História Irmãos de coração! - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hunter x Hunter
Personagens Personagens Originais
Visualizações 44
Palavras 1.071
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Incesto, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 4 - Finalmente!


Fomos voando até a cidade Zaban, o navegador começou a nos levar para o local do exame Hunter, tinha várias lojas, cada uma chamava minha atenção, tudo era lindo, eu e o Gon íamos de loja em loja, logo, Leorio nos chama:

Leorio: vocês vão vim? - ele se vira

Gon e Kill: estamos indo! - vamos até lá

O navegador nos leva até o local indicado, tinha um prédio gigante na nossa frente, tinha de ser esse, mas, não era, era um restaurante, quando entramos, tinha cara lá, ele era o chefe de cozinha:

Chefe de cozinha: o que querem? - ele nos olha

Navegador: um prato de filé de encher os olhos - ele diz em um tom alegre - para 3

Chefe de cozinha: para três...- ele olha fixamente pra nós - preparados como?

Navegador: grelhados em fogo branco, até ficarem cozidos - ele diz levantado o dedo

Chefe de cozinha: tudo bem, pode ir até a porta dos fundos - ele fecha os olhos

Vamos até o local, ao chegar, no tinha nós:

Leorio: cadê os outros? - ele olha ao redor

Navegador: esperem aqui - ele diz encostando na porta

Leorio: espera?! - ele o olha 

Gon: não vamos esperar pelo filé? - ele diz olhando para o cara

Kurapika: Gon, isso foi a senha para entrarmos - ele vem logo em frente

Gon: estão, isso significa que não vamos comer...- ele olha pra cima

Kill: que pena...- faço o mesmo

Navegar: um a cada dez milhões - viramos para ele

Gon: como? - fica um pouco surpreso

Navegar: um a cada dez milhões conseguem vir até aqui, para novatos, são habilidosos - ele pega a maçaneta

Gon: obrigado - ele estende a mão

Navegador: hum?  - ele fica surpreso, logo, ele aperta a mão do esverdeado - ficarei feliz em ajudar no próximo ano - ele se vai

Kill: bom...- me sento em uma cadeira e tudo começa a se mexer

Todos: o que? - olhamos para um negocio acima da porta, não demora para a tremedeira ir embora

Eu e o Gon começamos a conversa, Kurapika e Leorio estavam começando a falar um com outro, não demorou para eles terem uma discussão entre dinheiro e nobreza:

Kill: eles estão brigando de novo...- cara de chinês

Gon: hehe, acho que isso nunca vai ter fim...- Leorio fica perto dele 

Leorio: Gon, ouça...Vários Hunters ganham muito dinheiro, com isso, pode ter uma vida luxuosa - a mesa gira, que o faz ir pra llonge

Kurapika: ser Hunter, significa ser nobre, como, resgatar animais em extinção, salvar vidas e prender criminosos!! - ele se aproxima do de terno

Leorio: é ganhar do dinheiro! - ele se aproxima

Kurapika: nobreza! - ele fica perdendo a paciência

Kurapika e Leorio: Ahg, Gon, Kill, o que vocês acham?! - eles nos olham

Kill: é...eu...bem...- olho pro Gon

Gon: já que vocês falaram...- chegamos no nosso destino e Gon suspira de alívio

Fomos para fora, quando chegamos, tinha vários candidatos lá, vi um cara cheio de agulhas pelo corpo, por alguma razão, não me sentia bem com ele lá, eles voltam a fazer o que estavam fazendo, um tipo de sapinho de terno, entrega uma palheta com número, eu era a #406, coloco a palheta no meu peito:

Kill: eu vou andar por aqui um pouco - dou de ombros

Gon: ok, só tome cuidado! - ele sorrir de um jeito fofo

Kill: eu vou ter...- saiu

Começo a andar pela multidão, eu acho que eu era a única garota de 12 anos aqui, tinha cada participante esquisito, enquanto andava, sentir que alguém me observava, olhei para trás:

Kill: é impressão minha? - não tinha ninguém me observando - nah! - vou até meu irmão e me encosto nele - Oi~

Gon: Oi! - me desencosto dele 

Kill: quem é esse? - vejo um cara gordo na minha frente

Gon: ele se chama Tompa, ele veio aqui 35 vezes! - ele diz com um certo brilho nos olhos

Kill: prazer - ele paga uma lata de suco e  me oferece - não, não bebo suco desse sabor

Tompa: você quem sabe - ele guarda a lata

Começamos a conversa com Tompa, mas, é interrompida por um grito, era um homem com braços virando pétalas de flores, o responsável era um cara ruivo, dizendo para se desculpar-se quando for se esbarra em alguém, isso me deixou um pouco bravo com aquilo...Tompa diz que era a segunda vez que ele tinha vindo pra cá, ele dói desqualificado por matar um examinador...Não demorou para o examinador aparece:

???: Olá, sejam bem - vindos ao exame Hunter, sou Satotsu, o examinador da 1° fase - ele explica algumas coisas - agora, quero que me sigam, por favor - ele começa a andar e todos os seguimos

No começo, estávamos andando, agora, correndo, esse cara parede um robô e quero descobrir como ele fala!! Logo, ouvir o Leorio reclama porque um albino não estava correndo, vou até lá e fico do lado deles:

???: quantos anos você tem? - ele diz não saindo do skate

Gon: tenho 12 anos - ele sorri

???: (a mesma idade que eu...) vou correr também - faz uma manobra

Gon: isso foi incrível, deixa eu mexer no seu skate? - ele ficou impressionado

???: só se deixa pegar na sua vara! - ele olha pra vara

Kill: desculpe incomodar, mas, quem é você? - falo olhando para ele

Gon: Kill, esse é o Killua! - ele fala sem tirar os olhos da gente

Kill: prazer! - fecho os olhos

Killua: conhece ela desde quando? - ele o olha curioso

Gon: desde 5 anos de idade! - ele fala como se fossemos irmão de verdade

Killua: hmmm...(isso me lembrou daquele dia...) olha, já estamos nas escadas - percebemos após ele dizer

Kill e Gon: verdade! 

Killua: Gon, que tal uma corrida? - ele sorri

Gon: pra mim tá ótimo! - ele faz a mesma expressão

Kill: vejo você lá!! - dou um leve sorriso

Gon: sim!! - os dois começam a correr bem rápido

Kill: hehe~ - enquanto corria, aquele cara cheio de agulhas estava me olhando, como se estivesse me identificando, isso me dava arrepio

Corri mais rápido que quando cheguei perto da saída, eu pulo, me fazendo rola na grama:

Kill: wow...- respiro um pouco mais devagar

Hisoka: oi~ - me cviro para trás

Kill: ah...Oi? - fico sem palavras

Hisoka: você não me parecia impressionada ou com medo quando transformei aquele cara em pétalas - ele se agacha

Kill: e daí - viro os olhos pro lado

Hisoka: gosto dessa atitude - ele coloca o dedo no meu queixo - a primeira menina de 12 anos que não ter medo de mim

Kill: hum? - o que ele quis dizer? 

Hisoka e eu somos separados pelo...


Notas Finais


( ) Gon
( ) Killua
( ) Illumi (cara da agulha)
Quem separou eles?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...