqui - ela senta na mesa

Avó: então, seja bem-vinda a família! - ela bagunça meu cabelo

Tia Mito: agora, banho, os dois! - ela vai para o fogão

Gon: Tia Mito, não pode ser...- ela faz uma cara que nos dá medo - vamos Kill 

Kill: já vou! - vamos para a banheiro

Avó: que gracinha, no começo, tomar banho junto não é vergonhoso, mas quando cresce, hehe - ela sorri

Tia Mito: por enquanto - ela começa a cozinha

Gon: isso é vida...- lava o cabelo

Kill: a Mito-san dá medo - esfrego meu cabelo

Gon: ela é assim, mas, tirando isso, ela é muito legal e amorosa! - ele joga água em mim

Kill: é só isso? - faço o mesmo e assim, começamos a jogar água um no outro

Gon: pronto - saímos do banheiro 

Kill: limpos! - jogo a tolha em sua cara e ele faz o mesmo

Tia Mito: o jantar está pronto! - ela bota a comida na mesa e nós sentamos

Kill: (hmmm...)...- olho pra eles e vi que eles estavam de olhos fechados com as mãos juntas - (estão se preparando para bater na comida?) Huh? 

Gon: vamos comer! - começamos a comer e a comida está ótima

Tia Mito: eita, parece que nunca comeu em sua vida - ela me olha impressionada

Kill: desculpe - desacelero um pouco

Após comer, eu e o Gon escovamos os dentes e fomos pro quarto, ele dividiu a cama comigo:

Gon: boa noite Kill! - ele sorri

Kill: boa noite Gon! - faço o mesmo

Após isso, dormimos....

(Fim do CAP)


Notas Finais


Lalala


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...